novembro 15, 2010

................................... as voragens do sol-pôr


enxugadas marés
video
é ao sol-pôr que eu ouço
na cor de mel do poente
os sinais que em ti fervilham,
crepúsculos indecifráveis
ameigando os teus cabelos
nas voragens que me animam,
é no declínio das tardes
junto ás portas do ocaso
que vivaldi intemporal
toca estranhos anoiteceres
etiquetas esfusiantes
de exaltado ritual
convivendo aconteceres
nos limites escaldantes !
poema-fotos-video:poetaeusou

64 comentários:

Lídia Borges disse...

Um poente ao som de Vivaldi, uma tela de encantamento...

Um beijo

Filó disse...

É junto à porta do ocaso que Vivaldi toca notas de música com sabor a mel, bailando com as palavras e o sol...
Aconteceres ao anoitecer...
Poeta, este lindo poema completa-se com as fotos do por-do-sol e a música de Vivaldi !
Lindo...Lindo.
Beijinho amigo

Zélia Guardiano disse...

Magnífico, Poeta!
Magnífico!
Fico-lhe grata por dividir comigo um tesouro deste porte!
Imenso abraço d'aquém-mar...

Daniel Costa disse...

Poeta

O bravo ou calmo, quando o pôr do sol nele incide, fica um inolvidável espectáculo.
Aproveito a dizer que a foto so cabeçalho de pOEMAS UM HOMEM SÓ, captei, com telemóvel na praia da zona portuária da Nazaré.
Abraço

gaivota disse...

estranhos anoiteceres, nas quatro estações!inverno há dias, verão a seguir!
assim vai o tempo, em estranhas mutações, como a vida!
e o nosso mar aí sempre valente!
pilipares

Agulheta disse...

Amigo poeta! Lindo poema com as belas notas de Vivaldi,em perfeita sintonia,e os meus olhos se deliciam nestas belas fotos.
Beijinho

RETIRO do ÉDEN disse...

Uma voragem poética ao som de Vivaldi...
Parabéns pela escolha das palavras e das fotos.
Abraço
Mer

Laura disse...

Os estranhos anoiteceres saem da tua máquina e da tua pena, transformando-se no dia mais ensolarado e iluminado da blogosfera...

Um beijinho da laura

Rosemildo Sales Furtado disse...

Belo poema! Uma junção de maravilhas. A beleza do por do sol aliada à cor de mel do mar e a delícia do som de Vivaldi.

Abraços,

Furtado.

Artur Gonçalves Dias disse...

bom voltar ao seu espaço caro amigo

cumprimentos

segredo disse...

Um por de sol ainda mais romantico...

Beijinho de lua*.*

MEU DOCE AMOR disse...

Hummm...então é por isso que gosto de Vivaldi!!!Por ser intemporal...

Lindo poema e as 4 estações sublimes.

Adorei.

Beijinho doce

TITA disse...

Poeta,ao ler-te sou Primavera,ao sentir-te sou Verão.Outono,ao recoher-me na harmonia que nos ofereces,Inverno ao inventar um entardecer de Setembro.Belissimo momento e a certeza de que vivemos de sinais.Um abraço docinho.

Vivian disse...

...beijo a tua sensibilidade!

maravilha de post!

parabéns poeta!

maria teresa disse...

O pôr do sol! Um momento que se repete todos os dias mas que tem sempre um sabor diferente ... com Vivaldi transforma-se num momento mágico!
Abracinho meu!

M@ria disse...

Ser feliz
É simplesmente ver teu sorriso gostoso
É sentir-se no paraiso estando ao teu lado
Ser feliz é te amar mesmo que seja em segredo.
Apenas te amar, amando.

Joe Luigi-

Feliz Semana...Beijos & Flores! M@ria

Nas Asas da Poesia disse...

Suave melodia
Noite e noite dia e dia
Afeição na parceria
Emoção pura e tranquila

Dhenova

Feliz dia´... Beijos na alma! M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
Lídia Borges
,
amiga
no acaso do ocaso,
Vivaldi toca o poente !
,
conchinhas musicais,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga,
na certeza das tuas palavras,
o Sol-Pôr é cintilante !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
Amiga,
ai, se te pudesse igualar,
porém estás á minha frente,
a anos-luz de distancia !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
vejo uma ilusão de ouro
na linha do horizonte
fica ali mesmo defronte
e será sempre o meu tesouro !
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Linda,
,
bateram á minha porta
e eu perguntei, quem é ?
uma voz me respondeu
é o Mar da Nazaré !
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
sabem a mel,
as tuas palavras,
obrigado,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
o teu comentário
soa a Vivaldi,
obrigado,
,
marés de estima
deixo-vos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Laura
,
amiga
o cair da noite
deixa átomos de estranheza,
nas asas de Einstein !
,
conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosemildo Sales Furtado
,
o Sol-Põr,
é um recital de beleza
telas duradouras,
que Matisse, decerto, assinaria !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Artur Gonçalves Dias
,
amigo,
grato fico,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
romantizo
o sol-pôr do teu carinho,
,
marés de estima,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
por ser intemporal
e eu, um grande invejoso !
não entendes, que eu
roubei-te o compositor ?
srsrsrsr,
,
conchinhas, muitas !
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
É,
das quatro estações se faz vida,
fases musicais,
reais,
sinais que nos dão guarida !
,
brisas serenas,
,

poetaeusou . . . disse...

*
Vivian
,
a tua sensibilidade,
tem os odores do Mar
e no olhar as cores da afectividade.
,
serenas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
a fascinação do sol-pôr,
tem a beleza
dos olhos de que o ama !
,
marés de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
oParaíso
é incorporar o Sol-Pôr !
,
cnchinhas,
*
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nas Asas da Poesia
,
ouvir Vivaldi tocar,
é fazer da noite dia,
de um violino magia,
do orvalho fazer mar !
,
brisas serenas,
,
*

gota de vidro disse...

E como o pôr do sol é das coisas que mais me aliciam e inspitam, fico extasiada com tuas fotos e teu poema que confere à cidade, ao mar e ao campo aquela cor de mel que envolbe e finalizar o dia.

è o encantamento do fimnal de tarde.

Tens que o fotografar tcando os aloés.

Plipares e

Bjitos da gota

Fernanda disse...

Querido Poeta das Conchinhas!

Sempre belo...sempre perfeito.
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
gota de vidro
,
Amiga,
,
os meus aloés,
estão prestes a florir
Dezembro/Janeiro,
em pleno Inverno e quando
necessitamos de uma Flor . . .
e assim sendo,
,
não te suplico
rosas nem cravos
não quero espinhos
não quero agravos
dá – me só
o que tu és
dá – me a flor
do teu sorriso
no teu odor
a aloés
campos de amor
é o que eu preciso !
,
marés de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,

feliz fico
com o teu comentário !
,
conchinhas,
,
*

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

É no retiro do poente
que abraço o teu rosto,
imaginação da viagem
ao centro de mim,
encontro de lábios secos,
frescura que se ousa
em delíros de tempo.
Se o poente
for nascente
abro as pétalas do amor
e espero pelo sopro do vento,
canto do corpo
que se espera
e se ama
no silêncio do meu conforto.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 16/11/2010

MEU DOCE AMOR disse...

Podes roubar.Rouba....rouba...

Beijinhos doces

SAM disse...

Poeta,


Luz e mel, em versos, exaltando belos aconteceres. Belíssimas fotos e maravilhoso poema.

Carinhoso beijo, amigo.

Luís Coelho disse...

Bom dia

O espectáculo do anoitecer é deslumbrante em qualquer canto, mas junto ao mar ainda é maior.

Cantar esta maravilha só acontece às almas nobres e atentas.
Bonito este teu canto.

gaivota disse...

é o mar da nazaré... se és tu, podes entrar... mas não me faças é aml, eu só queiro brincar, os dias de carnaval!!!!
é de cêda a nossa gente...
já quase carnaval!
a vida é um carnaval...
pilipares!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Sua sensibilidade me encanta poeta...

Bom dia!

beijooo.

Anna disse...

Poeta,

Poema e Vivaldi
por-do-sol cor de mel
melodia suave,
anoiteceres estranhos
que enaltecem o poeta,
exaltam o amor...

Bravo, Poeta !
Como sempre...
Estou de volta trazendo os Fragmentos de MInha Alma, te espero.
Um beijo suave em seu coração!

helia disse...

O PÔR do Sol e o Mar , ambos fontes de inspiração para mais um belo Poema!

poetaeusou . . . disse...

*
Jorge Manuel Brasil Mesquita
,
no meu pôr-do-sol
sopram delírios
violáceos lírios
de odor fortíssimo
são de Erico Veríssimo
que nos manda olhar
como fosse o mar
o meu farol !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
se roubares uma foto
és um ladrão,
se roubares um milhão
és um barão,
se nada roubares
és um camelo !
srsrsr,
,
um jino vivaldiano,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
eu quero,
alteia e mel,
incenso e mirra,
para te oferecer !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luís Coelho
,
marés de ocasos,
vagas crepusculares,
em tardinhas douradas,
estão sempre presentes
nesta florescente Nazaré !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
fazer mal ?
ora pois sim,
se eu peço aos deuses,
que não façam mal a mim,
afinal,
dito em repise,
vai ser um grande carnaval,
ou não estivéssemos em crise !
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida
,
num belo espelho
que tu és !
,
conchinhas,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anna
,
que surpresa, minha amiga,
ficou mais luminoso
o meu cantinho, obrigado,
,
irei sim,
irei apanhar os fragmentos,
consolidando a minha alma !
srsrsr,
,
serenas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
registado nas tuas palavras,
o que agradeço !
,
conchinhas,
,
*

lita duarte disse...

Poeta,
que lindeza de post.:)

Poeta, gosto muito de ti.:)

Beijos.

Amor feito Poesia disse...

A simpatia e a
amizade são
duas flores enraizadas no
jardim do tempo.

D.A

Beijos & Flores no seu dia...M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
noto
que tens bom gosto,
assim como é visível
a minha modéstia !
srsrsrsr,
,
marés de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
M@ria
,
como o tempo
é florido de sentimentos !
,
conchinhas,
,
*

Saozita disse...

Olá amigo, um belo poema cheio de sensibilidade, uma mistura de sentimentos e impressões que arrebatam mesmo os mais insensíveis. As fotos lindas e condizentes na conjugação com a poesia.

Tenha uma boa semana.

Bjs

Sãozita

poetaeusou . . . disse...

*
Saozita
,
grato amiga,
penso que não mereço,
o que escreveste !
não deixo de agradecer, óbvio !
,
um mar estima,
deixo,
,
*

Jacarée disse...

Contemplei com delicadeza "é nas marés é ao sol-pôr..." q se tece os fios da vida... de mãos dadas tudo fica sereno e calmo.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Jacarée
,
o sol-pôr
aquieta a alma,
na calma,
de um sonhador !
,
Abraço,
,
*

Princesa disse...

Abençoados os que possuem amigos,
os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede,
não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!
Agradeço por sua amizade!
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
á quanto tempo, amiga,
o Principesco Sol, contigo,
entrou no meu cantinho,
e como os amigos, são tudo
o que escreves-te, acrescento
que também são para as ocasiões,
logo a tua ausência, é sempre
uma presença para mim !
,
vagas solidárias,
aqui deixo-te !
,
*