novembro 20, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>quero ser <<<<<<<<<<


a boa onda . . . surfada !

video

quero ser o apelo da noite
desprezando as lembranças
em mim transportadas,
quero ser o farol dos teus pensamentos
subindo ao telhado do teu desespero,
quero ser a candeia que te vai guiar
lampião sem luz pintado de breu
confundido enleios em linho de areia,
quero ser o teu eco, surfando instintos
maré inconstante da onda encontrada,
secreta fronteira, do tempo que é nosso.
poema-fotos-video:poetaeusou

64 comentários:

Sol da meia noite disse...

A noite é lugar
onde pensamentos
são desespero
em busca de farol
que os oriente...

Jinho amigo *

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO POETA, BELAS FOTOS E POEMA... BELEZA COMO É APANÁGIO DO TEU ESPAÇO...!
VOTOS DE MUITO BOM FIM DE SEMANA...ABRAÇOS DE CARINHO E AMIZADE,
FERNANDINHA

LOURO disse...

Amigo Poeta,
fotos e video são um espectaculo,
com um poema sublime...

Quero ser o farol dos teus pensamentos
subindo ao telhado do teu desespero

Bom fim de semana,
abraço

Lourenço

Efigênia Coutinho disse...

a boa onda . . . surfada !
quero ser o apelo da noite
COISA LINDA...

Eu não esqueci um só de todos os meus amigos aqui, e hoje retorno, depois de muito trabalho com o nosso Site, com os 1000 Sonetos, agora poderei estar ao lado de todos , matando as saudades, que se fazem presente ao presente momento,
passa lá na minha casinha, tem,
NATAL
para todos os amigos,
com carinho, Efigênia

Duarte disse...

Que não só
o regueiro interminável
dos teus versos
seja o alento;
que o farol,
também o faro;
te sigam guiando
e iluminando;
para consolo
dos sentidos,
nossos!

Um forte abraço

gaivota disse...

e já é noite, foi o sair daí e chegar aqui com a noite a chegar...
e como já está tudo dito, lololololol e visto! boas dietas!!!
vou por aí, na onda...
piliparesssssss

SAM disse...

A beleza das fotos e do poema nos faz surfar em boas ondas, poeta.



Carinhoso beijo e lindo fim de semana.

Multiolhares disse...

A noite é um apelo constante ao mais intimo do nosso ser.

beijos nossos

Sonhadora disse...

Lindo poema...adorei tudo.
Um beijo
Sonhadora

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
Noite companheira dos meus gritos
Rio de sonhos aflitos
Das aves que abandonei
Noite céu dos meus casos perdidos
Vêm de longe os sentidos
Nas canções que eu entreguei.
,
in-vasco de lima couto
,
nocturnas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
grato, Fernandinha,
,
brisas de amizade,
deixo
*

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
Ai, essa simpatia, amigo,
,
bom fim de semana,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
E a Princesa
dos mil Sonetos
fez luzir a minha casa,
,
grato amiga
,
poéticas conchinhas
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
as tuas palavras
iluminam o breu
refulgido na chama
dos sentimentos .
,
aquele abraço,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
vais ao Pé-Léve ?
,
Pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
vagas de carinho,
em pranchas de amizade,
envio-te surfadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
é na noite
que se esconde a luz
da intimidade . . .
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
a minha canção
quero cantar
rosado entoar
de rosasolidão
,
conchinhas de amizade
ficam,
,
*

Maria disse...

...quero ser o livre pássaro/
a voar em tua direção.
quero ser a melodia /
que toca em teu coração...
Luz e cor para tua vida-
poeta que és.

EDUARDO POISL disse...

Hoje passando para de agradecer a visita no meu blogger e ler este poema e fotos maravilhosas.

"Se tiver que amar, ame hoje.
Se tiver que sorrir, sorria hoje.
Se tiver que chorar, chore hoje.
O ontem já se foi e o amanha talvez não venha".

(André Luiz/Chico Xavier)

Abraços, um lindo final de semana com muito amor e carinho.

Confesso disse...

Poeta...

Ser, querer, ter o tempo com alguém... " Tempo que é nosso."

Sempre bom ler você.


Beijos constantes...

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
a liberdade
são asas livres ao vento
envolvendo o sentimento
do carinho e da amizade,
,
livres conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
EDUARDO POISL
,
E acrescento o tradicional,
> não guardes para amanhã
o que podes fazer hoje <
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Confesso
,
o “ tempo nosso”
é o tempo
que o tempo nos dá . . .
,
um mar de jinos, ficam
,
*

Filó disse...

E nesta boa onda, surfamos....
Com um magnífico poema e fotos.
A música sempre bonita.

Poeta, um beijo amigo e bom fim de semana.

Ana disse...

Penso que este maravilhoso poema é o "Farol" que alguém precisa para iluminar as suas boas lembranças os lindos e inesquecíveis pensamentos e o guia para alcançar "o bom porto" a que chamo felicidade. Adorei o vídeo desse mar que tanto te inspira e das lindas imagens, especialmente a do belo Farol.
Beijinhos de luz do Farol da Barra de Aveiro:-))
Ana Paula

Ofarol disse...

Amigo Poeta.
Mais um magnifico conjunto... com palavras lindas...belas imagens que inspiram os mais belos pensamentos...
Que o nosso "Farol" nos continue a guiar e orientar...

Um grande Abraço POETA

neli araujo disse...

Olá, Poeta amigo!

Teus poemas sempre carregados de emoção!

Esta frase "quero ser o farol dos teus pensamentos..." é tão cheia de significado para mim! Gostei demais!

Uma beijoca carinhosa,

neli

Justine disse...

Grandes fotografias, a fazerem boa companhia à tua sempre sensível poesia...

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
é na onda do carinho,
que a espuma nos retempera . . .
,
jinos de amizade,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
amiga
adoro o Farol da Barra Aveiro,
tenho um Post, algures . . .
,
Faróis,
os olhos dos barcos
nas noites de temporal,
luzeiros que nos ajudam
a evitar os escolhos da vida,
,
jinos luzentes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ofarol
,
já o visitámos hoje de manhã,
caminhada ao longo da praia,
e abençoada pela chuva,
como diz o Frei Hermano,
negra madeixa ao vento,
boina marujo ao lado.
,
saudações companheiro,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araujo
,
que simpatia !!!
grato fico, neli,
,
marés de ternura, ficam,
,
-

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
os meus agradecimentos,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Pó de Estrela disse...

Poeta dos meus encantos

Tantas noites adormeci, com a luz do farol a chamarem os meus sonhos. Então, não havia desassossego ou desespero, apenas um tempo que julgávamos ser sem fronteiras e sempre nosso.

Gostei muito do poema e de tudo o resto como sempre.

Doces ecos de uma ronca de meninice aqui relembrada, deixo para te embalar em dias em que também nós fazemos parte da neblina e da Luz.

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
a Ronca,
palavra que evitei várias vezes aqui
escrever, a velha ronca anunciando os
nevoeiros, ouvindo os meus avoengos
exclamar, roncar tardio, os meus ossos
há muito que me avisaram !
,
“um tempo sem fronteiras sempre nosso”
,
Mocidade, Mocidade,
porque fugiste de mim,
sem ou com Lusitos . . .
,
brisas nocturnas, ficam,
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

"...quero ser o farol dos teus pensamentos
subindo ao telhado do teu desespero..."
Belíssimo este poema de Luz!
Incessante a procura de uma centelha de luz que ilumine os caminhos da Vida,pois também só por essa via luminosa será possível vencer/rasgar o desespero.
ADOREI!!(Poema, fotos, música,mar,enfim...tudo)

Abraço amigo
e
Bom fim-de-semana

Sandokan disse...

Necessitamos de amor. Ele dá sentido às nossas vidas. É o combustível que nos anima. Sem ele é difícil suportar o destino, ou amar a vida.
O amor é-nos intrínseco, e, de acordo com certa visão científica, ele é o herdeiro de um certo sonho bacteriano: o sonho remoto de qualquer bactéria em se unir e fundir com outra.
Alguns pensadores, sobretudo modernos e contemporâneas defendem que o homem não pode prescindir da ilusão. Ela faz parte da natureza humana, e é uma forma de fugirmos à vida real, e ao sofrimento e falta de sentido presente no fundo da nossa existência. A vida passa pelo sonho. O homem não suporta viver constantemente a verdadeira realidade.
Abençoado seja o que inventou o sono, a manta que cobre todos os pensamentos humanos, o alimento que satisfaz a fome, a bebida que apazigua a sede, o fogo que aquece o frio, o frio que modera o calor, e, finalmente, a moeda corrente que compra todas as coisas, e a balança e os pesos que igualizam o pastor e o rei, o ignorante e o sábio.
Devemos agradecer às ilusões. E aceitá-las sem queixumes, se porventura colidem com a realidade e se desfazem em pedaços. Elas são, afinal, uma forma de dar sentido à vida.

Lena disse...

Tu es o nosso poeta da Nazaré,
a luz que ilumina a noite,
e nos levas pelos estes caminhos do tempo que passa.

Optimo domingo !

Um beijo !

Mari disse...

Oie!!!

Passando para desejar um maravilhoso Domingo.
E quanto a poesia, digo que eu quero e preciso de um farol nos meus pensamentos, preciso da candeia, para acalmar esse mar de emoções, quase constantes em minha vida. beijos!

Violeta disse...

Poeta
és tu que tiras estas belas fotos?

Ana Isabel disse...

Dizem que querer é poder..já experimentaste?


Deixo um abraço.

tulipa disse...

AMIGO:
Bem preciso que alguém me "aqueça a alma", pois está gelada!!!

Eu digo:
Diário de uma infeliz
Habito.
Moro.
Sonho.
Mas o Mundo não é justo
nem está melhor.

Mais uma exposição de fotografia
inauguração às moscas
as pessoas não aparecem
mas, continuam a ir aos molhes
aos lançamentos de livros...
Porque será?
As minhas fotos de nada valem?

ACREDITE, não é inveja, apenas uma enorme tristeza dentro de mim...

Votos de bom domingo.

Convite: venha dar uma espreitadela à 1ª foto das minhas mini-férias em Paris; o belo ARCO DO TRIUNFO. Aguardo que diga de sua justiça sobre a foto.

Abracinho amigo.

Nota:definitivamente vou desistir das fotos e das exposições.

Manu disse...

Amigo Poeta!

Eu quero ser um farol
poder clarear a noite
ter o brilho do Sol
iluminar quem se afoite

Bom Domingo. Abraço.

Céci disse...

Olá Amigo poetaeusou!

Tu és e serás tudo isso, enquanto escreveres poemas tão bonitos!

Bjinhos

Céci

Lilá(s) disse...

A noite faz apelo á poesia, e o resultado é visivél!
Lindo!
Bj

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
Amiga
,
Luz
o farol da vida
alimentado os luzeiros
que evitam os escolhos . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sandokan
.
e reforço
com as palavras do
Dr. Rómulo de Carvalho
( António Gedeão )
> o sonho comanda a vida … <
,
saudações, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
amiga,
hoje o mar estava revolto,
imponente, altaneiro, nobre,
daqui a pouco podes ver !
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mari
,
O mar
é o luzeiro dos sentidos
nas ondas do pensamento,
é a constante Gratidão . . .
da Mari . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Violeta
,
são fáceis de clickar
pela beleza natural
onde estou inserido,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Isabel
,
poder é impor,
imposição é violentar …
ou não será ?
,
amigáveis conchinhas,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
amiga,
não desistas,
insiste, insiste sempre,
,
forcinha em conchinhas,
desejo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Manu
,
Farol
o sublime poder
de iluminar o infinito,
,
Saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
e gratificado fico,
,
brisas de amizade,
ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
a poesia
tem o apelo do mar . . .
,
conchinhas coloridas,
,
*

Jacarée disse...

Farol emblemático... Pensamentos perdidos no Oceano tentando encontrar o ponto, a gênese do seu desespero.
Sonhos reais...que o lampião ilumine seu caminho....surfando ondas de felicidade.
Noturno Coração Iluminado, em homenagem a noite de sua vida. Uma noite de amor sob a luz do farol.
Borrifos de Jacarée

RETIRO do ÉDEN disse...

Foto lindíssima.

"Lampião sem luz pintado de breu"

Belas palavras, cheias de sentido.
Mesmo no breu da noite, encontre sempre a luz para caminhar na felicidade da paz e do amor.
Bem-haja
Forte abraço
Mer

poetaeusou . . . disse...

*
Jacarée
,
amigo
grato fico,
,
e que mais se pode desejar ?
,
Saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Mer
vamos semear
nos caminhos da vida
a Paz e o Amor
e um novo mundo ressurgirá !!!
,
luzentes conchinhas, ficam,
,
*

Pitanga Doce disse...

Eu só queria o farol! O farol, Poeta!

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce,
,
se eu pudesse
nas asas de um albatroz
te enviaria
este farol,
,
conchinhas,
,
*

Baila sem peso disse...

queres ser tu, simplesmente
na onda, que secreta sente!

um farol na noite que ilumina
a praia da vida, a cada esquina!

beijinho na noite com luz
na onda surfada, que seduz!

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
eu quero ser tudo
e não sou nada . . .
,
Conchinhas,
,
*