dezembro 31, 2007

>>>>>>>>> 2 0 0 8 <<<<<<<<<


um vendaval de saúde,
em tempestade
de amizade e carinho,
num mar sereno,
de vagas de benquerenças,
para 2008,
transportadas
no bico de uma gaivota,
<<<<>>>>
aloés de beijos,
desta nazaré, hoje,
linda !!! linda !!! linda !!!
,,,
texto e fotos: poetaeusou . . .

dezembro 30, 2007

>>>>>>>>> meu canteiro <<<<<<<<<


que me importa,
as odoríficas tulipas
os lírios perfumados
a aromatizada dália,
que me importa,
o defumado jasmim
as incensas violetas
a orquídea balsâmica,
se tu és,
a coroa imperial,
rainha do meu canteiro.
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 29, 2007

>>>>>>>>> regeneração <<<<<<<<<


sinto nos olhos
todo o meu sofrer,
sequiosa angustia
de inacabada perda,
labareda inquieta
de desesperada dor,
desencantado sonho
por ti regenerado
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 28, 2007

>>>>>>>>> n u v e m <<<<<<<<<


se uma nuvem fosse,
ungia-te de volúpia
esvaziando prenúncios
de aglutinadas palavras
sílabas espalhava
nos cantados silêncios
derramando poemas
em consentidos chuviscos
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 27, 2007

>>>>>>>>> tu és o fogo <<<<<<<<<


tu és o fogo
nas fartas orgias
olhos de loucura
brasa em delírio
afogueando faces
tu és o fogo
até á exaustão
o infinito iman
o pêndulo do amor
o meu sonho perfeito
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 26, 2007

»»»»»»»»» S O L «««««««««


mulher impulso
inebriante sol
acolhe-te em mim,
meu prazer navegado
partilhado sonho,
espumando luxúria
em activa enxurrada
minha torrente rebelde
em foz de acalmias
poemas e fotos: poetaeusou

dezembro 24, 2007

>>>>>>>>> n a t a l <<<<<<<<<

a arvore dos desnudados . . .
Uma boa quadra
extensiva
ao ano de 2008

***
de quem me esqueci, peço perdão
***
poetaeusou . . .

dezembro 23, 2007

»»»»»»»»» e as crianças, senhor «««««««««


paira no ar,
a sofreguidão
das coloridas luzes,
perversa memória
que me transporta,
aos tristes olhares,
dos desesperados
da global exclusão,
vertigem mórbida
da contorcida agonia
em esfomeadas bocas,
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 22, 2007

»»»»»»»»» v e n t e i «««««««««


cantei ao vento
ao vento mar
marés de ventos
do vento norte
ouviu o vento
sorriu, partiu
ventou o vento
em vendaval
eu cata-vento
invento em ti
sou ventania
e vento suão
de vento em popa
sou furacão
paixão ao vento
rubra nortada
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 21, 2007

»»»»»»»»» m u l h e r «««««««««


cubro-te rocha,
rochedo, mulher,
em ti procuro
a espuma da minha fome,
em teu corpo de pedra
mergulho nos teus olhos,
verdes cristalinos
quais ondas do mar,
maré esotérica,
dos etéreos sinais
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 20, 2007

>>>>>>>>> p o r . . . t i <<<<<<<<<


o pôr-do-sol
quero esculpir
no vasto zénite
amplo horizonte
para te oferecer
lua marinheira
gaivota luar
domadora do mar
domadora de mim
por ti estou cativo
por ti estou rendido
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 19, 2007

»»»»»»»»» guia - me <<<<<<<<<


meu farol
guia amor,
no teu desdém
sobe em mim
a tua ambição desenfreada
de me humilhares,
as contracções do teu ódio
são crepúsculos
sufocados em sorrisos,
dos meus olhos
que te amam,
em secreto fervor eterno
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 18, 2007

>>>> fui bailar no meu . . .batel <<<<


navega em mim
silencioso olhar
poisa nos meus olhos,
percorre o meu corpo
dedos de raios violeta,
ausculta os meus lábios
com a tua língua de fogo,
retalha a angústia, que tenho de ti
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 17, 2007

»»»»»»»»» violinos de espuma «««««««««


sinto nos meus cabelos,
o afago do vento
espalhando a maresia
dos teus olhos,
cai em mim
a espuma do meu sonho,
que assenta
nas vagas dos teus seios,
erectas rochas
em convulsas marés
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 16, 2007

»»»»»»»»» p o r q u e ? «««««««««


Meu aloé
deus das areias
deixa-me amar-te
protector,
das areias nas falésias
das erosões do tempo
das dunas, pelo mar
volto a ti, flor, amor
quero abraçar-te
pretender-te, ser raiz
porque não te amei selvaticamente ?
porque te pedia que não me desses tudo,
dizendo que o nosso amor seria eterno ?
porque contive o meu prazer,
para nos teus olhos, sentir o teu ?
porque não saciei o meu desejo,
em espasmos, coloridos gemidos de violinos ?
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 15, 2007

»»»»»»»»» suporta-me «««««««««


suporta-me
tolera o assédio
das enleadas letras,
soprando enlaces
em escorridos poemas
bloqueando alertas
de proibidas partidas
nas opacas chegadas
ao cais dos silêncios
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 14, 2007

»»»»»»»»» s o u «««««««««


na equação
racional do eu
liberto intervalos
nos medos profanos
veludos ruçados
bandeira do sou
inquietos segredos
de sumidos mistérios
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 13, 2007

»»»»»»»»» s o m o s «««««««««


se nós somos
a forma inquieta
do todo inventado
na vida sem mundo
se nós somos
o disfarce tombado
o sotaque sem som
do instinto fortuito
então somos nós . . . os dois,
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 12, 2007

>>>>>>>>> ansiedade <<<<<<<<<


esta ansiedade desperta
o meu apetite em ti
desencontros adiados
pautam a tua presença
ausente de mim
procura a encruzilhada
escolhe um trilho
bem diferente do meu
e . . . encontrar-me-ás
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 11, 2007

>>>>>>>>> c o l o <<<<<<<<<


na minha ignorância, mar eu digo,
és poeta imensidão, nas tuas ondas
garatujando as palavras pela areia,
com a espuma, os beijos dos teus versos,
em apetitosos lábios, mesclados de mulher,
sons harmónicos de búzios, os teus poemas,
declamados ritmos, mergulhados no teu colo
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 10, 2007

>>>>>>>>> n o s t a l g i a s <<<<<<<<<


atravesso,
a ausência desnudada
dos secretos
e vadios desencontros
fronteira,
da ternura e dos espinhos
na distancia,
das enfeitiçadas nostalgias
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 09, 2007

>>>> um mimo . . . para vós <<<<

video

estremeço
ouvindo a tua voz
sereia, mar mulher,
soltando bramidos
nas secretas vagas
rochedo, meu reduto
desnuda, liberta
suspiros encantados,
sonetos, poemas,
de inacabados livros
poema e video: poetaeusou

dezembro 08, 2007

»»»»»»»»» t a c t o s «««««««««


és o vento de fogo
que me alimenta,
ondas do meu sangue
feitas mar,
seiva cintilante
dos teus olhos,
farol do meu tacto
reencontrado
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 07, 2007

>>>>>>>>> v i o l á c e a s <<<<<<<<<



vertigens violáceas
nas nuvens vagabundas
cores embriagantes
dos amantes desterrados
em mantilhas desbotadas
pelos perfumados ventos
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 06, 2007

»»»»»»»»» m a n h ã <<<<<<<<<


emergente manhã
escuridão derrotada
penumbra dissolvida
pela clara madrugada
límpida luminosidade
em ardentes silêncios
procuras adormecidas
nos alcantilados leitos
poema e fotos: poetaeusou

dezembro 05, 2007

»»»»»»»»» o n d a s «««««««««


não esquecerei
a dádiva vivida
vereda tributária
das findas angustias,
forças transmutadas
no mar dos teus beijos
transfiguradas cores
em ondas temporárias
poema e fotos: poetaeusou