julho 10, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>pasmos sequiosos<<<<<<<<<

em cima Peniche - em baixo Nazaré
na fonte da vida - em Braga

video

no ventre da sede
securas aladas
aconchegam afectos
sorvidos no vento,
marulhos sedentos
incrustam apelos
despindo o passado
das minhas renuncias,
na fonte da vida
brotam enxurradas
pasmos sequiosos
desenfreando anseios.
poema-fotos-video:poetaeusou

48 comentários:

RETIRO do ÉDEN disse...

Poeta Nazareno,

Os últimos são sempre os 1ºs.... Serei hoje a 1ª....?

Imagens e poema muito bem conseguidos...

A Água é um dos elementos utilizados na purificação...sempre um elemento muito rico e precioso para que o amor desinteressado se instale nos corações dos homens e lhes traga a felicidade, a alegria e a ventura!

Que os corações se tornem límpidos, cristalinos, transparentes, para que o Reino de Deus e a Sua justiça se realizem na Terra e a Idade de Ouro entre os humanos!

in A Nova Terra de Omraam

Como estamos todos a precisar!

Forte Abraço
Mer

gaivota disse...

amoriiiiiiiiiiiiiiiii, tens toda a razão... também não estou a perceber a política, sinto muito nervosismo e desmotivação, falta de "equipa"... e viva o BIR!!!
no final, o ricardo até chorava (guarda-redes) já é do benfica este ano... e o treinador é mesmo este! vamos acreditar, zé, tou-me a matar cus nervos!
vim tomar um duche e sair já a correr para ver a argentina vs itália e nós a seguir, força aí! todos precisamos de acreditar!
mas tinha que vir espreitar o meu mar e cheirar essas ondas (?) para a aconcentração...
piliparesssssssssssssssssssss
onde houver mais barulho e inxentes é aí que vou estar, com o pessoal de turquel e outros...

manzas disse...

Passando para sorver e saborear
Cada letra, palavra, frase, poema ou poesia…
Para ler e ver, este jeito e modo de vida,
O do universo das palavras!
Pensamentos que aludo!
Porque ler, sentir e sonhar
A muitos… pode dizer nada!
Outros… o nada pode dizer tudo!

Um fim-de-semana
Cheio de momentos e palavras
De amor e alegria!

-MANZAS-

Multiolhares disse...

Que a água brote nos desertos,
molhe as entranhas da vida, porque o passado e o futuro não existem, que os anseios sejam de a água a correr nas veias do destino, hoje.

beijos nossos

Ana disse...

Andas então por Braga!
Bela cidade!

Vê lá não te mandem "abaixo dela" ...

Boas férias.

Beijinho

MENSAGENS AO VENTO disse...

___________________________________


...sempre belo o teu poetar!


Beijos de luz e o meu carinho...


Zélia( Mundo Azul)

_________________________________

Princesa disse...

A gente acaba se tornando
exatamente com pensa que é.
Por isso, vamos pensar sempre
em coisas boas e positivas
a nosso respeito.


bom fim de semana
um beijo

Duarte disse...

Uma cadência perfeita, donde a palavra impõe essa força que só tu lhe sabes dar.
Gostei.

Amigo Zé, que sejas feliz!

Ana Ramon disse...

Olá Amigo. Bem que estranhava a tua ausência. Afinal andas a passear pelo nosso país tão lindo. Em breve voltarei para ver por onde tens andado e que locais te prendem o olhar que imobilizas nas fotos de uma maneira tão surpreendente. Ah, e também a bonita poesia das palavras que vêm coladas a elas :))
Um beijinho grande e a continuação de boas férias

Ana Martins disse...

Brilhante... Sem palavras!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

Um lindo final de semana para ti!
abraço

©tossan disse...

Aqui estou, saudade e no ventre da sede da secura da tua poesia...Abraço

Juani disse...

yo tambien necesito bañarme en las aguas de la vida y renacer de nuevo
que tengas un feliz fin de semana
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
Fazei correr a água, a água celestial, imaginai mesmo que estais numa torrente ou sob uma cascata, que todas as vossas impurezas são levadas e que vos tornais tão transparentes como o cristal. Se existem métodos eficazes, porque não haveis de empregá-los ?
,
in-Omraam Mikhael Aivanhov
,
conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gaivota
,
recearam os hermanos . . .
o BIR, dava baile deles,
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manzas
,
quanto prazer, amigo,
e o silencio é de ouro,
nunca esqueças,
,
um abraço de alegrias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Luna
,
oásis de momentos
nas areias dos instantes,
,
beijos nosso
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
tenho um canudo
cómóoutro, tirado,
em S. Bento da Porta Aberta,
,
jinos da brácara augusta,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MENSAGENS AO VENTO
,
Zélia
tenho andado fugidio
dos comentários !!!
,
brisas de luz, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
como me posso redimir
desta minha ausência ?
,
o positivismo
não é só das artes,
assim sendo,
vamos fazer da vida
uma arte, tá ?
,
um mar de jinos, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
quando se escreve
acoberto do sentimento
a verdade está presente,
,
um abraço
e
cuida-te da gripe – A,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Ramon
,
e Deméter:
deusa da agricultura,
que descendo das férteis terras,
trouxe a este cantinho, o cheiro
a terra, do sagrado chão … beirão,
e eu, pobre de mim,
só poderei oferecer, a brisa do mar, maresias salgadas e iodo
do meu contentamento . . . srsrsr,
,
um vendaval de conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
fico contente
com a tua simpatia,
obrigado,
,
brisas da manhã, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonia Schmorantz
,
E no meu navegar,
Ao sabor do Vento da Ilha
Sinto a maravilha
Do teu belo olhar,
srsrsrsr,
,
conchinhas de amizade,
envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
©tossan
,
amigo,
Mitigaste
o sal da ausência
a que te vetei . . .
tenho andado arredio . . .
desculpa,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani
,
ANHELOS
Agua quisiera ser, luz y alma mia,
que com su transparencia te brindara;
porque tu dulce boca me gustara,
no apagara tu sed, la encenderia.
,
In-Rodriguez Marin
,
Um mar de amizade, deixo,
,
*

Sol da meia noite disse...

Há uma fonte, da qual brota a vida.

Um bom fim de semana.
Jinho amigo *

Princesa disse...

Um amigo é fruto de uma escolha.
É uma opção de amorÉ a descoberta da alma irmã.
É a consciência clara e permanente de algo sublime
que não está na natureza das coisas perecíveis.
É um tesouro sem preço, um gostar sem distância,
de alguém presente em nosso caminho,nas horas de dúvida,
de alegria, demais para ser perdido,
importante para ser esquecido.
Um bom domingo
um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
na fonte das sete bicas,
uma delas é imprescindível,
a bica em que jorra a amizade,
,
brisas de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
que lúcido comentário, Belo,
,
a amizade é a entrega, sem limites,
é o colo, o ombro no cais da espera,
,
um mar brisas da amizade, deixo,
,
*

ellen disse...

Lindo poeta :)
Beijinho para si

KrystalDiVerso disse...

Sua Fonte de Vida parece bastar-lhe e, ainda que sequiosa, o caro Poeta é a própria Fonte admirável que muitas almas sequiosas parece saciar!

Bom fim de Semana


Escolha entre... beijos e abraços

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Se cada dia cai, dentro de cada noite,
há um poço
onde a claridade está presa.
há que sentar-se na beira
do poço da sombra
e pescar luz caída
com paciência.

Pablo Neruda

Desejo um belo domingo e uma linda semana.
Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
ellen
,
e . . .
ruborizei,
,
serenas conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
KrystalDiVerso
,
quem não se sacia,
numa qualquer fonte,
onde jorre
o carinho, a ternura,
a amizade e o respeito mutuo ?
,
saudações, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
UMA PÁGINA PARA DOIS
,
Amor, quando chegares à minha fonte distante,
cuida para que não me morda tua voz de ilusão:
que minha dor obscura não morra nas tuas asas,
nem se me afogue a voz em tua garganta de ouro.
,
in-pablo neruda
,
um abraço nerudiano,
deixo,
,
*

Justine disse...

Senti falta da tua poesia líquida, sempre fresca, quase sempre a cheirar a mar.
Bom voltar:))
Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
que bom voltar
e sentir a maresia
nas vagas da poesia
e o mar
cheirar,
,
liquidas conchinhas, envio,
,
*

Pó de Estrela disse...

Querido Poeta

A tua água vem ao encontro da minha sede.
foi bom vir aqui refrescar-me nas tuas águas.

Beijinhos desta Pó hoje sem estrelas.

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
se as águas correm
todas para o mar,
refresca-te nesta
praia virtual . . .
,
marés de amizade, deixo,
,
*

Ivete disse...

É sempre uma delícia mergulhar nas palavras e imagens trazidas por ti...

Um abraço

Ofarol disse...

Poeta
A água toma a forma que lhe queremos dar...que na fonte da tua vida, brotem enxurradas de felicidade.

Obrigado poeta. Por mais éstas palavras.

Um abraço

Baila sem peso disse...

O vento passeia com sede
vai beber nos corpos molhados...
poeta sois senhor! vede:
como belas águas fotografadas
são por vós tão embelezadas!
na fonte da vida se bebem anseios
não mais sedentos,com poesia cheios!

Um beijo, pasmo de belos passeios!:)
(continuação de boa ondulação!)

Naty e Carlos disse...

Ola é sempre um prazer visitar-te.
uma boa semana para ti
bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Ivete
,
vislumbrando o mar imenso,
mergulho nas tuas palavras,
,
concihinhas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ofarol
,
que a fonte da purificação,
expurgue as nossas nódoas . . .
,
um abraço, companheiro,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
os ventos
ondulantes
saem lavados
das puras fontes
descem os montes
escarpados
em pululantes
sentimentos,
,
pasmado jino, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Naty e Carlos
,
é um prazer recebe-los,
,
serenas conchinhas, deixo,
,
*