outubro 10, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> SOL - PÔR<<<<<<<<<


se eu fosse o sol
dormia no zénite
rasando o teu olhar
de formosura infinda,
surripiava as estrelas
e em lavor de espuma
fazia o meu edredon,
confiscava as noites
madrugadas e manhãs,
e nos sonhados dias
em ti dispersado,
meus olhos verias
invadirem os teus
poema e fotos:poetaeusou

62 comentários:

Duarte disse...

Transparências dum anoitecer...
Que beleza!

Esse sol-pôr
que com estupor
contemplo.
Raízes
da minha terra trás!
Paixão que,
dilacera,
todo o meu ser.

Gostei
do teu poema

Um abraço

Sol da meia noite disse...

Contemplar o pôr-do-sol...
É sonhar...

Os sonhos chegam de mansinho...
Ao ritmo do sol que de mansinho se vai...


Jinho *

Filó disse...

Poeta,

Olhei para o Céu e lá bem alto....meu olhar cruzou-se com as estrelas e sorri...
Quando li, senti , este Sol brilhar assim.....
É Grandioso este seu poema !


Parabéns Amigo
é Lindo !
Um abraço

gaivota disse...

e eras um grande sol!
confiscavas as noites... quando ias então descansar? dormir de tanta canseira???
ah repá...
tá de verão este tempe...
pilipares de luz!

Ana disse...

Se tu fosses o Sol e confiscasses as noites, madrugadas e manhãs, deixar-nos-ias as tardes e todos os poentes dourados.
Acho que sobreviveria.
Mas se chovesse, não sei...

Abraço

Eärwen Tulcakelumë disse...

Tu és um sol
Iluminando o mar que tanto amas
Tu és um sol
Espargindo amor por onde passas
Tu és um sol
Brindando a vida com esse visual
Que encanta aos olhos
Tu és um sol
Versejando os sentimentos com alma

Aqui deixo um carinho a tua alma de poeta.

Pérolas incandescentes de sol e mar entrego a ti.

Eärwen

LuzdeLua disse...

Tens muita luz, como o sol.
Fotos maravilhosas
Deixo-te um abraço amigo.
Bjs

daniel disse...

Poetaeusou

Amores de Outono!...
Breve passará aqui o começo do Circulo de Leitores em "Lisboa Café".
Am abraço,
Daniel

Perla disse...

Os olhos nos olhos revelam sentimentos...
os olhares podem ser como a luz do sol na alma de quem ama.

Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
as tuas palavras,
dizimaram as minhas,
só me resta agradecer,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
mansas palavras, tuas,
.
pôr-do-sol em maré-cheia, dou-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
e o sol
em parado ocaso,
sorriu com as tuas palavras,
conjecturando novas formas e modos,
de nos extasiar nos sol-pôr, seguintes,
,
ocasionais, ocasos, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
dormir acordado
com imensa beleza,
,
o verão de s. martinho já chegou,
falta a água-pé . . .
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana,
,
da minha parte,
são apenas divagações,
divago quimeras
quimero utopias,
utópico fantasias,
fantasio o sol,
quando não consegue
as nuvens descondensar,
e eu imagino-o alem da nuvens , , ,
,
céu anil de hoje, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
tu és aquela
que inunda o meu cantinho
de esotérica luz,
em pérolas incandescentes
deixadas,
,
maresias mareantes, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
luzdelua
,
um sol de Outono maravilhoso
,
búzios sonantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
espero ansioso
sócio desde 1971,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
perla
,
meus olhos amendoados,
são comparados a dois cachopos,
que quando topam meninas
pelas esquinas dizem piropos,
( meu imaginário )
,
conchinhas solarengas, deixo,
.
*

Paula Raposo disse...

Lindo poema!!!A inspiração continua...bom fim de semana. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
inspiração mural...
.
jinos,
,
*

as velas ardem ate ao fim disse...

Um raio de sol para ti.

bjo

Maria P. disse...

Sol de Outono, bonito,...

Beijinho*m*

Esmeralda disse...

E porque não faze-lo mesmo sem seres sol?
Tenho vindo a aprender que não devemos deasperdiçar oportunidades...

beijocas

tossan disse...

Aqui é o lugar que mais gosto ds vir no momento. Abraços

Pitanga Doce disse...

Não fiquei para ver o pôr do sol na Nazaré, mas o que vi encheu-me os olhos de cor.

abraços de fim de semana

Carla disse...

estas fotos são reflexos de sol...
beijos e bom fim de semana

poetaeusou . . . disse...

*
as velas ardem até fim
,
sol de Outono, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
hoje de Agosto . . .
,
bj,
h,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
com chuva é mais,
romântico, realmente,
,
jokas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tossan
,
feliz fico, amigo,
,
abraço
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

Que bom, contemplar este sol-pôr ao som desta musica calminha...

Gostei muito destes olhares que se cruzam por entre as palavras,
com o sol a espreitar...

Quanta luz irradiam!!!

Faz-me bem "visitá-lo"...

Um Abraço amigo e muitas *** do mar
e...

Desejo-lhe um bom fim-de-semana.

Fique bem.

Desnuda disse...

Maravilhoso...Enleva a alma de quem le.

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga doce
,
Nazaré é luz e cor,
Nazaré é maresia,
Nazaré é o sol – pôr
É meu amor, é poesia,
,
brisas nocturnas, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carla
,
raios solares
de palavras em desalinho
,
desejo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal

,grato por veres . . .
através dos meus olhares,
,
maresias nocturnas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
desnuda
*
um enleio,
enlevado da natureza . . .
,
brisas de Agosto, deixo,
,
*

Bill Stein Husenbar disse...

Belíssimo esse sol que seria. Seria grandioso e mágico.

Um sol repleto de luz e vida.

Para si:

http://img152.imageshack.us/img152/362/selohs3.jpg

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

poetaeusou . . . disse...

*
Bill Stein Husenbar
,
irei cuscar,
,
saudações, deixo,
,
*

Nati Caetano disse...

Olá meu querido poeta!

Se eu fôsse a Lua seria iluminada somente a noite.


Vim desejar um ótimo final de semana para vc.

Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
Nati Caetano
,
que os raios prateados,
te iluminem todas as noites,
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

Eduardo Aleixo disse...

Lindo, lindo, e as fotos também.
Bom fim de semana.
Abraço de amizade.
Eduardo

PS: o gajo, ele, o sol, a dormir no zénite, parabéns.

gaivota disse...

poetaeusou
falta é o frio para cozer a água-pé
tá bué de calor, meu!!!
já sabes quando for aí, telefono e pomos a escrita em dia
piliparessssssssss

Aiagarb . . disse...

Oi sem ter nada a ver com o resto gostaria de saber qual o nome da cantora e da musica do video de ontem, lembro apenas que era uma cantora de cor. não sei se ajuda.

abraço nazareno

Multiolhares disse...

Todos nós temos um pouco de sol dentro de nós,
Na energia, no brilho, no calor na excentricidade,
Seja no que for o sol está resplandecente em nós

Beijos nossos

Chinha disse...

Mas que lindo.....
Um poema de encantar, escrito sobre a beleza de um Pôr do Sol.

É sempre lindo aqui vir.

Bom Fim de semana
As fotos....Belissimas

bjinhos

Perdido disse...

Gostei do pôr-do-sol uma vez. Mas gostei porque fiquei triste. Estava ali, especado, a pensar que o tinha para sempre perdido. Depois, explicaram-me que voltava outra vez no dia seguinte. Mas eu não queria esperar tanto e queria ir atrás do sol para que na minha louca correria fosse sempre pôr-do-sol.

Com o tempo, habituei-me à ideia destas idas e vindas do sol. De dia esperava ansiosamente que o sol corresse loucamente para o ocaso para ter a felicidade de o ver a pôr-se. De noite esperava ansiosamente, torturado pela ideia de que pudesse não nascer de novo.

E, assim que o tempo foi passando, descobri que o sol e vinha, profissionalmente, mecanicamente, como um operário robotizado dos tempos Modernos. A magia desvaneceu-se e passei a olhar para o pôr-do-sol com rancor.

Hoje, que sou uma pessoa educada e politicamente correcta, digo: "Olha o pôr-do-sol, olha que bela fotografia dava!".

Mas, ainda agora há poucochinho tempo, ensinaste-me que eu poderia desejar ser o sol, e inverter a rotina da sua marcha eterna, e desvairar com as estrelas e o firmamento...

... Se, para tanto, eu achasse o amor.

The Hazy Looker disse...

A tua poesia é sol!

Um beijo grande.

Maripa disse...

Poeta do sol, do mar, da lua, de sonhos...e de sentimentos à flor da pele,escritos nas fotos e nos poemas.

Meu abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Aleixo
,
apogeus de saudações,
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
até lá,
espero-te,
,
pilipares
,
*

mariam disse...

Tão bonito, POeta!

Chegou cá esse "olhar"
este, acho que vou guardar, com o seu permisso...

bom fim-de-semana
um grande sorriso :)

mariam

poetaeusou . . . disse...

*
Aiagarb
,
amigo,
aí vai,
Mi Nina Lola - Buika
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
o sol o sal da vida . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
penso que exageras
de qualquer modo,
este cantinho é teu,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Perdido
,
existe um pequeno pormenor
que te escapa e longe de mim
querer corrigir-te . . .
e o pequeno detalhe é que
o sol não vai e vem, o sol está
parado, nós a terra, é que nos
afasta do sol, na sua rotação,
logo a terra diz ao sol aguenta aí,
que eu já venho . . .
não é assim galileu galilei ???
é que eu troco ideias com o galileu,
está claro, o acima exposto não é
poético, mas . . . é verdadeiro,
hehehehehe
,
um abraço de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
The Hazy Looker disse...
,
outro envolto em amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
grato amiga,
,
briss nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
podes desviar
o que quiseres,
,
conchinhas, deixo,
,
*

mariam disse...

Poeta, nunca desvio! vou guardar, porque permitido, ali num bauzinho!
só isso :)

poetaeusou . . . disse...

*
o blog é teu amiga,
desvio pensei nos
colarinhos brancos,
os outros é gamanço ...
hehehe
,
gostei do teu post
e do poema o pedro branco...
,
amizade nas asas do quente vento
que esta noite se sente, deixo,
,
*

Iana disse...

Poeta...

O sol nasce, o Sol se põe, mostrando-nos que o tempo
é a mudança de nós mesmos.
Da mesma forma os momentos felizes e infelizes
sucedem, mostrando-nos que tudo passa e tudo recomeça...

Beijos doces
Lindo post como sempre com fotos maravilhosas

Iana!!!

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
a vida é como as
marés, vão e vêm,
,
vida, maré, mar:
,
bom, mau, rabioso, bravo,
mar chão, ruim, mar remexido,
mar encanto, mar revolto . . .
vida/mar desencanto,
mar / vida amor . . .
,
brisas de optimismo, deixo
,
*