agosto 27, 2009

>>>>>>>>>>>>>poemas estivais ( 7 )<<<<<<<<<


o Mar da Nazaré, hoje, picadinho . . .

video

sinto o apelo
das noites de insónia
em que acordado ficava
com medo de te perder
e te embalava
como vigia atento
em ti mergulhado
vivendo os teus sonhos
ordenando aos deuses
que na esperada manhã
o sol te acordasse
com raiados beijos.
poema-fotos-video:poetaeusou

64 comentários:

Multiolhares disse...

Por vezes existem insónias agradáveis de recordar, como o doce embalo na vigia do amor

beijos nossos

FOTOS-SUSY disse...

OLA AMIGO, ESPECTACULAR POEMA, LINDISSIMAS FOTOS...QUE TENHAS UM FELIZ FIM DE SEMANA...
ABRACO DE AMIZADE!!!


SUSY

Princesa disse...

lindas imagens belo poema

A felicidade é construída todos os dias, nos pequenos detalhes, nos encontros e nas reflexões.
Eu acredito na felicidade e
sei que Deus diz sim para aquilo
em que acreditamos. Se sua vida não está
do modo como você gostaria,
dê um jeito de transformá-la.
É o maior presente que pode dar a si mesmo.

um beijo

cristal disse...

Olá Poeta

Poema belíssimo!
Fala de embalo, protecção,ternura e da claridade que surge com o nascer do dia!
Adorei o conjunto das palavras, imagens e música que se conjugam na perfeição...e esse "seu" mar ainda que "picadinho" é absolutamente deslumbrante.

Fique bem amigo

Aquele Abraço

gaivota disse...

insónias são as minhas... cada vez mais... cheguei e espero que o sol me receba! estava melhor às 4h da manhã que agora! lolololol
piliparesssssssssss

Andradarte disse...

Belo poema, acompanhado como
merece, por belas imagens.
Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Luna
,
recordar
é embalar as memórias,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FOTOS-SUSY
,
um mar de carinho,
cantado pelas marés, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
semeia em teu redor,
o carinho, a ternura, o respeito,
a tolerância, a gratidão, a amizade,
o amor, ai o amor, com facilidade
encontrarás a felicidade .
,
felizes conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
e assim fico embalado,
nas tuas cristalinas palavras,
,
conchinhas de cristal, dou-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
insonía, insonía,
que insonar faz bem,
srsrsr
,
como está o Príncipinho Vicente ?
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Andradarte
,
grato amigo,
,
tenho andado
fugidio dos comentários . . .
,
um abraço,
,
*

Filó disse...

Poeta, que lindas palavras, fotos e música...

Aguardo a chegada do Sol, que hoje ainda não apareceu, aqui por estas bandas...lolololol

Um beijo amigo

GarçaReal disse...

Poeta de mar e sonhar..............

Pede-me o tempo............Ele anda loge....Não me deixa respirar

O teu apelo é o sonho da vida
Combinas uma troca

A vida por amor

Ler-te é...................

É beleza

Daqui te deixo

Um bjgrnde do Lago com pilipat pois ela te afaga

RETIRO do ÉDEN disse...

Poeta Nazareno,

Nas noites de insónia por vezes já penso...qual será a última?!...a idade já faz isto...lembrar o que não se deve...devemos nos entregar calmamente sem ansias...
Mas esse mar está mesmo "picadinho" até senti um salpico neste lado de cá.

Abraço
Mer

Pitanga Doce disse...

A beleza do Verão! Está quase, quase indo...

Val Du disse...

Caro Poeta, como me senti bem com tuas palavras em meus blogs. Volte lá. :)

Um dia deixamos de ter medo de perder, então os sonhos acontecem.

Um forte abraço.

Céci disse...

Lindo poeta,

Tudo em sintonia o poema e a fotografia!

Bjinhos

Céci

Desnuda disse...

O poeta sonhava acordado. Sonhos de pura ternura. A segunda foto, esta luz imensa, era a resposta dos deuses. Como não atender tamanha ternura e grandioso amor?


Beijos com carinho.

MEU DOCE AMOR disse...

Ahhh!!!!Que poema lindo.Senti a brisa fresca do mar,a música bela e o sol acordar-me com beijos...

Beijinho doce com magia e fogo

mulher lua disse...

Coninua, Poeta nazareno, com a tua saga de insónias amorosas que, entretanto, eu dou no duro às voltas com o material da tese... ah ah ah

Goza, goza, seu sortudo

Veijios

Justine disse...

Ah esse mar de infinita inspiração. Quwe beleza!

gaivota disse...

é lindo o meu vicente...
já é sócio dessa coisa das cores que levaste!!!
e atum, e misturadas, e açorda...
é o que lhe vou dar de seguida!
bom jantar, diz lá...
piliparesssssssssss

Ana Laura e disse...

Poetaeusou

Nestas noites estivais a imagem de insónia, são miragens que na visão de um poeta prolongarão brisas do entardecer.

Abraço,
Daniel

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Havia problema, que julgo ter remediado. O comentário que aparece encimado com o nome de Ana Laura, foi feito por Daniel Costa.

Menina do Rio disse...

Noites de insônia em frente ao mar ao menos são contemplativas. Lindas imagens!

Deixo-te beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Filo
,
aqui tambem
não nos visitou,
hoje sim,
esteve um radioso dia,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
Amiga,
o amor é vida
em todas as
suas vertentes,
,
belas as tuas palavras,
,
ficam pilipares
em manto de carinho,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
a idade
é um estado de alma, penso,
e salpicos
são sorrisos das maresias,
,
amiga
marés de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
sabias que na Nazaré,
o Verão dura até ao
S. Martinho, 15/20 de Novembro,
e recomeça no Carnaval ?
não ?
ficas a saber !
,
um Farol de conchinhas
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Val Du
,
voltarei, amiga,
,
sonhos
são caminhos não andados
onde alguém nos espera …
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
em sintonia marinha,
um mar de jinos envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Desnuda
,
desnudo fiquei,
com as tuas sábias
e poéticas palavras !
,
marés de ternura, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
a magia das palavras,
em afogueado sol . . .
,
marés de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mulher lua
,
estuda linda, estuda,
prepara-te . . .
porque a vida
é uma completa insónia . . .
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
ofereço-te,
,
valso com o mar
porque
o sal são maresias
porque
as ondas são abraços
porque
as algas são searas
porque
as vagas são o trigo
porque
as marés são o pão
e porque tu és
o alimento que eu busco,
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
o Vicente
é um fofinho,
,
estava cinco estrelas,
,
Linda
acabam de me oferecer
uma águia com um
metro de altura,
de madeira,
esculpida a escopro . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
sonhar
é imaginar a ilusão . . .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Daniel
deu para ver,
,
Grato
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
*
srsrsr,
,
Insónias ascéticas
em devotadas marés,
,
amiga
jinos de carinho, dou,
,
*

Sol da meia noite disse...

Noites de insónia, a deixarem boas lembranças.

Um beijinho amigo *

Princesa disse...

Vim lhe desejar um bom domingo

Na vida tudo passa,
mas a fé, a esperança
e a amizade das
pessoas queridas,
nunca serão esquecidas.

Um beijo

lua prateada disse...

Se não forem frequentes essas insónias até são uma benção maravilhosa...
Lindas fotos desse cantinho do nosso Portugal..
Beijinho prateado

SOL

Baila sem peso disse...

O Mar da Nazaré picadinho
que tira o teu soninho
porque sentes o seu carinho...
O Mar da minha cidade
que me enche de sonhos na insónia
acordada até bem tarde
na espera do amanhecer
em que acordada vejo crescer
as marés, que vou beber...
Mares de tantas verdades
com esperanças de beijos
raiados de felicidades!
raiados de ansiedades!
e tão sedentos de verdades!!

E a luz transparece
no teu poema estival
e a palavra rejuvenesce
belas fotos, belo mar
bela luz, bela música
apetece aqui, em festival
na insónia boiar

Um beijinho salpicadinho de amizade a nadar

gaivota disse...

à cagão... um metro de águia!!! em madeira, a escopro...............
também quero!!!
aqui para o chefe, lá para o "museu"!!!
piliparessssssssss

helia disse...

Mais um Poema e o Mar , é agradável olhar para o Mar e ouvir o ruído das ondas...É lindo o Mar!

GarçaReal disse...

Em final de quente e solarenga tarde

Deixo um bjgrande do Lago com votos de bom final de domingo

Um pilipar para a linda.....

Eärwen Tulcakelumë disse...

Recordar as vigílias de amor podemos comparar as ondas do mar...
Pérolas incandescentes de bons momentos aqui deixo.
Eärwen

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
recordações
em insonolências noctívagas,
.
um mar de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
a verdadeira amizade,,
está sempre presente, em especial,
nas contrariedades da vida,.
,
amigáveis brisas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
concordo amiga, srsrsr.
,
Sinto ao longe o teu cheiro
Como se fosse um canteiro
Perfumado de mil flores
Nazaré, tu és tão bela
Com essas flores na janela
Ó praia dos meus amores.
,
maresias floridas, dou.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
sinto-me boiar
num mar de letras
olhando o céu
meu manto anil
nuvens argênteas
hinos estivais
musicando as sílabas
das tuas palavras.
,
vagas de jinos
em salpicos de carinho,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
hoje ia “ficando” junto ás rochas,
o Primo Luís ( Xila), pescou-me,
com dois Nadadores Salvadores,
os quatro saímos com dificuldade,
estava uma corrente submarina forte
quando me apercebi, nadei contra,
cansei e cãibras nas duas pernas,
nunca me tinha acontecido,
olha,
não respeitei a bandeira amarela . . . e . . .
fica de lição, o Luís é excepcional,
eu gritei para a Zeza, ele conheceu
a voz, atirou-se logo ao Mar,
,
Linda,
Pilipares cansados, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
hélia
,
ofereço-te
,
dá-me um mar de versos
conjugações em maresias
vendavais prenhe de letras
palavras espumando frases
verbos de sophia a espanca
para criar os meus sonhos
hoje não faço poemas ao mar
porque o mar é um poema
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
deixo um jino nocturno,
nos pilipares da Garcinha,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
no vai e vem das marés,
envio-te vagas luzentes
de perfumadas maresias,
,
*

Efigênia Coutinho disse...

o Mar da Nazaré, hoje, picadinho . . .

Grande imagem vista aqui, o belo e majestoso mar, junto de seus belos versos ..

na esperada manhã
o sol te acordasse
com raiados beijos.


BRAVO!!!
SAUDOSAMENTE,
EFIGENIA COUTINHO

neli araujo disse...

Olá, Poeta amigo!

Também já tive minhas noites de insônia, com medo de perder alguém...

Lindo teu poema!

beijoca carinhosa,

neli

Sonia Schmorantz disse...

Boa semana !!
Repartir suas alegrias
é como espalhar perfumes sobre os outros:
sempre algumas gotas
acabam caindo sobre você mesmo!
abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
amiga
,
tenho andado
um pouco a leste
dos comentários,
,
deixo,
conchinhas de amizade,
mitigando a saudade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araújo
,
é, é amiga,
o medo de perca
é universal !
,
marés de jinos deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonia Schmorantz
,
alegrias
são odores das searas,
são o pão da amizade,
,
*
conchinhas serenas, deixo,
,
*

Paula Raposo disse...

Muito bonito! Quando deixa de ser sonho e passa a realidade...

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
a perspicácia, está
sempre presente em ti,
,
um mar de jinos, deixo,
,
*