abril 29, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> tenho sede <<<<<<<<<

esta tarde ao sol-pôr
transporto-me
no ocaso perdido
em oprimidos passos
guardados na memória
transporto-me
nas amargas doçuras
partilhando convosco
as lágrimas que retenho
transporto-me
nas asas das nuvens
com as sóbrias risadas
nesses lábios sedentos
de convulsões ritmadas

poema e fotos: poetaeusou

abril 28, 2008

>>>>>>>>>>>>>> b u s s o l a <<<<<<<<<


vou á descoberta
do meu retorno
não interrompam
o meu ponto cardeal
quero tolerância zero
aos motes inventados
e nas usadas sílabas
o norte das palavras
poema e fotos:poetaeusou

abril 27, 2008

>>>>>>>>>>>>>> espuma-me, mar <<<<<<<<<


mar
embriaga-me
de espuma
meu deus baco
mar
espuma em mim
meu analgésico
das dores impostas



poema e vídeo: poetaeusou

abril 26, 2008

>>>>> prateada espuma <<<<<<<<<


tu és a espuma
onda de mármore
baixela prateada
argêntea maresia
tu és a espuma
mulher catedral
nupcial espelho
grávido de olhar
tu és a espuma
fuso metafísico
etéreos pedaços
salgadas palavras
versejando poemas
poema e fotos: poetaeusou

abril 25, 2008

>>>>>>>> eu quero abril . . . apesar de tudo <<<<

forte de peniche-versus-museu da resistência
25
abril
gritado

força maré
voo liberdade
esculpidos sonhos
transparente seara ao vento
pétalas avermelhadas do provir
na liberdade de madrugada subtraída
á negra prepotência das alongadas noites
sangue ondulante de cantada alforria
grito ao vento nas veias da cidade
anseio de aspiração vibrante
nas asas de um povo
em liberto sabor
nas torrentes
do amor
e sal
nós
poema, fotos e vídeo; poetaeusou

abril 24, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> prenuncio <<<<<<<<<



abril verde
esverdeado mar
flora verdejante
esmeraldinos voos
abril sonho
anseio recalcado
avisado prenuncio
de novo amanhecer
abril povo
desejo esperado
a todo o momento
grito anunciado
nas asas do vento
poema e fotos: poetaeusou

abril 23, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> gritos . . . <<<<<<<<<


grito sumido
de um Abril congelado
no silencio indiferente
de amareladas palavras
grito ausente
nas presenças espaçadas
de premeditados enganos
em escondidos fingimentos
grito calado
sabiamente injectado
nas angustias conquistadas
em sonhos mal temperados
poema e fotos: poetaeusou

abril 22, 2008

>>>> no dia mundial da terra, deixo-lhes o mar<<<<



respiro o mar
na tua espera
saciando o desejo
na janela por abrir
respiro o mar
aquietando a agitação
travessia ofegante
do instante por cumprir
respiro o mar
nas pétalas sufocadas
violáceas desesperantes
gemendo nas guitarradas
poema e fotos: poetaeusou

abril 21, 2008

>>>>>>>> mar, pessoa, zeca, goes, paredes <<<<


sinto o odor
do teu sorriso
evaporando
os teus olhares
sinto as palavras
salgados gestos
desassossegando
os meus poemas
poema e fotos: poetaeusou

abril 20, 2008

>>>>>>>>>>>>>> sugadas papoilas <<<<<<<<<

quero tempestades de papoilas
em searas de joio transparente
papoilas multicores geminadas
de pétalas cintilantes de revolta
quero papoilas de sonoras íris
cantada tela colorida do pintor
banquetes de seivas já sugadas
vendaval de avermelhada ilusão

poema, vídeo e foto: poetaeusou

abril 19, 2008

>>>>>>>>>>>>>> onde estás <<<<<<<<<


por onde andas Abril
papoilas da desilusão
rostos parados no cais
de um povo cego de si
na esperança da chegada
de d. Sebastião sem leme
feito embusteiro palrador
vendilhão de desencantos
a um país cheirando a mofo
poema: poetaeusou . . .

abril 18, 2008

>>>>>>>>>>>>>> palavras <<<<<<<<<


solta-me o sentido
de amorfos silêncios
palavras esquecidas
restringindo respostas
suplicas sucumbidas
imperfeições cansadas
projectando os verbos
em arquitectados poemas
poema e fotos: poetaeusou

abril 17, 2008

>>>>>>>>>>>>> miaú´ miááúúú <<<<<<<<<<


tu és a dona
desta loucura
dou-te a ternura
no meu rom-rom
tu és o guizo
do meu cativeiro
sou teu prisioneiro
serei para ti, o teu bombom ?
poema e fotos: poetaeusou

abril 16, 2008

>>>>>>>>>>>>>> rocha mulher <<<<<<<<<


rocha mulher, sereno penedo
pedra conseguida, resistente fraga
maresia de amor, penso-te mulher
deusa da azáfama, espuma revoltada
mãe, amiga, ombro, mulher, amante
o trabalho, a escola, os filhos a casa
o dia, a noite, a cama, o homem, cansada
mulher escrava, escrava mulher . . . escrava
poema e fotos: poetaeusou . .
.

abril 15, 2008

>>>>>>>>>>>>>>> um poemado simplex<<<<<<


se eu
voltar
sem me
pedires
mergulha no
mar
dos meus
sentires
poema e foto:
poetaeusou

abril 14, 2008

>>>>>>>>>>>>>> partida da chegada <<<<<<<<<



é no vento do instante
na maresia da ausência
que albergo as partidas
é no vento do instante
na espuma da presença
que desacerto a chegada
é no vento do instante
nos parados movimentos
que amarguro as chegadas
em desencontradas partidas
poema e fotos: poetaeusou

abril 12, 2008

>>>>>>>>>>>>>> sonantes passos <<<<<<<<<


os teus passos
soam no oásis dos anseios
na busca de húmidos suspiros
escondidos no sótão do deserto
os teus passos
repisam as barreiras de coral
escafandro em regato submergido
no barco do triunfo o meu capricho
os teus passos
carregam campesinos violinos
florestas de guitarras de granito
cantando o jardim rochoso em flor
poema e fotos: poetaeusou

abril 11, 2008

>>>>>>>>>>>>>> HINO AO SOL <<<<<<<<<


volta sol
espero-te no ventre da manhã
suspiros de desperto amanhecer
no cristal da secreta madrugada
volta sol
sentinela do espaço metafísico
frincha sibilina transcendente
partícula geométrica dos olhares
volta sol
janela franqueada do horizonte
fornada dos desejos consentidos
pirilampo da avermelhada liberdade
poema e fotos: poetaeusou

abril 10, 2008

>>>>>>>>>>>>>> diferenças ??? <<<<<<<<<













...
...
...
retratadas palavras
lembranças retidas
invertendo presentes
nos passados futuros
versos experimentados
em compactos poemas
pensares actualizados
nos esperados amanhãs
fotografando no futuro
as enraizadas memórias
poema e fotos: poetaeusou
pretoebranco:álbum: A.L.

abril 09, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> êxtases <<<<<<<<<


tens o cheiro
do incolor brilho
aromas mágicos
de brisas perdidas
tens o cheiro
da ânsia incontida
desvirtuada prece
de sôfrega renuncia
tens o cheiro
das sensações difusas
insignificantes esquivas
em compactados êxtases
poema e fotos: poetaeusou

abril 08, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> invenções <<<<<<<<<


hoje de manhã, estava assim:

video

invento
silêncios parados
negando segredos
de pendurados sons
invento
os instantes do tempo
momento desaguado
nas ocasiões nascidas
invento
nostalgias etéreas
ausentes presenças
nas noites de espera
que são o meu tormento
poemas e fotos: poetaeusou

abril 07, 2008

>>>>>>>>>>>>>> brisa do mar <<<<<<<<<


foi no brisa do mar
poiso amigo, irmão
junto á praia, iodo
bocas a saber a areal
peixe, palato desejo
frutos do mar, maresia
perfume salgado, feitiço
cheiro a nazaré, amizade
carinho, ternura, net
gaivota, asada luna
luna, gaivota alada
fado saudade, cantado
vozes onduladas, no tempo
poema e fotos: poetaeusou

abril 06, 2008

>>>>>>>>>>>>>> domingo á tarde <<<<<<<<<









......................
domingo á tarde
impulso os olhares
ânsia contraída
esperando por ti
domingo á tarde
navego contigo
por trilhos floridos
em fecundo jardim
domingo á tarde
vou sorrir á cidade
imensidão de rostos
cantarolando magias
no eléctrico do desejo
poema e fotos: poetaeusou

abril 05, 2008

>>>>>>>>>>>>>> louco por ti <<<<<<<<<


sou louco !
por cantar o escuro dia
orfeão de alvo negrume
na noite de claras trevas
sou louco !
por te dar o meu amor
disperso nas negativas
das madrugadas perdidas
sou louco !
por nunca ter percebido
os apelos dos teus olhos
de mergulhar nessa luz
em noite de maré cheia
e perecer nos lábios teus
poema e fotos: poetaeusou