março 23, 2009

>>>>>>>>>>>> o fresco do teu sentir <<<<<<<<<


no verde do teu olhar
ardem teias de cristal
arvoredo de afectos
véus de ramas espelhadas
nas vítreas águas sedosas
o fresco do teu sentir
sabe a jardins esverdinhados
murmúrios de rios fervidos
na volúpia dos teus braços
labirintos esmeraldinos
onde guardo os meus segredos
poema e fotos:poetaeusou

80 comentários:

Nocturna disse...

Poetaeusou,
Não há nada a fazer, és mesmo poeta.
Depois de ler o teu poema, eu que sou morena e de olhos quase pretos, senti pena de não ser loura , para me sentir um pouco retratada nos olhos verdes de que falas.
A inveja é feio, eu sei, mas...
Um grande abraço
Nocturna

Daniel Costa disse...

Poetaeusou

Os rios vão dar a mar! Na sua poesia, o poeta os vai alegrar.
Abraço
Daniel

Adriana disse...

Como minhas filhas são loirinhas,acho que foi homenagem a elas ( coisas de mãe coruja)

LOURO disse...

Amigo Poeta!

Lindas fotos e um poema sublime!!!

No verde do teu olhar
ardem teias de cristal

Abraço

Lourenço

Isa disse...

Quando se é Poeta há tanto para dizer,tanta beleza para dar.
Obrigada,Amigo,por estes momentos..
Abraço.
isa.

utopia das palavras disse...

No sentido do vento
voa um mar de segredos
nas folhas
molhadas de afecto
escrevo o sentir
dos meus medos...!

beijo, poeta!

poetaeusou . . . disse...

*
Nocturna
,
o teu olhar de azeviche
irradiantes de breu
espelham o negro puro,
como são lindos, deus meu,
os olhos que eu procuro
pelos trilhos do fétiche,
,
marés de carinho, envio,
,
*

Eduardo Aleixo disse...

É lindo o teu poema. Que palavras tão frescas e mágicas!
Abraço.
EA

Efigênia Coutinho disse...

">>>>>>>>>>>> o fresco do teu sentir <<<<<<<<<"

O teus versos
são véu de afectos
ao mar,
ao céu,
ao luar.
Sobre ás ondas do amar.

Efigênia Coutinho
( numa viagem ao Farol de Nazaré)

Multiolhares disse...

é verde a esperança,
são verdes os campos
de grama pintados,
São verdes as árvores
onde os pássaros cantam,
é verde o olhar
que á noite te adormece

beijos nossos

paula barros disse...

A beleza da poesia e da imagem, assim casadinha, no aconchego de lindo sentimentos.

abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Daniel Costa
,
ao mar da martir
Ilha da Irlanda,
onde as fotos
foram clickadas,
,
um abraço, deixo,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO AMIGO, BELA POESIA EM CASAMENTO PERFEITO COM AS FOTOS...PARABÉNS PELO CONJUNTO...ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

cristal disse...

Olá Poeta

Uma lufada de ar fresco nos traz hoje!
Refrescantes palavras, acompanhadas de verdes imagens, de águas tranquilas, serenas...como serena é também a melodia escolhida.
Obrigada pela partilha

Um Abraço amigo

poetaeusou . . . disse...

*
Adriana
,
conheço uma adriana
que é mãe coruja
tem duas filha
muito lourinhas
é muito coruja, aquele mãe
olhos acesos durante a noite
tem um radar de vigilância
compenetrada e zeladora
a sabedoria desta coruja
passa ás lourinhas
é sapiente
é conselheira
é uma mãe coruja,
.
um mar de conchinhas
para o corujal
,
*

MENSAGENS AO VENTO disse...

_________________________________

...seus segredos estarão bem guardados no paraíso!


Lindo poema,belíssimas imagens...

Beijos de luz e o meu carinho!

__________________________________

Dois Rios disse...

teias de cristal

arvoredo de afectos

vítreas águas sedosas

jardins esverdinhados

rios fervidos

labirintos esmeraldinos.


===

Cofres de valiosos segredos.

Quem, se não um verdadeiro poeta, para possuí-los?

Deixo, em troca, o fresco do meu sentir.

Beijos,
Inês

Xana disse...

Guarda todos os segredos bem guardados, só não os guardes a quem amas...porque é triste descobrirmos segredos de quem amamos :)

beijinhos meus

poetaeusou . . . disse...

*
LOURO
,
as fotos ?
o que terei que fazer
para te igualar, amigo !!!
,
um abraço nazareno,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isa
,
a poesia é de quem a lê,
e só uma pessoa sensivel
a sente na totalidade,
,
maresias poéticas, deixo,
,
*

mdsol disse...

:))))

Conchinhas de conchinhas

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
nas folhas dos medos
voando com os ventos
escrevo ao mar
molhados segredos
,
jino mareante
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Aleixo
,
sei que és sincero, Eduardo,
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
grato pelo teu ineresse
pala Nazaré,
,
Sinto ao longe o teu cheiro
Como se fosse um canteiro
Perfumado de mil flores
Nazaré, tu és tão bela
Com essas flores na janela
Ó praia dos meus amores
,
conchinhas nocturnas, envio,
,
*

Liar disse...

Palavras para que, es o poetaeusou!

Lindo!

Bjinho

Céci

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
verde é a realidade
da nascida seara
onde a cotovia
em ode á alegria
louva o verde olhar,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula barros
,
que bela metáfora, paula,
adorei,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
linda
prometo que amanhã
vou visitar o teu cantinho,
,
um jino,
,
*

Ana Martins disse...

Quanta frescura nos sentires dos amantes!

Lindoooooooooooo!!!!

Beijinhos,
Ana Martins

poetaeusou . . . disse...

cristal
,
o fresco verde,
do nascer da Primavera,
metamorfoseia-se, no estio,
em íris do nosso olhar,
,
brisas nocturnas, dou,
,
*

Duarte disse...

Beleza, paz e quietude, é o que inspira um ambiente assim: bonito!

Tudo está acorde.
Tudo é belo.
Beleza no sentir,
que é o ver...

Um forte abraço, deixo

poetaeusou . . . disse...

*
MENSAGENS AO VENTO
,
paraiso
o sonho
a quimera
a fantasia do desejo,
,
brisas de ternura, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
dois rios
,
obrigado, amiga,
,
nuno judice
pensando em inês
,
Mas é isto o amor:
ver-te mesmo quando te não vejo,
ouvir a tua voz que abre as fontes de todos os rios,
mesmo esse que mal corria quando por ele passámos,
subindo a margem em que descobri o sentido
de irmos contra o tempo,para ganhar o tempo
que o tempo nos rouba.
Como gosto,meu amor,
de chegar antes de ti para te ver chegar:
,
in-nuno judice
,
conchinhas de amizade, envio
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Xana
,
sábias palavras, as tuas,
olha,
foi sempre o meu lema,
segui-o cegamente,
e mais força me deste,
com a tua sabedoria,
,
obrigado pelo teu comentário,
,
rios de carinho, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
e mais de conchinhas . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Liar
,
feliz me sinto,
será que mereço ?
,
conchinhas de carinho, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
bela
é amizade virtual,
que estas redes proporcionam,
,
aquele abraço, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
amantes dos verdes
das verdes ramagens
ramagens com ninhos
com ninhos de aves
de aves sem asas . . .
,
vagas esmeraldinas, deixo,
,
*

Flor disse...

Este poema foi dedicado a mim certo?
lol...
Senti-me nele...
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Flor
,
o poema, no minimo,
é extensivo á Terra do Nunca,
ou
não fosses tu uma flor . . .
,
maresias de carinho, envio,
,
*

mundo azul disse...

_________________________________


Gosto muito do seu jeito de escrever, de expressar as emoções em versos...Gosto!


Beijos de luz e um dia FELIZ!!!

___________________________________

Tatiana disse...

São os tais encantos que só o olhar de que ama e é amado sabe guardar!

Agradeço a sua presença em palavras no meu blog.

Um dia repleto de dádivas para você!

Um beijo carinhoso

Pitanga Doce disse...

É chegar e sentar e olhar e ficar. Sem nada dizer.

Teresa Durães disse...

a natureza em comunhão com a mulher

poetaeusou . . . disse...

*
mundo azul
´
gosto
dos teus comentários,
e como gosto,
,
um jino envolto
de maresias, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Tatiana
,
como encantador
é o teu sorriso,
,
brisas de carinho, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga
,
entra
senta-te
olha
e
fica,
,
o espaço é teu,
,
conchinhas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
ou
a
natureza feita mulher,
,
Maresias,
,
*

Carla disse...

lindas as fotos e perfeitos os títulos que escolheste
beijos

rosa dourada/ondina azul disse...

Que belo lugar para guardar os segredos...
Vê lá se os olhos verdes os deixam cair, lol


conchinhas de esmeralda,

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
lindo
o teu comentário,
,
um mar de jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
os meus segredos
alem de cifrados
são TOP secret . . .srsr
,
secretas conchinhas,
,
*

neide disse...

As fotos estão lindas e o poema, como sempre, maravilhoso.

Feliz semana.

Bjss

ลndreia disse...

Realmente... que arvoredo de afectos! *

GarçaReal disse...

Maravilhoso este teu poema .

Qua mais segredos guardas?

Belissimas as fotos

Bjgrande do Lago

poetaeusou . . . disse...

*
neide
,
e tu sempre simpática . . .
,
brisas nocturnas,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
andreia
,
tocaste-me,
obrigado
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
Segredos ?
se não tem acabado a guerra fria,
fazia uma fortuna, só com os
programas do Goucha . . . sem
contar com as revistas cor-de-rosa,
enfim . . . com a queda do muro da
vizinha, ficaram obsoletos . . .
porém, não deixarei de desvendá-los,
qualquer dia em pleno LagoReal,
,
Jinos para o GrandeLago, mando,
,
*

Fa menor disse...

O verde dessas águas,
o verde dessas folhas,
o verde desse olhar,
é uma esmeralda
fresca
que apetece guardar!

(não sou professora nem política... lol, mas da área social.
Obrigada pelos simpáticos comentários.)

Bjs

Codinome Beija-Flor disse...

Como faz bem os segredos que guardamos dentro de nós, dentro do que vivemos, sem testemunhas.
Abraços

tossan disse...

teu frescor,
vem murmurar
os teus
segedos!

Abraço amigo

Carminda Pinho disse...

Que beleza, e frescura tem este teu sentir, poeta.

Beijos fresquinhos.

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
e poetisa . . .
,
para ti:
,
Não existe outra via para a solidariedade humana senão a procura e o respeito da dignidade individual
,
in- pierre nouy
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Codinome Beija-Flor
,
os segredos
bons ou maus,
formam a nossa alma,
,
segredadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
murmura
meu rio murmura,
como é doce
o teu murmurar,
que candura
que ternura
tem o teu deslizar . . .
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
que pena,
a clorofila ser verde . . .
srsrsr,
,
brisas altaneiras
aguia(ndo) os céus,
te envio,
,
*

Fa menor disse...

Poeta!
Grande frase essa que me endereça aqui!

Permita que partilhe consigo um "outro eu" onde a já coloquei no formulário de comentários.

http://contrapobreza.blogspot.com

Bem haja

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Se tudo for feito com Amor e ingenuidade;
Se todos se amarem mutuamente;
Se a felicidade for uma Eternidade;
Se a tristeza for mera passagem;
Se a amizade for sincera e de Verdade;
Se a vida for um Dar acima de receber;
Então descobriremos que foi em cada uma desses
momentos que nosso coração bateu mais forte,
e que agimos pura e simplesmente como seres Humanos!"

(Vera Costa)

Desejo uma linda semana com muito amor.
Abraços.

poetaeusou . . . disse...

*
Fa menor
,
partilhar
é sinonimo de sabedoria,
,
sinto-me honrado, e penso que
Pierre Nouy, tambem se sentiria,
,
irei visitar o teu outro blog,
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
UMA PAGINA PARA DOIS
,
parabens á Vera Costa,
,
reti,
Se a tristeza for mera passagem;
digo,
aceita a tristeza e jamais
ficarás triste . . .
,
um abraço
,
*

Papoila disse...

Poetaeusou:
Muito grata por visita e comentário deixado no campo.
Belo poema este de quem verdadeiramente é poeta...
"murmúrios de rios fervidos
na volúpia dos teua braços"
As fotos são lindíssimas.
Beijos

Isabel José António disse...

Caro Amigo Poetaeusou,

Lindíssimo poema o que postou. Parabéns já é uma palavra que não exprime a totalidade do que se sente ao lê-lo.

Ardem na noite escura
Promessas de mil sóis
Escondidas em fundas luras
Músicas suaves em sibemóis

E dessa suave sinfonia
Inspirada em lindas musas
Partilham essas alegrias
Não, não existem escusas

Um abraço para si

José António

neli araujo disse...

Poeta amigo,

Saudades!!!!!!!!!

Como é linda a tua poesia! Faz a gente sonhar, e flutuar!

conchinhas
*
,
de beijinhos
*
,
esmeraldinos
*
,
neli

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
apenas uma mistura de
sentimentos e palavras,
,
grato fico
marés de amizade, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel José António
,
nas volúpias das maresias
entre as brisas do olhar
ouço sons de encantar
espraiando-se como teias
é o cantar das sereias
debitando poesias,
,
um abraço, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
neli araújo
,
e a luz
inundou o meu cantinho,
,
bota a saudade para lá,
,
Chega de saudade
A realidade
É que sem ela
Não há paz
Não há beleza
É só tristeza
E a melancolia
Que não sai de mim
Não sai de mim
Não sai
,
in-Roberto Carlos,
,
srsrsrsrsr
,
sorrisos de amizade, envio,
,
*

neli araujo disse...

Poeta querido,

Retribuo seus sorrisos de amizade!

Adoro esta música "Chega de Saudades".

O meu amigo pianista que está no post do meu blog toca esta música que é uma beleza! Só ouvindo, poeta!

Um abração,

Neli

poetaeusou . . . disse...

*
neli araujo
,
Gosto imenso da canção,
"Chega de Saudades"
letra e musica fantásticas,
,
parabens
ao teu amigo, neli,
,
conchinhas musicais,
deixo,
,
*

Efigênia Coutinho disse...

A tua poesia é plural, multifacetada, plussignificativa. Por conseguinte, a maneira de decifrar o que se observa ou perscruta, é diferente em cada ser humano! Este é o enigma e a essência da poesia.

Adoro ler você,
Efigênia Coutinho

poetaeusou . . . disse...

*
Efigênia Coutinho
,
invento apenas, amiga,
,
invento
silêncios parados
negando segredos
de pendurados sons
invento
os instantes do tempo
momento desaguado
nas ocasiões nascidas
invento
nostalgias etéreas
ausentes presenças
nas noites de espera
que são o meu tormento,
,
ventos de amizade, envio-te
,
*