dezembro 14, 2007

»»»»»»»»» s o u «««««««««


na equação
racional do eu
liberto intervalos
nos medos profanos
veludos ruçados
bandeira do sou
inquietos segredos
de sumidos mistérios
poema e fotos: poetaeusou

46 comentários:

gaivota disse...

bom dia, poeta, que pôr do sol nos ofereces hoje, com o fim de semana à porta, lindoooooooooooo
e a sugestão para o "tacho", também é agradável...
tudo num poema misterioso, cheio de tudo!
beijito

Rosa Maria disse...

Belo pôr do sol!
Aqui está um sol radioso que consegue aquecer um pouco o coração.
Mas só um pouco!

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
o quieto irracional,
*
xi
*

Paula Raposo disse...

Eu sou o intervalo liberto...beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
o sol,numa luz espumosa,
rebeijou a praia,
arregaçou-lhe a saia,
e com carinho, pregou-he um rosa
,
ondas rosadas, para ti,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo,
,
paulinha
,
tu o sabes . . .
,
jinos num claro dia,
*

Helena disse...

deixas aqui uma atmosfera fantastica e mistica
com este por de sol, noite
e este peixe que parece sair dum film fantastico,dum outro mundo...
juntanto lhe tuas palavras : profano, inquieto, misterio...

beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
inquietação
é a bandeira do equilíbrio,
em todas as suas vertentes,
,
conchinhas de iodo,
purificadas num mar brando,
em brando e claro dia,
,
deixo-te aqui,
*

Sol da meia noite disse...

O medo... a inquietação.
Inquietação, aceita-se; é-nos vital. Abre caminhos.
Agora o medo, tudo bloqueia, destrói mesmo antes que aconteça. Mas como evitar medos?...

Gostei da verdade do que li.
Beijinhos

Isabel-F. disse...

um mistério este poema ...

e a ultima foto é o quê???


bjs

GarçaReal disse...

Deixo uma lágrima em ti...

Hoje estou assim...........

Bjgrande do lago

GarçaReal disse...

Um Pôr do sol que me abarca.
Se deixares um dia publico um...em um qualquer poema...Por aí....

Bjgrande e nostalgico

Maria Luar disse...

nos trilhos da poesia deixo raios de luar.
Um abraço

Maria P. disse...

És palavra sentida.


Beijinho Amigo*m*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
para mim,
inquietação é procura,
,
o medo está aliado á prudência,
é um sentimento normal,
digo muitas vezes, que :
…não tenho medo de ter medo …
,
pode ser bloqueador, sim, pode,
,
conchinhas, sem medos para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-f.
,
mais um estado de alma,
passageiro,
,
foto de um curioso Ruivo,
tirada no Aquário Vasco da Gama,
Algés
,
deixo-te
um advento de um belo
por-do-sol, que advinho,
da minhas janela,
e que vou tentar instantar,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
está a acontecer comigo,
tenho os olhos rasos de frustrações,
as quais não as detecto, estranho,
,
pililipares para a linda garça
*

poetaeusou . . . disse...

*
garça real
,
o meu cantinho é livre,
escolhe o que quiseres,
só temos que agradecer,
á madre-natureza,
da qual nos esquecemos
que nela estamos inseridos,
,
posso enviar, inéditos se quiseres,
,
marés de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria luar
,
há caminhos não andados,
carentes do claro luar,
,
xi
*

Gerlane disse...

Ternamente lindo! Misteriosamente atraente!

Beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
sentida, amiga,
,
bji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
*
comentário
ternurente,
,
grato
,
brisas de jinos
*

Alice Matos disse...

Medos antigos em intervalos de vida racional... Escritos com palavras de sonho tecidas em teares de espanto...

Um beijo para o poeta, outro para o amigo...

poetaeusou . . . disse...

*
alice matos
,
teares da vida,
no sonho dos espantos,
em medos sonantes,
na palavra tecida,
,
vagas de jinos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Gosto de saborear esses mistérios...observá-los e deixar-me encantar...

Xiuu...

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
gaivota,
suspende o teu pilipar,
Xiiiuuuuuu,
,
o meu doce amor
está sorvendo
e,
encantando o mistério
*
conchinhas nocturnas
*

MIMO-TE disse...

Leio-te e delicio-me....!!!
Adorei como sempre, que posso eu mais dizer!!:)))


Mimos e um óptimo fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
mimo-te
*
deliciosa visita,
,
brisas nocturnas
*

multiolhares disse...

Nos mistérios, no ser e não ser
Na procura…

beijos nossos
luna

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
procuro,
o mistério,
do ser ou não ser,
,
beijos daqui
*

GarçaReal disse...

Obrigada.
És um doce Poeta

Depois...Quando a vontade voltar peço-te uma foto.

Jitogrande em ti

Maria disse...

.....inquietos segredos de sumidos mistérios.....
És?
Bela a primeira foto. Não gosto do gajo a olhar pra mim na segunda, hehehehehe

Inté

Gi disse...

que buscas tu poeta?
que te inquieta assim?


Fotos lindas. Um beijinho

lua prateada disse...

Tal como teu poema , a vida é um mistério na qual em qualquer parte do mundo se pode encontrar o bem e o mal o belo e o menos belo.Lindo pôr de sol...e como gosto deles.Beijinho prateado com carinho e bom fim de semana
SOL

paula barros disse...

Ah! tantos mistérios, tantos intervalos......
beijos

gasolina disse...

Esse peixe tem um ar terrível!
É alguma alegoria?

:~D

BEI/de MARÉ

GarçaReal disse...

Bom Fim de Semana

jitogrande

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
tu mandas,
,
brumas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
o monstro . . . de olhos meigos
,
inté
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gi
,
procuro-me,
e
ás minhas inquietações,
,
envio-te
um pouco de azul
deste lindo mar
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
*
a vida é o epicentro,
de toda esta diversidade,
,
marés de brunas
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula barros
,
hiatos secretos,
,
jinos de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
gasolina
,
é um peixe de olhos meigos,
ruivo, bom na caldeirada,
fotado no aquário vasco da gama,
,~
raios de sol de radioso dia
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
compras felizes . . .
jino
*

Um Momento disse...

No intervalo do olhar
Belas cores vejo surgir
Com palavras encantadas
Na calmia das marés
Mergulho, no belo ser que és

Beijo... em ti
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
no teu mergulhar
me sinto . . . mar,
,
bjinos
*