julho 24, 2009

>>>>>>>>>>>>>>>>nada mereço<<<<<<<<<<<<


macaréus - hoje ás 11 horas

de ti
nada mereço
nem a angustia
que me consome,
sou um choro embaciado
carpindo estéreis açudes
na beleza fugidia
de um jardim abandonado,
onde mudos violinos
vibram amargos prantos
instrumentando destinos
nas grades do meu canteiro.
poema-fotos-video:poetaeusou

70 comentários:

Chinha disse...

Em certas alturas da vida todos temos as nossas flores vedadas por grades.

Depois é necessário libertá-las e regá-las para que possam florir em liberdade.

Muito belo

Bom fim de semana

bjinhos

Multiolhares disse...

Os jardins ainda que abandonados, cercados por grades,possuem a singeleza e a fragrância dos canteiros bem cuidados, quanto a merecimentos quem sabe o que merece, quem pode julgar o que quer seja,penso que cada um de nós merece o que o amor do outro souber entregar, e o que nós estivermos dispostos a receber e quando existe essa sintonia os violinos emitem os sons que só as flores sabem escutar

beijos nossos

Chris disse...

O jardim abandonado pode voltar a florir, cuidando-se dele...
bjs
Chris

MEU DOCE AMOR disse...

Não acho e não concordo.

De mim mereces tudo...é cá a minha opinião!

E prontos.Adorei o vídeo.Acho que merecia estar aí.É o que eu acho mesmo.Mas merecia mesmo, pois estive doente.

Beijinho doce:)

Ana Martins disse...

Hoje o poema é triste e belo... Gostei muito!

Beijinhos,
Ana Martins

Maripa disse...

Chamar jardim abandonado com flores tão lindas a embelezar o canteiro...

Sinto uma tristeza embaciada no poema.Belo e triste.

Abraço amigo, Poeta.

RETIRO do ÉDEN disse...

Poeta Nazareno,

Lindo poema, lindas fotos,e esse mar!
Simplesmente Belo!
Abraço
Mer

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
a flor
do pensamento,
a mais bela entre as belas,
,
Conchinhas floridas, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
Luna
,
As flores escutam o que
os nossos olhos lhes dizem,
,
beijos nossos
,

poetaeusou . . . disse...

*
Chris
,
nem mais,
um jardim
é uma embelezada tela,
,
telas em conchinhas envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
estiveste doente,
daí . . . o meu dia não,
talvez, talvez,
a força da telepatia . . .
srsrsr

,
praia, menina,
estás a pedir praia,
,
saudáveis maresias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
amiga
nada mais triste
do que ver
um jardim abandonado,
,
brisas floridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
amiga
quantas das vezes
sentimo-nos
um jardim abandonado
no meia de belas flores ?
eu em especial,
eu uma flor de estufa . . .
,
nota a minha modéstia,
srsrsr
,
marés floridas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RETIRO do ÉDEN
,
se o dizes, amiga,
acredito,
,
um mar
de bem estar, dou-te,
,
*

Filó disse...

Um poema triste..

Poeta,
Merece sim , sorrir,
Vêr jardins floridos com canteiros cuidados,
Ouvir a voz dos violinos sem prantos,
Merece seu Mar e principalmente SER Feliz !

Poeta deixo-lhe um abraço risonho
e votos de um bom fim de semana. Até daqui a uns dias ( férias !)..

mulher lua disse...

Ó poeta nazareno, então tu não mereces nada? Balha-te deuje...

Veijios

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
achas que sim ?
vou acreditar !!!
,
boas férias, amiga,
,
conchinhas serenas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mulher lua
,
nada de nadica, linda,
sou um “desinfeliz” . . .
,
brisas de iodo, envio,
,
*

SAM disse...

Belíssimas fotos...A natureza humana nos concede merecimentos. E façamos por recebe-las. E neste jardim da vida, regaremos com amor as rosas que plantamos e que ao cuidá-las ou descuidá-las, há sempre a probalidade de nos arranhármos com espinhos. É preciso pois, luvas de delicadeza.


Carinhoso beijo.

Princesa disse...

DIZEM QUE TREVO DE QUATRO FOLHAS DÁ SORTE,
SENDO ASSIM RESOLVI LHE DAR UM.
`````´´´´o¶¶¶¶¶´´´´´´´1¶¶¶¶¢
´´´´´´´¶¶¶ø¢o¢¶¶´´´´´¶¶øooø¶¶¶
´´´´´¶¶¶¢¢¢øø¢¢$¶´´´¶¶¢¢øøø¢o¶¶
´´´´¶¶¢¢øøøøøø¢o¶¶´¶¶o¢øøøøø¢oø¶¶
´´´¶øo¢¢øøøø¢øø¢o¶´¶o¢øøøøøøøø¢¢¶¶
´´¢¶oo¢øøøøøøøøøo¶¶¢¢øøøøøøøøøø¢o¶¶
´´´¶¶¶¢7ooo¢¢øøø¢oo¢øøøøøøøøøøø¢o7¶¶
´´´´´´¶¶¶¶ø¢o¢øøøøøøøø¢¢¢oooo¢ø$¶¶¶
´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¢øøøøøøø¢ooø¶¶¶¶¶¶¶$7
7¶¶ø¢oooooooo¢¢¢¢øøøø¢¶¶¶o
ø¶7¢øøøøøøøøø¢oøo¢øøø¢ooo¢¶¶¶¶7
´¶¶¢¢øøøøøøø¢oo¶øoøøøøøøø¢¢¢ø$¶¶
´´ø¶øo¢øøøøo7o¶¶¶7¢øøøøøøøøø¢o¶¶
´´´´¶¶øooooø¶¶¢¶¶$o¢øøøøø¢¢ø¶¶¶
´´´´´o¶¶¶¶¶$1¶ø¶´¶øo¢ø¢¢¢¶¶¶¶
´´´´´´´´1ø´´¶¢¶´´´¶øo¢$¶¶¶
´´´´´´´´´´´¶ø¶7´´´´¶¶¶¶
´´´´´´´´´´¶¶$¶
´´´´´´´´´7¶1¶1
´´´´´´´´´¶ø¢¶
´´´´´´´´¶¶1¶¶
´´´´´´´´¶¶¢¶
´´´´´´´´o¶o1
COM TREVO OU SEM TREVO LHE
DESEJO MUITA SORTE, PAZ, AMOR E
UMA SEMANA REPLETA DE HARMONIA.
Beijinhosssssssss....

Nocturna disse...

Poeta, voltei !
Voltei ao teu belo jardim encantado de flores e belas palavras.
Não há grade que tape a beleza do teu cantinho que, por vezes ,um pouco mais triste, nunca está abandonado.
Um grande e fraternal abraço
Nocturna

poetaeusou . . . disse...

*
SAM
,
sábias palavras, amiga,
,
e se a missão dos espinhos,
é para nos lembrar o quão difícil é,
conquistarmos as rosas feitas vida ,
nos merecimentos que possamos
contabilizar a nosso favor ???
,
rosadas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
Apanhar o trevo
Ó Princesa, não te encolhas.
Apanhar o trevo
O trevo de quatro folhas.
Apanhar o trevo
Não te encolhas, Cotovia.
Apanhar o trevo
Até ao romper do dia.
,
trevos marujantes,
envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nocturna
,
feliz me sinto,
com esta luz nocturna,
que a nocturna, aqui deixa,
,
maresias nocturnas,
deixo-te,
,
*

GarçaReal disse...

Na flor alva, em que depositas teus pensamentos pára...Não mereces?
O poemar é teu vicio, o mar teu solsticio, teus versos em amor o teu crescente ardor...

A beleza em ti

De lá

um bjgrandeeeee do lago

Efigênia Coutinho disse...

de ti
nada mereço
nem a angustia...

MERECE SIM, A SAUDADE DE SUA BRIOSA E ELEGANTE POESIA E PESSOA,
Efigênia Coutinho

Eärwen Tulcakelumë disse...

Ao olhar as flores do teu jardim conseguimos ver a beleza com que a natureza brinda a tua alma meu amigo. Então digo que mereces ver essa beleza e muito mais.
Pérolas incandescentes de flores e mar entrego em tuas mãos.

Eärwen

Sonia Schmorantz disse...

Há um tempo para tudo...ao jardim as flores sempre voltam, a natureza é assim!
Um abraço e lindo domingo

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

O poeta pensa, mas viverá da angústia, exactamente porque não tem perguiça de pensar.
Porém, as flores, acabam por atenuar, porque podem mesmo premiar um pensamento de feito de angústias.
Abraço,
Daniel

helia disse...

As flores e o mar ,uma boa associação!

tulipa disse...

Todos nós, em algum momento das nossas vidas nos sentimos vedados por grades.
É como me sinto agora!!!

Pois, bateu à minha porta a crise, esta 6ª feira m/marido recebeu a carta do desemprego, para apresentar amanhã no Centro de Emprego...um mal nunca vem só!!!
Eu em convalescença de uma pneumonia, em casa, de repouso absoluto e agora ele...

Beijos meus.

Baila sem peso disse...

Essas flores abandonadas
hoje de lágrimas salpicadas
estão bem acompanhadas!
pela música do teu merecer
quando as fazes enaltecer
num canteiro a sofrer...

elas ficam belas
se tu olhas por elas...

Um violino toque teu merecer
E na magia a beleza do teu ser

beijinho em pétala de flor
no eterno desejo da paz e amor

Clotilde S. disse...

Poesia e música para saborear no silêncio. Lindo post, Poeta!

Adorei!

Beijinhos grandes,

Clo

Princesa disse...

Dizem sempre que o tempo muda as coisas, mas na realidade somos nós próprios quem temos de ter força e coragem para as mudar.
Um bom inicio de semana
bjs

Céci disse...

Ate mesmo um jardim abandonado tem a sua beleza,mexe com sentimentos, por isso lhe fizeste um poema!

Bjinhos

Céci

cristal disse...

As flores acabam sempre por florir e mostrar toda a sua beleza, ainda que vivam em jardins abandonados,ainda que vivam em canteiros gradeados...
E...violinos, violas, flautas e harpas, entoarão perfumadas melodias de encantar...
E TUDO DE BOM para si Poeta...porque merece!!!

Abraço amigo
e
Boa Semana

MEU DOCE AMOR disse...

Deixo um presente, porque....

Mereces!!!

Beijinho doce e uma boa semana

http://projectoamizade.blogspot.com/

Duarte disse...

Lindo, o teu canteiro, amigo Zé!

Hoje senti-me rodeado duma imensidão de flores, formas e cores que cativam, enamoram, que apaixonam, são fruto duma tradição... A Batalha de Flores de Valência, a primeira que vi com os meus netos... fui feliz.

Deixo-te um grande abraço

Oliva verde disse...

Um jardim é sempre um jardim! Um dia florirá!
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
sinto no ar
o ardor
das tuas palavras,
na forma que lavras
o clamor
do teu comentar,
,
Bjisssss, nocturnos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
fora eu Ricardo Caeiro
e te diria,
,
Vem sentar-te comigo Efigénia,
à beira do rio.
Sossegadamente fitemos o seu curso
e aprendamos que a vida passa
e não estamos de mãos enlaçadas.
,
conchinhas pessoanas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
amiga
vejo no mar o meu jardim,
em cada onda uma flor,
e nas tuas palavras o meu penhor,
,
Conchinhas luzentes, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonia Schmorantz,
,
e um tempo
para agradecer,
a tua simpatia,
,
brisas nocturnas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
Uma angustia florida,
Bem pensado, Daniel,
,
Uma noite serena, desejo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helia
,
O mar
é um canteiro verdejante,
onde as ondas são flores,
e as pétalas maresias,
,
Conchinhas de luz, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
a vida tem
ingratos acasos,
e só acontece
quem não merece,
como é teu caso,
,
Uma forcinha deixo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Baila sem peso
,
ao ler-te,
sinto ao longe
a luz primaveril,
em que o grito da natureza,
abalará toda a terra,
e rejuvenescimento cantará,
sei que vou atravessar
um agreste inverno,
mas como diz o ditado,
do longe se faz perto,
,
Um mar de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Clotilde S.
,
a poesia
são notas do dia a dia,
é canto da cotovia,
tem o sabor da esperança,
,
um mar de amizade, dou-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Princesa
,
o tempo somos nós, linda,
mas se ele existe . . .
então nós
é que passamos põe ele,
,
maresias de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Céci
,
ver um abandonado jardim,
é como um dia sem sol,
uma paleta sem cores,
uma criança que chora,
um idoso abandonado,
ou um povo que se demite …
,
Um bji, nocturno,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
é . . .
vamos cantar as flores,
em jardins de orquestras,
vamos opera(r) Caruso,
Callas, Carreras, Pavarotti
Montserrat Caballe Plácido Domingo
eu quero lírios, de Otelo, Cármen e
Traviata, em Moscovo, Milão Viena,
Vou, vou renegar o meu poema . . .
,
Conchinhas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
Feliz fico,
,
irei,
projectar-me
no jardim da amizade
,
doces brisas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
Valência
a terra das flores,
da luz e do amor,
,
este ano mais florida,
com a presença dos teus netos,
,
um abraço,
e jinos para os herdeiros
das qualidades do babado avô,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Oliva verde
,
estou a pensar
em floreá-lo de Aloés,
e de Lírios do Campo,
com o consentimento,
de Erico Veríssimo . . .
,
um mar floreado, deixo,
,
*

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Tudo aqui é lindo, poema, fotos e video.
Abraços

Pó de Estrela disse...

Poeta Nazareno de todos nós

A tua poesia hoje é triste
como triste está a ser o meu dia...
do meio das lágrimas antevejo um jardim, que por ter flores, não está abandonada, talvez entregue à mãe Natureza que o deu a uma fadita que anda distraída...
Com muito amor, brevemente voltará a estar cuidado, mas sem nunca perder a memória do tempo selvagem que viveu.

Desejo que o teu jardim renasça das cinzas, tal fénix por nós todos esperada.

Beijo molhado da tua Pó de Estrela

Ivete disse...

Sempre lindos os teus poemas... cheio de sabores e de odores que nos chegam através das tuas palavras!
Parabéns!

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
UMA PAGINA PARA DOIS
,
amigo,
registo a simpatia
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pó de Estrela
,
renascer das cinzas,
só está ao alcance dos fortes,
renasce amiga,
,
deixa a tristeza para lá,
como escreveu o poeta . . .
,
que as lágrimas
sirvam para regar
o espírito e o teu jardim,
para que tenha a grandiosidade
deste meu mar ou a beleza
altiva da tua Estrela,
,
jino de iodo
das brisas e das maresias,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ivete
,
encanta-me
a tua simpatias,
,
grato fico amiga,
,
um mar de beleza, envio,
,
*

Lilá(s) disse...

O poema é triste mas, o jardim abandonado tem uma grande beleza...
bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Lilá(s)
,
encaramos sempre
com tristeza,
qualquer abandono,
especialmente
quando se trata de flores,
,
conchinhas floridas, envio,
,
*

Marlene Maravilha disse...

Nao vejo da mesma maneira, acredites!
Vejo a beleza das cores e o encanto das flores, e Deus no meio delas encantando!
Valeu!
beijo

Parapeito disse...

:)) Lembrei se me permites Ricardo Reis
*
A flor que és, não a que dás, eu quero.
Porque me negas o que te não peço.
Tempo há para negares
Depois de teres dado.
Flor, sê-me flor! Se te colher avaro
A mão da infausta esfinge, tu perere
Sombra errarás absurda,
Buscando o que não deste.
*
Devia ser proibido abandonar jardins :)
Dias cheios de cor e brisas frescas **

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
bençãos de Deus
são lírios de mel
seivas inventadas
sabendo a vida
dos amores-perfeitos.
,
etéreas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Parapeito
,
Pessoano desassossego
,
Coroai-me de rosas,
Coroai-me em verdade
De rosas —
Rosas que se apagam
Em fronte a apagar-se
Tão cedo!
Coroai-me de rosas
E de folhas breves.
E basta.
,
in-Ricardo Reis
,
mulher flor
clamor ardente
violáceos anseios
vermelhada paixão
odores pigmentados
de bordadas suplicas
,
maresias floridas, deixo
,
*

Paula Raposo disse...

Lindas as flores! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
deixo-te um jino,
flor linda,
,
*

gildepas disse...

fabricadesonhos
Brasil

Obrigada pelos lindos poemas e também pelas lindas imagens.
Só um poeta é capaz denos fazer sonhar.
Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
gildepas
,
grato fico,
,
conchinhas luzentes, deixo,
,
*