maio 26, 2010

............................................. fica no ar a certeza




 
não culpei a decepção
quando partiste,
porque em ti
me iludi á tua chegada,
aceitei-te na minha utopia
um erro de conjugação, não acertada,
como foi bom contigo fantasiar,
e navegar, nos delírios das quimeras
o engano das nossas realidades,
ilusões perdidas
nos sonhos não concertados
e nos cingires por consolidar,
fica no ar a certeza,
que és o tu em mim
porque eu em ti sou
e seremos, no retorno irreal,
não te suplico para voltares,
mas, ouve-me,
tem em conta que os poetas
são os restos de humanidade,
humanidade . . . que se esvai !
poema e fotos:poetaeusou

70 comentários:

gaivota disse...

a certeza está no mar, devolve para terra o que vai levando...
ai, ai
estes poetas dizem cada coisa!
a humanidade... que se esvai!!!
á migo, traz o sol de volta, anda, mexe-te, dá corda aos pés!
pilipares

Filó disse...

Poeta,

Hoje não consigo comentar, porque estou sem palavras,emocionada, mesmo, perante este poema, as fotos e video...LINDO... !

"Os poetas são os restos de humanidade...humanidade ...que se esvai!"
Só um poeta poderia escrever isto!

Beijinho Amigo

_Sentido!... disse...

Teu poema está lindo, Poeta!
As imagens, bem como o som fazem um "retrato" sublime!
Em "MeusMimos" tens um carinho há muito tempo devido!
Obrigada por tua amizade, Amigo!
Deixo-te um abraço.

Poesia...Poesia disse...

"Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo dizer brincando.."

Charles Chaplin

Hoje te ofereço flores...Bom dia!!

Florentino disse...

lindo poema,..,., ca eu venho buscar a miinha alma

RETIRO do ÉDEN disse...

A "certeza" é de que a sua alma de poeta está a ser desperdiçada...só nós é que lemos estas "coisas lindas"...há que repensar um belo dum livro de poemas... para sair neste Portugal cheio de talentos.
Força e abraço forte
Mer

PS.As fotos são uma maravilha!.

antonio - o implume disse...

Existe quem envelheça assim... esvaindo-se de humanidade.

FlorAlpina disse...

Fica no ar a certeza,
De este ser mais um daqueles maravilhosos poemas,
Que a humanidade que se esvai deveria ler!
Parabéns poeta!

Bjs dos Alpes

Fa menor disse...

e
pelo sonho
é que vamos
e
vimos
.
como uma onda
no mar
.

poetas...
.

bjs

Andradarte disse...

..Retorno....Irreal!!!!!

As fotos...lidíssimas..
Abraço

Omar Talih disse...

Estou visitando-o. Achei ótimo seus versos. Paisagens maravilhosas. Parabéns.

Isa disse...

Meu Poeta,sois vós o que resta de belo e puro desta humanidade
Beijo.
isa...

Multiolhares disse...

Os poetas para mim não são o resto da humanidade, a humanidade se esvai, mas os poetas vivem, sonham, inventam, transformam , mas muitas vezes de tanto fantasiar, misturam a a ilusão com o real e acabam por perder a própria identidade.
Vivam os poetas, vivam os sonhadoresw
beijos nossos

Fernanda disse...

Querido amigo Poeta das conchinhas!

Há tanto tempo que não vinha matar saudades do seu mar lindo sempre presente nestas fotos maravilhosas.

O poema é surreal!
Não há palavras para comentar esta obra de arte única ao amor.
Belo, belíssimo!

Beijinhos

Desnuda disse...

Nossa poeta...Vim dando gargalhadas e chego aqui fico emocionada com este belo poema. Lindo demais...Fiquei literalmente sem palavras para expressar-me.

* Seleção pró amor em campo, poeta! Com as bênçãos do padre Zezinho e Zeca Pagodinho hahahaaahaahahaa

Beijos, com carinho.

Lena disse...

Os poetas escrevem os sentires..sera so ilusão ?

Ando sem conseguir concentrar me naquilo que leio, nem conseguir escrever...sera grave poeta ?

Estou precisando de sonhar, fantasiar, sair desta realidade da vida...sera melhor viver no ireal ?

Quero ir até ao meu cantinho...

Um beijo Poeta !

Duarte disse...

... vontade tenho!...

Brilhos, que desde
a atalaia que elegeste,
faz a espuma mais branca,
mais próxima, mais nossa.

Zé, boas fotografias.

Um grande abraço

mulher lua disse...

Obrigada pelas tuas palavras.

Veijios

Caminhos Poéticos disse...

Não deixe portas entreabertas
Escancare-as
Ou bata-as de vez.
Pelos vãos, brechas e fendas
Passam apenas semiventos,
Meias verdades
E muita insensatez.

flora Figueiredo


Amor & Paz na sua noite!!

tossan disse...

O teu amor é grande, mas a utopia é maior por isso ama. Gostei muito da segunda foto. Abraço amigo

Daniel Costa disse...

Poetaesou

Se um poeta é humilde por natureza, naturamente, vive do sonho, da fantasia e da quimera.
Daniel

Zélia Guardiano disse...

Meu caro Poeta
...os poetas são os restos de humanidade"...
Só você para colocar em palavras esse sentimento...
Poema encantador!
Grande abraço

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
Linda,
como posso
ir em busca do Sol
se o Sol és tu ?
,
pilipares
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga
ruborizado, fiquei,
será que mereço ?
,
marés de carinho,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sentido!...
,
grato, amiga,
irei ao teu cantinho,
agradecendo desde já,
,
um mar de amizade,
fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Poesia...Poesia
,
Não deixes
que as tuas palavras
brilhem mais que a verdade,
,
In-do meu imaginário
,
conchinhas floridas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Florentino
,
Á vontade, amigo,
um abraço PALOP(iano)
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
já pensei,
e
estou a repensar,
talvez seja desta . . .
,
um mar de luz,
fica,
,

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume
,
e há quem a . . . ignore !
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
é
ver, ouvir e ler,
é humanizar o pensamento !
,
suaves maresias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
anda ver o mar
rasgado pelas vagas,
espumas cativas
nas marés de sonho,
são cais esculpidos
no cinzel dos ventos
excitando enleios !
,
ondas de amizade,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Andradarte
,
o vai sem vem,
das marés . . .
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Omar Talih
,
Grato fico,
Saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
não, amiga,
não somos, não !
os poetas eu com (…) reticências,
procuram ir ao encontro de quem os
lê, porque são deles os poemas !
,
um mar de encanto, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Luna,
olha que os poetas são enganosos,
falaciosos, ilusórios, falazes mesmo !
inventam, deturpam, fantasiam, mas
não é que o tempo lhes dá razão !
que os alertas tinham sentido !
que a imaginação eram profecias
e os poemas verdadeiros oráculos !
sim,
viva a invenção, feita ideal . . .
,
beijos nossos,
,
*

Efigênia Coutinho disse...

É isso poeta
tudo fica no ar
ao mar
para poder voar... voar...

Beijos

Efigênia Coutinho

in New York

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,

surrealista é, talvez,
a tua forma de me ler,
,
quem é que não arquitecta
palavras em forma de poema,
ao vislumbrar a beleza do mar ?
srsrsr,
,
um mar de estima,
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Desnuda
,
Linda
não me digas que trazes o
Pe. Zezinho e Zeca Pagodinho ?
prefiro antes o Sivuca e o
Pe. Marcelo Rossi,
embora seja "fan"
do meu Martinho da Vila:
,
Eu quero
Ser exorcizado
Pela água benta
Desse olhar infindo
Que bom
É ser fotografado
Mas pelas retinas
Desses olhos lindos
Me deixe hipnotizado
Prá acabar de vez
Com essa disritmia...
Vem logo
Vem curar seu nego
Que chegou de porre
Lá da boemia...
Vem logo
Vem curar seu nego
Que chegou de porre
Lá da boemia...
´
conchinhas musicais
ficam,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
amiga,
eu sou pragmático,
assim sendo, deveria dizer-te,
não consegues não o faças,
mas não, não vou por aí,
sonha, sonhar é preciso,
é urgente fantasiar a realidade,
pelo tremendo peso que ela acarreta,
porém, divaguei-a com os pés no chão,
não amargures os teus amanheceres !
,
o cantinho está lindo,
nesta linda Nazaré !
,
maresias de luz, envio !
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
e a vontade
demove os estorvos
nos trilhos da vida !
,
Atalaias
as espias do belo !
,
um abraço, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mulher lua
,
Foram justas, amiga !
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Caminhos Poéticos
,
é, amiga,
,
portas fechadas,
são fendas na verdade !
,
marés de Paz,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
é isso
amar
é cingir os sentimentos !
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
a humilde,
mas enorme, humanidade !
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Zélia Guardiano
,
grato amiga,
,
mas . . .
que fique a sementeira,
porque palavras,
levam-nas o vento.
concordas ?
,
conchinhas floridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
amiga,
,
eu vou voar
entre a brisa das marés,
aconchegando maresias,
nas vagas que me despertam,
,
conchinhas voadoras,
deixo,
,
*

Por que você faz poema? disse...

Às vezes não há culpados,
herois ou mocinhos;
às vezes apenas é.

M@ria disse...

Aos que me são queridos, deixo as coisas pequenas. As grandes são para todos.

Rabindranath Tagore

Beijos e abraços...M@ria

MEU DOCE AMOR disse...

Querido Poeta do Mar:

Quando se parte é pq somos empurrados para partir.Por vezes partimos, sem mesmo querermos.Partimos pq querem que partamos.O que é deveras muito triste...e mesmo quando nos empurram para partirmos...muitas vezes escndemo-nos,fingimos que partimos,mas ficamos esperando...

Devias suplicar para voltar...pq não?Suplicar não rebaixa um homem...enaltece-o aos olhos de sua amada e do Criador...

Beijinho doce

Vamos de férias para lá?

:)))

http://vemsonharcomigo.blogspot.com/

AFRICA EM POESIA disse...

Poeta

Um beijo e deixo...livros.


OS LIVROS


Livros
Muitos livros
De várias lombadas
Largos
E finos
Mas todos eles
Meus amigos...
Que me acompanham...
Que me transportam
A todo o lado.
E que me fazem companhia...
E quando me sento
No meu canto
Pego no livro que quero...
Pego na historia mais linda
E leio...
E transporto-me...
Também... para lá...

LILI LARANJO

Amapola disse...

Boa noite, poeta.

Belo poema!
Se ela não voltar, é porque não merece a sua poesia.

Um grande abraço.

Baila sem peso disse...

"Doux, doux, l'amour est doux
Douce est ma vie, ma vie dans tes bras
Doux, doux, l'amour est doux
Douce est ma vie, ma vie près de toi

Bleu, bleu, l'amour est bleu
Berce mon cœur, mon cœur amoureux
Bleu, bleu, l'amour est bleu
Bleu comme le ciel qui joue dans tes yeux

Comme l'eau, comme l'eau qui court
Moi, mon cœur court après ton amour

Gris, gris, l'amour est gris
Pleure mon cœur lorsque tu t’en vas
Gris, gris, le ciel est gris
Tombe la pluie quand tu n'es plus là

Le vent, le vent gémit
Pleure le vent lorsque tu t'en vas
Le vent, le vent maudit
Pleure mon cœur quand tu n'es plus là

Comme l’eau, comme l’eau qui court
Moi, mon cœur, court après ton amour

Bleu, bleu, l'amour est bleu
Le ciel est bleu lorsque tu reviens
Bleu, bleu, l'amour est bleu
L'amour est bleu quand tu prends ma main

Fou, fou, l'amour est fou
Fou comme toi et fou comme moi
Bleu, bleu, l'amour est bleu
L'amour est bleu quand je suis à toi
L'amour est bleu quand je suis à toi"

Fica no ar a certeza
de que o post todo está uma beleza
e deixei aqui a letra da música
que me fez lembrar
os meus anos de menina princesa :)
(apesar de andar numa roda vida
de maré de alguns azares
não quero deixar os cantares
das palavras que nos dão ares...
nos fazem um interior mais sereno
e um suporte da vida mais ameno!)

e deixo um beijinho de luar
nesse teu divagar em triste estar!

Baila sem peso disse...

Desculpa-me amigo o comentário eliminado fui eu que me enganei...ando meia zonza e não faço nada direito!!!...desculpa a minha faltinha de jeito!!!

Ana Isabel disse...

..tanto sonho perdido no sonhar..

tanto amor sonhado naquele sonho..

..tanta vida que corre sem parar..


Magníficas as fotos.

Um abraço

Ana isabel

Amor feito Poesia disse...

Prefiro os grandes pensadores, que com seus pensamentos, suas citações, com trechos de seus livros ou músicas, conseguem me fazer viajar, conseguem traduzir o que não sei expressar, dizem por mim o que não sei falar.

Wanessa Baptista

Beijos e carinhos à todos...M@ria

lita duarte disse...

Poeta,

"fica no ar a certeza"

Que belos versos.
Que belas imagens.

Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

poesia assim até doi.

as fotos parecem falar.

Poeta o meu beijo com sabor a mar!

e admiração.....

antonio - o implume disse...

Esses nunca chegaram a ser jovens...

poetaeusou . . . disse...

*
Por que você faz poema?
,

Às vezes penso como tu,
e diria, é . . . sempre !
,
saudações,
*

poetaeusou . . . disse...

*
M@ria
,
ou a vida
não fosse feita
de pequenas coisas,
,
marés de jinos, ficam.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Linda
eu nunca suplico,
eu sou uma arriba altaneira,
um arrogante Mourinho,
um Errol Flynn sem bigode,
olha . . . um desgraçado do amor !
srsrsrsrsr,
,
Bora,
atira-se a crise ás ortigas,
hehehehe,
,
maresias viandantes
icam
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AFRICA EM POESIA
,
livros
são lágrimas do saber,
por quem os preencheu,
são lombadas de sabedoria
a nós endossadas,
são folhas diversas
que nos enchem a alma . . .
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amapola
,
não me diga
que vou perder
a minha musa . . .
,
saudações
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
Amiga
,
doce, doce é o amor
azul como céu anil,
um partem, chegando,
outros chegam, partindo,
como as marés
no seu vai e vem,
no infinito espelhadas,
pelo sol prateadas
pela lua douradas,
que amor tresloucado
que nos faz trocar
o sentido das palavras
,
srsrsrsr,
,
um azulado mar, deixo,
canta, canta sempre,
,
o cantar faz bem á alma,
já dizia o meu avô,
quem discorda mantenha a calma,
porém, nota-se, que nunca cantou.
,
jino,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
estás como eu, srsrsr
é do pólen, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
tanto verdade aqui escrita, dos
sonhos, que nunca são perdidos,
e rolam pelos trilhos feitos vida,
,
brisas serenas,
deixo,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Amor feito Poesia
,
palavras sábias,
de Wanessa Baptista,
,
marés serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
obrigaaaaado,
,
conchinhas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
© Piedade Araújo Sol
,
não faças poemas ao mar,
porque o mar é um poema,
,
suaves maresias,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
antonio - o implume ,
,
decerto, que sim . . .
,
saudações,
,
*