janeiro 19, 2012

travessa das minhas memórias .

calçadas de areia
é nas ruas dos vendavais
video
nas vielas navegantes
os becos têm saída
pelas calçadas de areia
onde o sal vive em socalcos,
na praça dos meus segredos
a travessa da memória
guarda chips nas esquinas,
alamedas de silêncios
no seven que não deu sete …,
é na rua dos vendavais
que as pracetas das nortadas
sopram á tua procura,
como ondas a quebrar
beijando no areal
as conchinhas descaradas
escamas do teu olhar
sigilos do meu tormento !
poema-fotos-video:poetaeusou

39 comentários:

Filó disse...

Neste areal da Nazaré
Sopram vendavais de emoções
Onde segredos e olhares se cruzam em nortadas de memórias,
E de muitas conchinhas, sempre deixadas...

Poeta, bonitas fotos.

Um Beijinho

São disse...

Na vasta praia da Nazaré há espaço e tempo para vendavais de toda a espécie, sem dúvida...

Bom final de semana, amigo meu

gaivota disse...

o meu MAR!!!
está nortada, amigo... que nortada aí pela praia... mas volto sempre!
à viva... sem segredos!
pilipares, muitos

Teresa Durães disse...

e o vento, encontrou-a?
levou-lhe o murmúrio
e beijou-a!

GarçaReal disse...

Teu olhar de mar continua na busca do amor que se foi...

Lindo este teu poema e esta tua incessante busca alojada na tua memória....

Bom fim de semana meu amigo de sempre

Bjgrande do Lago

Gosto mais desta tua foto do perfil...:)

Isabel José António disse...

Caro Amigo,

Continua, como sempre, com a inspiração na ponta dos dedos, da mente ou onde seja.

Muitos parabéns.

Belas fotos.

Um grande abraço

José António

Mar Arável disse...

Os becos têm saída

nas tuas belas palavras
nessa Nazaré de mares revoltos
que tanto estimo

Ana Martins disse...

Poeta, boa noite!
E é na travessa das suas memórias que a poesia nasce em vendavais de emoções!

Beijinho,
Ana Martins

Magia da Inês disse...

°º✿
º° ✿ ✿⊱╮
Fotografias lindas.
Poema muito inspirado.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
Brasil°º✿
º° ✿ ✿⊱╮

Solange disse...

poema lindo de se ler..
de se pensar..
de se sentir..
senti a brisa do mar, enquanto lia..

bjs.Sol

**♥✿-franciete filipe-✿♥** disse...

Poeta sim tu és, trazes contigo a força das marés.
Vives a vida com uma grande ilusão
mas tens no peito a bater um coração.
Amigo, amigo adorei a visita e as palavras, porque tuas palavras vindas de um homem forte trazem melodia infinita para quem as saboreia. Beijinhos de luz e muita paz, essa paz imensa que esse Oceano te dá...

Andradarte disse...

Belo poema, lindas fotos....Já hoje vi umas fotos noturnas daí, no Blog da Luna...Lindas também...
Abraço

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Na verdade, a praia fez nascer a aldeia de pescadores, donde nasceu a típica cidade, bem se pode designar:
"travessa da memória".
Abraços

Canduxa disse...

na travessa das tuas memórias
há vendavais que sopram até encontrares o que procuras.

deixo estrelinhas cintilantes

poeta,continuas a visitar-me na minha casinha antiga...para a próxima entra no meu Mundo Colorido e Luminoso http://seloscanduxa.blogspot.com/

Lilazdavioleta disse...

Hó poeta , Lindo !

E é tão bom os becos terem saída . . .


Um beijo ,
Maria

LUZ disse...

Boa tarde Poeta,

Vi os seus dois blogues, e ambos têm muito interesse.
Decidi-me pelos dois, embora, hoje esteja a comentar neste.
Vi, com olhos de ver, as belíssimas fotografias expostas nos blogues e a poesia, que escreve, que tem como tema forte, o seu mar e um amor, aquele amor perdido, de que falam os poetas, que nunca deixam de amar.
São uns sonhadores... mas o sonho comanda a vida, diz o outro poeta.
Gosto muito dos adjectivos, que junta aos substantivos, para os adornar. Ficam mais compostos, mais quentes.

Abraço.

afectosecumplicidades.blogspot.com

Fernanda disse...

Maravilhosa Nazaré e belíssimas fotos, como sempre, amigo Poeta.

Beijinho

Maria disse...

Meu amigo poeta na travessa das memórias, vislumbram-se os vendavais passados que nos levam em rodopio, pelos sonhos que um dia, o vento da vida levou.
Boa semana
Beijinhos
MAria

Duarte disse...

O roncar desse mar sem fim que se enrola ao esticar-se na praia.
Imagens que arquivo de pequeno, quando o meu pai me levava, com ele, a pescar para Angeiras...
Versos nos que esgrimes palavras que ouvia dos pescadores, aqueles lobos do mar, valentes.
Viver recordando, é belo.
Um grande abraço, amigo Zé

marlene disse...

LINDO LUGAR NA PRAIA DO NAZARÉ
COM VENDAVAIS OU SEM É UM LUGAR DIVINO PARABENS POETA POR SUA LINDA INSPIRAÇÃO FIQUEI ENCANTADA LENDO EM SEU BLOG FIZ UM LINDO PASSEIO
DEIXO UM ABRAÇO E O CONVIDO A CONHECER
MENTORESDELUZ.BLOGSPOT.COM
AOSOLHOSDAALMA.BLOGSPOT.COM
COM CARINHO MARLENE

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

É nos becos da memória que se sepultam os sonhos.
Como sempre IMENSAS as tuas palavras.

Deixo um beijinho
Sonhadora

Lilá(s) disse...

Bela praia que tanto te inspira! a ausência não te prejudicou a inspiração, pelo contrário fortaleceu-a...
Bjs

Luís Coelho disse...

São estas marés e vendavais que nos fazem sentir a vida.
A praia e as conchas são uma parte da alma onde se encontra a poesia.

Grato pela visita em - lidacoelho

LUZ disse...

Boa tarde Poeta,

Foi com muito agrado, que vi a sua fotografia no painel do meu blogue.
Leu a minha poesia, mas...talvez não faça o seu género, daí a ausência do seu comentário.
Respeito a sua dacisão, inteiramente.
Eu irei passando, sempre que possível.
Obrigada e tenha um final de tarde com sorrisos e abraços.

Abraços de luz.

LUZ disse...

Boa tarde Poeta,

Foi com muito agrado, que vi a sua fotografia no painel do meu blogue.
Leu a minha poesia, mas...talvez não faça o seu género, daí a ausência do seu comentário.
Respeito a sua dacisão, inteiramente.
Eu irei passando, sempre que possível.
Obrigada e tenha um final de tarde com sorrisos e abraços.

Abraços de luz.

TITA disse...

Vale a pena percorrer as calçadas ao som de Vivaldi...e deixar que os sons do coração beijem a praia.Um abraço.

MENSAGENS AO VENTO disse...

__________________________________


...a sina de estarmos sempre a procurar alguma coisa...

Belos versos dos quais já sentia saudades!


Beijos de luz e o meu carinho!!!

Zélia(Mundo Azul)

____________________________

Amor feito Poesia disse...

Traze-me um pouco da tua lembrança,
aroma perdido, saudade da flor!

Bom dia e beijos perfumados prá voce! M@ria

Marlene Maravilha disse...

É extremamente edificante quando podemos transmitir para os outros o que nos vai na alma!!
As fotos sao maravilhosas. Gosto demais do mar, e nao viveria sem ele.
Quanto a dieta, meu querido amigo, podes anexar os peixes sem temer. Só te fará bem!
Ando ocupadíssima com a família, mas logo retorno a net!
beijo e um dia abencoado!

pó de estrela disse...

Voltaste, meu poeta das águas:)
Que contente eu estou!

Deixei o blog um bocado ao abandono, outros areais se espraiam na minha vida,e algumas ondas alterosas têm surgido entre o marulhar das ondinhas da minha praia... No entanto, vou-te seguir, porque és sempre um búzio que encanta os meus ouvidos e os meus olhos...
Doces conchinhas...

Secreta disse...

Vendavais de sentires e emoções , escondidos nas memorias.
Beijito.

Bruno Gaspari disse...

Sensível poema que nos leva
a constante releitura, parabéns!

Grande abraço de paz!

Baila sem peso disse...

em tormento de poeta
as travessas das memórias
deixam a porta aberta
para que nos cantes as árias
das tuas mais doces estórias...

areais de fantasia interior
onde se desenha sempre o amor
sobre o azul do mar
que conchinhas vem beijar

tormento? não, poeta amigo
antes encantamento de sal marinho guarnecido!! :)

(ando deveras mto cansada...mas sempre que posso leio a beleza da tua palavra!)

beijinhos bailando pelo areal, da Nazaré que te tempera com seu sal!

Controvento-desinventora disse...

" escamas do teu olhar
sigilo do teu tormento". Maravilhoso!

Obrigada, pela visita. A maçã não é pecado não, é símbolo e um sagrado desejo, que desperta na pele da manhã de quem ama.

Boa travessia...

rouxinol de Bernardim disse...

O mar da Nazaré com os seus sortilégios e as suas emoções...

durindana disse...

Um dia destes tenho que visitar a Nazaré, onde já não vou desde os meus longínquos 10 anos, quando uma vez me perdi numa "calçada de areia".
A.M.

MOISÉS POETA disse...

Poema impar , de extrema sensibilidade...

Abraços !

Del Rodrigues disse...

Olá,sou professora,conheci seu blog através de uma amiga, gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
Será que vc pode me dar uma força?
Conto com a sua ajuda!
Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
Obrigada!Paz e Luz!
Esse é o link:
http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

São disse...

TENHO A CERTEZA DE QUE NOS ENCONTRAREMOS NO FUTURO, ALGURES, MEU AMIGO.

TODA A LUZ PARA TI E UM CARINHOSO E GRATO ABRAÇO .