outubro 16, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> gritarei <<<<<<<<<


gritarei
até que a voz se parta
mensagens desterradas
nos calados silêncios
gritarei
de lábios cerrados
os desertores timbres
que sopram as nortadas
gritarei
a palavra não vendida
amarrado aos poemas,
não quero ficar sozinho
nos temporais da vida
poema-fotos-video: poetaeusou

82 comentários:

Ana disse...

O teu grito calado ainda é capaz de ecoar pelas terras irlandesas...

Tens aí uns verdes espantosos na foto de baixo.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
ana,
,
no video ?
são bonitos, sao . . .
,
noite calma, desejo,
,
*

GarçaReal disse...

Este poema é tão belo que devia ser musicado e cantado.

Ficaria sublime

Pensa nisso!!

Bjgrande do Lago

Um pilipar especial para a Gaivota

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, hoje as tuas fotografias, são autênticas maravilhas para o meu olhar!... O teu poema, apetece-me acrescentar... Cantarei até que a voz me doa!
No lugar de gritarei, estou a brincar contigo, meu Príncipe... Encantada te deixo, desejando-te uma boa noite de carinho,
Fernandinha

Pitanga Doce disse...

E, afinal, não somos nós quem provocamos os temporais, Poeta?

Sonhadora... disse...

O teu gritar q te traga a felicidade vinda de tão bela natureza.

bjos e bons sonhos!

Multiolhares disse...

Quando gritamos calados
rebelamo-nos sozinhos,
só quando deixamos as
brisas das palavras fluírem
acariciarem ou açoitarem
outros ouvidos serão entendidas
e o caminho passa a ser decorado
por outras vozes audíveis

beijos nossos

Juani lopes disse...

Pues sigue gritado poeta, que a mi me gusta escucharte
saluditos

mariam disse...

Poeta,
esse grito sentido, é d'uma enorme beleza, como o são as imagens captadas...de esperançosos verdes.

dia bom.

um sorriso :)

mariam


ah!obrigada p´lo poema, e, de Martinho, também me arripiam as "suas" "Mulheres" :)

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
achas ?
,
não sei se gritarei ,
sou o aryyyyyy . . .
ou,
sou o toyyyyyy . . .
,
maresias de amizade,
e
pilipares para o lago,
deixo-vos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
linda,
a florbela espanca é outra , , ,
heheheh
,
jinos mareantes,deixo-te,
,
*

Teresa Durães disse...

por vezes a solidão pesa

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga doce
,
com o beija-flor,
ao amanhecer não acredito . . .
,
maresias solarengas. deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
,
os verdes da Irlanda,
um mundo verde,
num maduro mundo . . .
.
sonhadas maresias, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
o caminhar dos trilhos
vozeando palavras
cantando caladas
em silêncios revoltos
fluindo brilhos,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
juani lopes
,
gritarei amiga,
até que nos Pirenéus ressoe,
,
estrelinhas de mar, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
um grito de verde irlandês
,
vi jardineiros, em plena praia,
em sítios onde as vagas chegavam,
a recuperarem diversas plantas,
em Portugal é impensável,
,
um mar de sorrisos, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
e prende,
o que é dramático . . .
,
piipares,
,
*

Utopia das Palavras disse...

Grito com face
de maré viva
grito ávido
de outros gritos
grito eterno,
eco da vida

Abraço
ausenda

poetaeusou . . . disse...

*
utopia das palavras
,
grato
pelas tuas palavras,
,
não consigo,
entrar no teu blogue.
desculpa,
.
fica aqui o comentário,
*
a mudança
é o renascimento,
cristal da verdade
que omite o tormento,
semeia a bondade
recolhendo a esperança,
,
maresias de iodo, envio-te
,
*

gotadevidro disse...

Há gritos que duram uma vida......

Lindo

Um beijo

missixty disse...

Sem dúvida que a arte seja ela qual for, compensa muitos revezes na vida. Quando estou a fotografar ou a postar no meu blog, até esqueço tudo. Mas não nos devemos calar,devemos gritar e bem alto. Bonitas imagens!

Isabel-F. disse...

e fazes bem ...


não devemos calar a nossa voz em relação àquilo em que acreditamos.


bjs

Carla disse...

em tons de verde de pintam estes gritos que afastam a solidão
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
,
gritos,
nas nortadas de maresias.
em gotadevidro feitas,
,
marés de ternura, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
missixty
,
mesmo que a voz nos doa,
grato pelas tuas palanvras,
,
marés de luz,
envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
calar, é desistir.
da vida . . .
,
buzios sonantes,
nvio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla,
,
o verde comunga
com a solidão,
deixando a
esverdeada esperança . . .
,
brisas esperançosas
deixo-te
,
*

Chinha disse...

Gritarás, porque há gritos que todos têm que ouvir...São os gritos de poeta...Um poeta que tu és....

Bjinho

Hoje é em força....:)

GarçaReal disse...

Se és Tony...Pois não sei
Mas de Ary há muito em ti.

Daí o achar que o poema devia ser musicado.

Bjgrande do lago

Deixo a garça para voar com a gaivota

Iana disse...

Poeta amigo....

Nos temporais da vida
não ficará sozinho
por isso não temas
seu amor deitara em seu colinho
ao ouvir seus poemas

e conchinhas de amor em todo canto
vai jogar... e em seu manto terá as cor do mar...
e não irá mais gritar...

beijos doces da rosa amiga sempre
Iana!!!

Esmeralda disse...

Grita o teu grito mudo alto e em bom som...
...pode ser que seja ouvido, sentido, e nunca desperdiçado.

Desejo sorte ao teu grito, aquela que o meu nunca teve.

beijocas

Carol disse...

Olha, eu estou com a Garçareal!

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
e ninguém cala os poetas,
eu pseudo-poeta . . .
a começar por Alegre,
a mim ninguém me cala, diz
ou o popular, Aleixo,
,
Que importa perder a vida
em luta contra a traição,
se a Razão mesmo vencida,
não deixa de ser Razão
,
Sem que discurso eu pedisse,
ele falou, e eu escutei.
Gostei do que ele não disse;
do que disse não gostei.
,
gritadas conchinhas dou-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
GarçaReal
,
amiga
escrevi Toy...poeta e cantor...
bom poeta acredita,
,
ary,
dos anos 70/74,
no montecarlo
rua filipe folque,
ao curry cabral,
,
Serei tudo o que disserem
por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
falso médico ladrão
prostituta proxeneta
espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado não!
,
in-José Carlos Ary dos Santos
,
vagas de amizade, envio-te,
,
*

rouxinol de Bernardim disse...

Há gritos que se ouvem no mundo inteiro!!!

Parabéns!!!!!

Sol da meia noite disse...

Gritamos silêncios...
Que rompem palavras...
Semeamos nos ventos...
Revoltos quereres...

Jinho *

poetaeusou . . . disse...

*
*
I
iana
,
palavras bonitas
de uma rosa iana
rosa decantada
cantada por quintana
oh rosa rosada
espalhando odores
que toca um qualquer
roseiral, flores
minha rosa . . . mulher
,
canteiro de conchinhas
em marés de carinho,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
o meu tambem.
ninguem o ouve,
mas,
coninuarei a gritar,
aqui, agora e sempre,
,
conchinhas de um sol,
que desponta,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carol,
,
contarei com as duas, amiga,
,
vou tentar convencer a deolinda,
está em voga . . .
,
brisas de simpatia, deixo,
,
*

Esmeralda disse...

Poeta eu já não grito mais...
...fiquei rouca e percebi que a minha voz, o meu grito são demasiado bonitos para os ouvidos que eu queria que ouvissem.

poetaeusou . . . disse...

*
rouxinol de bernardim
,
e vila do conde
aporta pelo mar e pela net,
,
o que me faz recordar,
o abade sousa maia,
o estudioso da pré-história,
o homem das antelas e mamoas,
,
um abraço, amigo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
ventos revoltados,
silenciando quereres
gritando romperes
de poemas semeados
,
brisas de jinos,
envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
não desistas, amiga,
,
há caminhos não andados,
que esperam por alguem,
,
gritos de mar, envio-te,
,
*

Eduardo Aleixo disse...

A palavra não vendida...

Não há coisa mais sagrada, amigo.

Gostei muito, sim.

Se estiveres só, nunca o estás, na casa dos poemas com palavras nunca à venda.

Um abraço.

EA

Esmeralda disse...

Já desisti Poeta...
Por acminhos andeie andaria se não me tivessem negado o caminhar.

Desejo-te muita sorte.

beijocas

poetaeusou . . . disse...

*
Esmeralda
,
tu o saberás, amiga,
,
estou sempre por aqui,
sempre trocamos ideias,
,
marés de força, deixo,
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

A mensagem seguirá seu caminho...
Não será o Mar um bom condutor?

O verde e o mar levarão bem longe o teu grito :)))


conchinhas,

Iana disse...

Poeta amigo

Receber seu sua amizade em forma de carinhos
faz-me sentir tão leve
voando como um passarinho

recebendo conchinhas
me alegro
deixando flores eu parto

Beijos amigo
Obrigada por essa amizade
Com carinho
Iana!!!

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,

achas amiga ?
posso confiar ?
hoje vou postar o mar ...
e
desafiando a lógica . . .
talvez consiga . . .
,
conchinhas te deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eduardo Aleixo
,
já vi que
me compreendes,
e que sentes
aquela raiva
nos dentes,
já vi que
me compreendes . . .
in-sérgio goinho,
,
um abraço amigo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Iana
,
A amizade perfeita apenas pode existir entre os bons,
,
in-aristóteles
,
brisas nocturnas,
,
*

Filó disse...

Nestes verdes de silêncio
que soprem os ventos
Venham nortadas, levem o grito deste Poeta, sua voz seja notada !


Um abraço amigo

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
nas nortadas agrestes
peço aos ventos expeditos
que levem meus gritos
em cores verdes aladas
pela filó cantadas
sonantes, celestes,
,
maresias nocturnas,
mando,
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

Junto ao mar ouvi o seu GRITO...
Grito do Poeta do Mar!

Lindíssimo este poema...

e
.
.
...continue a gritar...

(sabe,hoje à tardinha, fui espreitar o mar da Ericeira...estava lindo,verde-esmeralda...)

Um Abraço amigo e muitas estrelinhas do mar

Lena disse...

passei para apanhar aquele "bol d'air pur"...


um beijo

The Hazy Looker disse...

Lindíssimo. Adorei a força e rebeldia de um grito que não se pode parar.

Um beijo grande.

daniel disse...

Poetaeusou

Poema, parece que com menos suavidade. Tudo faz parte, da vida, afinal!

Um abraço,
Daniel

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
adoro a ericeira,
azenhas do mar,
e todo aquele litoral, de
santa cruz á praia das maçãs,
,
brisas mareantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
logo temos o mar
do canto ao vivo,
,
conchinhas, deixo,
,
*

gaivota disse...

meu querido amigo e amiga que eu sei!, também vou gritar!
gritarei, até que se faça ouvir toda a verdade!
gritarei altro e bom som, que de muda já não faço mais...
bjinhussssssssssssssssss

Maripa disse...

Chegou aqui o eco do teu grito...

Grita,vê se consegues acordar os que acordados andam a dormir...

Abraço,poeta amigo.

MEU DOCE AMOR disse...

Chegando cansada...lindo!

Vamos gritar então.Amanhã vou aí e damos um salto so Sítio e vamos lá gritar.De certeza que alguém ouvirá!

Um beijo doce ao Poeta Querido do Mar:)

Maripa disse...

...desculpa...parece que eu não gritei,berrei.
Até o comentário saiu em duplicado.

Abraço.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

É isso, palavras não vendidas...
maravilhoso.
beijos, apareça.

Marlene Maravilha disse...

Com estas lindas palavras nao ficarás só nunca!
Mas eu gritarei muito alto: Que lindos vídeos e fotos!!!!!
Este blog é realmente especial.
Beijo enorme!

poetaeusou . . . disse...

*
The Hazy Looker
,
gostei, amiga,
,
obrigado
,
brisas lunares, envio-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel disse...
,
a agressiva
suavidade,
,
abraço
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Tsssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
vamos gritar
do bico da memória,
,
para nos ouvirem melhor
.
pilipares,
,
*

Duarte disse...

Belos lugares os daquelas terras!

Sendo como es
nunca estarás só.
Gritos de impotência,
situações adversas,
murros na mesa...
quem nos segue?
Silencio
na palavra...
sempre sós!
"amarrados aos poemas"

Um grande abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Maripa
,
amplia-o, amiga ,
faz eco, por favor,
,
maresias nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MARTHA THORMAN VON MADERS
,
se é amiga, se é . . .
,
marés de jinos, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
grato amiga,
sempre simpática,
sempre benevolente,
,
conchinhas
deixo
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
ai nazaré
que lindo é,
ter a ventura
de ir ao sitio para te olhar,
,
jinos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
grato, amigo,
,
uma boa noite, desejo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maripa
,
acontece muito, comigo,
,
noite feliz, amiga,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
ssst, ssst, ssst,
,
noite feliz, mereces,
,
*

Joe disse...

Realmente, belo texto. E quem quer que tenha dito que dava uma boa canção, tem o meu apoio.

poetaeusou . . . disse...

*
Joe
,
não quero espancar,
a florbela espanca . . .
,
saudações,
,
*

Joe disse...

Ela mesma se "espancou" ;)

poetaeusou . . . disse...

*
joe
,
quando não se aceita,
o sistema acontece . . .
,
*