outubro 27, 2008

>>>>>>>>>>>>>> e eu engendro <<<<<<<<<


és o meu mar
a tudo eu chamo
e no meu delírio
és o meu sol
e eu engendro
nas fantasias
como tocar-te
maré em flor
vaga gigante
que ao quebrar
sinto o ardor
algo gritante
que faz ecoar
hinos de amor
poema e fotos: poetaeusou

74 comentários:

R.G. disse...

Simples e Belo...

Beijo perdido

Paula Raposo disse...

Essa do simplex como título não se coaduna muito...beijos.

MEU DOCE AMOR disse...

Tsssssssssss...

Simplex, mas bonitex:)

Beijosex docex

Já voltex

mariam disse...

uma canção antiga, romântica, como românticas são as palavras e a imagem do quebrar dessa gigante onda...parecendo simplex, quiçá o não seja assim tanto... :)

Poeta, obrigada por me dar a conhecer "Buika", estou rendida! olhe coloquei-a lá no novo post...

boa semana
um sorriso :)

mariam

Eduardo Aleixo disse...

Maré em flor...
Ontem, fotografei uma onda que parecia uma flor a abrir-se na espuma em direcção ao céu.
Um dia destes vou postá-la.
O mar é de facto o GRANDE POEMA.
O teu também.
Mas é filho dele.
Legítimo.
Abraço de concha do Pitecantropus ( !! )
EA

poetaeusou . . . disse...

*
*
r.g.
,
adorável simpatia, a tua,
.
conchinhas de luz, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
já mudei …
tu mandas,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
um simplex
retirex
a pedidex,
de vários curandeirexs
,
jinex, deixex,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
buika,
está em voga na Espanha,
ganhou um festival de jazz
com dialecto dos filhos do vento,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
eduardo Aleixo
,
o inesgotável
viveiro de musas . . .
,
um abraço
,
*

Mello disse...

Chamar alguém com o pensamento, com o coração, com a alma, às vezes, tenho dúvidas se o ser amado nos consegue ouvir? Noutras, acordo sobressaltada, talvez seja da distância, talvez seja a minha imaginação!?

Gostei do teu comentário no Mello e ao contrário de si, ainda não me encontro vacinada, mas já estou mais alerta!!!

Beijinhos,

Graça Mello

Rosa Maria disse...

*

O Mar enrola na areia
Ninguém sabe o que ele diz...

Ai as coisas que lhe dizia!!!

Boa semana

Eduardo Aleixo disse...

O prometido é devido. Já postei a foto que anunciei: mar em flor.
Humildemente, me subscrevo:

Eduardo Manuel Nascimento Aleixo

poetaeusou . . . disse...

*
mello
,
com a excepção
dos amigos de ocasião,
sou um verdadeiro ingénuo,
acredito em sonhos
quimeras, utopias, fantasias . . .
imagino o irreal,
omitindo o concreto,
e sou incapaz de mudar . . . porquê ?
,
brisas nocturnas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
,
e o mar
abraçou a areia
e na maré-cheia
no seu segredar
o mar quis dançar
o vira da praia
escutando o marejar
quando se espraia
,
maresias nocturnas envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
eduardo Aleixo
,
vou cuscar . . .
,
abç,
,
*

Clarinda Galante disse...

E aqui está de novo o Mar, e as tuas palavras...belas como sempre!!A música linda também!!!
Hoje sou eu que te envio maresias nocturnas.
Jinhos mil

Manuel de Santiago disse...

Comparto contigo la magia de la fotografía. Capta y eterniza el momento. Bellísimas.
Un saludo.

Filó disse...

Um eco,ouve-se,é um hino de amor..
Em delírio engendrado, nos toca
Vagas de mar,gritantes com fervor
Um sol, fantasiado, uma Flor !

Poeta, tão simples e bonitas as suas palavras...fotografias lindas.
Sem dúvida está tudo bem engendrado, até a voz de Tony de Matos...

Um abraço, amigo

Ana disse...

Ser o mar e o sol de quem se ama. Fazer ecoar o poema.
Um beijo para ti.

Multiolhares disse...

o mar é e sempre será um hino á vida

beijos nossos

utopia das palavras disse...

Como poderei tocar o mar
se minhas mãos de espuma
se espraiam no areal
e só o olhar me resta
para alcançá-lo!

beijos
ausenda

(ainda sobre Concha Buika-amo, há muito pouco tempo que a descobri)

Rodrigo Rodrigues ("Perdido") disse...

Não posso ler os teus escritos, de uma força quase telúrica (e talássica, concerteza!), que não pense naquela bela mulher nazarena que tens afixada no teu blogue:

" (...) e eu engendro
nas fantasias
como tocar-te
maré em flor(...)"

Som do Silêncio disse...

Encantada**

Bjs,
Som

Shadow disse...

Hino do Amor, agrada-me!
:)

Beijo para tu poeta
Shadow

gaivota disse...

olha lá coração, que fotos tão bonitas andates a fazeriiiiiiiii
o mar, o mar, o mar, um hino ao amor, um hino de amor!
quando ele chegar às ruinhas, diz...
já era, não volta a ser!
piliparesssssssssss

cristal disse...

Olá Poeta
Estonteante, esta união de sol e mar, de palavras que navegam fantasias de marés numa contínua canção de amor....
Belas as imagens de um mar avançando vigorosamente em direcção à areia e de um sol dourado que embevecido o observa ...
A canção de hoje? Bonita... fala de amor e cumplicidade.
Muito bonito
Aquele abraço e uma mão-cheia de **** do mar

The Hazy Looker disse...

Já há uns dias que não vinha cá espreitar. E já sentia saudade deste cheiro a mar.

Continuas a escrever lindamente.

Um beijo grande.

MEU DOCE AMOR disse...

Realmente fica mais bonito.Fizeste bem.O poema é simples, mas muito belo.Leve...

Ai hinos de louvor
Desejo saboreado
Encanto com sabor
Que por ter teus lábios beijado
Prisioneira estou desse amor

Um beijinho doce:)

Perla disse...

Hinos de amor e mar,
que mais se pode desejar?

Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
clarinda galante
,
nocturnas e frias, hoje.
,
jino deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuel de santiago
,
grato fico, amigo,
,
um abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filo
,
procuro na solidão,
mas o teu lugar vazio
está tão vazio e tão frio
como esse teu coração,
ao ver a tua imagem
deduzo por fim, , , ,
,
olha hoje estou assim . . .
,
marejar de maré cheia, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana,
,
hoje não descortinei a falésia,
devido a um denso nevoeiro,
mas, ouço o marulho e o vento
a ecoar na encosta do . . . mar
,
envio-te um jino,
nas asas do vento, forte,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
um hino alado,
nas maresias da vida,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
é na espuma da maresia,
em espraiado desejo,
que o mar te envia um beijo
em marés de poesia,
,
amiga
quando ouço a buika,
cantar e dançar,
com toda a raça calé,
desejo, num impulso,
inundar o concelho de Loures,
de vídeos e ecrãs gigantes
provando que é possível,
toda e qualquer convivência humana,
,
jino de amizade te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rodrigo Rodrigues ("Perdido")
,
amigo
,
perdido ando eu,
para saber quem é,
oferecida por um amigo,
sei que é de 1922,
e penso que seja de uma família
nazarena, que se fixou em,
Peniche ou Matosinhos . . .
,
um abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
som do silencio
,
fiquei eu !!!
,
um mar de jinos
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
shadow
,
o amor é cego e vê
não sei porquê . . .
,
brisas de simpatia, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
hoje foi uma camada
de nevoeiro e borraceira,
não se viu o sol . . .
está uma fera nortada,
,
amanhã cedinho, vou correr a costa . . .
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
vamos fantasiando, amiga,
com este majestoso mar,
o mesmo mar, o mesmo infinito,
em diferentes visuais, novas cores,
marés renascidas, renovadas, amigas, …
,
aquele abraço,
de sabor a sal … marinho . . .
,
*

Iana disse...

Poeta amigo

é o teu mar
seu amor, seu sol
nas suas fantasias
um sentimento único
a beleza de amar...

um poeta gigante
oferece flor
e hinos a ecoar
em seu precioso mar
um poeta e seu amor...

beijos e boa semana
sua rosa amiga sempre
Iana!!!

poetaeusou . . . disse...

*
The Hazy Looker
,
agradeço a visita,
nada obriga,
só quando for possivel,
,
o cheiro a mar,
sempre diferente, é unico ...
,
marés de simpatia, deixo,
,
*

Sonhadora... disse...

Comparação perfeita...sem palavras, amor e mar.

bjos!

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
se o dizes amiga,
quem sou eu para . . .
,
louvado seja o amor !!!
que salmo é este, meu doce ???
,
leves jinos te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Perla
,
que mais se pode desejar?
amorosos e mareantes hinos !!!
,
jini de amizade deixo
,
*

gaivota disse...

aqui também se está a compar...
já sabia pois o chefe teve que ir a leiria logo de madrugada cedo e em caldas tava bué de frio... e borraçava...
é tempo!
piliparesssssssssssssssss
(amanhã falo com a luna...)

Duarte disse...

Esse mar,
fonte de inspiração.
Que tu,
tão bem espremes.
Cada dia canta-nos
una nova canção:
sussurros!
ou rugir...
qual furacão.

Saudações

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
uma rosa de amizade,
ofusca o mar
ofusca o sol
e as fantasias
são o farol
das alegrias
hinos gigantes
fazem ecoar
marés mutantes
no marejar
da felicidade,
,
um mar de jinos envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sonhadora
,
sonhar o mar
em amor sonhado
,
jino de amizade
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
dia dezasseis é a maratona,
vêem milhares de pessoas,
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
o quase furacão,
que estou a ouvir,
furacão intermitente,
que não segue mas repassa,
e que no hiato das rajadas,
permite-me escutar o . . . mar,
,
saudações,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Poeta, maravilhosas fotos e um poema de se tirar o chapéu !... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Maripa disse...

O mar vive em ti,poeta das marés em flor e das maresias em verso...

Abraço amigo.

Sol da meia noite disse...

O mar...
Em seu rumor...
É hino de amor!

Jinho, deixo *

andorinha disse...

Para palavras belas, só fotos tão belas como as tuas.
Beijos.

Iana disse...

Poeta amigo

um mar de jinhos recebi
de um poeta amigo
eu sei que neste seu cantinho
todos são queridos

feliz eu fico
ao encontrar
as ondas fortes de amor
em seu delicioso
mar... a beleza de amar

beijos e beijos poeta amigo

rosa amiga
Iana!!!

Carminda Pinho disse...

Poeta,
há tanto tempo que não lia a palavra "engendro"...
Continua a engendrar assim.:)

Beijos

daniel disse...

Poetaeusou

Nas marés de amor, o mar se agita com pudor.
Os selos em equação, têm a ver com a Nazaré, onde foram inspirados. O autor, tinha lá a sua segunda casa onde gostava de passar temporadas. Também escreveu algo sobre a vila.
Abraço,
Daniel

Teresa Durães disse...

será que o mar tanto nos envolve?

Teresa Durães disse...

(ou eu me engando muito ou na barra da direita está a praia de Paredes de Vitória - onde passo férias)

São disse...

Quanta paixão...
Beijo marinho.


Ah! e obrigada por atenderes o meu pedido, embora _como eu-não gostes de carros nas fotos.

Paula Raposo disse...

Obrigada pela mudança do nome...gosto do poema! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas,
,
fernandinha,
um grande beijo . . .
e força muiiiiiita,
,
*/

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
só nos vai restar o mar,
do mar viemos, ao mar voltamos,
,
conchinhas mareantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
O mar...
Em seu rumor...
É hino de amor!
amor ardor,
mar em flor,
rumar …
,
marés de jinos,
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
grato amiga,
,
conchinhas deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
todos são bem-vindos
amiga rosada
rosa perfumada
de aromas de mar,
,
odores de amizade, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
engendro, forjando ideias,
em palavras inventadas . . .
,
brisas amigas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
cifradas palavras
ligando passados,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
como metáfora, sim !!!!!!!!!!!!
,
brisinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
bom gosto
a praia das Paredes,
de Nª,Sra, da Vitória,
Paredes engolida pelo mar
no terramoto de 1755 ,,,
,
as imagens do lado direito,
são todas nazarenas,
tenho algumas da Vitória em
vários postes,
o estrado ao sol-pôr, do dia 23-10-08,
foi fotado na Vitória,
gosto de ir almoçar á Vitória
e perder-me a olhar o . . . mar . . .
,
saudades da pedra do leão, envio-te
- pedra do leão a norte da vitória --
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
postarei em breve, amiga,
,
conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula
foi o teu pedido
e de outra(o)s amigo(a)s . . .
,
jinos
,
*