setembro 19, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>> troncos <<<<<<<<<


tronco amarrado
a amarrado olhar
espelhos da vida
enredando ramas
braças enlaçadas
apertados abraços
sangrando a seiva
seivando o sangue
veias trespassadas
rasgando as noites
poema e fotos:poetaeusou

40 comentários:

Duarte disse...

Esplendidas e bonitas árvores...

Braços em busca de luz,
ramagens que se torcem,
doridas do largo estio,
do longo dia.
Plácidas no reencontro,
da longa noite.

Saudações amigas

sofia disse...

.....muito giro....

lua prateada disse...

A gentileza e o amor de uma pessoa podem mudar a vida de milhares,por isso neste fim de semana dá a todos que encontrares o amor e gentileza de que precisam.
Óptimo fim de semana...
Beijinho prateado com carinho

SOL

Gerlane disse...

Lindos versos para lindas árvores, poeta!
Gosto desses braços enlaçados na imagem e na poesia.

Um bom fim de semana!

Abraços te deixo!

Ana disse...

Mmmmmmm, essas árvores têm cara de irlandesas.
Quase cortava a cabeça...

Bem bonitas por sinal

Abraço

Esmeralda disse...

Falas de abraços como sinónimo de dor...

Ana Martins disse...

Troncos com vida, testemunhas de décadas e décadas de abraços com amor...

Bom fim de semana.
Beijinhos

Chinha disse...

Adorei a associação entre a natureza e o ser humano.Esse entrelaçar de poema está muito belo

Belas as fotos

bjinhos

gaivota disse...

que lindas fotos, poeta! e um peoma de rasgar a noite...
continua a ser verão pro estas bandas, calor, muito entusiasmo e "nervoso"...
e gaivotas, pero hablan español...
piliparesssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
volveres sossegados
atravessando a noite
na busca do sol . . .
,
abç.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sofia
,
grato,
extensivo á visita,
,
um mar de encantos, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
é . . .
semeia o respeito á tua volta,
e colherás amor . . .,
,
um mar de carinho, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gerlane
,
poesias
são folhas
levadas pelo vento
feitas alimento
das verdes maresias,
,
um mar de ternura deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
Genuínas . . .
do maior parque de dublim
o pitoresco são os cogumelos
gigantes, que se destacam da
arvore, em pleno mês de Setembro,
o que prova o denso clima pluvial
deste esverdeado país . . .
,
um mar de verdes, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
dor, alegria, tristeza, amor,
um abraço, poderá cingir
todos os sentimentos do mundo,
,
um mar de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana martins
,
arvore,
abrigo dos sentires
entroncados em si . . .
,
um mar de abraços, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
poemas
entrelaçados
entroncados
em arvore jardim . . .
,
um mar marés de beleza, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
á miiiga,
,
a praia já está como eu gosto . . .
,
olha
que o franco nasceu nesses lados,
não te acauteles, não …
,
vom pra leiriiiia,
ver a mamma mia,
boa sorte para a rapaziada . . .
,
ilipares
,
*

Filó disse...

Amigo Poeta

Árvores entroncadas, ramadas
Falam da vida, são sábias
Muito teêm para contar , basta querer ouvi- las !

Magnífico poema
Um abraço

Multiolhares disse...

os cogumelos podem nascer onde lhes apetecer até em uma arvore

beijos nossos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo Poeta, postagem *****, adorei!
Tenho uma gaivota para ti, no meu post poemas, capteia ontem á tarde!
Bom fim de semana e muitos beijinhos de amizade,
Fernandinha

mariam disse...

um grito!
é um poema fantástico!

...adorei a sua referência a ser trovador de trovas caladas, tão bonito!

bom fim-de-semana
um sorriso :)

mariam

(tenho sido pouco assídua... mas a falta de tempo, não me tem permitido!sorry.)

Pitanga Doce disse...

Troncos fortes, assim, lembram-me as mães.

abraços com sol

Sonhadora... disse...

Lindas fotos, combinando com o delinear do poema.

Braços a abraçar
Como ramas a apertar
O céu a deslumbrar
A seiva nata em flor
Deste belo versejar!

prá ti...

bjos e um fds bem lindinho!

Sol da meia noite disse...

Vidas amarradas...
Desesperados braços que se estendem...
Sangrando dores...
Enlaçando noites...

Beijinho *

daniel disse...

Poetaeusou

Tal como o humanidade, também as plantas estão dispostas, com a sua seiva,
a receber a ode de um poeta.
Um abraço,
Daniel

mdsol disse...

"sangrando a seiva
seivando o sangue"

soa super, a sério!

:))

Eduardo Aleixo disse...

Elas são como nós
Nós somos como elas
- as árvores.
Gostei tanto!

EA

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
ouvir as árvores,
magnifica imagem …
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
não duvido. . .
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
vou já cuscar,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
agradeço as tuas palavras, as
visitas não são uma obrigação . . .
,
marés de felicidade, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga doce
,
existem mulheres
que são autenticas heroínas,
,
conchinhas nocturnas, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
,
belo poeminha,
obrigado,
,
ramadas de maresias,
deixo-te.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
vida enredada
sangrada
espelhos do nada
desfasada
em ilusões sem fim,
,
brisas nocturnas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
uma ode á natureza,
simplesmente . . .
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
seiva vida
vida sangue
de verdes profundos,
em cavados abraços . . .
,
marés de cristal, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
eduardo aleixo
,
troncos
a firmeza no olhar,
,
saudações
,
*

R.G. disse...

Troncos...
que nos prendem o olhar,
abraçam a alma,
e nos fazem esquecer a solidão.

Beijo Perdido

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
ignorar
o tronco da vida,
é olhar para . . . o lado
,
brisinhas nocturnas,
deixo,
,
*