setembro 06, 2010

........................... POEMAS OUTONAIS ( 2 )



és o meu mar,
e eu, a quimera de ser rota
entre os barcos navegando,
quilhas nos ventos sopradas
que me afastam de ti,
mas eu espero ser
o envolvente sargaço
enroscado nos penedos,
as algas do meu destino
que ao sol fenecerão
se não espraiares em mim !
poema e fotos: poetaeusou

64 comentários:

São disse...

J´aime la chanson française.

Do teu poema, também gostei muito.

sargaços e algas,é que detesto que me toquem quando nado, rrss

Beijinhos, amigo.

Fernanda disse...

Querido amigo Poeta das Conchinhas!

Que o teu desejo se cumpra e a tua amada se espraie para ti.

Lindíssimo!

Lua Nova disse...

À boa poesia, nem o mar resiste... certamente, tua amada será amanhecer na tua praia...
Beijos, poeta

antonio - o implume disse...

Quanto ao amor, gostaríamos de ser rota, ancoradouro seguro.

TITA disse...

E se não espraiar em ti,deixará de ser teu mar?Não o creio.A imensidão mora em ti...tu és já,alga,quilha,sargaço, quimera cantante,poeta.Um abraço embebido em iodo.

tossan disse...

Siga a rota que encontrarás ancorado o barco da amada, basta seguir a as algas do teu destino e da tua poesia. Abraço

FlorAlpina disse...

Olá poeta,
Não podem fenecer ao sol tão belos poemas...
Que esse "mar" se epraie em si...

Bjs dos Alpes

RECANTO DA POESIA disse...

Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia.

William Shakespeare

Bom dia e carinho meu!....M@ria!

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
Fleur De Paris
Mon épicier l'avait gardée dans son comptoir
Le percepteur la conservait dans son tiroir
La fleur si belle de notre espoir
Le pharmacien la dorlotait dans un bocal
L'ex-caporal en parlait à l'ex-général
Car c'était elle, notre idéal.
C'est une fleur de Paris
Du vieux Paris qui sourit
Car c'est la fleur du retour
Du retour des beaux jours
Pendant quatre ans dans nos cœurs
Elle a gardé ses couleurs
Bleu, blanc, rouge, avec l'espoir elle a fleuri,
Fleur de Paris
In - Maurice Chevalier
,
Amiga
os nossos irmãos Ciganos
est-ce qu'il y a comme rien !
,
conchinhas,
,
*

Secreta disse...

Tens , sem dúvida, uma forma fantástica de te expressares.
Beijito.

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
o mar
alagando o areal,
tem a intenção final,
de nos tentar . . . encantar !
,

vagas de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lua Nova
,
entre o mar e o amar,
divaga a poesia !
,
marés luzentes,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
também gostaria,
porém,
o amor é liberdade,
sem algemas nem amarras !
,
saudações,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
É . . .
,
mare nostrum,
de todos e de ninguém !
mar imenso !
de natália, espanca, raul brandão,
branquinho, camões, pessoa,
redol, (uma fenda na muralha)
de sophia, ai a sophia :
( As ondas quebravam uma a uma
eu estava só com a areia e com a espuma
do mar que cantava só para mim.)
,
marés de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
amigo,
o meu destino
é vogar no mar, sem rumo,
ao sabor dos enxergares das marés.
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
Amiga,
como os poemas,
são de quem os lê,
espraiado de alento, fico !
,
um mar de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RECANTO DA POESIA
,
Mostre-me um homem
que não seja escravo
das suas paixões !
,
In- William Shakespeare
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Secreta
,
como gostei
do teu comentário !
narcisista me sinto . . .
srsrsr,
,
um mar de estima, deixo,
,
*

Mariazita disse...

Eu não faço férias à beira mar; eu GOZO férias à beira mar!:)))
Ah! E como gozo!
É uma felicidade única!

Poemas outonais são lindos mesmo neste fim de verão.
Os teus são sempre belos - em qualquer estação do ano.
Belíssimas fotos.

Beijinhos com sabor (ainda) a maresia

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
não, não gozas férias,
gozas o mar, srsrsr,
e o mar contigo,
ai, como o mar gosta de ti,
enviando com meiguice,
os seus braços, as ondinhas,
numa vasta maré vazia !
,
serenas maresias,
,
*

sérgio figueiredo disse...

As palavras enriquecem os teus desejos e o mar, esse teu mar, dar-te-á o amor onde o Sol lhe dará cor e vida entre algas e sargaços.

Um Abraço

São disse...

Mon Ami, os nossos irmãos ciganos estão a ser perseguidos como outrora o fotam por Hitler.
Mas como os sionistas se apropriaram do sofrimento, até parece que só o povo judeu foi vítima de mortes em massa!

Bisous.

gaivota disse...

estas águas e estas pedras... até me parecia estar nos açores, outra vez...
á migo, espraiando por algum sítio, um outono aparecido!
e as festas??? e a senhora da nazaré??? e as marés vivas???
já "erem"!!!!!!!
piliparesssss

Céci disse...

Olá Amigo poetaeusou!

Ando preguiçosa para ler e escrever, mas o teu cais é obrigatório quando me ponho no meu barco a remar!

Segue a tua rota, deixa as quimeras, se só barco a navegar, a tua amada encontrará o teu mar!

Bjinhos

Céci

Maria Clara disse...

Dei uma volta por aqui.
Gostei. Fotografias lindas.
Poemas também.
Você é um poeta e ou se nasce...ou se nasce.
Parabéns.

Fa menor disse...

O mar sempre será uma rota
tantas vezes de colisão
com a areia
se calhar
mais do que um espraiar.

Boa semana!

Bjos

Lilá(s) disse...

O mar mora em ti, por isso aqui venho quando tenho saudades dele, assim visito os dois.
beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Estive ausente, hoje voltando estou agradecendo meus amigos que estiveram presentes na minha ausência, é muito gratificante voltar e ter vc Pelos Caminhos da Vida comigo, obrigada pelo carinho, pela amizade.

Um gde abraço.

beijooo.

Multiolhares disse...

Mar, rota de vida e tantas vezes fim de rota de vidas perdidas.
beijos nossos

segredo disse...

E o mar é imenso como imenso é o sentimento k os teus textos transmitem...

Beijinho de lua*.*

Hanukká disse...

Uma linda noite de paz, abraço.

Conversando com Deus.

Pedi força e vigor Deus me mandou dificuldades para me fazer forte
Pedi sabedoria Deus me mandou problemas para resolver
Pedi prosperidade Deus me deu energia e cérebro para trabalhar
Pedi coragem Deus me mandou situações para superar
Pedi amor Deus me mandou pessoas com problemas para eu ajudar
Pedi favores Deus me deu oportunidades
Não recebi nada do que queria,
Mas, recebi tudo o que precisava!

poetaeusou . . . disse...

*
sérgio figueiredo
,
Amigo,
como estás certo !
o Sol é vida, não duvido !
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
a desumana, humanidade,
o nascimento, a cor da pele
e em especial a religião,
fazem renascer os ódios . . .
,
brisas serenas,
ficam,
,

*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
miga
já não há marés vivas,
o mar está cansado . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
feliz estou com a visita,
barcos a remos, dizes bem !
porque o resto da frota
continua a ser abatida . . .
,
suaves marés
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clara
,
ruborizado, fiquei,
porém não deixo
de agradecer !
,
quem vive perto do mar,
não precisa de inspiração,
o mar é um poema, assim
sendo basta plagiá-lo . . .
,
vagas de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
e se tu sabes . . .
é mais fácil encalhar,
do que no areal espraiar !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
dupla visita de uma assentada,
logo uma menina economizada !
srsrsr,
,
ondas violáceas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida.
,
Amiga
nunca se agradece
o que é merecido !
srsrsr,
,
marés de amizade e carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
nas rotas do mar
há sempre um abrigo
esperando por alguém !
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
imensa,
é a tua forma de ver !
obrigado,
,
um mar de carinho,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Hanukká
,
Por que se amotinam as nações,
e os povos tramam em vão?
Rompamos as suas ataduras,
e sacudamos de nós as suas cordas.
,
In - génesis
,
marés serenas,
deixo,
*

sonho disse...

Que nesse mar navegues sem tempestades...
Beijo d'anjo

Daniel Costa disse...

Poeta

De certo o mar, apesar de estar a chegar o Outono, augurando dias de borrasca, sempre esprairá para ti, que tão bem o sabes cantar.

Desnuda disse...

Querido poeta,

bonito este apelo aos sentimentos. Que seja, poeta.


Carinhoso beijo, amigo.

poetaeusou . . . disse...

*
sonho
,
sim,
marés serenas,
é urgente !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Daniel
o mar está cansado,
este Agosto, não nos
brindou com as marés vivas,
ou está a fazer gazeio, não sei !
,
Um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Desnuda
,
Amiga,
a poesia da imaginação
são simples sentimentos,
penso eu . . .
,
Conchinhas,
,
*

lita duarte disse...

Poeta,

O mar é sempre belo, assim também são tuas palavras.

Beijos.

Luana disse...

Lindo!!!
Um beijinho..XD

Insana disse...

Perfeito.

bjs
Insana

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
é,
o mar é um poema,
que ecoa no olhar !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luana
,
Grato fico,
,
marés de amizade,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Insana
,
se o dizes,
eu agradeço !
,
conchinhas,
,
*

Dois Rios disse...

Poeta querido,

Um belo poema espraiado num mar de beleza.

Beijo,
Inês

Duarte disse...

Aqueles sargaços que o mar quando picava arrastava à praia de Angeiras... segue-me atraindo aquele mar!

Belo poema.

Abraços de amizade

Lilazdavioleta disse...

Olá Poeta .
Quem não gostaria de ser a água de alguém ? A água que tudo envolve , quando está brava e suave quando mansa .
O mar com tanta beleza e mistérios .
E depois ... as algas , lindas nos variados tons de verde e macias no toque .
Poema lindo e apetecivel .
E a musica , bonita , em perfeita sintonia .
Um beijo , Maria

MEU DOCE AMOR disse...

É claro que sim ,Poeta, é claro que sim!

Beijinho doce e obrigada eplas tuas visitinhas no Sonhar:)e não só!

RECANTO DA POESIA disse...

"Os remos batem nas águas:
têm de ferir, para andar.
As águas vão consentindo-
esse é o destino do mar"

Cecília Meireles


Bom dia.....Beijos & Flores!M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
Dois Rios
,
no teu olhar,
o mar se alonga !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Amigo,
,
os sargaceiros da Apúlia,
de Pedro Homem de Melo . . .
,
Abraço,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
Amiga, dou-te,
,
transpiro lágrimas
límpidos suores
dos cristais do mar,
amarro os choros
das pontes da vida
em mareadas ondas,
porque . . .
no pranto das águas
as margens deslizam
em marés desaguadas
nas fontes esquecidas . . .
,
brisas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
amiga,
Pois . . . é claro !
,
marés doces, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

.
RECANTO DA POESIA
,
o mar
nos destinos de Cecília,
,
conchinhas,
,
*