agosto 15, 2010

............................ Poemas de Verão ( 5 )





os teus desencontros
despertam em mim
um mar de apetites,
ritual esculpido
na espera perdida
da tua ausência,
porque me obrigas
seguir os trilhos errados
na maré das encruzilhadas ?
ou será que o teu desencaminho
é simples coincidência,
e que a tua chegada esquecerá
a ansiedade que me devora ?
poema e fotos: poetaeusou

60 comentários:

Luís Coelho disse...

Como doem os desencontros, parece até se maior a saudade nessas horas.
Tantos desencontros que fazem os encontros melhores e mais agradáveis.

Ana Martins disse...

Que lindo poeta!!!

...ou será que a tua chegada
esquece as ansiedades
e os desencaminhamentos
são simples coincidências ?"

Quase sempre a chegada esquece as ansiedades!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

gaivota disse...

as nossas viúvas
os nossos .. e é que na me lembre....
já cá volto!
desencontradamente... já não nos cruzamos no sítio do costume...
é do venteeeeeeeeeeeee
varinooooooooooo! lembrei-me!
temos que combinar mais um jantarito...
pilipares

Isa disse...

Chegou até mim o aroma a maresia,
o lânguido desenrolar das ondas.
Beijo.
isa.

Multiolhares disse...

tantas mulheres esperaram eternamente nas areias da praia o barco que não chegou

beijos nossos

JB disse...

Há coincidências, disso não tenho dúvida. Que a espera é vivida sempre com ansiedade, também não duvido.
Que a sua escrita é caminho certo para nos questionarmos é certeza imediata!

Abraço!

Lua Nova disse...

"...mas cada volta tua há de apagar, o que essa ausência tua me causou..."
Uma frase de Vinícius de Moraes, da letra de "Eu sei que vou te amar" à qual tua poesia me remeteu... Além de tocar minhas próprias saudades tão bem espelhadas em tuas palavras.
Um lindo domingo.
Beijos.

Carmo disse...

O amor é assim, Poeta. Encontros desencontros, felicidade, tristeza, ou não seria sofrer de amor...
Beijinhos,aliás conchinhas
Boa semana

maria teresa disse...

Os desencontros podem ser provocados,podem ser um jogo de sedução para que o desejo seja mais ardente, para despoletarem o tal "mar de apetites"...
Abracinho

Filó disse...

Pela caminhada da vida seguimos na encruzilhada de muitos encontros e desencontros...
Poeta, mais um bonito poema.
Que nesta maré, o trilho cruzado, seja o certo, fazendo dos encontros, realidades.
Lindos secretos canteiros..

Beijinho Amigo

Saozita disse...

Olá poetaeusou, mais um lindo poema! Ás vezes a espera é eterna, quando os desencontros não permitem a chegada...

Tem uma boa semana.
Bj

OutrosEncantos disse...

:))))))))))))..., venho ainda a sorrir, lá do meu cantinho, e começo por deixar-te um beijo e o desejo de um resto de domingo feliz, Poeta que eu gosto.
Todos os nossos dias são prodigiosos em encontros e desencontros, por vezes são coincidências, por vezes são propositados...
Mas não tenho nenhuma dúvida que parte da tua ansiedade se acalmará com a chegada da tua amada..., porque em matéria de amor, atrevo-me a dizer que da ansiedade nunca te curarás...!
Pois não és tu mesmo que dizes que amar é sofrer?!.... mas a gente gosta à mesma lolll, né?!
´Bigada pela senha, rss.
Beijo.

SAM disse...

Querido poeta,

as fotos e o poema são simplesmente fantásticos!Obrigada.

Carinhoso beijo e uma linda semana.

TITA disse...

Poeta,há desencontros,sim.Mas creio que há também coincidências que só o próprio amor reconhece.As imagens soberbas dão voz ao poema perigosamente lindo.Bem hajas.Um abraço com cheiro a maresia.

poetaeusou . . . disse...

*
Luís Coelho
,
encontros
desencontrados, é isso !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
desencantos,
coincidindo com as ansiedades !
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
são gabões e varinos,
marcando o lago das viúvas !
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
no desencontro das brisas,
os aromas trilham as vagas !
,
serenas maresias,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
de capa negra vestida,
resta o breu ás mulheres . . .
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
JB
,
será que mereço
as tuas palavras ?
,
grato fico,
,
vagas de estima,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lua Nova
,
e eu vou continuar
,
EU SEI QUE VOU SOFRER
A ETERNA DESVENTURA DE VIVER
A ESPERA DE VIVER AO LADO TEU
POR TODA A MINHA VIDA
,
In-vinicius
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carmo
,
e as tuas palavras
arquitectaram um belo poema,
parabéns !
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
Jogos de sedução ?
não me digas, os homens (eu)
são mesmo estúpidos !
,
um mar de estima,
fica.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga,
os escolhos são muitos,
cruzando os trilhos !
,
brisas nocturnas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Saozita
,
e quando assim é,
os encontros são impossíveis !
,
marés de ternura,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
OutrosEncantos
,
amiga
foi oportuno o teu recordar,
não há amor sem sofrimento,
e com desencontros inesperados,
não há “senhas” que nos salvem !
,
um jino, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
obrigado, amiga,
pelo teu carinho !
,
marés de estima, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TITA
,
amiga,
são os “tais” mistérios
que só amor conhece !
,
marés luzentes, deixo,
,
*

Baila sem peso disse...

Os desencontros e as ansiedades
são apetites dos poetas vorazes
que devoram sentimentos audazes
no mar de amor em chama
que pela sua amada clama...
e as coincidências serão propositadas?
e será que não são coincidências
e são mais esperas perdidas
em longas estradas e avenidas
dos rituais esculpidos
na ausência dos sentidos?

Ai que isto de desafiar a tua poesia
é uma loucura que nos desafia!
:)))

(já consigo ouvir...Secretos Canteiros...bonito, fiquei embalada, pela melodia das flores
em pauta imaginada!)

Beijo de ternura para uma semaninha de poema de Verão em doce condição

Ju Oliveira disse...

Nos desencontros encontra-se a verdade das coisas, por muito cruel que para nós a verdade possa ser.

Gostei.

beijinho

Cildemer disse...

Lindo é o canto do poeta,
que espera e que anseia
em maré tão irrequieta
a chegada de sua sereia;o)

***
Beijinhos,
*
muitos*******

AFRICA EM POESIA disse...

Adorei...
estes desencontros

Mas às vezes
O desencontro

é mesmo...

encontro.

Um beijinho...

Daqui Por Diante disse...

eu também tenho assim, ânsias ansiosas que me tiram de órbita.

Caminhos Poéticos disse...

"O mundo é como uma festa em que entramos sem sermos convidados, e depois, saímos sem nos despedirmos."

(John Lennon)

Amor & Paz na sua semana...M@ria

Amor feito Poesia disse...

Hoje venho agradecer o carinho da sua amizade e suas visitas que tanto me deixa feliz.Amo Voces!!

Paz na sua semana e abraço meu!!
M@ria

M@ria disse...

"É preciso ter um plano. É preciso imaginar a Terra Prometida e querer ir para lá. O primeiro passo é sonhar. Sem uma meta ninguém faz nada."

(Willian Douglas)

Muita paz na semana que se inicia!
Beijos de coração prá coração!!

Maria Luisa Adães disse...

poetaeusou


O encontrei e adorei suas imagens de Verão e seu poema cantante, repleto e iluminado de encanto.

Muito bom o que escreve e as suas imagens, também.

Maria Luísa

KrystalDiVerso disse...

Fazer moer faz crescer!... Arranje-se e aguente-se!... Guarde-se e aguarde!...
Entretanto... espere!




Abraço

segredo disse...

Se a ansiedade custa a aguentar as saudades e os desencontros mto mais.

Beijinho de lua*.*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
se não há coincidências
como diz a Margarida Rebelo Pinto
eu não minto,
mas sinto,
e digo sem ansiedade
se não serão pertinências
ou talvez perplexidade
esta ausência das presenças
ao qual eu chamo saudade !
,
esculpidas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ju Oliveira
,
concordo,
a crueldade, bastas vezes,
é o lado bom da moeda !
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
é no canto da sereia
junto ao rochoso recanto
que eu oculto o meu pranto
bem escondido na areia !
srsrsr,
,
um mar de felicidade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
encontros desencontrados,
uns perdidos outros achados . . .
srsrsr,
,
marés de poesia, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daqui Por Diante
,
eu, até, os pólos já perdi !
,
Saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Caminhos Poéticos
,
Woman I can hardly express,
My mixed emotion at my thoughtlessness,
After all I'm forever in your debt,
And woman I will try express,
My inner feelings and thankfullness,
For showing me the meaning of succsess,
oooh well, well,
oooh well, well,
,
in-John Lennon
,
conchinhas,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
Amiga,
feliz fico eu
com as tuas visitas,
,
A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor
,
In-jobim e vinicius,
,
Conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
sonhar,
é não aceitar os horizontes !
,
vagas de estima, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Luisa Adães
,
grato fico,
,
o meio ambiente
onde estou inserido,
é a minha grande Musa !
,
um mar de conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
KrystalDiVerso
,
srsrsrsrsr,
,
Amigo,
que remédio,
aprendi a lição do Guterres,
as coisas vão-se resolvendo,
e as que não tem resolução,
resolvidas estão . . .
,
aquele abraço,
fica
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
e assim sendo,
vamos sonhar
com os encontros !
,
sonhadas maresias,
ficam,
,
*

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

É fatal desencontro e apetites fora dos trilhos.
Abraço

Baila sem peso disse...

Ontem estava já cheia de soninho
quando aqui vim ao teu cantinho...
hoje não me sinto muito melhor
ando cada dia que passa
com uma inquietude que maça...
será que é do calor que apanhei
e os neurónios queimei?
Passei para ler o teu responder
e do Elvis encontrei um dizer!
O Rei com que enfeitaste a casinha
que a sede de paixão continha...
e sim a saudade é uma louca
que põe a gente cega, muda e mouca
:))

Tem dias serenos sem desencontros
mas com muitos encantos!!!
E não desprezando o Rei
que apaixonada, eu sei
deixo aqui um teu dizer
que gostei de ler:
"A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor"

,
In-jobim e vinicius,

A poesia está cheia de tanto verso
em que o coração fica submerso...
Lindos são...e em contradição
qual escolher
o que melhor nos faz vibrar
se a ansiedade anda em todos, no ar?

Bem hoje já me estou a adiantar
e ainda nem fui almoçar...

Boa semana com o Rei a embalar
a tua amada e o teu gostar!

Beijo meu esculpido na conchinha do sentido

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
existem
caminhos não andados
que esperam por alguém !
,
Abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amiga
,
lerei sempre
até que os olhos abrasem
as mensagens que emanas
dos teus sadios neurónios
cantarei
de lábios cerrados
que o calor que te queixas
bombeira da palavra,
sabe a Florbela Espanca
voarei
olhando o mar sozinho
no vento não vendido
amarrado ao sublime,
dos versos da Sophia,
já não toco o infindo
porque meu rumo és tu,
usurpo assim as quimeras
nesta imensidão ilógica
em que tudo é pensamento
e se o ilimitado é infinito
no esotérico Pessoa
eu, impossibilito o possível
nada quero, nada já tenho,
violentando o meu Bocage
nestes ardores mareantes,
infrutífero as nulidades
deixando tudo, como dantes
,
srsrsrsrsrsrsr,
,
vagas esotéricas
,
deixo,
,
*

sonho disse...

A chegada faz esquecer toda a ansiedade...e mata toda a saudade...até uma nova partida...
Beijo d'anjo

gota de vidro disse...

Há sempre uma espera na nossa vida.
No entanto a espera vem sempre acompanhada de esperança, pois os desencontros por vezes resultam em encontros.

Gostei da musica...Aliás gosto sempre de ouvi-la

Boa semana

bjitos da gota :):)

Filó disse...

Poeta
Bonita escolha musical...
Com o Rei Elvis Presley, seu ídolo.
Porque haveria de ter vergonha, quando se gosta...gosta-se mesmo.


Beijo amigo

poetaeusou . . . disse...

*
sonho
,
e o céu fica mais anil
com a chegado do nosso “bem” !
,
srsrsrsr,
,
conchinhas deixo,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
gota de vidro
,
amiga
serão as “tais” coincidências ?
talvez !
,
brisas serenas, ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
Amiga,
e assim morreu,
rodeado de sanguessugas !
,
marés de estima, deixo,
,
*