novembro 13, 2008

>>>>>>>>>>>>>> de pintado pôr-do-sol<<<<<<<<<


navego
na folha caída
consumida
pelo tronco da vida
sentida
como barco á vela
na tela
de pintado pôr-do-sol
farol
em mar de arvoredo
enredo
da folha que dança
na esperança
de te abraçar
meu amor . . . meu mar
poema e fotos:poetaeusou

66 comentários:

Esmeralda disse...

Esta esperança que nela dormimos, torna-se colção de plumas que embala os sonhos d um abraço que teima em não vir.
Poeta, que as tuas esperanças de...
...um dia passem a actos bem reais.
Que as tuas esperanças sejam mais felizes que as minhas.

beijocas e boa noite

Gerlane disse...

E eu naveguei
nas ondas das tuas rimas me encantei e com estas lindas imagens divaguei
além do céu, além do mar, eu flutuei.

* Beijos, poeta!

a guardiã disse...

naufragas nas marés do existir, enrolado nas ondas do sentir,
num mar de amor e esperança que preenches com os teus rabiscos...

as tuas letras amontoa-se em palavras, unem-se em frases, encaixam em textos e mensagens,
atravessando caminhos por onde delira a linguagem,
e que nos conduzem ao limiar dos sonhos...

um beijo doce poeta

GarçaReal disse...

Navegas na procura, na busca da folha de outono ainda esvoaçante, no abraçar da vida no envolve desse amor...
Abraças o mar!

Em noite avançada e gélida na procura do sono e da madrugada deixo

Um bjgrande do lago e pilipares para a gaivota

A Garça está aninhada lá ao fundo no lago.

GarçaReal disse...

Bela a música....Divinal

bjgrande

Sonhadora... disse...

É navegando nas ondas da vida q encontramos o amor e embarcamos ao sabor da felicidade.

bjos e bom soninho!

Mari disse...

Tudo que queria era agora estar vendo um lindo pôr do sol, viajando para o nordeste, lugar quentinho, águas quentes, vento batendo no rosto e cabelo.....queria um enredo sim e toda a esperança do verde.
Beijos do Rio para vc!

Carminda Pinho disse...

Poeta,

o teu poema, cheira a saudade...

Beijos

gaivota disse...

um mar de arvoredo que se vai chegando ao paredão, num pôr do sol de saudades...
(esclarece-me ...a legenda das meninas roubadas...)
pilipares

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
a esperança
em que dormimos,
,
bela imagem, amiga
,
conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
encantado,
para lá dos céus,
pelo cosmos navegado,
meu manto de véus,
ao vento rimando
como ondas, gerlaneando,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
a guardiã
,
és a prova da força
das palavras,
não as minhas,
desenhadas ao acaso
do estado de alma,
desconexas
sem eira nem beira
ao sabor dos caprichos
das quimeras
nichos
nas esperas
do há-de vir . . .
,
conchinhas, deixo,
,
*

Utopia das Palavras disse...

e da montanha
tamanha
com esguio olhar
sinto o mar
no vai e vem
que ele tem
e do encanto
espanto
do seu versar
de navegar...!

Beijo

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
o mar, hoje, está contente,
vaidoso como sempre,
narcisista ao remirar-se nos vários
tons de azul e verde das suas roupas,
,
perguntou pela Garça, sorriu . . .
enviando um jino, enrolado
numa provocadora ondinha ,
esvoaçando a gaivota, pedia bis,
num pililipar de alegria,
,
bjgrande, deixo-te,
neste dia de sol outonal
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
ela e divina,
dos il divo . . .
,
bjgrande
,
*

Teresa Durães disse...

de novo o mar como fascínio e amante.

GarçaReal disse...

A Garça fez a passagem matinal, agarrou a provocadora ondinha, marcou a sua presença e num voo lento pelo céu fresco e azul deixou tombar num poeta do mar

um bjgrande lá do lago onde habita.

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora...
,
o barco do amor
no mar da felicidade,
,
sonhadas brisas, deixo,
,
*

Paula Raposo disse...

Um belíssimo poema!! Gostei muito de te ler. Beijos.

Chinha disse...

Na bela tela pintada de pôr do sol deposito mais uma cor de magia em manhã fria mas brilhante de Outono passante.

Bjinho

Ana disse...

Esperança é uma palavra bonita. Palavra de amor e de mar.
Um beijo, Poeta.

poetaeusou . . . disse...

*
mari
,
sonha, amiga,
mas evita os enredos da vida,
secretos, misteriosos, abstractos,
que bom seria, olhar, sonhando,
para o corcovado e ver o sol-pôr,
sentir a vastidão do mar , nas
favelas imensas, de ruas rasgadas,
alegres coloridas, ultrapassar o
poeta ao cantar,
,
agora sim.
o Rio de Janeiro,
está muito mais lindo,
,
conchinhas de luz,
,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
cheira a realidade,
nas realisticas metáforas,
do futuro, que já foi . . .
,
conchinhas nostálgicas,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
,
neste mundo invertido,
alertei, que uma foto minha,
andava por aí... como foto
duas vezes no mesmo angulo,
e estou a postar a segunda foto,
não quero passar de lesado a
plagiador, estou a antecipar-me,
ao contrário do que fez o
constante presidente constancio !
hehehehehe
,
pilipares
,
*

ANA DINIZ disse...

Sensível poeta
A Natureza agradece
O pousar da sua alma
No Espírito Perfeito
Através de seus olhos...


Q lindo. Vc é suave como os momentos do outono.

Bjos.

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
é no voltear
do mar
onde o meu olhar desmaia
na praia
no retorno da maré-cheia
areia
em areal demolhado
dourado
como as letras que tu lavras
na utopia das palavras
,
conchinhas lavradas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
mar eterno,
eterno mar,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
feliz fiquei
bem acolhida, foi,
um bom filho, há casa torna...
,
pilipares, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
grato, estou,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
possantes palavras,
em magia de outono,
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
diz o povo,
que é o que se perde
em ultimo lugar . . .
,
conchinhos de amizade
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
talvez seja
a sensibilidade
do teu olhar . . .
,
brisas de amizade,
deixo,
,
*

Lena disse...

Me perdi no meio de tanta beleza...

um beijo

EternaApaixonada disse...

*****

Navegar e aportar em um paraíso...
Beijos e ótimo fim de semana!

*****

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
beleza que bem conheces,
como "siteira adoptiva". . .
,
douradas conchinhas, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
EternaApaixonada
,
tem um lugar
privativo na marina,
aporta quando quiseres,
,
brisas de amizade,
te envio,
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que a esperança seja sempre o barco que carrega teu coração neste nosso mar que é a vida. Gostei muito meu amigo!
Tua presença em meu mundo deixa um rastro de conchinhas de amizade.

Pérolas incandescentes de esperança entrego em tuas mãos.

Eärwen

Papoila disse...

Folha que dança ... esperança.

Lindo

Beijo
BF

Sol da meia noite disse...

Navegamos em folhas caídas...
Rumo ao porto que renasce...

Amigo, jinho te deixo *

Iana disse...

Poeta amigo...

Deixo um carinho especial ao amigo
Poeta, a quem admiro e para mim é o Poeta e o mar.. que adoro ler para me fazer sonhar...

Caro amigo seu espaço é maravilhoso e você sabe que digo de coração...

AO POETA !!!!

O poeta é destro...
Ele canta a alma...
E me encanta...

Em versos reversos...
Ele escreve...
Amor / paixão...
Amor / solidão...

E eu o admiro...
Pelo seu coração...
Pela sua inspiração...
Pelo seu versejar...
Seja ele somente...
Amor ou ilusão...

beijos da rosa amiga
Iana!!! flores perfumadas deixo em seu mar

cristal disse...

Poeta

Bonita canção de amor, o post de hoje... onde a saudade e a esperança se encontram!

Gostei muito.

Fique bem amigo

O Abraço de sempre

Multiolhares disse...

Como é bom navegar nesse mar,amor

beijos nossos

Maripa disse...

Naveguei no teu poema,meu querido poeta.Todas as palavras se entrelaçaram na esperança e na dança do teu abraço ao mar.

Lindo demais.

Abraço carinhoso.

MEU DOCE AMOR disse...

Navego...

Um beijo doce Querido Poeta do Mar

mdsol disse...

conchinhas cheiiinhas de mar
:))

Filó disse...

Poeta,

Poema bonito, como sempre
O seu mar é banho de luz e de inspiração..
É magnífico visitar esta praia e este mar ,comtemplar o pór do sol ,sentir a alma grande de um Poeta ...partilhar seus sentires e olhares em voos de gaivotas..
Por intantes e momentos num mar de palavras...dançam emoções
Lá diz o sábio Poeta..os poemas são para quem os lê...nem sempre bem interpretados...
Acredito, nas boas marés....dissipam os enredos, abraçam as vagas de esperança ..da amizade.. da partilha..só assim faz sentido comtemplar os mares e o por do sol...das vidas de todos nós.
Poeta, o seu Mar é grandioso. merece respeito....

Um abraço sincero, Amigo
Muita inspiração para continuar a amar esse Mar , lhe desejo.

Maria P. disse...

Que sentido este pintado pôr-do-sol...

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
que o barco do provir
incandescente de esperança,
amenize os tristes viveres
desta inibida vida
que os “donos” do mundo
nos impõem . . .
,
conchinhas de luz, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
papoila
,
folha que ao cair,
nos aguça o advir,
,
conchinhas prateadas, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
renasce nos pensamentos,
porque não há machado que corte,
,
jinos de amizade, para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
olha, esta rosa
que a voar
vai unificar
o oceano
a todo o pano
de vela abarcada
de cor rosada
maravilhosa,
,
jino mareantes, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
grato, amiga,
,
brisas de amizade
em noite de lua-cheia,
envio – te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
mar de encanto,
de encantadas rotas
em navegadas marés,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
mar
de abraços ondulantes,
onde as vagas de espuma
perdem-se a dançar,
,
grato amiga,
deixo-te maresias de lua-cheia,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
farol eu sou,
,
jinos de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
um mar de conchinhas,
envio – te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filo
,
o mar
contemplado
nos momentos inspirados
em sentidas emoções
tem a força dos vulcões
são poemas interpretados
onde o belo é partilhado
numa gaivota a voar
,
vagas de amizade, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
sol-pôr em flor,
,
bj, h,
,
*

Eduardo Aleixo disse...

Que linda folhinha navegando no mar
pequenina mas sabedora do bosque da vida
vai cansada
mas não vencida
vai ao encontro do sonho
com a força do sol
- o seu farol...

Abraço meu para o teu poema e para o seu autor

EA

mariam disse...

Poeta,
poema pintado com-todos-os sentires
envolto por "il divo"(...)Ven y devuelveme al fin la sonrisa que se fue(...)" enquadrado por imagens fantásticas... um resultado explosivo! parabéns. um post lindo!

bom fim-de-semana
um abraço e um sorriso :)
mariam

Duarte disse...

Frondoso arvoredo...
As cores que destelha o anoitecer...

Gostei muito

Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Aleixo
,
grato fico,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
apaixonado
pela ternura
das tuas palavras, estou,
,
envio-te
maresias de amizades
numa tarde linda de outono,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
gratificado, fiquei,
,
um abraço,
,
*

Ana Martins disse...

Um lindo pintado pôr-do-sol onde o sonho, a saudade e o amor andam de mãos dadas.

Muito lindo!!!

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
O SOL-PÔR,
aglutina todos os sentimentos,
,
conchinhas, deixo,
,
*
Um lindo pintado pôr-do-sol onde o sonho, a saudade e o amor andam de mãos dadas.

Muito lindo!!!

Beijinhos