abril 16, 2008

>>>>>>>>>>>>>> rocha mulher <<<<<<<<<


rocha mulher, sereno penedo
pedra conseguida, resistente fraga
maresia de amor, penso-te mulher
deusa da azáfama, espuma revoltada
mãe, amiga, ombro, mulher, amante
o trabalho, a escola, os filhos a casa
o dia, a noite, a cama, o homem, cansada
mulher escrava, escrava mulher . . . escrava
poema e fotos: poetaeusou . .
.

46 comentários:

gaivota disse...

se tu soubesses, meu amigo, quantas vezes já estive a conversar com "ela", mas...
acabo por lhe dizer "até outro dia...ainda não..." e volto, só com as ondas do mar como testemunhas, nem as minhas gaivotas se abeiram!
estou a precisar de ir a esse sítio, ao sítio, ver o farol, as escadinhas...~
amanhão, vou por uma vela na muxima, decidi!
beijitos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Poeta " Rocha mulher, escrava dos filhos do marido, etc..."»» Rocha mulher»».

Oh! Mulher oprimida e triste,
Não temas mais o teu mundo!
Liberta-te e persiste!
Não continues em choro profundo!

És margarida pálida, sem luar,
Lamuriosa, na neve soterrada,
Prisioneira, de agonia no olhar,
De solidão silencios ainundada.

Tu, ave graciosa, de asas feridas,
Taciturna em bosque de nevoeiro,
Acossada, de ambições perdidas,
levanta o teu voo, sai do cativeiro!

Crê numa vida com sorriso,
Descobre a essência do teu ser,
Mas não te iludas com o paraíso:
Aceita e constrói-te para viver!

Poema escrito, em 1998, quando vi uma mulher ser maltratada pelo marido!

Meu querido amigo, as tuas rochas trosseram-me á memória... este poema.
Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Eärwen Tulcakelumë disse...

Aqui me detenho Poeta, a admirar as maravilhas da natureza, que forma captada por uma alma sensível...as palavras...ah...as palavras que expressam tão bem a rocha que toda mulher é, a difícil arte de “ser”.

Pérolas incandescentes de sabor de mar, especiais, para um amigo especial.

Com carinho

Eärwen

multiolhares disse...

Escrava mulher/mulher escrava
De tantos homens que não as sabem valorizar
De palavras sem pudor, despedaçam a alma,
Dilaceram o coração.
Mulher escrava/escrava mulher
Dos ódios do tempo, de guerras, religiões,
Seus corpos tochas humanas, suas vida pequenas, apedrejadas pelo povo que as lava de pecados.
Escrava mulher/mulher escrava
Da sua própria condição

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
pedra do guilhim
força da mulher
o mar sempre a quer
o mar é assim
,
Conchinhas siteiras
,
*

Angel of Light disse...

Sou Anjinha "escrava" das tuas lindas imagens e palavras.

Passei rápido só para largar, na tua face, uma luz em forma de beijinho cheia de Amor, Paz e Luz!

Como sabes estou com pouco tempo mas não me esqueço do meu "poetatués"...

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
mulher som encanto
solfejo pauta sinfonia
cantatas toques sonantes
rocha mulher harmonia
liberdade, pedra mulher
mulher um Hino á Alegria
,
conchinhas mareantes
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
liberdade mulher
mulher magia fresca
rocha mulher
sentinela activa
força inacabada, vida,
,
Conchinhas de luz
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
mulher estrela do mar flor
deusa mulher olhos de mar
mulher penedo, alada vaga
onda mulher, envolve-me
meu poema mulher, amor
,
Beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Angel of Light
,
Angulosa liberdade
de mulher fraga
desenhando a sua força
as arestas enviesas
do “eu” independente
nos cantos e recantos
da rocha mulher, vida
,
Incandescentes conchinhas, deixo,
,
*

Helena disse...

So um homen muito sensivel pode escrever assim, falando sobre a Mulher...
é pena que muitos não nos sabem ver assim.

Um dia bom
um beijo

Noite disse...

em sua volta, reina a serenidade, mas num momento inesperado lá volta o rebuliço ;) - mas a rocha fica sempre de PÉ, e no mesmo sítio.
- Gostei muito e as fotografias estao mto bem

Té logo Poeta/Beijo

Paula Raposo disse...

Óptima cadência no teu poema. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
mulher, rocha,
traçando a vida,
pedra angular,
cunhal de afectos,
deusa matriarca(l),
,
conchinhas do canto,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Noite
,
mulher madrugada
rocha mar,
gaivota, mulher
mergulhada em vida,
seara de trigo,
pão do amor,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
solfejo, mulher
musical rochedo,
cadencia vivida,
mulher sem medo,
trilhada, combativa,
,
jinos "murais"
,
*

Maria P. disse...

Apenas...mulher.

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
levita mulher, estou em transe,
aconselha-me,
leva-me contigo,
amestra-me a tua força,
,
bj
h,
*

Mulher na Janela disse...

poema e imagem...com beleza de pedra polida...

Iara da Janela.

poetaeusou . . . disse...

*
Mulher na Janela
,
pedra, mulher
em mar de tactos
enfeitiçando a vida,
,
conchinhas
,
*

clubefashion disse...

muito bom! parabéns pelo blog

poetaeusou . . . disse...

*
clubefashion
,
grato,
boas vendas,
,
*

Pitanga Doce disse...

Entro aqui e ouço a música. Imagino-me a andar por um bosque, com um vestido azul do céu em que o tecido que voa. Os cabelos com flores a reluzirem ao sol... aí leio o teu poema e lembro de que tenho que ir lavar a louça. Ó dó!

Vais à Serra e eu não? Tomara que estrada para o Sabugueiro esteja fechada. heheheheheheheh

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
via telepatica, vi uma "Eugenia uniflora Berg" da família das "Myrtaceae" desfrutando dos
jardins do Eden. quem seria ???
,
vou a Gouveia,
ao Sabugueiro nem em Agosto,
>>> toma, que já sabes <<<<
,
conchinhas,
,
*

Manuela disse...

Eu sou isso tudo.
E tenho orgulho em ser mulher, cada dia mais.
Abençoadas mulheres.
Sem elas o mundo seria triste.
Abraço

Manuela

david santos disse...

Olá!
Já não ando por cá assiduamente, mas tenho um rol de favoritos. Por isso, quando cá estou, zás!
Acerca do post, já está tudo dito. Mas como sempre adorei o que tens feito ao longo do tempo que te visito, sabia que viria encontrar algo de espectacular.
Parabéns

poetaeusou . . . disse...

*
Manuela
,
ai, se este país,
fosse governado só
por mulheres . . .
,
tão diferente seria,
,
conchinhas,
,
*

Pitanga Doce disse...

Ó Poeta podes ouvir as gargalhadas? Foste ao Google ou telefonaste ao meu Biólogo de plantão cá de casa? heheehe
Não, não era eu. Quando me visto assim é para ir à Serra EM QUALQUER ÉPOCA DO ANO

abraços amigos e há enchidos bons em Gouveia.

poetaeusou . . . disse...

*
david santos
,
sempre tolerante, amigo,
,
gratificado fiquei,
,
abç,
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Mulher,
resistente fraga
eterno mistério :)




conchinhas,

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
entre a serra e a patagónia,
prefiro usar o passaporte ...
,
ficas a saber,
que sou conhecido como,
a enciclopedia humana,
e
no que concerne ao google,
existem em portugal,
dois craneos superiores,
o meu e o do louçã,
sabemos tudo,
discutimos tudo,
opinamos sobre tudo,
hehehe,
,
um caminho sem escolhos,
para o teu biologo, desejo,
,
conchinhas para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
mulher
fundamental trave mestra,
perspectivando nas escarpas,
a eterna força matriacal,
,
conchinhas rochosas
,
*

Sol da meia noite disse...

Perfeita compreensão!
Sensibilidade que grita...

Beijos

gaivota disse...

e pronto! fui so sítio, ao pires, refresquei o olhar, ainda estava sol e não havia ondas...
fui à "terra" e grunhiram...
elas andem por aí,a grunhir........
que vidas, amigo, que vidas!
rochinhas e calhaus

ondina disse...

a mulher é uma estrela
grandiosa
ninguém a sabe de todo
nem a pode controlar
mulher é mãe que cria
universal e poderosa,
MULHER MÃE NATUREZA

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
Mulher mãe das mães
Êta, mulher que é queixume
Mulher que é perfume
,
martinho da vila
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
A nossa senhora
Do segundo as horas
A mãe natureza
Se rende à beleza
Dessa mãe – mulher
,
in-martinho da vila
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ondina
,
Mulher é Maria
A de cada dia
A santa magia
A luz que nos guia
Real fantasia
,
in-martinho da vila
,
conchinhas
,
*

D@rk @ngel disse...

Sou rocha...
Sou amante da onda que me vem beijar...
Sou mãe dos filhos que de nasceram!
Sou amante de quem o meu ombro procurou...
Sou a fortaleza onde as lágrimas se escondem!
Sou eu sim que aqui estou,não há luta que eu fuja porque Sou "Mulher"
Doce Poeta
Sai do meu mundo tenebroso ,para falar ao amor...
Sou alma gotika!
Mas tambem sou "amor"
Big kiss

Rosi Gouvea disse...

Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém. Posso, apenas, dar boas razões para que gostem de mim e ter a paciência para que a vida faça o resto…

William Shakespeare

Como sempre... Encantada com seu espaço!

Ternos Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
D@rk @ngel
,
É ela a bela
Mulher Cinderela
Estrela que vela
A luz da manhã
A obra primaz
Que faz e refaz
Quem ao mundo traz
Mulher vaga - lume
E a que não se apaga
Na primeira chaga
De uma ilusão qualquer
,
in-martinho da vila
,
conchinhas gótikas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosi Gouvea
,
Mulher que é sereia
E aquela que nada
A que incendeia
A que não se afaga
São águas passadas
No fundo, bem fundo
Mulher é mulher
É ela a bela. . .
Ela é sempre a de fé
Mulher sempre fêmea
Da alma que é gêmea
,
in-martinho da vila
,
conchinhas de iodo, deixo,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

...do Amor...

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
amor,
tão perto,
e
tão longe
,
conchinhas de iodo,
,
*

mariam disse...

boa noite
digo, boa madrugada!
vc tem um "olhar" com muita "alma"
saltitei plo seu blog...e gostei (muito)parabéns!
revejo-me em grande parte deste poema...
um sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
grato pela visita
,
conchinhas
,