outubro 08, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> H O J E <<<<<<<<<


anda ver o sol-pôr
cintilando loucuras
mercúrio escaldante
em esculpidas marés
prenúncios escarlates
prenhe de murmúrios
mergulhando na noite
dos impetuosos êxtases

poema-fotos-vídeo:poetaeusou

46 comentários:

Shadow disse...

Hoje aceito o convite :)


Bjs,
Shadow

Sol da meia noite disse...

O pôr-do-sol é dos mais belos momentos que a natureza nos oferece...

Em reflexos viajamos...
Loucuras nos envolvem...
E nos adormecem...


(Ando de dia em dia para o ir fotografar, a desaparecer sobre a ria...)

Jinho *

Ana disse...

Apelo à magia da hora mais bela do dia.
Um beijo, Poeta.

Ana Diniz disse...

Que poente maravilhoso!
Mercúrio a transitar pelo Sol!

As nuvens cintilando...
Suave, doce arrebol
Eu quero este por-do-sol
Pequenino e tão amplo
Só pra mim


Beijos singelos,

Ana.

Maripa disse...

Que beleza de fotos de pôr-do-sol, de poema,de vídeo...de MAR!

Deliciei-me!

Abraço amigo.

GarçaReal disse...

Vim........Ver o sol pôr.
Sabes como gosto do ocaso do dia, do sol escondido num adeus à claridade para renascer em beleza ao findar a madrugada.

Mergulhada na noite deixo
Um bjgrande do lago e um pilipar

Ah.........Claro as fotos lindas, principalmente a primeira.
Um dia encomendo um Pôr do Sol!!

Teresa Durães disse...

mergulhar nas cores de um por-do-sol

poetaeusou . . . disse...

*
shadow
,
pode ser hoje ?
srsrsr
,
marés de amizade, deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite,
,
o sol-pôr, na ria.
são lindos, irreais . . .
tenho alguns, em arquivo,
vou procurá-los,
,
conchinhas ao sol-pôr, logo,
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
amiga
se soubesses o que eu sinto,
quando se assiste á magia dos
instantes harmoniosos que é o
afastamento do nosso planeta
na sua rotação, do astro-rei,
a que chamamos pôr-do-sol,
não é galileu ?
um sublime espectáculo da natureza,
e olhar para uma marginal com dois
mil metros, notando que a maioria
das pessoas estão de costas para o
mar, a ver passar os carros, perdendo
esta visão mística. que insensibilidade…
até a harmonia do belo, se está a perder,
,
brisas místicas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana diniz
,
o sol-pôr,
é todo teu,
neste mundo virtual,
mas . . .
sorve-o ao vivo,
uns curtos minutos,
em que mentalmente,
o rejuvenescimento surge. em nós,
,
maresias cintilantes, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
dás-me força
para fazer sempre o melhor . . .
,
marejar cristalino, envio-te,
,
*

Paula Raposo disse...

Fotos e vídeo lindíssimosssssss!! Como eu gostava de ter estado aí junto ao muro presente! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
tão lindo,
como o sol-pôr no teu lago,
o pôr-do-sol,
sempre belo, sempre diferente,
estou a vinte segundos da marginal,
que excelsa visão me depara . . .
,
encomenda,
junto ao mar de preferência . . .
,
pilipares de verão outonal,
para o lagoreal,
,

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
nadando no
crepúsculo do ocaso,
,
maresias, dou,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
olha,
foi tão grande o entusiasmo,
que quase noite, entrei pelo
mar com sapatos e calças vestidas,
sabes,
a água estava tépida . . .
,
jinos murais, deixo-te,
,
*

Paula Raposo disse...

Por acaso estou a ver-te a entrares vestido pelo mar...eh eh eh. Só tenho mesmo pena não ter estado, também. Beijos.

gaivota disse...

o pôr do sol da nossa praia é o mais lindo que já alguma vez vi!
nem nas áfricas...
e que venham prenúncios escarlates, laranja, como queiras...
a noite acaba por chegar...
beijinhos e piliparessssssss

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
estavam no muro,
tres mangas, a despirem-sa,
pensavam que eu ia atirar-me
ao mar e dizer qme empurrareeem,
,
jinos,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
são
,
ontem estava o máximo . . .
hoje vai estar melhor . . .
,
pilipares de um bonito dia,
,
*

Lena disse...

eu vou......
que lindo esse pôr-de-sol
e da video nem se fala, so falta o cheirinho e a brisa...

um beijo

Esmeralda disse...

Um convite irrecusável…

beijocas

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
recordei,
o teu cantinho, nas rochas,
que pena os videos,
não terem sabor e cheiro,
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda,
,
nunca se recusa o belo,
,
marulhar de simpatia,
para ti
,
*

croqui disse...

uau! excelente espaço!
belas fotos!

poetaeusou . . . disse...

*
croqui
,
espaço aberto . . .
sempre ao dispor . . .
,
abç,
,
*

Chinha disse...

Uma passagem , um olhar, um descansar no Pôr do Sol...

Belo

bjinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
e com um gosto especial,
o meu agradecimento,
,
brisas de outono,
deixo,
,
*

Eärwen Tulcakelumë disse...

O pôr-do-sol sempre nos inspira a versejar de forma tão bela, que comunga em total harmonia com tuas fotos que tanto gosto. Uma enorme paz senti aqui.
Agradeço sempre teu carinho com o meu mundo.

Pérolas incancescentes de harmonia e luz entrego em tuas mãos.

Eärwen

Filó disse...

Um Ocaso, a não perder !!!
Comtemplar e mergulhar neste mar, onde mais uma vez a poesia nos chama !!!!
Bonito, Poeta


Um Abraço amigo

cristal disse...

Olá Poeta

Aceitei o seu convite!
Aqui estou a ver o pôr-do-sol!
Esse momento absolutamente magnífico, comovente, estonteante de beleza...que tão bem sabe transmitir em palavras e imagens...

Adorei o momento...

E o "seu" Mar?...espectacular,aqui tão pertinho...

O Abraço de sempre e uma mão-cheia de *** do mar

Duarte disse...

São aquelas imagens que só o outono pode dar...

Extasiado fico na contemplação

Um abraço

Multiolhares disse...

E é nesse deleite
Que sentados na areia vimos o sol
Beijar o horizonte e se despedir da lua
Que nos mostra que mais uma noite regressa
E nós simples viventes nos deliciamos
Com tamanha beleza

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
sinto a harmonia e luz,
quando me visitas,
envoltas nas tuas
palavras de carinho,
,
brisas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filo
,
hoje o sol – pôr
prejudicado por uma
parede ao mar . . .
sabes o que é ?
uma espessa neblina,
que esconde o horizonte . . .
,
maresias nocturnas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
que desdita a minha,
por não te ter vislumbrado,
,
hoje
fiquei por fotos e vídeo, junto
ás rochas, no recanto das sereias,
,
búzios nocturnos deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
grato fico,
pelas tuas palavras,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
o ciclo do belo,
mar, sol, lua, ocaso, mar, mar,
,
beijos nossos
,
*

Miosotis disse...

... e fui! As fotos e o som da maresia!
Cintilando... não loucuras, mas paz, divino encanto, impetuoso olhar no horizonte distante...

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'! Lamento o 'isolamento' :(

Gabriela de Sousa disse...

Olá!
Que bonito! O convite promete!...
É irónico, tenho o mar à distância de olhar pela janela e só muito raramente é que me lembro de me sentar nem que seja por cinco minutos para o observar... Mas de uma coisa tenho a certeza, ainda que não o olhe muitas vezes (ao pôr-do-sol ainda tenho aulas) sei que esse momento, de todo o dia, é daqueles que se consideram únicos...

Noite cheia de estrelas, pôr-do-sol, arco-íris: os elementos que, a meu ver, são autênticas pérolas naturais.

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Miosotis
,
senti as tuas palavras,
sábias e equilibradas,
obrigado,
,
maresias nocturnas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gabriela de Sousa
,
é o momento,
do exame da consciencia,
da meditação, de acolher o belo,
,
pôr-do-sol o advento da noite,
,
maresias cristalinas, envio-te,
,
*

Ana disse...

Pelo surdo marulhar de cada onda,
pelo dourado ardente desse sol,
pelo mar, tão distante e aqui ao pé,
Obrigada.

Abraço

Sonhadora... disse...

O por-do-sol é sempre lindo e nos faz sentir como devemos ser agradecidos por ter a natureza assim tão próxima e poder apreciá-la...é um momento único , um momento onde o amor vai sobressaltar e encontrar a noite... aqui tb existe mar e a comunhão com a natureza é perfeita.

bjos!

poetaeusou . . . disse...

*
ana,
,
pela tua sensibilidade,
,
dedico-te
o marejar da maré,
videado esta tarde,
e a postar á meia-noite,
,
marulhos nocturnos
deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
,
é no sol-pôr
ouvindo o marejar
do mar
que sinto-me em comunhão
paixão
no acaso
do ocaso
feita flor . . . do amor
,
prateados fluxos
de maré-cheia, te envio,
,
*