julho 16, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>na teia da imaginação<<<<<<


mar bravo mas leal - nazaré

video

soltei
as minhas mágoas
na teia da imaginação
bolhas sem ar
espreitam
as janelas defumadas
trancando
a luz baça da catedral
onde
velas pardas
incensam olfactos
e
movem o veleiro
que espera por nós.
poema-fotos-video:poetaeusou

60 comentários:

gaivota disse...

já nem mágoas solto... o mar anda um pouco sujo, nem tenho tempo de me achegar a ele, vejo-o daqui de longe! logo hoje com a partida da tia esmeralda........
nem me apetece nada por aqui em casa!
para a semana já será diferente
bom, mas o nosso jantar logotá garantido!
piliparesssssssssssss

KrystalDiVerso disse...

Irresistível sinestesia das velas, meu caro Poeta!... Até ao admirável veleiro foi un nó que lhe deu!... Sempre muito perto da musa que ora se revolta, ora se conforma em mansidão, pela sua ausência!

Escolha entre... beijos e abraços

Cöllybry disse...

Um encanto este som e as belas imagens...O poema na tela é magico...

_________(, _______________),
____(_, d888888888b, d888888888b
_____d888888888888/888888888888b_)
__(_8888888P'""'`Y8Y`'""'"Y88888b
____Y8888P.-'_____`______'-.Y8888b_)
___, _Y88P_(_(_(________)_)_)_d88Y_,
____Y88b, __(o__)______(o__)_d8888P
____`Y888___'-'________'-'__`88Y`
____, d/O\_________c_________/O\b,
______\_/'., ______w______, .'\_/
_________.-`_____________`-.
________/___, _d88b__d88b____\
_______/___/_88888bd88888`\__\
______/___/_\_Y88888888Y___\__\
______\__\___\_88888888____/__/
_______`\_`.__\d8888888b, _/\\/
_________`.//.d8888888888b;_|
___________|/d888888888888b/
___________d8888888888888888b
________, _d88p""q88888p""q888b,
________`""'`\____"`|____/`'""`
______________`.____|___.
________________>___|___|
________________/___|___|
_______________|____|___|
_______________|____Y__/
_______________\___/__/
________________|_/|_/
_______________/_/_/_|
______________/=/__|Doce meu beijo:)
_____________`"`___`"`
olhar-Indiscreto...A curiosidade

Pó de Estrela disse...

Olá poeta

Queres saber um segredo meu?
Também eu por vezes afogo as mágoas, envolta nas velas. Tão bem me fazem as da catedral, como as de um veleiro...
As da catedral elevam-me aos céus, misturadas com o cheiro a incenso e música,as do veleiro,elevam-me ao céu,pela luz da lua a faze_las brilhar, pelo cheiro a maresia e pela música dos estais a abanar ao vento.

agora, já sabes o meu segredo.

Beijinhos cheios de estrelas do mar!

Multiolhares disse...

Caminhantes peregrinos nas águas mansas do mar, somos protegidos pelas "velas" estrelas cintilantes que são nosso farol em dias de nevoeiro.

beijos nossos

Ofarol disse...

Poeta.
Mais um poema cheio de "imaginação"...
Belas são as palavras que não vão de "vela"...
Acompanhadas desta música "sem tempo"...

Um abraço.
Amigo Poeta.

RETIRO do ÉDEN disse...

Poeta Nazareno,

Tanto que imagino um mundo melhor...mas não passa de imaginação...continuo envolta no emaranhado da teia...

Bonitas palavras e lindas fotos.
Não estou a reconhecer como sendo a Igreja do "Sítio".

Abraço
Mer

©tossan disse...

Não sou poeta mas sei apreciar a bela poesia como a tua. Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Gaivota
,
Linda
A açorda de marisco
estava divinal,
,
eu quero
os cheiros e sabores dos coentros,
sorver coentradas de boroa
pão de centeio e azeite com o
sublime gosto
do tempo da minha avó,
eu quero
a fusão
dos frutos do mar
com os cheiros da terra,
eu quero . . . querer,
,
pilipares
.
*

TristãoeIsolda disse...

É bom que imaginemos um lugar onde possamos soltar as mágoas.

Abraço

Teresa Durães disse...

gostei bastante!

Sol da meia noite disse...

Soltamos mágoas e em teias de mágoas caímos...

Jinhos com amizade * *

Justine disse...

O meu veleiro moveu-se para trás, muitos, muitos anos, ao ouvir o Paul Anka! Desculpa, mas hoje fico-me a ouvir o "You are my destiny" e a lembrar os bailes na garagem:))

Princesa disse...

"Amigo é aquela pessoa
com quem conversamos sem reservas,
independente da hora ele sabe oferecer
o aconchego do seu coração sem pedir nada em troca.
um bom fim de semana
beijos

cristal disse...

Poeta

Passei para lhe deixar o Abraço de sempre.
E sim...é urgente soltar as mágoas!

Mas, hoje é um dia iluminado...
Então... muitos PARABÉNS amigo e muitas Felicidades para o seu "menino" (Caranguejo tal como eu rsrs)
Gostei deste momento!

Fique bem

Abraço Grande e bom fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
KrystalDiVerso
,
mecha ardente
alimenta a vela
em branda luz
que reluz
no pavio das esperas . . .
,
saudações, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Cöllybry
,
amiga,
perdoa-me a ausência,
,
conchinhas estivais, envio.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
gosto de cheiros fumados,
desde as lamparinas da avó
á cera da fé nas igrejas, deliro
com a falta da energia eléctrica
motivando o acender da vela
que está ali á mão e com a bênção
dos trilhos da vida, do culto
dos incensos ou a forma de
agradecer e homenagear outras
maneiras de estar na vida, tais
como, ideologias, religiões ou
lideres de variados pensamentos,
em que as fumagens estão presentes,
,
marés de incensos envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
em cintilante
telepatia me encontro,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ofarol
,
as velas velando,
temporais do tempo . . .
,
aquele abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
este mundo
já não tem concerto . . .
,
não é não, Mer,
não é o
Santuário da Sra da Nazaré,
é uma das muitas Igrejas de Braga,
esta muito perto do Centro,
,
um mar de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
©tossan
,
amigo
és poeta
e de bom nível,
,
um abraço, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
TristãoeIsolda
,
mágoas
são águas que passam,
nas pontes do esquecimento …
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
gostei que gostasses,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite,
,
" magoando o pensamento "
,
ilesas conchinhas ,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Justine
,
para ti,
,
You are my destiny
You share my reverie
You are my happiness
That's what you are
You have my sweet caress
You share my loneliness
You are my dream come true
That's what you are
Heaven and Heaven alone
Can take your love from me
'Cause I'd be a fool
To ever leave you dear
And a fool I'd never be
You are my destiny
You share my reverie
You're more than life to me
That's what you are
You are my destiny
You share my reverie
You're more than happiness
That's what you are
,
Um mar cheio de Ho Carol, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
.
“ Um elemento mais profundo, e de longe
o mais essencial de todos, é a vontade,
que tem o papel de modelar o amor no
homem. Na amizade - ao contrário do
que sucede na simpatia - a participação
da vontade é decisiva."
,
in-Karol Wojtyla ou S.S. J.P. II,
,
Um mar de jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
Obrigado, amiga,
,
o meu menino,
deu-me uma Matildinha,
actualmente com a idade igual
á que tinha ao tempo desta fotografia,
,
deu-me o desgosto de entrar para
uma casta que eu sou totalmente
intolerante, a de Economista,
não os suporte, com uma única
excepção para justificar a tal regra . . .
srsrsrsrsrsrsr,
,
marés de simpatia,
em obrigados de cristal, envio-te,
,
*

Cleo disse...

já estou indo, espera....rsrsrs.
maravilhoso poema.
um grande beijo no coração. um final de semana esplêndido.
Cleo

Ana Martins disse...

com as mágoas soltas, a inspiração fervilhou!

Gostei muito!!!

Beijinhos,
Ana Martins

Sonia Schmorantz disse...

A teia da imaginação tem tantos meandros, quem sabe para onde vai conduzir nossos pensamentos?
Um abraço e bom final de semana

poetaeusou . . . disse...

*
Cleo
,
por ti aguardo,
não partirei,
sem a minha bússola, tu !!!
srsrsrsr,
,
um mar de jinos, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
a imaginação fervilha,
nas vagas das injustiças,
que nos magoam sem razão,
,
maresias nocturnas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sónia Schmorantz
,
os enleios da vida
para não nos magoar
basta-nos evitar
a ambição desmedida
rumando o pensamento
no vogar da forte quilha
onde as asas do Vento da Ilha
acabam com o meu tormento
srsrsrsrsr,
,
um mar de amizade, deixo,
,
*

tulipa disse...

OLÁ AMIGO POETA

Começo por pedir desculpas da minha longa ausência por estas bandas, espero bem que na próxima semana possa fazer-te outra visita.

Aqui a "JE" através do meu blog "Momentos Perfeitos" resolveu dar-te 2 "Miminhos".
Aceitas?
Espero que sim.
TU MERECES.
Vem buscá-los.

Óptimo domingo e excelente semana.

Beijokinhas.

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
que agradável surpresa,
grato fico.
o “JE” aceita,
e afixarei da forma usual . . .
,
um mar de conchinhas, dou,
,
*

Duarte disse...

Uma imaginação que não se afasta da realidade, só falta que essa vela amiga, de momento, te leve a outro porto donde a vida seja plácida e duradoira.

Um forte abraço, amigo Zé...

Fa menor disse...

Soltar as mágoas...
ao vento
para que voem para bem longe

Na catedral...
a paz

nas velas...
ardem
vapores de mar.

bom domingo

Bjs

Joana. disse...

Estou de volta ao meu trono
com um desejo louco de arrasar
ummmmmmmmmmmmmmmmmm
Toques suaves,
beijos delicados,
palavras amorosas...
Hum...como é bom amar

Um beijo grande

Princesa disse...

*. * >,"< * estou passando só * . * .
* , + .*... * . * . * . * . * . * . * . * . * . *
* . * . * . * _/\_. * . pra deixar um* . *
* . * . * . * >,"< . * . * . * . * . * . *. * . *
+ * . *. * . * . * . * . * . grande beijo* .
* . _/\_ * . * . * * . * . * . * . * . * . * . * . *
. * >,"< * . *. * . * e desejar * . * . * .
*. * . * . * . * . * . * . *. * . * . * . * . * . * .
* . * . * . * . * . * um ótimo domingo. *
*. * . * . * . * . * . * . * . * . * . * . * . *

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Paraíso
o Éden das nossas procuras . . .
,~
Um abraço, amigo Duarte
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
Velas,
gaivotas que nos transportam,
os incensos das marés,
,
conchinhas da manhã, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Joana
,
arrasa amiga, arrasa,
começa por S. Bento . . .
,
amorosas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
,linda
grato fico,
,
conchinhas serenas, deixo,
,
*

São disse...

Perfeito: tanto a música como o poema como o mar.

Bem hajas, pois me proporcionaste um momento salino.

Paula Raposo disse...

Obrigada por hoje teres perdido o teu tempo em visita a alguns dos meus espaços.
Gostei do video. Senti o cheiro do mar.
Beijos e bom resto de domingo.

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

O mar da Nazaré, que ouvi duante 15dias, tal como aqui no vídeo, é leal e poético!
Daniel

GarçaReal disse...

Sempre mergulhadas na imaginação pairam as mágoas ...Mágoas que se soltam , mas que partem para que possamos libertar os ventos que movem esse veleiro...

Bom final de domingo

Bjgrande do Lago

Eduardo Santos disse...

Olá caro amigo. No seu espaço as imagens, palavras e som parece dançarem em turbilhão com os nossos sentidos despertos e plenos de emoção. Parabéns não apenas pelo trabalho, mas por tudo o resto que fica por dizer. Um abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
no sal das tuas palavras,
ouço o marejar do mar,
,
Conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
linda em postes anteriores
avisei que iria reduzir por uns
tempos as minhas visitas,
assim sendo, não tens razão,
alem disso sabes que contigo
nunca perco o meu tempo, toma …
hehehe
,
jino,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
eu bem desconfiei . . .
não fui digno de
falar com o amigo Daniel ?
não faz mal . . .
reduzo-me á minha
insignificância, hehehehe,
,
um abraço, amigo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Garça real
,
Vejo o teu barco á vela
Na linha do horizonte
Límpido como agua da fonte
Será veleiro ou uma tela ?
,
aconchinhado lago,
em pilipares “Garciosos”,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Santos
,
Generosidade sua amigo,
que me deixa embaraçado,
,
Um abraço, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
fica amiga
esta humilde casa,
é tua como sabes,
pudera eu ter
uma mansarda junta á praia,
e com a voz do José Cid te receberia,
srsrsrsr,
,
Alice
um mar de jinos, envio-te,
,
*

Baila sem peso disse...

uma teia de imaginação
tecida com tear de adoração...
as velas em oração...
nos barcos da vida
têm o céu por guarida!

Meu beijo, poeta nazareno (hoje dentro de mágoa que é Vida, mas que não se dá por vencida :))

poetaeusou . . . disse...

*
é do tear
que sai a tela
e se pinta a vida
nas aguarelas
da imaginação
que emoção
olhar para elas
dar-lhes guarida
no barco á vela
cruzando o mar.
,
um mar de jinos, deixo,
,
*

Alice Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alice Matos disse...

Voltei, Poeta, e encontrei um erro de ortografia......
Aqui vai, de novo, e corrigido...

Beijos...

Quanta coisa bonita para ver
quando estou um tempo sem te visitar...
Passo sem pressa, poeta,
porque na tua casa o sabor
é sentido lentamente...
Deixa-me ficar mais um pouco...

Beijo...

poetaeusou . . . disse...

*
Alice Matos
,
é o pão nosso
de cada instante . . .
,
começando por mim, srsrsr,
,
chove a cantaros na Nazaré,
vou surfar para as ruas . . .
,
conchinhas serenas, dou,
,
*