agosto 09, 2010

............................ Poemas de Verão ( 3 )




na pele do areal
de búzios travestido
ouço os teus passos
ressoando os acordes
dos violinos da areia,
são mil sons harmoniosos
de sinfónicas caldeiradas
sobremesas de guitarras
com vinho tinto do fado,
aconchegando o destino
dos teus olhos vagabundos
trazendo as tuas entregas
que são o meu alimento !
poema e fotos: poetaeusou

64 comentários:

RETIRO do ÉDEN disse...

Bonito poema, cheio de salpicos de mar e areias, de sonhos cheios de um vazio que trespassa as nossas entranhas, sequiosas de melhores momentos de vida terrena.

Assim ficamos à espera dessas concretizações "dos violinos da areia, aconchegando o destino
dos teus olhos vagabundos
trazendo as tuas entregas
que são o meu alimento!"

Abraço forte
Mer

São disse...

E dizes tu que não são poemas?!
Boa semana, companheiro.

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

De búzios são feitos os sonhos
ouvem-se na areia molhada
e nos ouvidos do verão
que são pressa de água
nos prazeres dos peixes
que nos cantam melopeias
e se apaixonam pela ternura
de quem com eles dança
a dança dos amores molhados.
Sou um búzio e sou o seu sonho.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 09/08/2010

Pelos caminhos da vida. disse...

Viva intensamente a aurora de cada dia.
Faça de cada momento um devaneio contínuo.
Torne-se mais e mais forte.
Sonhe...

E conquiste seus sonhos.
Acorde a cada amanhecer com a certeza de que tudo poderá acontecer.
Sorria...

E consiga todos os bens que o sorriso pode lhe dar.
Pois sempre que você sorrir uma estrela irá brilhar.
Supere-se...

Seja melhor do que você já é.
Conquiste superioridade a cada dia.
Faça tudo o que você quizer.
Brilhe...

E seja brilhante até nos passos em falso que a vida dá.
Tente, tente até conseguir o que quer.
Brilhe o máximo que você puder.
Ame...

Pois o amor é fundamental.
Tenha sempre alguém ao seu lado no caminho pois, como dizia o poeta:
-É impossível ser feliz sozinho!

(texto da net).

Uma linda semana pra voce!!!

beijooo.

Luís Coelho disse...

Entrei suavemente procurando não partir nada destes sons que encontramos na praia de verão.
Lindo poema

Fa menor disse...

Hummmm! gosto desses acordes na areia, com búzios e conchinhas!

Bjinhos

Lilá(s) disse...

Lindos poemas que me encantam como uma brisa de sabor a maresia.
Bjs

gaivota disse...

o vinho tinto do fado... e cá vem o alfredo!
e a nossa sangria!?
anda, vá lá, confessa.... só te levo a "coisas boas"!!!
estas pedrinahs e este caracol...
e músicaaaaaaaaaaaaaaa
pilipares

Isa disse...

As pedrinhas coloridas,a música e o
encanto das palavras! O todo de que tanto gosto.
Beijo.
isa.

Filó disse...

Poeta,
Que lindo fado cantado pela "sua" Ana Moura...
Mais um bonito poema de verão cheio de seixos e búzios lançados na praia, com sons de guitarradas sabendo a fado...o destino!
Muito bonito!

Beijinho amigo

Céci disse...

Ola Amigo Poeta,

Lindo poema de Verão, fresco e leve.

Adorei

Bjinhos

Céci

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
os poemas
preenchem vazios
agitando sonhos
que morrem na praia !
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
poemas,
são amalgamas de palavras,
ao sabor de quem as lê !
,
marés de estima, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Jorge Manuel Brasil Mesquita
,
lanço os búzios
no silencio do poema,
concretizando o ilógico
na rota do desencontro,
altero a sorte sem nexo
na crista do vento norte
onde a fictícia esperança
nega a coerente fortuna
deambulando amarguras
nos enredados enleios !
>> poetaeusou <<
,
Saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pelos caminhos da vida.
,
os instantes
são devaneios da vida
auroras que nos despertam,
nas manhãs por acordar . . .
,
marés de estima,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Luís Coelho
,
os sons de verão,
são únicos, mas efémeros !
,
grato fico,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
no areão dos acordes,
as búzios cantam ao mar !
,
brisas serenas,
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
entre a brisa e maresia,
espraia o mar, a poesia !
,
marés de encanto,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
mês de Agosto, deixo-te, o fado
que o Alfredo da Praia cantava.
,
Ha Palavras Que Nos Beijam
Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca,
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperança louca.
Palavras nuas que beijas
quando a noite perde o rosto,
palavras que se recusam
aos muros do teu desgosto.
De repente coloridas
entre palavras sem cor,
esperadas, inesperadas
como a poesia ou o amor.
(O nome de quem se ama
letra a letra revelado
no mármore distraído,
no papel abandonado)
Palavras que nos transportam
aonde a noite é mais forte,
ao silêncio dos amantes
abraçados contra a morte.
,
o autor nasê quem é .
,
Pilipares, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
gostei
que gostasses,
obrigado,
,
sinto na pele
o toque da musica
promessas coloridas
no enigma das conchinhas !
.
marés de luz, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
Canto
nas ameias do fado
no meu castelo de vento
feito no salgado areal !
,
Marés serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
grato amiga,
,
poemas
são algas suspensas
como cabelos ao vento !
,
marés de estima,
,
*

Lena disse...

Lindo poema,
relembrando coisas boas da Nazaré...

Um beijo !

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
O seu poema não se lê, apenas se sente...maravilhoso.

Beijinhos
Sonhadora

Laura disse...

Não sabia que os sons da areia, dariam acordes de violino..jesus, o que me tem escapado todos estes anos de silêncio...

Guitarras, fados, um copo de vinho...deve ser lindo. Também nunca entrei numa casa de fados...um dia, um dia, quem sabe...

Aquele apertadinho abraço da laura

SAM disse...

Belíssimo poema, amigo!

"...trazendo as tuas entregas que são o meu alimento."

Carinhoso beijo, poeta

maria teresa disse...

Alguém que espera por outro alguém que lhe é imprescindível... e enquanto espera vai sentido o que se passa em seu redor...
Abracinho

tossan disse...

É bom voltar de viagem e seguir a viajando na tua poesia. Abraço amigo

Amor feito Poesia disse...

Carinhos desenhados em
palavras são como flores perfumadas...

- Dolce Bárbara –

Beijos & Flores.....M@ria

© Piedade Araújo Sol disse...

um poema que cheira a verão..onde e muito bem. o Poeta conseguiu introduzir palavras que nos deixam a sonhar...

as fotos belissimas, como sempre.

devia fazer um espaço e divulgar essas fotos que deve ter "escondidas" na camera fotográfica.

fica a sugestão.

um beijo de mar

Lilazdavioleta disse...

" na pele do areal
de búzios travestido " ,

tão bonita esta imagem .

Um beijo

Costea Andrea Mihai disse...

hello! beautiful works i see on your blog! congratulations!

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
Ai Nazaré
Deixa-me embalar o mar,
Deixa-me embalar o mar,
,
búzios sonantes,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
amiga,
os poemas são
para quem os sente !
,
refrescantes brisas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Laura
,
Amiga
imagina no silencio físico,
a musicalidade do pisar o areal,
,
para ouvir ou cantar o fado,
não é preciso talento,
basta ler ou pôr nos gestos,
muito, muito sentimento !
,
silêncios gritantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
grato amiga,
,
serenos búzios,
ficam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
porém muito aquém
da subtileza da tua !
,
aquele abraço,
,

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
florida
é a tua dedicação !
,
um areal de carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
amiga,
vou pensar na sugestão,
porém,
sou um indisciplinado nato,
quase um anarquista . . .
não me sujeito a regras,
ar e vento é o meu sustento,
srsrsrsr,
,
amenos ventos refrescantes
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria teresa
,
e quando estamos
num meio ambiente
que nos delicia,
porque não cantá-lo ao vento !
,
suaves maresias,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilazdavioleta
,
o areal
“esmara-se” no mar,
vestindo-se de areia,
nas sedas das marés !
,
frescas maresias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Costea Andrea Mihai
,
grato,
um abraço
da Nazaré á Roménia,
deixo,
,
*

Saozita disse...

Lindo poéma,como a brisa do mar
Beijinhos com muita amizade

GarçaReal disse...

Antes de mais adoro este fado de Ana Moura....Tenho-o a tocar vezes sem conta.

Afinal lançar os búzios, podem trazer o espalhar de um sonho, mostrar o olhar amado no destino da sorte.

As fotosestão lindas.

O poema como só tu sabes Poeta!!!

Em buzios te deixo pilipares
Destas terras te envio laivos de forte calor...Forte mesmo...

Sempre um bjgrande do lago

poetaeusou . . . disse...

*
Saozita
,
grato fico,
,
poemas
são maresias voantes !
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
amiga
ruborizado fiquei,
neste manancial de elogios,
,
torrentes de pilipares,
em busca do grande lago
deixo,
,
*

Multiolhares disse...

Mas que rica petiscada , mas... fado sem caldo verde e chouriço, à isso é que não.

Beijos nossos

Duarte disse...

Um mar que tudo dá, até a inspiração... mas para isso faz falta ser poeta!

Fantástico!!!

Abraços de boa amizade

Vieira Calado disse...

Claro que sim!

Pode ser visto olho nu.

As prespectivas

são de uma por minuto.

Um abraço

Caminhos Poéticos disse...

"A esperança é cheia de confiança. É algo maravilhoso e belo, uma lâmpada iluminada em nosso coração. É o motor da vida. É uma luz na direção do futuro."

(Conrad de Meester)

Boa Noite....Beijocas mil!

Ana Isabel disse...

Navegar por aqui é um enorme prazer..as imagens poéticas embalam-nos totalmente.


Abraço

Ana Isabel

Amor feito Poesia disse...

"Existe uma vitalidade, uma força de vida, uma energia, um despertar, que é traduzido em ação através de você, e porque só existe um de você em todos os tempos, essa expressão é única.

(Martha Graham)

Beijos poéticos.....M@ria

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
deve ser do calor,
a tua, temporária,
falta de sensibilidade !
srsrsrsrsr,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Amigo
,
o mar
com todo o seu mistério,
obriga-nos a ser poeta . . .
,
aquele abraço, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Vieira Calado
,
vamos então
ao espectáculo sideral !
,
um abraço,
(seguiu e-mail)
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Caminhos Poéticos
,
a esperança,
é o ultimo meio para
o desbravamento da vida !
,
marés de jinos, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
navega amiga,
aproveita o norte da calmaria !
,
aquietadas marés, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
Nenhum artista está adiante do seu tempo.
Ele é o seu tempo; o que acontece é que
os outros estão atrasados no tempo !
in - Martha Graham
,
um mar de luz,
fica,
,
*

Mariazita disse...

Com tantos ingredientes de alta qualidade, o que esperar do resultado final???
A M E I !

Beijinhos com acenos de despedida. Até Setembro.
Hoje há LÍRIOS novos, também de despedida...

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Tudo são conchas, um mundo de conchas. Um mundo sinfónico de fado e poesia.
Abraço grande poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
vamos liriar a despedida,
esperando por Setembro
ensaiando desde já :
,
Foi em Setembro que te conheci
Trazias nos olhos a luz de Maio,
Nas mãos o calor de Agosto e um sorriso
Um sorriso tão grande que não cabia no tempo
Ouve, vamos ver o mar...
,
in-canta espadinha,
,
uma boas férias
no rejuvenescimento das marés
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
olha as conchas a brilhar,
ouvindo o marulho do mar,
espraiadas no nosso olhar !
,
um abraço,
,
*

Cildemer disse...

As fotos são lindíssimas e o poema deu-me vontade de dansar e ao mesmo tempo pôs-me água na boca!
Ah, comer uma boa caldeirada!


***
Beijinhos*******

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
amiga,
não há terra como a Praia,
nem Sitio como a Pederneira !
srsrsr,
,
maresias frescas, deixo,
,
*