setembro 09, 2010

....................................... e eu, cata-vento





invento o vento
ventando vida
nas cores ventosas
do vento norte,
pedi ao vento
sopros ardentes
fulgores brilhantes
cantando alentos,
ouviu o vento
sorriu, partiu, foi vendaval,
e eu, cata-vento,
reinventei em mim
as fortes rajadas,
sou ventania e vento suão,
de vento em popa sou furacão,
paixão ao vento, rubras nortadas !
poema e fotos:poetaeusou

62 comentários:

Isa disse...

E o cata-vento manteve o ritmo,girou cadenciado,para meu deleite.
Beijo.
isa.

Paula Barros disse...

Achei lindo, e muito lindo.

O vento que vem e sopra e anima
E o cata-vento a catar bons ventos


bons ventos..beijo

FlorAlpina disse...

Olá Poeta,

Vendaval de emoções errantes...
Sopros de vida, nas palavras esvoçantes do poema...

Bjs dos Alpes

© Piedade Araújo Sol disse...

e não há veto que derrube a inspiraçao do poeta.

gostei deste poema ventoso e das fotos também.

um beij

RETIRO do ÉDEN disse...

Amigo,
Este vento soprou cheio de emoção, de força poética e de amor pela natureza.
Forte abraço
Mer

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Em silêncio ouvi o vento norte, adorei.

sou ventania e vento suão,
de vento em popa sou furacão,
paixão ao vento, rubras nortadas !

Amei.

Beijinhos
Sonhadora

São disse...

E que para meu grande gosto jamais deixe o cata-vento de girar...
Um abraço grande

GarçaReal disse...

Por vezes queremos ser vento...Queremos voar e senti-lo em rajadas fortes , lambendo o corpo que procura as amarras da liberdade ou a prisão da eternidade.

Belíssimo e fortíssimo

Adorei

As fotos ...lindas

bjgrande do lago

Deixo pilipares ao vento

Agulheta disse...

Amigo Poeta! Que bom que o cata-vento me trouxa aqui,para ler e meditar nas palavras que adorei.
Beijinho

Mário Rodrigues disse...

Vento!...
Sempre gostei muito do vento. Ainda que frio, traz-me vida, mudança, alteração de marasmo... No cume de uma escarpa, um vento forte, injecta-me uma vida quase cortante...
Abraço

Fernanda disse...

Querido poeta!

Com nortadas dessas até eu queria ser cata - vento !

Beijinhos

Baila sem peso disse...

...bem, eu nem acredito!
quem me ler pensa que fiz de propósito!!!
tens um poema de vento!
hoje nele fiz o meu pensamento
que na brisa voou
e também repousou...
será que foi o sussurro
do velhinho Outono
que nos trouxe este abandono?..
coincidências outonais
vais ver, que nada mais...
cata-vento que te tens vento
fica um sorriso que não invento
e que te deixe carinhoso alento!
as folhinhas já estão a cair...
no chão a ervinha castanha
e o vento soa com paixão tamanha...

(tenho andado muito fora destas paragens...não que não tenha saudade, mas tenho de me virar agora para outra ansiedade...vou sempre vindo, sempre que o tempinho me deixe adornar o espacinho e me deixe dar o meu miminho...a esta e outras casinhas que me têm dado tanto nas minhas/suas visitinhas!!!!)

volto sempre...ainda que atrasada
leio sempre o que fica na tua estrada...poesia encantada, com o Mar por condição, e a Terra no seu coração...
desculpa a extensão...é para me redimir, dos dias que não posso aqui vir :))

meu beijinho bailando com os sussurros do vento esvoaçando

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
e o cata-vento,
em procura alada,
esvoaça contente,
de forma asada !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
e o cata-vento,
em procura alada,
esvoaça contente,
de forma asada !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
Amiga,
no vento dos sonhos,
começam as realidades !
,
suaves maresias,
deixo-vos,
,
*

tulipa disse...

OLÁ AMIGO

Que belas fotos fiquei fascinada. Há muito que não passava por cá e adorei.
Obrigada pela partilha.
As palavras saem da alma cheias de sentimento - LINDO.
Como já regressei ao trabalho no dia 1 de Setembro, agora o tempo reduziu imenso e é difícil andar na net.

Se quiser visitar os meus blogues, fique já a par dos temas que poderá encontrar:
Num deles faço uma homenagem merecida a um amigo da blogosfera, pelos anos de contacto que estabelecemos e já faz parte dos meus amigos reais, deixou de ser apenas virtual.
No outro blog apresento o discurso de Winston Churchill proferido há 64 anos - mas podia perfeitamente ter sido proferido no dia de hoje, tal a actualidade subjacente ao seu conteúdo. Foi em Zurique, a 19 de Setembro de 1946.

A semana está quase a terminar, votos de excelente fim de semana.
Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
se o Poeta diz,
que o vento cala a desgraça,
a mim, como dizes,
dá-me rabanadas de inspiração !
,
rajadas de carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer,
só o vento
consegue descobrir o Sol,
arrastando as nuvens !
,
brisas suaves,
deixo-vos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
as nortadas
são bússolas que sopram,
os caminhos a percorrer !
,
maresias serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
gira, gira, cata-vento,
não pares, nem um momento !
srsrsr,
,
calmas maresias,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
Amiga.
eu quero,
a liberdade do vento,
eu quero,
rasar o limite,
alando o infinito !
,
ventosos pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Agulheta
,
Amiga,
,
o cata-vento,
é o disco rígido
dos ventosos segredos !
,
conchinhas coloridas,
deixo,
,
*

antonio - o implume disse...

Desfolhemos poemas aos quatro ventos...

poetaeusou . . . disse...

*
Mário Rodrigues
,
Meu caro,
,
que bela definição,
é, é no cume das escarpas,
lá bem no alto, que sentimos
a vida que o vento nos traz,
é no pináculo que me apetece
abraçar o vento e nas suas
asas voar para o sol, porém,
Ícaro refreia-me a mente . . .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,

,
hoje o marejar das vagas,
“estribilhoava “ assim,
,
O VENTO DO NORTE, DO NORTE SOPRAVA
O NORTE ERA FRIO, O VENTO GELAVA
O RESTO DE ESPERANÇA, DO NORTE SOPRAVA
E A GENTE PARTIA GELADA, GELADA
,
Canta-maria da fé,
,
conchinhas,
*

AFRICA EM POESIA disse...

POETA


vieste ...

deixar magia...

e...
conseguiste!



UM beijio

SAM disse...

Poeta,

muitas emoções neste belo poema.


Carinhoso beijo.

Lídia Borges disse...

Maravilhoso. O poema canta na aliteração e no ritmo cadenciado dos versos.

A música é linda!

L.B.

MEU DOCE AMOR disse...

Tssss!!!E eu caí no chão...tal foi a ventania de tão belas palavras:))

Beijinho doce:)

Amor feito Poesia disse...

Há quem se entriteça ao pensar que o dia fica preso entre duas noites. Mas há quem se alegra pensando...que a noite é um repouso entre dois lindos dias.

(Autor Desconhecido)

Suave e belo amanhecer!Beijos...M@ria

gaivota disse...

e o vento não me diz nada
nem do sul quando tráz chuva, nem essa nortada forte que afujenta o povo...
cata-vento serás tu nesse rodopio de aragem!
...e sinto na própria aragem, tuas mãos no meu cabelo...(a.monderrei)
lembras??? já deve ter chegado à praia novamente
pilipares
até pá semana

lita duarte disse...

Poeta,

Lindo, lindo e lindo!:)

Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
vais acreditar
quando o vento venta,
nada o aguenta, srsrsr,
e se nos embrulhou
o vento achou
dar o seu abono
neste pré-outono
com a castanha hera
a verdejar na primavera
e eu matutando a ilusão
a pensar no próximo verão
que vamos no mar … amarar !
hehehehehe,
,
amiga
visita-me, aqui quando puderes,
porque tu estás sempre presente,
,
conchinhas de estima,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
amiga
és sempre simpática,
obrigado,
,
com a promessa de
visitar o teu blog,
deixo conchinhas floridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
eu quero,
letras, sílabas e palavras
nas asas de todos os ventos !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
a magia
é o manto da poesia !
,
mágicas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
grato amiga,
penso que é
a bondade do teu olhar,
,
suaves brisas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lídia Borges
,
não gostei
quando o arquitectei,
o que prova, que qualquer
escrito é de quem o lê !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Menina
compra sapatos
anticiclónicos,
vendem-se ali,
a sudoeste dos Açores !
srsrsr,
,
marés de estima !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
a noite e o dia
é o espelho da nossa dualidade !
,
suaves maresias !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Linda,
vai a este endereço (you tube)
tens vídeos do Alfredo .
> Alfredo Monderrei-Amor
Abandonado (fado) <
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
Grato fico,
,
Serenas maresias,
,
*

Zélia Guardiano disse...

Simplesmente maravilhoso, para dizer pouco...
Grande abraço, entremeado de gratidão pela tua visita...

Lilá(s) disse...

É um vendaval de emoções e paixões! assim vale a pena ser cata-vento...
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
e enrubescido, fiquei !
obrigado,
,
suaves maresias !
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
eu cata-vento,
descarto um mar de amizade,
que aqui deixo !
,
*

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim agradecer por estar sempre comigo Pelos Caminhos da Vida, meu muito obrigado.

Fim de semana de luz.

beijooo.

ANTOLOGIA POÉTICA disse...

Tomado pelo aroma maravilhoso,

O ar que respiro repete teu nome

Nos acordes suaves dos violinos,

Em dias de sublime encanto e amor!

(Daez Savó)


BOM FDS......Beijos poéticos! M@ria

Cildemer disse...

E o vento do norte
mais um poema lindíssimo
soprou ao ouvido
do nosso poeta!

***
un vendaval de beijos*******

Filó disse...

Poeta
E bons ventos me trouxeram da linda cidade de Amesterdão, com alguma chuva e frio...
Que vendaval de palavras bonitas e sopros de emoções aqui se fazem sentir..um furacão de sentires... Lindas fotos e música

Beijo amigo

neli araujo disse...

Poeta amigo,

Aqui tudo é lindo! A música, as imagens e principalmente as tuas palavras!

Que os bons ventos continuem passando por aqui, meu amigo!

E eu, deixo a minha leve brisa tocar as faces deste cata-vento em nome da amizade!

Neli

Flor de Lótus disse...

Que os ventos do Sul passem para as bandas dai porque aqui o que mais tem é vento dia e noite não para nunca...
Um ótimo findi!
Beijosss

RECANTO DA POESIA disse...

Dá-me razões para
Permanecer no seu caminho,
Talvez me oferecendo uma rosa
Para que eu sinta o perfume
Da vida...

Cida Luz


BOM FDS...Beijos & Flores!! M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida.
,
gosto de visitar-te,
enquanto permitires,
não faltarei !
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ANTOLOGIA POÉTICA
,
Acordes de violinos,
Imitando o vento,
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
.
nortadas,
beijando o areal !
,
brisas serenas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
a bela Holanda,
das tulipas e dos moinhos !
,
grato pelas tuas palavras !
,
conchinhas,
,
*

Lua Nova disse...

O vento sempre nos revela segredos de brisa e de ventania nas velas alçadas do barco da vida... O catavento cata e venta segredos nas cores de suas pás...
Você sempre me surpreende com o carinho da tua poesia.
Beijokas.

poetaeusou . . . disse...

*
neli araujo
,
o vento muito nos diz,
na janela dos zunidos !
acalmadas conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Flor de Lótus
,
não me digas
que o “el niño!
já é Brasileiro !
srsrsr,
,
conchinhas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RECANTO DA POESIA
,
sublime o perfume das rosas
mas os espinhos, meu Deus !
,
serenas maresias,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lua Nova
,
Sabes,
que as tuas palavras,
são um belo Poema ?
parabéns !
,
um mar de estima,
deixo,
,
*