outubro 31, 2010

. . . . o que é que eu fiz, neste domingo á tarde !




em ti suporte-me
meu mar em popa,
argênteo brilho de opaca espuma
e ao ver-te, toco o infinito,
tu és os remos que alimentam
ardores por mim derramados
na fogueira da alvura
quando fecundas a areia,
maré cheia
insuflando instintos
de estimulados devaneios,
anseios
nos debruados olhares
onde o pudor dos ventos
enredando os temporais
inventam gemidos loucos
nos poemas por escrever !
poema-fotos-video:poetaeusou

54 comentários:

Agulheta disse...

Amigo Poeta.O mar sempre ele que atrai,á poesia,ao amor que envolve nele todos os pensamentos em sal e maresia.
Boa semana beijinho.

© Piedade Araújo Sol disse...

um regresso em força com um poema muito bom e onde a inspiraçao se projectou no mar.

as fotos como sempre, belissimas.

um beij

São disse...

As fotos estão primorosas. E para a próxima encarnação tenho que viver ao pé do mar!!

Uma noite serena, amigo meu

TITA disse...

Poeta apetece-me dizer:Continua a derramar destes ardores e faz-nos mergulhar no teu mar de poesia.Uma estrela aqui fica.

Luís Coelho disse...

Um poema feito da visão do mar.
Ele faz-nos tremer, amar e recuar.
Os olhos do poeta se perdem em anseios e devaneios dessas ondas gigantes que se arrastam para nos chamar...........

Flor de Lótus disse...

Olá meu caro poeta!Saudades de vir aqui!A o mar, mniha paixão, hj quase fui lá vê-lo,mas o vento estava impossível demais e ele deve estar deveras agitado...
Um ótimo começo de semana!
Beijos

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

No bater, no quebrar
e no rolar de tantas
pedras, fiz esses versos
para ti ✿M@RIA✿, no
encontro das águas e na
a poesia que vive dentro
de mim.

o.vasconcelos

Amor & Paz no seus FDS...Beijos meus! M@ria

Filó disse...

Poeta

Um domingo com cheiro a maresia e sabor a sal...
Que bonito mar,
Que sublimes fotos,
Um olhar de quem ama o Mar, divinamente cantado.

Beijinho amigo e bom feriado

Zélia Guardiano disse...

Lindo, meu querido poeta!
lindo, como sempre e mais ainda...
É uma dádiva, cada postagem sua.
Que fotos!
Que poemas!
Bravo!
Imenso abraço, d'aquém-mar...

Isa disse...

Ler os seus versos,ver as fotos do Mar em fúria,de que tanto gosto,é
um "bocadinho" que quase me faz sentir o cheiro da maresia...
Beijo.
isa.

maria teresa disse...

Esses poemas que estão por escrever, um dia serão escritos...
Abracinho

Cildemer disse...

Na escuma desse mar raivoso
se fixam meus pensamentos
e no sopro do vento teimoso
solto meus arrependimentos;o)

***
Beijinhos e feliz semana****

FlorAlpina disse...

Olá Poeta que é,

Escrevam-se então os poemas!
QUE MAR!!!!

Bjs dos Alpes

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
amiga,
como sinto o mar,
no salitre das tuas palavras,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
tenham Piedade
eu quero um Mar
banhado pelo Sol,
srsrsr,
,
marés de estima,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
é . . .
é um primor,
junto ao mar viver
e ver
as maresias em flor !
,
um mar de Paz,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
no brilho das tuas estrelas,
apetece-me escrever . . . Mar !
,
conchinhas coloridas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luís Coelho
,
como é bom ouvir o mar
o seu chamamento
induz o alento
para o admirar !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Flor de Lótus
,
grato amiga,
saudoso também me sinto, pois
estou com as visitas em dívida,
atenuadas por saber, que estás
mesmo ali, para além do oceano !
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ANTOLOGIA POÉTICA
,
bela a poesia
de o. Vasconcelos,
,
conchinhas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
nos domingos de salitre,
o mar por nós espera,
oferecendo na quimera,
o cheiro e sabor a sal,
tão simples é afinal
que é só seguir o alvitre !
,
marés de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
para lá do Oceano,
são dádivas,
as tuas palavras
cálidas,
na forma como as lavras
e assinadas, Guardiano !
,
serenas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
é na fúria
do teu olhar
que revejo o mar
feito miúra !
,
srsrsr(efeitos andaluzes),
,
fúrias de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
qualquer dia,
a qualquer hora,
encontrarei coragem
de escrever
o que nunca consegui !
,
obrigado, amiga,
marés de carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
rabeia mar
assopra com o vento
faz que o meu lamento
te vá acalmar !
,
amiga
calma marés
te envio !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
ontem as vagas,
tinham a grandeza dos Alpes,
,
marés luzentes,
deixo,
,
*

antonio - o implume disse...

Os gemidos são o murmúrio de uma história que se quer revelar.

SAM disse...

Poeta,

você fez a sua felicidade e a alegria dos seus leitores! Adorei, poeta. Obrigada.

Ótima semana. Beijos com carinho.

carmen disse...

Poetaés:

Que fotos mais lindas!!!!!

E seu poema emerge do mar, como uma onda avassaladora...

bjs

Lilá(s) disse...

A força da poesia e a força do mar!!!juntos são únicos
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
revelações históricas,
escreveria . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
não,
a alegria e a felicidade
chegou a mim
nas suas palavras !
,
obrigado,
,
adoradas marés,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carmen
,
amiga
as ondas
são um manancial de letras
que ao quebrarem
formam espumadas sílabas,
espargindo o areal,
de arquitectados poemas !
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
Amiga,
,
deixa-me insossar o mar,
com as brisas dos poemas !
,
conchinhas,
,
*

helia disse...

Mais uma vez o Mar foi a fonte de inspiração para mais um lindo Poema!

gaivota disse...

excelente!!! que maravilha!!!
olha qwue nem vim para a luz, fiquei à espera do mar...
levei tanta areia com essa nortada que andei com o cérebro da cabeça às voltas!
piliparessss

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
amiga,
olhar o mar
é sentir a nossa pequenez !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda,
,
os banhos do vento norte,
transportando os areais
são beijinhos das gaivotas
nos seus voos triunfais !
,
pilipares,
,
*

OutrosEncantos disse...

Tentarei aprender a dizer apenas o indispensável, Poeta Amigo :-))

São lindissimas as fotos do teu mar!
E os teus poemas, gosto muito de os ler.

Abraço amigo.

Ana Isabel disse...

Excelente este trabalho de um Domingo à tarde..


Uma boa semana


Ana Isabel

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
se o mar tivesse janelas
findavam-me todos os prantos
quando entrassem teus encantos
ao passares juntinho a elas !
srsrsr,
,
conchinhas mareantes,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
grato amiga !
,
brisas serenas,
,
*

Daniel Costa disse...

Poeta

Deixei passar os cruzeiros, mas o presente poema é as fotos com o mar bravio, são como uma ode à poesia.

No próximo dia 23, na Liga dos Combatentes, será lançado o me livro "Amor na Guerra" (nada de políca).
Abraço

GarçaReal disse...

A vida oferece-nos sempre um poema por escrever...Mesmo a alma de poeta que verseja sempre à sombra de musa inspiradora, guarda em si um poema não mostrado, ou escrito no esconderijo de nós.

Espero que o cruzeiro tenha sido o sonho

Boa semana repleta de pilipares

Bjgrande do Lago

Pitanga Doce disse...

Este mar já nem é de Outono. É típico de Inverno. Olha, apanhaste um solzinho nesta tua "Cruzeirada"?

É que o frio já promete e assim tens calor nos ossos até janeiro. hehehe

abraços pitangueiros

RETIRO do ÉDEN disse...

Umas fotos de "estalo".
A inspiração está aí em força...tal como esse mar, cheio de bravura e beleza.
Parabéns amigo.

"Oiço os gritos da assistência no jogo do Benfica...devem estar a ganhar...é cada sussurro de arrepiar..."
Forte abraço
Mer

segredo disse...

O mar k presencia o amor... k nos faz meditar, sonhar!

Beijinho de lua*.*

Fa menor disse...

Ventos, temporais, gemidos loucos.
E o mar.
E os poemas que ele te leva a escrever!
:)
bjins

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
amigo
felicidades para o teu livro !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
foi um belo cruzeiro,
embora com várias peripécias,
,
minha amiga,
a vida é poema clandestino . . .
,
pilipares nocturnos,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
sol, não,
uma friagem nocturna,
com vírus hipocondríacos . . .
,
poalhas nocturnas, ficam !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
que grande susto,
mais dez minuto e o
Benfica perdia o jogo !
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
o mar,
tem a dimensão do amor !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
e,
poemas sem nexo,
onde o reflexo,
é desconexo,
ficando perplexo,
com o assento circunflexo !
,
conchinhas,
,
*