abril 15, 2008

>>>>>>>>>>>>>>> um poemado simplex<<<<<<


se eu
voltar
sem me
pedires
mergulha no
mar
dos meus
sentires
poema e foto:
poetaeusou

46 comentários:

Noite disse...

Ola Poeta

As pegadas na areia são tuas?

Beijinhos na ventania do sul

gaivota disse...

bem que mergulhava agora aí nesse meu mar, nosso mar, mar de quem sabe e o conhece
que bem me iria fazer
um dia destes...já daqui a pouco...
pililipares que pedem pão

Noite disse...

Poeta, 2 comentarios no mesmo segundo... eu a a gaivota
engraçado ;)

poetaeusou . . . disse...

*
noite
,
não
estava de galochas,
hehehe, verdade,
,
conchinhas
,

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
são, bora,
com roupa e "tudo" . . .
,
conchinhas a pililipar,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
noite
,
acabo de fazer tres
comentários no teu cantinho,
,
conchinhas nocturnas, deixo
,
*

Ana disse...

Com um mar destes, quem não voltaria?
Um beijo para um Poeta.

gaivota disse...

isto é o que sechama triologia... mas ainda fui visitgar um cantinho onde perco a minha eterna ternura, para cheirar as minhas princesas, lá longeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
gaivota e noite / noite e gaivota á mesma hora.... deve querer dizer qualquer coisa....
pililililililililililpares

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Poeta, lindo mar para mergulhar, mas não com este frio... morria gelada!
Mas, belíssimas fotos e um poemado simplex, mas muito bonitinho...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Carminda Pinho disse...

Ai poeta! Simplex não, que lembra-me o Socras.:)))

Simples, profundo e...bonito, é o que é...

Beijos

multiolhares disse...

No mar dos teus sentires já mergulhei
E não precisas voltar
Pois nunca vais sair

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
mar,
o iman do nossos olhar,
,
conchinhas mareantes
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
a sublime trilogia,
avós,
filhos,
netos,
,
conchinhas tripartidas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
fernandinha
,
como pode morrer gelado,
um coração cálido, acalorado,
ardente de amizade,
de ternura, de carinho,
,
conchinhas solarengas, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
que ideia,
não te “aflijas”
,
prefiro,
Platão, Aristóteles,
Tales de Mileto,
e,
Euclides
o tal da,
a quadratura do circulo,
a trissecação do ângulo
a duplicação do cubo,
hááááá,
e da 7ª Ponte sobre o rio Jamor,
,
conchinhas da Grécia do euro 2004,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
o mar,
dos
afectos,
sonhados,
concretos,
mergulhados,
dilectos,
,
beijos nossos,
,
*

Chinha disse...

Um voltar e um sentir...Um pedido de amor...

Belo

Um beijinho

Paula Raposo disse...

Essa do simplex fez-me lembrar outra coisa...tem mais a ver com finanças e burocracia da treta!! E que dá cabo do resto do juízo a quem trabalha nesse campo!! As fotos estão bonitas...agora o título!! Chiça...

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha,
,
evidenciada
perspicácia, a tua
,
gratificado fico,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
o simplex fiscal, não facilitou,
a tua actividade profissional, ?
,
"não me digais semelhante isso"
,
pois eu demorei pouco tempo, bem
tambem foi só uma declaração ...
,
quinze (15) dias a demora,
e não sei se foi recebida, héhéhém
,
conchinhas simplificadas, dizem,
,
*

Marta disse...

Olá Sr.Poeta :)
Poema simplex mas muito bonito, álias prefiro o simples ao complicado, pois por vezes exprime o que sentimos em menos palavras, sai mais natural.

Sobre o teu comentário no meu blog, agradeço, mas não entendi porque dizes que durante a minha vida vou mudar de opinião muitas vezes.
Tenho padrões definidos e não pretendo mudar, e os que mudar só se for para melhor :)
Beijinhos

Carla disse...

e como seria impossível não mergulhar na beleza desta palavras
beijos

Sol da meia noite disse...

Dizer mais o quê?
Em poucas palavras dizes o que sentes. Cair em teias de palavras, é ficar preso a elas.

Beijinho, amigo Poeta

poetaeusou . . . disse...

*
marta
,
não quis influenciar-te com
o meu comentário, acontece que,
apenas falou o meu conhecimento,
de uma vida muito vivida, o muito
não é sinónimo de bem e que há
muitos, muitos anos teve a tua idade.
e tocou-me a tua pergunta, similar em
igual situação, do meu filho quando
tinha a tua idade.
marta, é normal, com 16 anos, termos
a visão de tudo que nos rodeia, no tudo,
incluímos o cinema, as TVs, a net,
com os olhos rosados, a cor do engano,
a nossa juventude leva-nos a exigir
um mundo perfeito, o que é impossível,
a humanidade, é a diversificação das
qualidades e defeitos dos homens(mulheres),
ou seja com o passarmos pelo tempo e não
o tempo a passar por nós, o que nos rodeia,
é composto por várias tonalidades,
vais reparar que a cobardia (o tema) é normal,
muitas das vezes a coragem é um impulso,
a guerra tem mais força do que a paz,
vais dar razão ao poeta brasileiro, quando diz,
“tristeza não tem fim, felicidade sim”, e
a dignidade e o respeito, tendem a desaparecer,
,
espero ter respeitado os teus dourados 16 anos,
desculpa a extensão deste arrazoado,
e cultiva a amizade, regando com carinho
os teus amigos,
,
conchinhas de sabedoria, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
temo,
pela sanidade do meu ego,
cada vez que me visitas,
incha, incha, hehehe,
,
grato, amiga
,
conchinhas de um mar calmo,
,
*

Lyra disse...

A "simplicidade" das ondas do mar, chega-nos atravésdas tuas delicadas palavras.

Beijinhos e até breve!

;O)

Pitanga Doce disse...

Não volto se não me pedirem. Sou má.

abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
que belo sol nocturno,
mesclado de:
bondade, paciência, brandura,
e tolerância muita, para comigo,
,
conchinhas de gratidão eterna,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lyra
,
se o mar
tivesse net
seguia o seu rumor
na busca do infinito,
aportava no Egipto
assediava hathor
fertilizava bastet
que pena . . . estive a sonhar,
,
conchinhas de respeito, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga doce
,
pitanga não voltes, não
escuta o que te digo,
este país está perdido,
mas que raio de maldição,
não voltes ouve-me pitanga
torce o leme, muda a rota
lê o mail na gaivota
cuidado, que este país está de tanga,
,
letra do “je”
musica do fado: volta meu querido,
,
hehehe
,
conchinhas de um porto de abrigo,
repara na subtileza deste assédio,
*
vou á serra para a semana,
e tu não vais, lol,lol
,
*

Teresa Durães disse...

se eu
voltar
sem me pedires
mergulha na minha alma
no mar dos meus sentires

Maria P. disse...

E como é lindo, o simples...

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
irei voltar,
em busca de ti,
voando por aí,
vou te encontrar
,
conchinhas
,
*

Gerlane disse...

Sim, pois certamente voltarás com a espontaneidade e veracidade do mais puro afeto.

Beijos pra ti!

poetaeusou . . . disse...

*
*
maria p.
,
a lhaneza da verdade
da natural franqueza
em singela simplicidade
,
bj,
h,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gerlane
,
Sonho o poema de arquitetura ideal
Cuja própria nata de cimento
Encaixa palavra por palavra, tornei-me perito em extrair
Faíscas das britas e leite das pedras.
Acordo;
E o poema todo se esfarrapa, fiapo por fiapo.
Acordo;
O prédio, pedra e cal, esvoaça,
,
in-Adriana Calcanhotto
,
conchinhas
,
*

Rosi Gouvea disse...

"Poesia é quando uma emoção encontra seu pensamento e o pensamento encontra palavras."

( Robert Frost )

Um doce beijo me trouxe à tua porta
Em súbita viagem de vertigem e descoberta.
Atravessei o corpo liso das palavras, percebendo no ar o desenho de uma carícia.
Agora queria ficar morando aqui.
Mas estou de passagem.

Encantadamente encantada!!

ondina disse...

já renascia nessa onda.
e renasço agora, nessa onda.
:x

poetaeusou . . . disse...

*
Rosi Gouvea
,
esta casa é tua,
será um poiso, quando passares,
um porto de abrigo,com um cais acolhedor, quando quiseres ficar...
,
encantado com o teu encanto, fico,
,
conchinhas coloridas, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ondina
,
o mar do nosso encanto,
,
conchinhas,
,
*

Sandra Fonseca disse...

As fotos e o poema somam um lindo convite.
E se houver luar...

Um Momento disse...

Se eu mergulhar no mar dos teus sentires abraça-me na volta sem me pedires.

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Sandra Fonseca
,
há luar,
mas tapado,
por uma barreiras de nuvens,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
metamorfose plena,
,
gostei
,
conchinhas
,
*

Luna disse...

Este poema pede-me que volte...para te continuar a ler.

poetaeusou . . . disse...

*
Luna
,
que os afluxos
da lua cheia,
te acompanhem até este mar,
,
conchinhas
,
*