dezembro 15, 2007

»»»»»»»»» suporta-me «««««««««


suporta-me
tolera o assédio
das enleadas letras,
soprando enlaces
em escorridos poemas
bloqueando alertas
de proibidas partidas
nas opacas chegadas
ao cais dos silêncios
poema e fotos: poetaeusou

46 comentários:

FERNANDA & SONETOS disse...

Querido amigo Poeta, passei e Adorei!
Deixo-te um abraço de carinho e muita amizade.
Fernandinha

multiolhares disse...

Em escorridos palavras
Poemas entrelaçados em letras
Com nexo desconexo

Beijos nossos
luna

Maria Luar disse...

lânguidos olhares
de soslaio entregues
palavras enleadas
em amores despertados
cristalinas chegadas
olhares apaixonados
dos cais silenciados

abraço

Maria Luar disse...

´´´´´´´´´´´¶
´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´´´¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶
´´´´´¶¶´Maria Luar´¶¶¶¶
´´´´¶¶´´´´´¶¶¶
´´´¶¶´¶¶¶¶´´¶
´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶´
´¶¶´´Bom Natal´´¶¶¶´

Sol da meia noite disse...

Gostei do que li, Poeta.
Mas pedir para suportar?...

Beijinhos mil

marias disse...

Gostei que que li!...
Amei a frase que escolheste àcerca de ti "Sou o infinito do limite"...e a tua descrição do blogue:))))

As tuas fotos são lindas e sempre tão bem escolhidas!

Vou ler-te mais e de certeza encantar-me com as tuas fotos.

Abraços

marias disse...

E encantei poetaeusou, com as fotos..., com os poemas, com as escolhas!...

Adorei o que li e vi!

Beijinhos

Isabel-F. disse...

lindo e suave ...

beijinhos

GarçaReal disse...

Viver no cais do silência, na espera...Afinal há sempre um dia em que chega uma convidada...A nostalgia.

Bjgrande para aconchegar o Fim de Semana

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & sonetos
,
grato
,
jinos em brumas
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
“desconexado”
me sinto . . .
,
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria luar
,
silêncios cristalinos,
em olhares despertados
lânguidos chegados
entregues, felinos
,
brisas de amizade
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria luar
,
-------------F--------------
------------E*E-------------
-----------S***L------------
----------T*****I-----------
---------A*******Z----------
-------S*********E---------
-------************S--------
------***************-------
------------BOM-------------
-------------*--------------
-------------N--------------
-------------A--------------
-------------T--------------
-------------A--------------
-------------L--------------
****************************

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
mas pedir para suportar?...
sentimental, só,
*
beijinhos de iodo
,

poetaeusou . . . disse...

*
marias
*
feliz por gostares,
,
conchinhas coloridas
*

poetaeusou . . . disse...

*
marias
,
a bondade dos teus olhos . . .
,
estrelinhas do mar, para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
*
afectuosa, como sempre,
,
espumosos jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
*
a nostalgia,
companheira desta caminhada,
,
pilipares sonantes, deixo
*

Rosa Maria disse...

Poeta

A bravura das ondas a contrastar com a serenidade do porto de abrigo.

As palavras... lindas, como sempre!

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
abrigada bravura,
das serenas ondas,
em palavras,
contrastadas,
,
maresias nocturnas, deixo,
*

Maria disse...

Fico-me no cais dos silêncios.
Com salpicos da primeira foto....

Inté

Helena disse...

Passei ver meu mar, ele esta sempre igual a ele com esse céu tão azul que ilumina nossos olhos
tua poesia também sempre igual a ela

Um beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
salpica-te
*
inté,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
*
De tão longe veio o mar
Embalando uma sereia
Dizendo sempre a cantar
Pacto terno nessa areia
Saltando da proa a ré
Crianças ouvem cantar
Encanto que vem do mar
É vira, é Nazaré,
,
lálálálálálá
,
jinos de iodo
*

gaivota disse...

poemas escorridos na onda que se se vai a desmanchar na primeira foto...
muito bonita...
tou quase a chegar ao cais dos silêncios, só aí,
impossível,
noutros sítios...
um beijo

MEU DOCE AMOR disse...

Prazer...

Beijo doce

david santos disse...

Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
que sejas feliz
e todos os teus,
,
não consegui pôr o video
da dulce, vou tentar amanha,
*
jinos de brumas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
aprazimento . . .
,
jinos, numa noite fria
*

poetaeusou . . . disse...

*
david santos
*
agradeço e retribuo-o,
,
david, mantenho a vergonha,
por não ter enviado o livro,
,
abç
*

gaivota disse...

oh poeta, então fico à espera deo video...
acho que ainda o vou ver ao vivo, aí, um dia destes, muio breve...
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
espero com ansiedade,
,
jinos
*

Kalinka disse...

POETA

SUPORTO tudo
da minha janela
de manhã avisto o mar
junto aos rochedos
encontro gaivotas,
e pares enamorados
cochicham algo
doces olhares,
suaves palavras,
entendem-se,
ai o Amor é lindo!!!

Gosto do cheiro a maresia.
Poeta, votos de Boas Festas.

andorinha disse...

Palavras que o mar desenha . Imagens que são poemas.
Um beijo.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
estás suportado.:)

Beijinhos

Ana disse...

Abri o teu blog e vi a espuma do mar da minha encosta :-)
Reconheci as palavras de um Poeta.
Um beijo para ti com votos de feliz Natal.

Papoila disse...

Claro que te suporta.... num enlace assim só pode.

Beijinhos
BF

gaivota disse...

ah meu, atão, hoje nã mostras nada à gente?
tás de ressaca...foi só um pastel...terá sido da canela...ou foi do alkare...?????????
vá, deixa lá, não és o único a olhar a céu...
o Z.Tontinho, o Lib. o Ybarra, o mê tio, ah são tantes, mas bons,
ningém tá sòzinh'
acorda, mostra-me a praia!
jinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Kalinka
*
tenho andado
ausente da tua casa,
não me perdôo,
,
pilipares de gaivotas
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
comentário,
que me sensibiliza
,
jinos de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
que peso me tiraste,
*
espumosos jinhos,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
*
das asas da minha gaivota,
vejo a encosta do teu mar,
que belo é o seu espumar,
que correcta a minha rota,
,
espraiados jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
suportado atilho,
em opacos silencios
,
fluidas maresias
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
hoje tenho tido mais
parança que o mar é pedra,
,
ainda "pe riba", perdeu o glorioso,
vou mas é amassar as filhoses ...
,
nem é tarde, nem é cedo,
hó mar alto, hó mar alto,
,
bons sonhos
*

Um Momento disse...

Num abraço estrondoso
Entre rochas e mares
Se afagam carinhos assim,
Entre letras assediadas
Soprando beijos sem fim
Poemas que escorrem dos sentires
Desbloqueiam a vontade em exprimir
Que lágrimas derramarei se te vir partir
Mas que sorrisos mil esbocei
Quando no cais dos silêncios
Te vi transparentemente chegar
E até hoje...carinhosamente as minhas letras ...a mim ...
Me suportares

Beijo agradecido
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
suportarei
as letras das palavras,
feitas versos,
em poemas no momento,
*
jinos mil
*