outubro 18, 2008

>>>>>>>>>>>>>> que pensará o chão ? <<<<<<<<<


o que pensará
o chão que tu pisas
quando lá não passas ?
alados ciúmes ?
que pensará o chão ?
talvez . . .
o mesmo que eu,
frustração fatídica
que tu nos provocas
prenhe de ingratidão,
diz-me . . .
se sou o teu destino
porque me arremessas
sem qualquer pudor
as pedras do chão,
poema-foto-video:poetaeusou

40 comentários:

Multiolhares disse...

as pedras do chão são tão pisadas,
como pisados são os sentimentos apedrejados
a tantos instantes da vida, ciúmes que nenhumas pedras
o sintam pois é sentimento que trás muita dor.

beijos nossos

GarçaReal disse...

Afinal há alturas em que não pisamos os costumeiros rumos, talvez por isso pairem os ciúmes , talvez por isso por vezes não se aceite o tal destino e...........

Bom Fim de Semana

Bjgrande do Lago

pilipares para a gaivota

Sol da meia noite disse...

O ciúme tira o sentido a tudo.
Distorce, inverte... domina a mente agigantando e dramatizando as situações.
Sentir ciúme é inventar a dor.
Mas... quem não sente ciúme...?

Perfeita esta poesia!
Real.

Jinhos * *

Duarte disse...

Estão encantadas da vida,
passeando por cimas,
muros e praias,
é o seu território que,
durante uns tempos,
nem podiam aproximar-se...
tudo chega.

Suporta tudo esse pobre chão,
desde o mau trato, até a solidão!

Saudações bom amigo

utopia das palavras disse...

arremessos sem dor
de pedras nuas...
polidas
estreladas
de amor...

fotos: 5 *****

beijo

Iana disse...

Poeta amigo...

Pedras no chão
pisadas serão
o ciúmes daquele que ama não será em vão...

A dor que consome
o coração de um homem
não fujas agora extravasa e joga pra fora...

Essa ingratidão um dia terá fim
quem lhe maltrata um dia entenderas
que o melhor esta em ti...

Beijos iluminados
com perfumes de flores
abraço apertado para esquecer suas dores...

abençoado fim de semana
Beijos no coração do amigo Poeta
Uma rosa amiga
Iana!!!

(Tenho coisa nova perdi o sonho e andei pelo blog :) )

cristal disse...

Olá Poeta

Muito Obrigada por este mimo, esta canção da Saudade!
Excelente começar assim o dia, ouvindo Luis Represas.
Uma ternura o video das “suas” gaivotas, passeando no chão, nos muros... (que pena começam a ir embora, vão voando para o mar e começam bailando, bonito ver sua dança...)
As suas palavras....lindas palavras como sempre! (estou a repetir-me, eu sei)
O ciúme....pois é o ciúme existe, no amor, na amizade,em pequenas coisas ...
E quantas vezes nem nos apercebemos de que está em nós, nos outros e não o queremos reconhecer.
Sentimento estranho o ciúme não é? Ou será que não? Será que é perfeitamente natural desde que não ultrapasse os limites do razoável?
Bom, fico por aqui....isto do ciúme tem muito que se lhe diga!
Amigo, desejo-lhe um Bom Dia, com tudo de bom...
Fique bem.
O Abraço de sempre com muitas estrelinhas do mar

Papoila disse...

Bonitas as pedras da calçada da tua terra...encontro por aqui nas tuas fotos...
E as palavras não foram arremessadas feito pedras mas antes tão sentidas.

Beijos
BF

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
o ciúme, qb,
é o sal do amor . . .
,
alguns o dizem . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
sim . . .
realmente há “acasos”
que a desculpa do “engarrafamento”
é ineficaz . .
,
jinos e pilipares
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
do imaginário nazareno
,
Nazaré sem vira
É amor sem ciúme
É pura mentira
É fogo sem lume,
,
um mar de jinos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
É,
no verão sentem-se
usurpadas do seu espaço.
com milhares de pessoas
no seu areal e mar que as alimenta
,
podes voltar a vê-las
agora no chão do . . . céu
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
toda esta beleza
que me rodeia, obriga-me
a clickar de modo certeiro,
a Nazaré é uma verdadeira musa,
,
brisas de amizade, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
o ciúme
é como a pedra gasta
que afasta
o bom pisar,
o ciúme,
não medra flores
queima como lume,
alimentas as dores . . .
.
rosadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
*
cristal
,
simpáticas palavras,
sublimes,
o sol imitando,
brilhando,
num sábado, outonal,
realçando o areal,
gaivotas nos céus,
debitando decibéis
sobre um mar de perfume,
odorando o ciúme,
no amor tolerado
por isso cantado
nos sorrisos que lavras
,
búzios sonantes.deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

papoila
,
piso sagrado,
de beleza impar
dois quilómetros de poesia,
em marginal de imagens belas,
,
marés de jinos, deixo-te
,
*

mariam disse...

Poeta,
imagens, lindas! depois estive a ver o filme até ao fim... é de uma beleza comovente, a natureza no seu melhor, depois aquele céu, adoro mirar o céu, as nuvens, as cores...
agora vamos às sentidas palavras, sussurradas ou gritadas para esse céu...e, não, Poeta, ninguém seria capaz de lhe arremessar coisa nenhuma, tamanha parece ser a beleza do seu sítio d'alma...

bom-fim-de-semana e melhor semana
gosta de castanhas-assadas?

um grande sorriso :)

mariam

Maria P. disse...

O chão deve estar cansado...

Beijinhos*m*

mdsol disse...

Valeu senhor poeta... e o vídeo uma boa surpresa
Conchinhas de coisas boas
:))

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
excelsas palavras,
de sublime simpatia,
o que me sensibiliza . . .
,
olha,
acabei á pouco de comer
castanhas cozidas ,
com. muita, muita, muita erva-doce,
,
ainda vens a tempo . . .
,
marés de sorrisos, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
mas tolerante . . .
,
bj
h.
,
*

Filó disse...

Apetece ser gaivota e neste chão poisar,
E dizer o que se sente a um Poeta, que partilha, a sua alma grandiosa com tanta generosidade..
Depois, partir e voar neste sublime bailado de gaivotas !
Não há pedras para arremessar
a quem tão bem nos quer, seria ingratidão..

Um abraço amigo, bom Domingo

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
gostastis !!!???
,
brisas sonantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
minha amiga
,
E aquele Hino á Alegria !
das graciosas gaivotas
Em bailados esvoaçantes
Emitindo gritos sonantes
A traineira acompanhando
O tom de maresia envolvendo
A toda á Nazaré gritando
Estamos anunciar vida,
Com esta sardinha querida,
Em acrobacias esvoaçando,
,
gaivotas pilipantes, deixo-te,
,
*

mariam disse...

:)
gosto muito de castanhas-cozidas! OK, se oferece, tiro uma...
não, tiro três ou quatro, descasco-as ponho-as num guardanapo de papel ... e como mais tarde, frias!
Obrigada!!!

sorrisos :)

mariam

ah! e tirou uma daquelas... assada? era para tirar também!

Iana disse...

Amigo Poeta

"Que Deus abençoe seu fim de semana

Sempre que você olhar para o céu
e ver que ele não tem fim...

Lembre-se que o meu carinho por ti também é assim...

Beijos com carinho
da rosa amiga
Iana!!!

Flores perfumada deixo-te

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
tirei uma castanha, obrigado,
envolta numa mensagem . . .
eis . . .
,
Na Praça da Figueira,
ou no Jardim da Estrela,
num fogareiro aceso é que ele arde.
Ao canto do Outono,à esquina do Inverno,
o homem das castanhas é eterno.
Não tem eira nem beira, nem guarida,
e apregoa como um desafio...
,
aromas a sal de castanhas,
deixo,
,
*

AnaMar disse...

Já pensaste que quem arremessa, sem qualquer pudor, as pedras do chão, pode ser somente para captar a tua atenção?...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
grato,
infinita rosa,
carinhosa . . . feita iana,
,
deixo-te
o marulho do mar,
das marés perfumadas
trazidas pelas vagas
no seu marejar,
,
brisas perfumadas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
AnaMar
,
eureka
que ditosas palavras,
bem-hajas, amiga,
,
maresias nocturnas,envio,
,
*

gaivota disse...

que pensarão as pedras...
as pedras que nos atiram, as outras, mas não, decididamente não pensam...
e as minhas meninas que pensam elas???
repara bem nos olhares de cada uma,
tão iguais e tão diferentes...
piliparessssssssss

MEU DOCE AMOR disse...

Se calhar o melhor seria não haver chão...

Beijinho doce

Gerlane disse...

Ciúmes, poeta?...

Sentimentos contundentes, como setas pontiagudas envenenadas que se cravam no coração e na mente, tirando-nos o sossego.

Beijos amigos te deixo!

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
meninas da praia,
na praia das meninas …
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
concordo, amiga,
,
brisas nocturnas, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gerlane
,
virtuais ciúmes, amiga . . .
,
maresias nocturnas,
deixo,
,
*

Paula Raposo disse...

Gostei de te ler!!

Ana disse...

Não posso acreditar que alguma dessa meninas aí, te atire uma pedra que seja.
Só esperam que sejas tu a atirar-lhes... umas migalhinhas de pão...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
eu seeeeeeei . . .
repara na minha pose,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
nunca se sabe,
é como escreves,
são boas meninas,
,
pilipares chuvosas, deixo-te,
,
*