janeiro 31, 2010

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . um grito amargurado


sofro
nas ruas vestidas
de um povo desnudo
acamando indignações
no leito das folhas findas,
canto
um grito amargurado
nas ramagens do destino
troncos de raízes eunucas
esterilizando a esperança,
componho
nos folhedos do provir
botões de ramas sem joio,
searas de côdeas puras
livres de falsos profetas
e de fazedores de propósitos
que algemam as Primaveras.
poema e fotos: poetaeusou

66 comentários:

Baila sem peso disse...

...que grito esse...que grito!
ouvi aqui como num gemido!
solta a tua veste de frio
deixa correr no mar teu navio
deixa que seja tempo ido
e solta as amarras do leito
que te trás preso desse jeito...
a primavera virá depressa
mesmo neste inverno que tropeça
com um frio que nos enlaça
e o coração nos trespassa...
a flor da tua espera
eu quero, eu espero, venha depressa
com um brilho no teu olhar
que cantará, no verbo A(mar)!...

poeta és, sofres a dobrar!
as dores do mundo queres guardar!
mas não, meu amigo
enterra-as longe no meio do lodo
e faz saltar de ti, esse TU todo...

sei...aqueles dias...mãos vazias

mas virão amanhãs com cheiro a romãs! e hortelãns...

e perfumem já esta noite em sonho
e um feitiço em magia eu componho

um beijo de alquimia que faça magia
e acorde primavera, de dia!

Ana disse...

A primavera há-de chegar e o teu grito será livre!
Belo poema!
Um beijo.

Ana disse...

Olá Poeta bom diaaaaaa!!!!
Este poema é bem "FORTE" e retrata a realidade que existe e que há quem não queira ver.
Gostei muitoooooooooo!!!!
Vamos ter esperança que venha a Primavera e com ela tudo mude como acontece na natureza.
A imagem é fantástica e ilustra esta preciosidade na perfeição. Parabéns amigo pela tua sensibilidade e pelo homem das "letras" que és.
Beijinhos com perfume a flores da época,
Ana Paula

RETIRO do ÉDEN disse...

O Grito irrompe neste Mundo Terra cada vez mais "louco".

Fé, Esperança e Caridade, nunca nos falte.
Santo Dia do Senhor desejamos.

Palavras e fotos lindas.
Forte abraço
Mer

Fernanda disse...

Amigo!

Vim agradecer a sua visita à Casa do Rau.
Adoro o mar, apanho conchinhas em todas elas. Conheço a Nazaré e adoro-a.

A sua poesia é punjante e bela...eu também desespero pela Primavera.

Bom Domingo.
Beijinho

Manu disse...

Olá Poeta!

Ouve-se o grito amargurado
a voz do poeta faz-se ouvir
grito d'esperança escutado
na distância se faz sentir

Bom Domingo. Abraço.

São disse...

Ao som da voz bonita de Sérgio, me deliciei com o teu lindo porma.
Sabes que sonhei com a NAzaré e o seu encapelado mar , esta noite?
Um bom domingo .

gaivota disse...

também me parece que algemaram a primavera...
nem réstea de esperança das raízes, é só joio e falsas profecias!
o que vale é qu'é carnaval e já m'aí queriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii
pilipares

FlorAlpina disse...

Desnudam-se as montanhas...
De sua veste branca...
Avisto ânsia de Primavera...
Nas frases presas do poeta...
...
Bjs dos Alpes, com votos de bom domingo.

lita duarte disse...

Poeta,

Chega logo primavera!

Muitas flores para ti.

Beijos.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO POETA ZÉ...SUBLIME POEMA... FIQUEI SEM PALAVRAS... AS FOTOS TB MARAVILHOSAS... ABRAÇOS DE MUITA AMIZADE,
FERNSANDINHA

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Para os que chegam

Estar disponível sempre que possível
Dar sem nada em troca esperar
Não ser indiferente manter o coração sensível
Escolher sempre com amor
Opinar sem desrespeitar
Valorizar choro riso calma
Repartir o pão oferecer uma flor
Sempre renovar corpo alma

****

Que mesmo com a pele esfolada
Achem o bálsamo para curá-la
Que resistam às tantas dores
Que um dia alcancem Samsara
Que em sua alma imaculada
Nasça um canteiro de flores
Que as suas opções raças cores
Sejam sempre abençoadas
Ainda que discriminadas
Que as suas singularidades
Pluralidades unidades
Sejam sim respeitadas
Que as suas criatividades
Sejam sim valorizadas
Se lhes interromperem a beleza
Que contra toda a adversidade
Tenham forças para enfrentar
Violência malícia brutalidade
Que se tornem fortalezas
Para que possam quebrar
Todas as cadeias urdidas
Pelas artimanhas aqui tecidas

Poema da Renata Cordeiro que o deixa aqui porque também sofre*******

Beijos Poeta que é
********************************

MEU DOCE AMOR disse...

Sofremos todos.Mas temos que ter coragem ñão é?

Há-de chegar o dia...há-de sim.Até o Império romano "caiu" e outos.Nada é perpétuo.

Um beijo doce Querido Poeta e obrigada pela visita ao Sonhar.As mandalas são belas...

Convido-te para me visitares no http://amagiaeofogo.blogspot.com/

ETERNA APAIXONADA disse...

Vim desejar uma Feliz Semana e convidar o Poeta a buscar um Prêmio no meu blog Mimos:

http://miminhosrecebidosedados.blogspot.com/

Te espero lá!

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
no grito das folhas
navega o vento
prendendo o navio
que procura o verbo
sem brilho e sem jeito
ruma sem velame
de cordas roídas
as ancoras alando . . .
,
bailadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
as livres Primaveras,
sem discriminações floristas …
,
Jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
a verdadeira Primavera
é alertar as consciências
sem qualquer imposição .
,
passei por “aí” ontem,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Fé, Esperança e Caridade,
as Palavras d’Ele, hoje .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fernanda
,
ai Nazaré
deixa-me embalar o Mar,
deixa-me embalar o Mar,
,
brisas serenas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Manu
,
que do grito se faça luz,
Iluminando as consciências,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
sonhar Nazaré
é sonhar beleza .
,
conchinhas Nazarenas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda,
até as gaivotas
foram algemadas . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FlorAlpina
,
que o belo gelo dos Alpes,
aqueçam o coração dos iluminados,
,
jinos
da beira do mar, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lita duarte
,
amiga
florido me sinto,
,
floridas conchinhas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
Fernandinha,
grato fico !
,
um jino, fica,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO
,
mergulhei
nas tuas palavras,
sem vontade de emergir . . .
,
brisas serenas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
o que eu tenho sofrido
ar visitar os teus espaços,
deparando,
sem novas nem mandados .
,
á amagiadeeofogo irei . ..
,
conchinhas deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ETERNA APAIXONADA
,
gratificado
fiquei com a tua visita,
,
Irei ao teu,
http://miminhosrecebidosedados.blogspot.com/
,
conchinhas, deixo,
,
*

Fa menor disse...

Não queremos algemadores de primaveras: Grite-se!

Bjos

tulipa disse...

Tenho fotos minhas quase iguais a essas, belas por sinal.
Parabéns!!!

Hoje (31-Janeiro) é um dia especial, relembro Mahatma Gandhi.
Nunca é demais lembrá-lo e homenageá-lo.
Ontem terminou a minha exposição de fotografia sobre a Índia - em várias partes faço referência a Ganghi, inclusivamente uma das imagens mais bonitas da exposição é o túmulo de Gandhi.

Hoje recorri aos conselhos dos arcanos e do horóscopo, saiu o seguinte:
No período que vai de 31/01 (Hoje) a 03/02, o Sol se encontrará na Casa 4 e a Lua na Casa 11 do seu mapa, Ester. Seu sentimento de bem-estar emocional estará associado aos seus amigos queridos, mas de uma forma mais introspectiva: bom momento para selecionar quem é mesmo seu amigo, passar uma peneira fina! Este é um momento particularmente propício para fazer reuniões em casa com as pessoas mais queridas, ou mesmo visitar amigos-irmãos. Gradualmente, sua alma se abre para uma fase bem mais sociável, que emergirá nos próximos dias!

Pois, há que seguir os conselhos!!!
Boa semana.

Canduxa disse...

Oh… poeta
teu grito ouviu-se
pelo mundo
feito folhas secas.
renascerão novas
esperanças
em cada ser humano
se for mais consciente
acreditando mais nele
menos …
nos falsos profetas.

adorei este teu grito,
aquele que muitos calam!
...
também adorei as imagens.

beijinhos com sabor a esperança

Ana Isabel disse...

Uma só palavra..

Parabéns!


Um abraço

Mari disse...

Querido amigo do meu universo, hoje estou tão fraca, triste,
um grito de amargura por ter novamente errado, tão ruim, fui chata, insistente, carente, e talvez quem goste não queira mais continuar a história, então meu grito é cativo, preso. Mas te pergunto, o amor pode curar o erro? Ou simplesmente estou perdendo a chance de ser feliz, por ser tão sensitiva e ter que sempre estar vigiando, caí agora, por não estar atenta, tinha algo no ar, senti.... será destino? Não quero ser uma alma estigmatizada, sem sonhos, preciso me fortalecer, tenho um blog para sustentar, andei rezando demais por ele, talvez tenha sido isso, precisa de paz e libertação.....alguem que gosto com amizade e etc....Quero raízes, colheitas, primaveras, quero a paz constante nesta alma com tantos turbilhões........
Com amor e muita amizade, te adoro já! mari....

Cildemer disse...

Qual que seja a estação
na alegria ou bem na dor
Sofrer, cantar e compor
são batidas do coração:)


***
estrelinhas reconfortantes*******

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
gritaremos,
gritaremos,
com as armas
que temos há mão . . .
srsr,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
bem-hajas amiga,
por esta partilha,
como sempre aliás
,
brisas serenas, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Canduxa
,
SIMPLEX
,
diz-me Mundo
para onde vais
abre os teus olhos
não sejas escada
dos incompetentes
olha para trás
nem tudo foi mau
há bons valores
que podes adaptar
mas tens que te cuidar
porque os grandes ditadores
e os senhores da guerra
não sabem o que são cadilhos
e por não deixarem filhos
o futuro não lhes importa
vamos gritar porta a porta
que a esta globalização
é preciso dizer . . . não !
,
conchinhas utópica,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
Uma só palavra..
Obrigado,
,
conchinhas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mari
,
olha o Mar(i)
pensa o Mar(i)
segue o Mar(i)
ama o Mar(i)
tudo o que ilustraste
está na imensidão do Mar(i)
,
conchinhas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cildemer
,
como na vida
as estações do ano
são diversificados ciclos
como a dualidade
dos estados de alma . . .
,
conchinhas, ficam,
,
*

uminuto disse...

soltam-se gritos destas belas imagens
um beijo

helia disse...

Um grito solta-se de um lindo Poema ! Bonitas fotos!

lagrima disse...

Mora a nostalgia aqui neste teu canto, meu amigo. A energia sedutora do Mar substitui-se beleza serena e triste das folhas mortas. Mas a Vida tem um assombroso poder e por entre elas há os verdes dos cactos a irromper. Ninguém pode algemar as Primaveras, porque nós as faremos renascer, nem que seja Inverno gelado!
Beijo, meu amigo.

Mariazita disse...

O povo cada vez mais desnudo;
a primavera, (de Praga ?) tarda em chegar;
as folhas acumulam-se no chão.
O poeta tem mesmo que gritar!

Beijinhos
Mariazita

PS - LINDAS FOTOS :)

poetaeusou . . . disse...

*
uminuto
,
gritos
que são SOS da alma,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
e que ressoe
nas consciências,
,
brisas serenas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lagrima
,
folhas
que servem de abrigo
a novas folhagens,
escudando os ciclos
da Mãe Natureza .
,
conchinhas, deixo,
,

poetaeusou . . . disse...

*
Mariazita
,
Praga ?
cuidado . . .
não pelo Václav Havel,
como escritor e dramaturgo,
acontece que “armou-se” em poeta,
e os poetas agitam, não mandam . . .
srsrsrsr,
,
bem escreveu, Miguel Torga,
,
Canta, poeta, canta!
Violenta o silêncio conformado.
Cega com outra luz a luz do dia.
Desassossega o mundo sossegado.
Ensina a cada alma a sua rebeldia.
,
conchinhas, deixo,
,
*

Multiolhares disse...

Por vezes temos de dar o grito de Ipiranga para a primavera voltar a florir o olhar

beijos nossos

Maria disse...

Grito amargurado/ que tantas vezes guardado/nos impede de sonhar/ vendo os galhos despidos/ só me restam o colorido/ das pupilas do teu olhar.
Beijos a ti, poeta_que_és.

segredo disse...

lindo lindo lindo!
Beijinho de lua*.*

Maria Clarinda disse...

Maravilha!!!!!
Jhs

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Luna,
,
coitado do Dom Pedro
que veio do Brasil
todo Ipirangado . . .
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
O meu olhar
está bem guardado
sonha acordado
durante o dia
e como a cotovia
vive a cantar . . .
,
um jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
segredo
,
achas ?
grato fico !
,
conchinhas, deixo,
,
*

Duarte disse...

Bom, mesmo muito bom: gostei!

O que se escreve para ler não tem som,
entende-se com a alma.

Aquele abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
,
tenho andado fugidio,
desculpa,
,
grato com a tua visita,
como sempre, aliás,
,
conchinhas,
,
*

tossan disse...

Mas só se a vida fluir sem se opor
Mas só se o tempo seguir sem se impor
Mas só se for seja lá como for
O importante é que a nossa emoção sobreviva
E a felicidade amordace essa dor secular
Pois tudo no fundo é tão singular
É resistir ao inexorável
O coração fica insuperável
E pode em vida imortalizar
PCPinheiro

Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
sons,
um disciplinado
conjunto de letras . . .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Tossan
,
Todos sabem que o meu coração
É uma casa aberta não sei porque
Portas e janelas dão pra você
Dão, deram e darão
É por que a chave do meu coração
Somente o teu coração pode abrir
E lá vai meu coração por aí
Mas não perdoa não
E lá se vão meus anéis
,
um samba
de: Paulo César Pinheirom
m
abraço,
,
*

Ana Martins disse...

Caro poeta,
há pessoas para quem a Primavera nunca chega.

Sentido este grito!

Beijinhos,
Ana Martins

SAM disse...

Lindo poema e com um conteúdo ainda mais. Este grito, que vem da alma, não se cala nunca. Enquanto esperança há. E para que a tenhamos sempre.

Carinhoso beijo, poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
concordo,
com a tua sabedoria,
,
conchinhas floridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
e não há machado que corte,
ao raiz ao pensamento . . .
,
conchinhas,
,
*

Mari disse...

Querido amigo...na madrugada te escrevo, eis muito querido, tenho confiança em vós...peço que reze por mim....hoje me senti um nada, um vazio,perdi minha dignidade, por uma pessoa que outrora era uma coisa, hoje se mostrou...estava tão envolvida, já com sonhos e hoje, se revelou, cruel, me deixou sabendo que estava sozinha, sem nenhum amparo...fui conversar por minha vontade, mas foi mendaz....fico pensando como ainda caio? Sou tão impulsiva, obviamente, errei, liguei demais... mas não teve hombridade de falar comigo no telefone, me despachou com um lixo...e foi a minha dignidade, já não sei jogar os jogos....fui presa por muito tempo no mundo espiritual...hoje sou intensa, tento consertar rápido, resolver, não sei jogar, ao contrário dos manuais de regras, eu não sei....
Foi tanto tempo da minha vida cuidando do espírito...meu blog anda sendo atacado por um site aí, tive que tomar providencias,ando sem vontade de escrever aos amigos...estou tão triste por ter errado novamente...e ele se mostrou...não era amigo, nem amor, nem nada. Recebe meu grito em forma de desabafo..mari.
Reza por mim.

Anónimo disse...

When addressing puffiness, avoid lighting tinted or lighting-highlighting concealers around the dry skin or tremendous fatty epidermis,
it might just worsen the skin condition. If no results
are observed within that time of however , in
the evening for the best benefits. For hundreds of years,
human beings are already using the grow teeth whitening gel lifecell reviews people, we can slow it
down somewhat.The History Of Makeup products And Makeup [url=http://forums.eslcafe.com/korea/profile.php?mode=viewprofile&u=241128]http://www.
wfpuyang.com/Shownews.asp?id=1329[/url] They can also be
used from a marketplace right now, but absolutely suit, are they all
efficient? Males would like to feel and look young by http:
//www.obrazi.si/Blog/Entry/femme-fatale-2011.html provides it with elasticity as well as the
vibrant visual appeal.

My blog; Joseph