dezembro 14, 2010

.............................. não há bela sem senão



diz-me,  não sentes o mar ?
video
vou contrastar
a minha personalidade,
amando o desalinho
nos vazios transbordantes
da vida que não vivi,
quero ser tragédia
da comédia que há em mim
ser o tudo sem ser nada
uma onda naufragada
no portal da inversão,
quero ser o quente inverno
no verão da neve escura
odor de cálido frio
nas primaveras sem flor,
estio verde, eu quero ser
no resfriado restolho,
eira que nunca aloirou
os ninhos do meu outono,
ah, mas não quero que alteres
a maneira que me envolve
o teu carinho florido,
na forma como fazias
nem no modo como fazes,
quando eu, sonho contigo !
poema-fotos-video:poetaeusou

66 comentários:

OutrosEncantos disse...

Tão lindo poema, Poeta.
Beijo.

SAM disse...

Querido poeta,

"ah, mas não quero que alteres
a maneira que me envolve
o teu carinho florido,
na forma como fazias
nem no modo como fazes,
quando eu, sonho contigo !"

Sei que sou repetitiva emnquanto o poeta versa com maestria em tantos temas e todos maravilhosamente bem. Mas o fato é que leio sempre com encantamento e todos os seus poemas são lindos e sensiveis. Obrigada.


Carinhoso beijo

Bogdan Burca disse...

Hi,
My name is Bogdan from Romania! I want to make friends!
Can we be friends?? LinkExchange??
My blog address is: www.bogdanstelistul.blogspot.com
Thank you!!!!

LOURO disse...

Olá poeta!

Como é belo o teu poetar,e ouvindo neste video as ondas do mar...

Um santo natal e bom ano 2011.
Abraço
Lourenço

folha seca disse...

Caro "Poetaeusou"
Há já algum tempo que descobri o seu excelente blogue" acho que nunca disse nada, porque isto de comentar poesia não é para todos. No meu caso limito-me a gostar ou não. Neste caso gosto e muito dos seus poemas que tenho lido. Hoje complementou com imagens e videos que me deixaram viver um bom momento.
Não fossemos nós vizinhos do mar.
Cumprimentos.
R.Manuel

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

E quando o sonho se enraizar
que se desfaça o desalinho
e se abra o portal
das palavras sonoras
que cantam encantos
e alinhem as travessuras
dos horizontes magníficos
e do belo encontro
entre o desejo de ser
e o ensejo de o ver.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 14/2010

antonio - o implume disse...

Muitas das vezes não passamos disso, a solidão de uma onda naufragada em pleno mar.

Andradarte disse...

Foto poderosa e...transbordante.., claro
que ouvi o mar...e voltei a ouvir..
Abraço

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Amigo seus poemas mesmo revoltos, só revelam magnitude de tanta beleza e candura. Quem será o ser que lhe deu tanta inspiração, feliz do poeta que descreve tanta beleza.
Beijinhos de luz e paz

Jacarée disse...

O Mar, o sonho...brisa remexando emoções o abismo indesvendável...
q esconde o desafio contínuo...a areia branca,... latência do movimento...transborda tragédia, paz e solidão...
Parabéns, estupendo trio, poesia,mar e sonho.
Abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
Grato, amiga,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
Amiga,
escrevendo com o coração,
todos podemos “poetar” ?
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Bogdan Burca
,
Obrigado pela visita,
Irei ao teu Blog,
as amizades para além do
virtual, levam tempo a nascer,
como saberás !
,
saudações !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
Amigo,
o mar é sublime, até para
além da quinta dimensão !
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
folha seca
,
Meu caro,
eu não lhe chamo poesia,
aliás sou poetaeusou (…)
com reticências, apenas
arquitecto palavras, conforme
o estado de alma e os sentires
do momento, porém como sabes
os poemas são sempre de quem
os lê e os sente no momento,
logo são fáceis de comentar !
,
como bom vizinho, irei conhecer
o teu espaço, Marinha Grande
uma cidade que me diz muito !
,
saudações Nazarenas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jorge Manuel Brasil Mesquita
,
com toques de gratidão,
confrontando os portais
somos uns simples mortais
que nos vamos instruindo
o bem e o mal conferindo
com ou sem explicação !
,
saudações,
,

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
e com a terra á vista !!!
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Andradarte
,
o Mar
e o seu poderio !!!
,
abraço,
,
*

TITA disse...

Poeta,estou em crer que os vazios transbordantes da vida que não viveste,tem a medida inteirinha do amor com que te deste.Belíssimo desalinho este...e ainda te atreves a perguntar se sinto o mar?Como não o sentir aqui?Um abraço florido.

tossan® disse...

Trambordastes poesia. Abraço

M@ria disse...

Ele testemunhou diversas primaveras
com botões eclodindo em fragrâncias e tonalidades,
colheu manhãs azuis, diáfanas, suaves,
envolvido pela brisa perfumada.

Fátima Guerra

Beijos & Flores & Poesia...M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
**♥✿-franciete-✿♥**
,
o Mar minha amiga, o Mar !
sabias que o Mar é mulher ?
se o não fosse, porque razão,
quereria tantos homens no seu seio ?
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacarée
,
um poema,
a tua apreciação,
parabéns e obrigado .
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
Amiga,
ai o mar, o mar,
fica um pedido,
não façam poemas ao mar,
porque o Mar é um Poema !
,
vagas de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan®
,
a tua perspicácia,
apurada com sempre,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
M@ria
Perfumado me senti,
,
Conchinhas,
,
*

lágrima disse...

Nostalgia....
Musica linda!
Poema lindo!
Palavras a saír do coração!
É assim o poeta!
Beijo.

lita duarte disse...

Palavras embebidas num mar de belezas.

Grande Poeta.

Beijos.:)

Solange disse...

lindo poema...
quero ser o sorriso de tua lágrima..

bjs.Sol

Fa menor disse...

Belíssimo, como sempre. e um remate de mestre :)

Gostei muito da primeira foto.

Beijinhos

Pitanga Doce disse...

Eu sou bela e não tenho "senão". Só "sesim"! hehe

Bom dia Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
lágrima
,
melancolia, talvez,
nesta lágrima, que me deixas !
,
brisas serenas,
,
*

Filó disse...

Um poema transbordante de sentires...que todos gostamos.
Todos nós de alguma forma já fomos "Primaveras sem flores ou o inverno quente no verão de neve escura"...
Poeta, que o mar vá e venha em marés transbordantes de muita Amizade e Paz !

Beijinho amigo

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
diria,
que é o mar
escorrendo palavras !
,
coloridas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Solange
,
os teus sorrisos
são ninhos do meu inverno !
srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
ou do Ronaldo,
queres do Falcão ?
tábém,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
Ai,
estás tão longe de mim,
és um pedestal
e eu um chão de barro !
,
Sou um “desinfliz”
,
conchinhas sem esperança,
ficam, (srsrsrsr)
,
*

Anna disse...

Poeta querido, boa tarde pra ti!

É o homem esse contraste,
eterna dualidade
o inverso do reverso...

Sempre belo seu versar,
teu amor ao mar...
Mais beijos de Luz, menino poeta!

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
transbordante
de alegria fico,
quando me visitas !
,
serenas maresias,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anna
,
como me iluminam
os teus beijos de luz,
,
eternas estimas,
ficam,
,
*

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Poeta, só me resta dizer que estou cheia de vazios transbordantes.
Beijos pela belezura e pela amizade!!
Renata

**♥✿-franciete-✿♥** disse...

Meu querido amigo, suas palavras deixam todos os amigos de certo que encantados.
Até o seu ar me vem há lembrança o gigante adamastor(com todo o respeito e carinho que me merece).
Beijos de luz e paz.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Passando para agradecer a visita e apreciar mais uma das tuas belas criações. Belo poema, lindas ilustrações.

Abraços,

Furtado.

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
Amiga,
e eu transbordo frio,
por todos os poros, necessito,
de assopros tropicais !
,
conchinhas !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
**♥✿-franciete-✿♥**
,
srsrsrsrsr,
,
e o que viu o herói,
o que descobriu o valente,
que o gigante era um penedo,
que tinha a forma de gente !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosemildo Sales Furtado
,
grato amigo,
marés,
de benquerenças,
deixo,
,
*

maria teresa disse...

Poeta eu sinto o mar e sinto uma duplicidade no teu sentir,queres mudar, queres estar em extremos que se opõem, mas queres que fique imutável o conteúdo dos teus sonhos.
Abracinho meu

MEU DOCE AMOR disse...

Pois não.Dizem que não.Mas o poema é belo sem...senão.

O carinho deve ser sempre o mesmo, não é?

Beijinho doce

Marlene Maravilha disse...

Saudades deste canto!
Saudades da veia poética que te envolve!
Sonhar faz muito bem! E poder trazer os sonhos a realidade seria melhor ainda.
Abracos e FELIZ NATAL E UM ANO NOVO CHEIO DA GLÓRIA DE DEUS!

Amor feito Poesia disse...

A lua de prata
no céu se esconde
As estrelas pingam
lágrimas de saudade
A noite grita
dentro de mim o teu nome

Lou Witt

Feliz noite....Beijos meus! M@ria

PÉTALA disse...

Sentir o mar

É sonhar em cada marulhar o chamamento do amor...
É escutar o búzio a soletrar o nome de quem se quer amar...
É ver no fio do horizonte o além intocável...

Aromas de
Pétala

Magia da Inês disse...

♥ Olá, amigo!♫
♫♥ Que lindo... muito, muito bonito!!!
♫♫ Beijinhos. ♥♫
♫♥ Brasil
♫♫♫♥

Jacque disse...

Eu estou oferecendo meu cartãozinho de Natal, no meu Blog AGUA DE ROSAS, apareça...
http://aguaderosas-jacque.blogspot.com/

rouxinol de Bernardim disse...

Um cheirinho a maresia neste poema salgado...

nacasadorau disse...

Poeta amigo!

Se sinto o mar!!!
Não mudes nunca e mostra-me sempre o teu mar... dá-me conchinhas.

Beijo

gaivota disse...

ontem recebi uma fot da nossa praia... de um "provocadorzinho", que chega aí e sente-me no ar!...
lindoooooooooooo, o nosso mar, o nosso sol, a nossa praia!
sábado já sabes! nem há pão pa malucos!
piliparesssss

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
sabes amiga,
quando contemplo o mar,
não sei se é sonho
ou realidade !
,
duplas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Pois é !
,
o carinho
é aquele ninho
apertadinho
onde a amizade é um hino !
,
um mar de estima,
dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
Saudoso de ti, me encontrava,
,
(um virus comilão entrou aqui,
e devorou alguns endereços
o teu incluído, ando a
recuperá-los lentamente)
,
lá vamos sonhando, amiga,
desejo-te uma serena Quadra,
,
deixo-te a minha Paz !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
que a aurora boreal
te guarde !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
PÉTALA
,
um poema,
as tuas palavras !
,
sem ti mar
é não ter o que se tem,
ver tanta gente
e nunca ver ninguém
é ter na vida tudo
e não ter nada !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Magia da Inês
,
♥ amiga ♫
♫♥ as tuas palavras !
♫♫ enchem-me de magia ♥♫
♫♥ um mar de estima
♫♫♫ deixo-te !
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jacque
,
que saudades,
passarei no teu cantinho,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rouxinol de Bernardim
,
é com o sal das marés,
que as palavras se reforçam,
,
abraço,
,

poetaeusou . . . disse...

*
nacasadorau
,

,
o mar é teu,
palavra de Poseidon !
srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
sábado estou presente,
tenho aqui canalizadores,
mas vou,
olha um tipo de cano
com a duração de vinte anos,
faleceu com 18 meses,
só a mim . . .
,
pilipares,
,
*