novembro 27, 2010

................................... histórias te contaria


á tardinha
video
se conhecesses meus sonhos
prendias-me com o teu sorriso
em grades sem escapatórias
só para estar junto a ti,
contemplações te fazia
através do gradeamento,
por medo de ser transferido
para ala do esquecimento,
histórias te contaria
na cela dos teus abraços
que de mim, fazem refém,
lembro a fuga á liberdade
só para estar aprisionado,
nem que seja, ao teu desdém !
poema-fotos.video:poetaeusou

62 comentários:

RETIRO do ÉDEN disse...

Te contaria que essa auto-estima tem de subir/trepar as grades da confiança e da segurança.
Abraço forte
Mer

Perla disse...

Sempre belíssimas palavras, poeta das águas. Fechado a chave de ouro.

Bjos

Andradarte disse...

Fiquei preso nessas grades da Beleza...
Abraço

Carmo disse...

Poeta, simplesmente....Obrigada.

Beijinhos e boa semana

Isa disse...

Lindo o poema.
Lindas as fotos e a Música a completar este momento.
Beijo.
isa.

Filó disse...

Histórias de encantar, como a de Romeu e Julieta...
Todos nós, de alguma forma estamos presos por grades da vida...
Poeta, e eu aprisionada fico a tamanha beleza, de tudo isto aqui...obrigado.


Beijinho amigo

Daniel Costa disse...

Poeta

Podemos imaginar grades e agradáveis modos de aprisionamento.
... E o mar bate no rocha...
Abraço

Maria Sorrisos disse...

Que linda prisão a dos braços de quem se ama. deixo um beijinho com carinho meu amigo. bfsemana!

Maria disse...

Amigo poeta, sempre alta qualidade neste seu cantinho maravilhoso. Belissimo video, fotos e poema.
Bom Domingo
beijinhos
Maria

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
um bom diagnóstico,
manda a receita e o recibo,
pode ser sem a vinheta,
srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Perla
,
águas saídas,
das nuvens de orvalho,
pingando amizade !
,
brisas serenas,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Andradarte
,
é nas grades derrubadas,
que renasce a liberdade !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
Amiga,
as fotos são de quem as vê,
os poemas de quem os lê,
os posts são de todos nós !
,
serenas maresias !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
amiga,
lindos os teus elogios,
,
obrigado
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga,
,
há uma prisão dourada,
com odor a violeta,
o preferido da Julieta,
para o seu Romeu amado !
,
brisas de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
e a rocha
acomoda-se
no seu cativeiro !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Sorrisos
,
e os braços, abraçam,
o meu cativeiro . . .
,
marés de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
Amiga,
como me agradam
as tuas palavras,
obrigado !
,
um mar de amizade
deixo,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Ao desdém?Ao desdém não.Isso é mau.E desdenhar é pior.

Fica preso aos abraços, sorrisos...

Beijinho doce e que linda música

Nas Asas da Poesia disse...

Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.

[ Clarice Lispector ]

Boa Noite.......Beijos & Flores! M@ria

Maria Clara disse...

Cativos versos
na vontade de se verem aos quadradinhos no brilho do sol dos afectos.

Quisera uma parte de mim, soltar-me alma dependurada num imbondeiro qualquer na savana imensa do chão da minha terra.
Quisera eu manter-me cativeira dessa mesma terra...para ser feliz.

Sakidila ( obrigada )por oferecer poemas tão belos, a gente Livre de os poder vir ler e deixar aqui o testemunho de que o talento e a criação só existem verdadeiramente nas almas livres.
Kandandus

Cildemer disse...

Texto e imagens de encantar como sempre!
E a mania de fotar portas e janelas...;o)
Sim, prisioneiro do amor!
srsrsr! É sonho ou pesadelo?

***
Feliz domingo, amigo sonhador****

TITA disse...

Poeta,que os abraços te façam refém mas nunca te aprisionem a alma.Que história...Belíssima harmonia como é teu hábito e um lindo hino à liberdade de amar.Abraço.

tossan® disse...

Rapaz, fiquei embriagado e preso nas tuas emoções. Alguém tem as chaves. Abraço do amigo de Santos

M@ria disse...

Busco lindas estrelas lá no céu,
No céu de manto escuro, sem luar,
E o firmamento, em calmo e suave véu,
Mostra miríades delas a brilhar

J.Udine

Feliz Domingo...Beijos meus! M@ria

Rosemildo Sales Furtado disse...

É amigo, dependendo da carcereira, pouco importa o tratamento, o importante é estar atrás das grades.

Abraços e ótimo domingo pra ti e para os teus.

Furtado.

M@ria disse...

Busco lindas estrelas lá no céu,
No céu de manto escuro, sem luar,
E o firmamento, em calmo e suave véu,
Mostra miríades delas a brilhar

J.Udine

Feliz Domingo...Beijos meus! M@ria

antonio - o implume disse...

O desdém näo nos cura de um amor näo correspondido...

OutrosEncantos disse...

...estava lindo o mar nessa tardinha, sereno mas melancólico e com a música de fundo perfeita para se ouvir um contador de histórias belas
Beijo, Poeta.

Laura disse...

Graças que temos e podemos sempre arranjar uma fuga à liberdade. Pensar e agir é de cada um, mas transformá-lo em realidade! nánaninánão, há muita coisa envolvida, mas a gente quando quer consegue quebrar as grades e abraçar o sonho.

Um beijinho da laura

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
querida amiga
adoro o desdém,
eu quero montes de desprezo,
para poder dizer ao mundo,
para poder dizer ao mundo,
(onde é que ouvi este estribilho)
que sou um mártir eterno e que
tenho direito a não sei o quê,
quando for desta para melhor
com o meu amigo Bocage !
,
oor esta não esperavas !!!
,
conchinhas de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nas Asas da Poesia
,
M@ria
deixa-me ser,
a aurora boreal !
,
Conchinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clara
,
Amiga,
são um belo poema
as tuas palavras,
pelo que eu Sakidila,
,
marés de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
portas e janelas,
rasgadas e belas,
,
é misto, minha amiga,
sonhos de dia,
pesadelos á noite,
um autentico cativeiro !
srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
amiga,
sonhar é um sublime dom,
faz-nos voar,
nas asas da liberdade,
e cantar as letras do poeta,
não há machado que corte,
a raiz ao pensamento,
não há morte para o vento,
não há morte . . .
,
um mar de ternura,
deixo,
,
*

MM - Lisboa disse...

Quem assim escreve,
Jamais poderá ser esquecido!
Um abraço amigo e agradecido por nunca se esquecer de passar pelo meu espaço!

poetaeusou . . . disse...

*
tossan®
,
É,
vamos chavar,
uma caipirinha, valeu ?
,
amigo,
aquele abraço,
fica,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
um mar
de Vias Lácteas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosemildo Sales Furtado
,
sabes que tens razão,
vamo-nos gradear então !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
Penso que já respondi !
,
vamos perscrutar o céu,
suavizando o olhar !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
há momentos
que o valor das palavras,
nada nos dizem !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
Amiga,
,
á tardinha
nada me impede
de vestir-me de ocaso
e de libertar
as palavras amarradas,
tenho a dimensão
do desejo de ser tudo
rejeitando o limiar
das ambições retraídas
do crepúsculo que me atrai !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Laura
,
minha amiga,
e maior será frustração,
voarmos nas asas do sonho,
afastando-nos da realidade !
,
conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MM - Lisboa
,
Amiga
o teu espaço,
é imprescindível,
no roteiro da sabedoria !
,
brisas serenas,
,
*

JB disse...

Às vezes as grades têm mesmo histórias para contar e são elas que preservam o silêncio... Gostei dessa imagem de nos prendermos ao desdém... não havendo outra liberdade, essa pode ser o melhor de uma ausência total, de uma falsa liberdade...

Que versos e que conjunto tão simbólico!

Beijinho

© Piedade Araújo Sol disse...

sempre belas as suas palavras, sempre inovadoras as suas imagens.

que mais dizer? se tudo já foi dito.

um beijo grande Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
JB
,
como vês amiga,
contento-me com pouco !
srsrsr,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
agradecer-te,
pela tua benquerença !
,
brisas serenas,
,
*

OutrosEncantos disse...

Eu sei que tu não ligas, mas pronto, sempre é um carinho né?!

No sítio do costume,

http://meusamigosseusmimosmeusencantos.blogspot.com/2010/11/sempre.html

Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
amiga,
já fui,
e "botei palavra"
,
conchinhas, muitas,
,
*

Insana disse...

Não sei mais sonhar assim.

bjs
Insana

Flor de Lótus disse...

Lindos versos!mas não podemos ficar preso a alguém que não está nem ai pra nós...
Beijos

uminuto disse...

fossem todas as prisões aquelas que os orriso nos oferece
um beijo e boa semana

poetaeusou . . . disse...

*
Insana
,
minha amiga,
sonhar é fácil,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Flor de Lótus
,
e se eu seguisse
a tua perspicácia ?
,
brisas de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
vamos libertar os sorrisos,
e prende-los,
nos hinos da liberdade !
,
conchinhas,
,
*

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema! Estar preso por vontade... é bom, nem que seja ao desdém do ser amado.
Poetaqueé, tenho saudades. Quase não venho mais aqui, não só ao teu blog, mas à Net mesmo. Estou presa num vaso chinês e ambos se podem partir.
Apareça nos nossos, és muito bem-vindo!

"Quero, um dia, dizer às pessoas que nada foi em vão... Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades e às pessoas, que a vida é bela sim e que eu sempre dei o melhor de mim... e que valeu a pena. (Mário Quintana)"

Um beijo
Renata

Vivian disse...

...prendeste-me de encanto
nas grades da tua poesia!

e agora que faço eu,
além de deixar bjs
de um Brasil ensolarado?

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
amiga,
estão na moda
os produtos chineses,
srsrsr,
,
também tenho saudades,
acontece que um problema
no disco rígido do PC-chefe,
perdi muitos endereços, que
estou a tentar recuperá-los !
,
brisas de estima,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Vivian
,
amiga
que bom podermos,
escolher o nosso cárcere,
acho que escolheste bem !
srsrsr,
,
deixo-te vagas de carinho,
não incluindo, o frio, chuva
e a neve, que nos atormentam !
,
*

Parapeito disse...

:)
Que bonita declaração de amor...as grades acabam por cair...
brisas doces para ti*

poetaeusou . . . disse...

*
Parapeito
,
dispersas em mim,
sinto o frio das grades
sensação imutável
cingindo enleios.
cativeiro dourado
no cárcere de vida
terra prometido
esculpindo consolos !
,
conchinhas,
,
*