outubro 06, 2010

.............................. Poemas a Tempo ( 3 )




tenho o feeling
que o eco do mar
concorda comigo
quando reafirmo
que os textos e poemas
não nascem de nós,
por favor, não reduzam
á insignificância
a Deusa da Inspiração
e as outras Musas,
como pode ser meu
esse teu sorriso
que me leva á loucura
quando tu me lês ?
como posso decifrar
o que o teu olhar me diz
nos ocultos relances
que tu me envias ?
como te posso convencer
que és tu a razão
do meu desnudar
cada vez que eu escrevo ?
poema e vídeo:poetaeusou

74 comentários:

São disse...

Lindissimo!!

Adorei!

"Brijinhos" agridoces, Poeta!

lita duarte disse...

Poeta,
imagens lindas, lindas!
Palavras tocantes, profundamente tocantes.

Beijos.

antonio - o implume disse...

Se mais não escrevesses, este poema teria justificado toda a tua escrita. De uma inspiração só acessível aos deuses... encheu-me este fim de dia.

Anónimo disse...

Poeta
Talvez o tempo te dê tempo para que a tua Deusa ou Musa inspiradora acredite nos teus versos...
Nada como o tempo para vos dar tempo...

Um sopro de tempo
deixo

Zélia Guardiano disse...

Um sonho, todo feito de palavras flutuantes...
Lindíssimo, meu querido poeta!
Forte abraço.

Anónimo disse...

laura


Bom... A poesia flui de dentro. Poetas, como dizia o Pessoa, são fingidores(concordo)porque quando faço no momento, tudo sai da pena tão naturalmente, e fico ali a olhar para o que escrevi...

Há poesias tão belas que confesso, não me admiro pois sei muito bem que não fui eu que escrevi foi a inspiração, foi o que foi mas por vezes saem palavras tão lindas e puras, não é ó poeta?

Está aí a prova!

Um beijinho da laura do resteadesol

MM - Lisboa disse...

...

gaivota disse...

bem... já disseste tudo e tanto...
aiaiaiaiai a nha palecazinha tá-se a babar!
como vai o teu rapaz?
pilipares

Mariazita disse...

Mas que linda declaração de amor!
A musa inspiradora deve sentir-se muito orgulhosa...
Fotos lindas, como sempre.
Beijinhos

Meu amigo José, posso fazer uma pergunta indiscreta???
Por que não foste ver o meu post sobre o lançamento do meu livro, tal como te convidei???
+ 1 beijito

RECANTO DA POESIA disse...

"O meu amor não tem
importância nenhuma.
Não tem o peso nem
de uma rosa de espuma!

Cecília Meireles

Noite de amor e Paz....M@ria

Filó disse...

Palavras sentidas de um "POETAqueés", e que ama a sua Musa e Deusa, fonte da sua inspiração...
Daí a beleza deste lindo poema com estas fantásticas fotos.
Obrigado,Poeta, muito...muito bonito o que escreveu...
Beijinho amigo

Anónimo disse...

O sorriso que esboço,
Poeta quando te leio,
Revela o meu alvoroço
Dando asas a este enleio.
------------------------------
Ao Poetaeusou, o meu abraço pelas coisas bonitas que ele nos revela, quer sejam palavras ou fotos.
Maria Lx.
2010/10/06

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
As letras são o sentir do poeta.

como te posso convencer
que és tu a razão
do meu desnudar
cada vez que eu escrevo ?

Desnudamos a alma em cada poema.

beijinhos
Sonhadora

Angela Reis (Luna Luz) disse...

Mergulhei... lindo! Saudades de banhar-me nessa fonte! Saudades! =*

Um abraço caro poeta amigo!

maria teresa disse...

Discordo Poeta! Os poemas nascem de ti, porque possuis um dom que te foi concedido pela Deusa da Inspiração e pelas Musas.
O Poeta não pode ver o sorriso "dela", nem o olhar, nem saber se a convence da sua dedicação mas...pode sonhar que tudo isso na nudez crua da vida é real.
Abracinho

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
amiga,
feliz me sinto,
,
luzentes marés,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
comentário,
lindo, lindo,
obrigado,
,
um mar de carinho,
dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
vindo de ti,
herdo um fardo literário
bué de pesado,
bem agradável, confesso !
obrigado,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anónimo
,
como posso dar tempo,
se o tempo não é meu ?
srsrsr,
,
a minha musa é o Mar !
sabias que o mar é mulher ?
a prova é a quantidade de homens
que o Mar arrasta para o seu seio …
,
um abraço ou . . . uma abraça !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
grato amiga,
mas estou a anos-luz,
de te igualar !
,
Sentimentais conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anónima
,
Laura
Réstias de Sol, atravessam
a vidraça da minha janela,
as tuas, virtuais,
e as do Sol, menino, brincando
com as suas amigas nuvens,
ao jogo das escondidas, que
regala o Mar, cantando comigo no
marejar da maré, a cantiguinha
que irritava a minha professora,
lá vai uma, lá vão duas,
três Gaivotas a voar, cantava eu,
ouvindo o estribilho da Prof Lígia,
são Pombinhas, Henrique,
são Pombinhas, “ela”, não sonhava !
,
amigáveis conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MM - Lisboa
,
que bom,
ver-te, sonhando !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Mêamôriii
,
a operação correu bem,
a recuperação vai ser lenta,
tem que estar quietinho . . .
,
Pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita,
,
amiga,
retratei-me no teu
OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ,
,
se o erro é meu,
diz-me como me posso redimir !
,
marés de estima,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RECANTO DA POESIA
,
M@ria
,
A modéstia da Cecília !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
minha amiga,
será que consigo expressar,
toda gratidão que as tuas
palavras me merecem ?
obrigado !
,
brisas de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anónimo
,
amiga Maria,
,
é uma espécie de poesia
um ajuntamento de letras
ainda bem que estas tretas
te fazem sorrir . . . Maria !
,
num manto de maresias,
ficam brisas sorridentes !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
amiga
sim, vamos desnudar a alma,
vestindo-a de metáforas belas !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Angela Reis (Luna Luz)
,
que saudades, amiga,
das tuas palavras, tenho,
porque será que há ausências,
sem qualquer tipo de explicação ?
,
marés de estima, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
se me perdoas, amiga,
digo-te, que eu sou um rio,
que para renascer, precisa do mar,
para abastecer as nuvens, que
derramarão a chuva nas altas
montanhas, formando as torrentes
que levam á Foz da Gratidão, que
tenho por ti e aos teus comentários !
,
pedrinhas dançantes nas margens
do Rio, deixo-te,
,
*

Ana Martins disse...

Caro poeta,
tão profundas estas palavras à sua musa inspiradora, muita delicadeza e sensibilidade nesta introspecção feita poema!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Cris de Souza disse...

Gosto desse clima intimista...

Um abraço, poeta!

Daniel Costa disse...

Poeta

Sem dúvida o mar, pelo menos para quem o ama como tu ou, é musa inspiradora. Se visto em jeito de espreita, como as fotos denotam, ainda á mais inpirador. O poeta escreve e regista.
Abraço

Dois Rios disse...

Ah, poeta, o seu poder de convencimento está nos teus versos. Simples assim!

As imagens são deslumbrantes!

Beijo,
Inês

Ana disse...

Bom e "velho" Morris Albert!
Uma bela música bem a tempo dos teus poemas...

Beijinho

JB disse...

Poeta,
é um forma lindíssima de homenagear a (sua) inspiração!
...veste-a de mar, e ela sorri-lhe no marulhar;
... de cabelos azulados a olha, e ela encanta-o nas ondas que o visitam deixando-lhe na areia as palavras do seu poetizar;
... eterna, infinita, pérola da vida e ela é a razão do seu escrever e sentir;
... esse feeling só se desnuda porque existe essa cumplicidade entre "poeta" e "Deusa".

(quem espreita quem nas fotos?... é o "poeta" que espreita as deusas ou as deusas que olham o "poeta"...:)

É um prazer ler os seus poemas, e não é um feeling, é uma certeza absoluta! :)

Beijinhos

Maria Clarinda disse...

Voltei com o Outono...e,adorei todas as fotos e os poemas...Jhs

TITA disse...

Poeta,eu tenho o feeling que o texto e o poema não nasce de ti,porque tu és poema.Como poderia eu reduzir-te se és para mim,inspiração e fazes brotar em mim sorrisos e interpelações sempre que te leio e perscruto?
Penso que o eco de mim e de tantos que te bebem concordam com o meu feeling.Um abraço nocturno.

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
Amiga,
,
visto-me de azul mar
com poemas loucos
cosendo as palavras
com linhas sedosas
transitórios tempos
de viveres efémeros
espalhando ditongos
verbos espartilhados
soletrando . . . amores !
,
conchinhas,
embrulhadas em desculpas
das minha ausências!
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cris de Souza
,
grato fico,
irei visitar-te !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
salgado
é o som do mar
cantando nas brisas
o turbilhão das vagas !
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Dois Rios
,
minha amiga,
ajuntamento de letras,
chamo-lhe !
,
estou em divida . . .
,
brisas serenas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
Amiga
musicas intemporais . . .
,
marés de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
JB
,
odorei-me
com as tuas palavras,
,
invento
partidas errantes
destinos perdidos
sonhos abstractos
de vidas sem bússolas,
invento
inconstâncias tolas
lágrimas esmagadas
respostas desconexas
de assombradas perguntas !
,
maresias nocturnas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
Ai,
que surpresa,
chamaria chuva abençoada !
srsrsr,
,
marés de estima,
,
*

Mariazita disse...

Amigo Poeta
Não ponho em dúvida o que me dizes... embora eu nunca tenha lido o que dizes teres escrito.
Provavelmente ao clicares em "Publicar" ocorreu qq coisa que impediu a publicação.
Seja como for, o que eu pretendia mesmo era que soubesses que o teu conselho teve influência na minha decisão, ouseja, és um pouquinho culpado pela publicação do meu livro :)))
O lançamento ocorrerá em 13 de Novembro ( a não ser que surja algum impedimento...).
Já anotei o teu email e depois te contactarei.
Obrigada!
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
Amiga, ofereço-te,
,
as cores do olhar
correm-me nas veias
e nas asas dos poemas
ocasos de pigmentados véus,
crepúsculos opados
na fúria das telas
onde os pintores
semeiam impressionismos
na mensagem de Pessoa,
com os pincéis de Malhoa !
,
Marés de amizade,
Fica,
,
*

OutrosEncantos disse...

Estou aqui nem sei há quanto tempo, já adormeci sobre os teus versos e continuo a não saber que dizer.
Está adorável este poema!!!
Encantador!!!
Quem escreve assim inspirado num simples sorriso....
Beijo, Poeta.

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Bonito poema.Ainda bem que existem as musas e as deusas que inspiram as mais belas palavras.E que continuem a ser dignas de tanta inspiração e que desnudem esses teu olhar da forma mais bela.

Um beijinho doce

Insana disse...

"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças"
Charles Darwin


Bjs
Insana

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
minha amiga
a culpa deve ter sido minha,
o importante é o teu livro !
o email está visível no meu blog,
não ligues ao nome, faz parte da
minha personalidade, como sabes,
gosto de melgar e assim sendo
considero-me um anti-melga !
srsrsrsr,
,
melgadas conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
amiga
adormece e sonhos
,
que OutrosEncantos
eu poderia desejar ???
srsrsrsr,
,
um mar de estima,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Óh, querida amiga,
não te visito há tempos,
que ingrato sou,
vou me vergastar até
que alguém me impeça !
srsrsr,
,
doces conchinhas
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Insana
,
deixa-me responder
á Charles Darwin:
,
conseguimos realizar os nossos
propósitos, economizando os minutos !
,
conchinhas,
deixo,
,
*

helia disse...

Um Poema bonito que convence e umas imagens belíssimas que o completam!

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
as tuas palavras,
são um mar de sensibilidade,
obrigado,
,
conchinhas,
,
*

Anónimo disse...

gostei do seu blog, e da sua poesia,temos em comum a Nazaré, a minha terra de coração onde sempre me senti nazarena, tenho no sitio a minha avó postiça, mas avó de coração, A Minanta ou Norminanta.No meu segundo livro escrevi um poema sobre a Nazaré.
agradeço o seu comentari no blog da Ana Isabel que não sei quem é, mas como nós gosta de poesia, obrigado por fazer parte daqueles que nasceram para dar voz as palavras vindas de onde quizer, somos poetas sem guarida, mensageiros, pescadores ou carpinteiros, tanto faz...
somos apenas o que somos!

Cidália Correia

o meu blog
http:// cidaliacorreia2010. blog.sapo. pt

Multiolhares disse...

Que seria dos poetas sem as suas Deusas de inspiração as musas, os duendes as fadas magicas, as sereias com suas doces canções que enfeitiçam as palavras esvoaçantes nas vagas de um pensamento
Beijos nossos

SAM disse...

Poeta,

que perfume bom de amor! Belíssimo poeta! Ler este poema ao som desta música...Lindo demais! Tempo de boas emoções e sensações...


Carinhoso beijo, amigo.

Ana disse...

Adorei o teu "feeling" (música a poema)!!!
A força do mar inspira aqueles que sabem amar e a dizê-lo desta forma tão bonita neste maravilhoso poema.
As imagens estão fantásticas!!!

Beijinhos grandes,
Ana Paula

poetaeusou . . . disse...

*
Anónima (Cidália)
,
gratificante a tua visita,
irei conhecer o teu espaço !
,
ofereço-te,
,
se nós somos
a forma inquieta
do todo inventado
da vida sem mundo,
se nós somos
a ausente presença
um cais de partida
de barcos parados,
se nós somos
o disfarce visível
o sotaque sem som
do instinto pensado,
então . . . nós somos !
,
conchinhas nocturnas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
ficavam
com o marulhos das marés,
com as cores pastel do sol-pôr,
com o golpe de asa das gaivotas
com o clamar dos golfinhos
purificam a água do mar por favor,
com a beleza de uma mulher, com
sete saias ou não, quando pisa o areal !
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
ruborizado fiquei !
,
belas palavras,
que eu não mereço !
,
marés de carinho,
dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
amiga,
com a tua chegada,
o delta de Aveiro
inundou este mar
“moliçando” o meu olhar !
,
nocturnas conchinhas,
deixo,
,
*

Lilazdavioleta disse...

Poeta ,

" simplesmente " lindo !

e se mais disser ... estrago .

Om beijo ,
Maria

Lilazdavioleta disse...

Poeta ,
desculpa ,

Um beijo .
Ainda que Om ... tenha razão de ser . Este inconsciente ...

Anónimo disse...

Poema muito bom.

LUIZ

Magia da Inês disse...

Olá, querido amigo!
Sua poesia é tão doce... vem do fundo da alma!...
Bom fim de semana!
Beijinhos.
♥♥ Itabira que completa mais uma primavera...
Brasil ♥♥

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
ai que me . . . estragas,
com mimos . . . tantos !
,
marés de carinho,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
amiga,
está correcto,
,
(Om beijo)
O meu beijo,
que daqui envio-te !
srsrsr,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Anónimo
,
LUIZ
,
gratíssimo fico,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Magia da Inês
,
minha amiga,
,
parabéns para Itabira,
,
uma doce Primavera para ti,
,
férreas conchinhas
te deixo,
,
*

Cildemer disse...

"tenho o feeling
que o eco do mar
concorda comigo
quando reafirmo
que os textos e poemas
não nascem de nós"

E se fosse do eco do mar que nascessem todos esses lindos textos que o nosso amigo poeta partilha connosco?

***
Beijinhos
e um domingo,
lindo, lindo*******

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer,
,
tens toda a razão,
o mar é o grande culpado,
,
venham ver o mar
derramando anseios
vagas deslumbrantes
espalhando fervores,
venham ver o mar
murmúrios gritados
despejando enleios
em mim, naufragados !
,
conchinhas,
,
*