setembro 30, 2010

................................. Poemas a Tempo (1)


lavando o peixe
video
na boca do mar
há sabor a terra
poisio sinuoso
cantando Setembro
em Outono ventoso,
a barca folhosa
navega na eira
e a rede chorosa
fica quieta, cortada,
na seara esquecida,
foge á maré cheia
debulhando as escamas
sem peixe, nem ramas
dos campos, sem vida !
poema-fotos-video:poetaeusou

62 comentários:

antonio - o implume disse...

Que agitar de sabores se demoram na boca do mar... lágrimas, sonhos, puro sal.

FlorAlpina disse...

Olá Poeta que é,

Guardo em mim o sabor do mar nas imagens que colho em seara (alheia)...nas marés poéticas onde se lava o peixe...

Bjs dos Alpes

Isa disse...

Mas renasce a Vida nas ondas do mar,
nas escama brilhante do peixe,nas palavras do Poeta.
Beijo.
isa.

tossan® disse...

A segunda foto está na boca do mar. Espetacular a textura. Abraço

poetaeusou . . . disse...

-
antonio - o implume
,
o salitre
dilatando as veias . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
peixe plantado
nas vertentes do Douro
ceifa feita vindima
nos pesqueiros das charnecas
nas arribas das lezírias
nos altos, das planícies . . .
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
azulados, quereres
límpido mar, espumas,
dourados rochedos, mulher,
marulhar do mar, musicando,
a tal canção que ficou, só minha !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan®
,
ficou a amizade,
ao mar !
,
abraço,
,
*

Secreta disse...

Há sempre vida, algures, sempre.

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
e a vida é um dom !
,
conchinhas,
,
*

Pitanga Doce disse...

Apesar da Primavera também ando em Outono por aqui.

..."um mar que não tem tamanho"

MEU DOCE AMOR disse...

Hoje sou um campo sem vida...

bj

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Levo o sabor do mar e a brisa das ondas.
Belo como sempre.

Beijinhos
Sonhadora

Daniel Costa disse...

Poeta

Que belo pema!
O escrito. As fotos outro, gosto da tua arte de captar pormenores.
Abraço

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Abre a janela do coração
e deixa que a madrugada
o tome por inteiro.
Não tenhas medo.
Não faças nada,
senão isso primeiro.

Torquato da luz

Beijos perfumados no coração! M@ria

M@ria disse...

Sua alma poética se mesclou à minha...
transborda o teu excesso
e joga pelas pupilas o teu contentamento!
Meu olhar beira as estrelas
quando te vê chegar...

Denise Flor

Bom dia com amor e poesia!!M@ria

São disse...

Que boa maneira de começar o dia, vir até aqui...

Um abraço, Amigo.

poetaeusou . . . disse...

-
Pitanga Doce
,
amiga
embora possas mudar
o Outono para Primavera,
deste ou desse lado do Mar,
faz como eu, aproveita a
melancolia do Outono
e medita no rumo a tomar !
,
estou muito sério . . . ???
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
e eu,
um Joio, pretensioso !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
o que quiseres,
este espaço é teu !
,
conchinhas floridas,
ficam,
,
-

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Daniel
andam por aí máquinas, que
já têm a inspiração agregada !
,
srsrsr,
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ANTOLOGIA POÉTICA
,
a janela do EU,
A mais importante !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
amiga,
como escreve Denise Flor, as
almas gémeas são mesmo assim !
,
marés de encanto,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
vem, amiga
tens sempre uma
Janela virada para o Mar,
,
conchinhas,
ficam,
*

Filó disse...

Poeta

Junto do mar todas as emoções sejam elas quais forem, se saboreiam , com mais profundidade, tais como a sua imensidão...
Perto do mar há vida, no vai e vem das marés.

Beijinho amigo

Lilazdavioleta disse...

Óh Poeta ,
tão bonito .
Magnífica a chorosa .
E ... a música e o filme a ajudar .

Um beijo ,
Maria

Pitanga Doce disse...

Tás muito sério sim e vim agora da Laura e trouxe um "presente" numa caixinha. Abre. Atchim!

gaivota disse...

que redes! qu'inliação pá'i tá...
"inliada" ando eu, meu...
até amanhã, as fpotos são... o costume, dá vontade de roubar!!!
poemas a tempo e sem tempo, como eu!
pilipares

Desnuda disse...

Poeta,

O poema é bonito e as fotos também. Mas senti uma flechinha de tristeza no coração com a foto chorosa...

Beijos com carinho

Lilá(s) disse...

Vim até aqui ver o mar, levo comigo a sua brisa...
beijos

Amor feito Poesia disse...

Tu já tinhas um nome, e eu não sei
se eras fonte ou brisa ou mar ou flor.
Nos meus versos chamar-te-ei Amor.

Eugénio de Andrade


BOM FDS.......BEIJOS!! M@ria

Vivian disse...

...querido poeta,
já reparastes que o mar
não se cansa, assim como
o poeta na arte de poemar?

maravilha de post!

bjbj

sérgio figueiredo disse...

A cor poética que dás ás palavras são como a boca do mar e as suas surpresas, como o cantar Setembro em Outubro.

A Delícia das tuas conjugações.

Forte Abraço

MEU DOCE AMOR disse...

Então porque não optas pelo trigo?E sem ser pretensioso!

Estás muito a tempo...

Beijinho doce

Maria Soledade disse...

Poeta; Adorei o filme, o marulhar das ondas que serviu de pano de fundo a este sublime poema!!!

LIIIINDOOOO!!

Beijinhos e Parabéns Grande poeta

Lua Nova disse...

Senti a brisa da beira mar e o cheiro de sonho no ar...

Beijokas.

poetaeusou . . . disse...

*
Filó disse...
,
Amiga,
Ai o mar, o mar,
cinza mar, manto espumado,
quimeras, encantos, sereias, canto,
oceanos, dor, rumar á vida, Pessoa,
meditar, mistério, Sophia, anémona,
desfraldados luzeiros, farol da vida !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
a
ver
o mar
procurar
visualizar
as vagas em ti
o mar reflectido
nas brisas irisados
das voluptuosidades
no vácuo dos sentidos.
,
Brisas de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
Arrasa-me
o teu arrasar me alimenta,
aqui ou em Moimenta,
nas faldas serranas
porque a atchim que emanas
não me poderá fazer mal
o meu anti-virus é legal
não se vende nos chineses !
,
brisas de estima
*

lita duarte disse...

Oi, Poeta.

Mesmo assim, sinto um gosto de mar.

Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
sabes onde é a foto ?
dentro do Farol,
estava aberto devido a uma
visita da Câmara de Loures,
perguntei por ti, ao sr. Presidente,
disse-me que não dava entrevistas,
tábem, há-ó vocemessê só devia,
falare kando o mare se fizesse em vinhe !
respondi em bom Nazarene !
olha toma, disse-lhe eu, srsrsrsrsr !
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

-
Desnuda
,
amiga
quem é consciente, tem sempre
laivos de tristeza ao escrever !
,
marés de estima,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
Amiga,
,
se fores ver o mar
não arregaces a saia
o mar tem ciúmes
de te ver na praia !
,
brisas de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
Eugénio de Andrade
um mar de palavras !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Vivian
,
minha amiga,
,
Ai se o mar tivesse varandas,
Que eu pudesse calcorrear,
aBRASILeirava essas bandas
Com o cheirinho deste mar !
,
um mar de estima,
fica,
,
*

JB disse...

Na terra e no (m)ar os t(s)ons do outono são fonte na aparente pausa do tempo.
Nas redes se colhe, nas redes se morre... na vindima se alimenta a seiva de vidas... no debulhar renasce a esperança de novas ondas...
É a magia e o mistério da vida e assim, "na boca da poesia", o brilho ganha outra dimensão.

Beijinho, poeta!

P.S Lindíssima a 2ª foto, um doce outono com sabor a sal!

gaivota disse...

á ó... asiim même é qu'se fala, pois'atão...
nem sabia qu'o autarc' tinha ide à naza... na me disse nada o imxentoso!
afinal n'é hoji, é amanhã, se Deus quiser...
"tefono" se e quand'chegariiiiiiii
pilipares

poetaeusou . . . disse...

*
sérgio figueiredo
,
Sérgio
,
nota que o Post tem a data,
de 30 de Setembro, srsrsrsr !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
sim e porque não ?
vou a … não, não vou,
e se o Trigo é transgénico ?
srsrsr,
,
conchinhas tradicionais !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Soledade
,
ruborizado fiquei,
obrigado !
,
marés de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lua Nova
,
mar, desvairado amor,
espraiado em irreal olhar
rochas de algas, os olhos teus
em que visionar eu persisto !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
Barco mar
meu desejo
mulher
sentinela em mim
gaivota mar
magia fresca
voando
nos meu poemas.
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
JB
,
amiga
nas marés da vida,
os sons e os tons
marulham nas vinhas
abraçando as parras,
são searas de letras
redes silabadas
fontes debulhando
a Foz do olhar !
,
marés de carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
pessoas simpáticas,
e interessadas . . .
,
Tenho,
um familiar com
um problema de saúde,
está a recuperar bem,
amanhã falamos !
,
pilipares
,
*

Multiolhares disse...

o mar vai e vem, trás e leva, é a vida em movimento

beijos nossos

Insana disse...

o tempo sempre ele.

bjs
Insana

Fa menor disse...

Olha que até num Outono ventoso se encontra a vida... rio acima
descama-se o arroz como peixe para a boca
:)

Bjos

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
e na maré cheia
o mar
de cravo ao peito
beijando a areia
vem dançar o vira !
,
beijos nossos,
,
-

poetaeusou . . . disse...

*
Insana
,
Atempada,
duração sana !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
Fa
hoje como me sito
ecuménico . . .
,
Uma árvore em flor fica despida no
outono. A beleza transforma-se em
feiúra, a juventude em velhice e o erro em virtude. Nada fica sempre igual e nada existe realmente. Portanto, as aparências e o vazio existem simultaneamente !
,
In - Dalai Lama
,
um mar de estima,
,
*

OutrosEncantos disse...

Esse Sr Pedro um dia talvez consiga perceber o que são os ouros do Outono, e talvez descubra que não são os das cartas de jogar e os da mostragem das suas montras, os mais valiosos..., mas tu já sabes... rsss e eu também, lollll... e muitos mais que aqui estamos nesta tua sala da Amizade!
Beijos, poeta.

Gosto do Sting também e essa canção é linda. Afinal optei por Chris Botti, os de Sting que eu queria estão interditados à incorporação.
São lindos, deixo aqui um:

http://www.youtube.com/watch?v=-GNYRMskc1Q

Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
o Senhor e meu amigo Pedro,
só vê Dinheiro, Ouro e quejandos,
eu persisto em semear a Amizade,
a maior riqueza do Mundo !
,
que bom
teres enchido a minha sala
com a tua presença !
,
um mar de amizade, deixo,
,
*