outubro 19, 2008

>>>>>>>>> no cais dos presságios <<<<<<<<<



porque não toleras
este límpido assédio
bloqueando enlaces
proibindo chegadas,
porque não corriges
teu modo de pensar,
partilhando comigo
em serena maresia,
luxúrias espumosas
contracções sopradas
no cais dos presságios,

poema-fotos-video: poetaeusou

68 comentários:

Flash disse...

Vai ao meu blog e apoia a minha candidatura!

www.aternurados40.blogspot.com

Obrigado!

Mello disse...

Bem... com um convite destes poucas são aquelas que te vão resistir...

O poema é muito bonito!

Beijinhos dos Açores,

Graça Mello

utopia das palavras disse...

Num cais qualquer
num farol...
espraio-me
partilhando o olhar!

beijo
ausenda

Sol da meia noite disse...

Porque não esperas
Pela maré-cheia...
Pelas águas que se aproximam
Do cais da espera...?

Jinhos amigos * *

GarçaReal disse...

Porque a partilha é por vezes tão complicada?
Porque então a tolerância deixa de existir?
Correcções a fazer?
Talvez........

Bela a música

bjgrande do Lago

Bom domingo

tulipa disse...

Fui ao Porto
o tempo voou
a chuva não ajudou
mas eu senti o Outono
pelas ruas da cidade.

Arrastava folhas secas
e eu soube
que tinha chegado de mansinho
para não assustar ninguém.

Pombas nas árvores
escondidas
cores vivas nos ramos;
Trazia memórias
de céus carregados
de nuvens.
Foi bom...eu adorei!

Bom domingo.

Pitanga Doce disse...

Tenho uma foto mesmo ao ladinho deste farol!

boa noite

Pitanga Doce disse...

PITANGUEIRA CONVIDA! DOMINGO 19.

gaivota disse...

que lindo poema, poeta,
os faróis da barra, um vermelho, cor do benfica,
outro verde, cor do sporting!
(como diz o meu martim...)
ele adora ir passear até ao farol
e o que esse cais sabe contar!
coisas de outros caminhos...
marés altasssssssssssssss
pilipares
elas andem aí!

Rosa Maria disse...

Olha o porto de abrigo!

Olha o Farol!

Já marquei encontro com eles para amanhã.
Vamos gostar de nos revermos...

Bom domingo!

Chinha disse...

Com o astro rei a iluminar aqui a cidade.......

Neste teu pedido de abrigo em serena maresia

deixo votos de bom domingo

bjinhos

:)

andorinha disse...

Dúvidas que o vento afastará numa maré cheia de ternura.
Um beijo.

Filó disse...

Um cais de embarque e de chegada..
O farol avista-se.
Está sereno, o mar,
Que bom que é, chegar a este porto de abrigo !

Poeta amigo, desejo lhe um bom Domingo perto do seu mar,
Um abraço

Miosotis disse...

... interessante 'assédio' sem dúvida!

A poesia e o mar... irresistível!

Sensibilizada pelo teu olhar atento em 'fragmentos'!

Aromas de maresia... nestes dias de acalmia outonal

daniel disse...

Poetaeusou

É nos cais, que se esperam barcos à vela e os arrais rimam, rimam com cautela.
Um Abraço,
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
flash
,
ok . . .,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mello
,
não, amiga,
os poemas são de quem os lê,
na liberdade de interpretação . . .
,
maresias de simpatia, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
ao longe
sinto o teu perfume,
no rumo
do meu olhar
,
maresias do outono, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
maré-cheia
da ilusão
feita frustração
neste cais de … areia
,
brisas de terno sol,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
egopartilha . . .
logo a complicação,
corrigir,
muitas vezes é impor.
o tempo é o grande mestre . . .
.
jinos a duo,
para ti e para a garça,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
amiga,
o porto é como descreves.
mesmo em Agosto é triste,
frio, negro, sem colorido,
sempre vi assim a cidade,
talvez, lhe falte as cores do sul,
talvez, porque gosto da foz do douro,
leixões e matosinhos . . .
,
um domingo solarengo, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga doce
,
eras tu ?
pareceu-me uma sereia . . .
,
um domingo de luz
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
aceito o convite,
fui
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
visitei-o esta manhã . . .
transmitia uma quietude cósmica . . .
,
pilipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
.
olha quem vem cá !!!
para além dos motivos,
que fiques com os teus
olhos rasos de Nazaré,
que bem conheces,
são os meus desejos
,
brisas de iodo, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
agradeço-te
num sol de Agosto, lindíssimo,
,
marés de amizade, dou-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
bonançoso vento
em palavras de brandura,
. . . tuas . . .
,
marés de simpatia, ficam,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
é no cais,
das chegadas e largadas
mareantes, serenadas,
que encontro o abrigo,
sonhando a sós … comigo . . .
,
luz e cor, te envio.
,
*

Menina do Rio disse...

Não vou justificar minha ausência, mesmo pq não caberia.
Adoraria ter estado por aqui, mesmo pq meu blog fez dois anos e eu nem estava aqui pra comemorar.
Quero apenas deixar meu pedido de desculpas, agradecer pelas visitas, pelo carinho, por tantos comentários e pela preocupação.
Mesmo que eu quisesse e me desdobrasse, não daria para fazer isso individualmente e terá que ser aos poucos.
Hoje quero apenas deixar um beijo e dizer que vou lendo-vos na medida do possivel.
Mil desculpas.
Estou de volta!
Um beijo imenso!

São disse...

Nazareno, pressagio que gostarás de me visitar...
Fica bem.

poetaeusou . . . disse...

*
Miosotis
,
orar periódicamente,
ao nosso deus
é ser insistente, logo assédio,
rogar a quem gostamos
nao será o mesmo ?
,
conchinhas de amizade, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
rema, rema, está remado,
olha o mar que vem a norte,
na praia o barco está parado,
que sorte . . .
hehe
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
nada obriga, as visitas,
o essencial é mantermos
esta virtual amizade,
por isso amiga,
envio-te,
brisas de suave domingo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
vou bazar,
fui . . .
,
*

Maripa disse...

Aqui ,porto de abrigo,me acolho de braços abertos ao mar sempre cantado...

Abraço amigo.

Miosotis disse...

... uma 'gesto amigo' te deixei...

Lena disse...

lindo duo Bocelli com Dulce Pontes...
para saborear essas fotos e video, lendo tuas palavras..
um sitio onde se esta bém tb, para poder admirar a Nazaré até a falésia...

bom domingo poeta !

um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
como é bom voltar ao cais,
ao cais aberto de mar . . .
,
vagas de simatia, envio,
,
*

Multiolhares disse...

Em maresias perfumadas
entras-te no cais do amor

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
miosotis
,
escrevi na generalidade,
amiga,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
olha
,
neste momento,
faz sol e chuva,
e um arco-iris,
atravessa o infinito . . .
,
brisas nazarenas, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
abrigo serenado,
em porto seguro . . .
,
beijos nossos
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que a partilha possa ser feita neste cais...

Pérolas incandescentes de carinho amigo.

Eärwen

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
cais da partilha, amiga
,
uzentes brisas,
,
deixo-te
,
*

triliti star disse...

excelente.

TUDO.

poetaeusou . . . disse...

*
triliti star
,
estrelas de simpatia
envio,
,
*

Iana disse...

Amigo Poeta...

Mar!mas quem sou eu perante seus segredos.
Como prever o humor de seu momento
E qual maneira virá nos rochedos!...

Apenas sei ó mar, que minhas mágoas
Numa estranha espécie de encantamento,
Se vão de mim se toco em suas águas!
(esse é mais um dos meus guardados já nem me lembro do autor, Lol..)

Beijos ao amigo Poeta
boa noite de domingo

Abraços da rosa amiga
Iana!!!
ps: Já tenho por lá novidades
tb respondi ao seu comentario carinhoso

Gabriela de Sousa disse...

Olá!
Há já muito tempo que não passava por este blogue. Mas tem estado difícil ir visitar os vários blogues que leio, às vezes no máximo só tenho tempo para ler e não para pensar num comentário... E com os testes à porta...
Confesso que já sentia um pouco falta destes poemas... este está muito bonito e as imagens também, aliás, para mim o mar é mais bonito no Outono, a minha estação de eleição! Particularmente naqueles dias em que, com o nevoeiro, parece dar continuidade ao céu... A música também é muito bonita, gosto muito de ouvir Andrea Bocelli a cantar, parece dar outra cor à melodia.
Continuarei a tentar passar por aqui dentro dos possíveis, mas vai ser complicado... Vida de estudante, esta... mas não a trocava por nada!

Beijos

MEU DOCE AMOR disse...

Difícil sim.

Beijinho doce

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
os segredos do mar
são infinitos . . .
etéreos sigilos
,
brisas rosadas
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gabriela de sousa
,
grato, amiga,
,
não descures a tua vida,
que a mesma é muito competitiva,
,
volta apenas quando puderes,
,
conchinhas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
se é . . .
,
outro,
,
*

Juani lopes disse...

arribo a tu blog
como ese velero a puerto
saluditos

Duarte disse...

Atalaias
desde donde vigiar
o mar.
Ouvir
o mar.
Sentir
o mar.

Um abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
e a bom porto
chegaste,
,
saloditos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
e o mais importante,
vê-lo, fitá-lo, contemplá-lo,
,
saudações,
,
*

a guardiã disse...

por vezes o cais é um porto seguro e há quem se procure refugiar deles...

um beijo doce

cristal disse...

Olá Poeta
Só agora cheguei ao cais...
E o mar está tão calminho, que me transmite serenidade...
Tolerância.....precisa-se, não é amigo?
Tão dificil aceitar o outro tal como ele é ....
E de nos aceitarem tal como somos...
Deveria ser tão fácil, tão sómente.....ACEITAR!
Deixar para trás mágoas, recalcamentos, rancores, revoltas....
E viver o dia-a-dia aproveitando os bons momentos, tirando partido dos menos bons, mesmo nesse dias em que nuvens escuras teimam escurecer nossas vidas não nos deixando vislumbrar a luz do Sol...
Utópico?....Pois, deve ser... é certamente!
Obrigada por este cais, onde ainda que por breves momentos, é possível sonhar...

Fique bem.

Aquele Abraço com muitas *** do mar

P.S. Excelente escolha esta música!

mariam disse...

Poeta,
esta música acompanhando as imagens e o som do mar como fundo... maravilha!
acompanhando as palavras, que de uma missiva parecem tratar-se, quem a entregou à(o) destinatária(o)? deve ter sido uma das gaivotas do post infra!

boa semana
um sorriso :)

mariam

poetaeusou . . . disse...

*
a guardião
,
abrigado porto,
asilo de nós . . .
,
Conchinhas,
,
*

Ricardo Galvão de Mello disse...

Amigo Poeta!

Que bela poesia com que te apresentas... cada vez mais apaixonado!

Peço desculpa pela demora, a faculdade e a minha lesao "proibiram-me" de me expressar nestes ultimos dias...

Deparo-me com uma situação muito má! Foi-me negado um projecto inovador, a nivel científico, mas "os de cima" cortaram-nos as assas... Enfim, vivemos num pais... assim viver por viver, falta de ambiçao e de vontade de crescer...

um abraço!

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
rendo-me
aos teus sentires explanados,
da forma que tu o fazes . . .
apenas me resta enviar-te,
serenas brisas nocturnas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
é fácil “fotar” e “poemar”,
no ambiente em que estou inserido,
a beleza renova-se a cada instante,
numa natureza pródiga de dádivas …
,
tranquilos sonhos, desejo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ricardo Galvão de Mello
,
persiste amigo,
não desista á primeira,
desejo-te boa sorte,
,
e as visitas
são sempre secundárias,
,
abraço
,
*

Ana Ramon disse...

Muito bom chegar aqui e ser presenteada com bonitos poemas, fotos e rumor do mar.
Ontem estive um pouco na Praia da Tocha, perto da Figueira da Foz e pude matar as saudades do som do mar revolto e do seu aroma espalhado no ar em forma de gotículas. E agora cheguei aqui e recebo mais mar para ler, ver e ouvir :)))
Muito simpatico
Um beijinho grande

Ana disse...

Cá está o canto do "sereio"...
Ou será do tritão?
Eles cantam?
Mmmm.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
ana ramon
,
tocha e mira
extensas, imensas, soberbas,
como as lições da:
a paixão dos sentidos . . .
,
maresias sem sol, te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
tritão
o filho de poseidon ? não,
esse vive num palácio dourado,
no fundo do oceano,
atlantida ? talvez . . .
,
dourado marulho, com chuva,
deixo,
,
*