setembro 28, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> f u s õ e s <<<<<<<<<



misterioso outono
de trilhos ventosos
dispersando folhas
de sabor primaveril,
coloridos assombros
entrelaçam quereres
prazeres deleitados
nas infindas fusões
poema e fotos:poetaeusou

50 comentários:

Duarte disse...

Belos jardins, tanto pelo desenho como pela variedade e qualidade das plantas que o ornamentam.

Outono,
encruzilhada,
tempo de retorno.
Tudo volta à origem,
à terra, ao leito:
reencontro, lindo.

Um grande abraço

Multiolhares disse...

As folhas voam ao vento no Outono,
temos de as deixar voar, para na primavera poderem novamente brilhar
beijos nossos

Filó disse...

Uma fusão perfeita.
Uma mistura de sabores Primaveris
Com paladares de Outono, chegados
prazeirosos e deleitados !


Magnífico poema ,Poeta

Um Abraço,

Pitanga Doce disse...

O Outono é bom para ler, escrever e acalmar os sentidos.

Aqui vai Inverno. E agora????

GarçaReal disse...

No caír da folha , existe uma promessa de renovação na primavera que virá.
O vento levará as folhas velhas...

Bjgrande do Lago

Bom Domingo

Sol da meia noite disse...

Tempos se confundem...
No Outono dos mistérios...
Nas folhas que perduram...
Acontece a Primavera...

Jinhos * *

Sonhadora... disse...

Os mistérios do outono, onde os corações se fundem entre os galhos das árvores e promessas deixam em seus caules.

lindas fotos...

bjos carinhosos!

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que o misterioso outono traga sempre palavras belas...
Como belas são tuas fotos.
Que os Anjos da Inspiração estejam sempre contigo.
Tua presença em meu mundo deixa um rastro do maravilhoso mar...

Pérolas incandescentes de sabor de outono entrego em tuas mãos.

Eärwen

Bill Stein Husenbar disse...

Bonitos esses jardins.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Ricardo Galvão de Mello disse...

o outono e misterioso.. e lindo por si só, assim quem a ele se apegue, nunca dele se esqueçe!

Lindissimo poema poeta.. cada vez mais magnificos!

aqui deixo outro de minha autoria


Livre vivo

Chega! Chega
De pontos de exclamação
De pontos de interrogação!

Não mais vontades
vão ficar para trás!

Está na altura
De voltar a ser audaz!

Altura esta
que me vive

Quero rejuvenescer
ser mais que um moribundo alguém

Quero ser só teu
Dar-te a ti toda a minha vida

Vida esta que
quero não somente partilhar comigo, mas contigo!

Quero viver vivER VIVER!
Gritar LIBERDADE!

Sentir-me não mais que eu, nao menos que tu...
somente sentir-me como "nós"...

São disse...

Que bonitos ...os jardins e o poema.
Feliz semana.

Rosa Maria disse...

Para este dia especial para mim, umas fotos especiais...

Eu amo o Outono!

Beijos

Lena disse...

Vim ver meu mar
e encontrei um jardim, cores de outono...
ja estamos no outono, com o inverno quase a porta...
como o tempo passa depressa !

optimo domingo poeta

um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
duarte
,
nasces das cinzas,
em cinzas te tornarás,
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
caem as folhas
no sacrificado Outono
abrindo caminho
á regeneração da primavera . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
o calmo Outono
cheirando a terra
sabor a mosto
fusão em vinho,
,
raios solares de Outono,
envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
e agora ?
vai saber novas do biólogo . . .
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
a anual renovação,
ciclos de vida
diferente da nossa,
com um só ritmo,
nascer, sofrer, morrer,
ou morrer será a nossa renovação …
já pensaste nisto …
,
vivaços pilipares, envio-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
folha caída
vivida
atitude estóica
heróica
de perecer
e uma nova folha, nascer . . .
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sonhadora
,
promessas caídas
por cumpridas
galhos renascendo
e folhas novas …crescendo
,
maresias carinhosas, envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Eärwen Tulcakelumë
,
outono
preparação da primavera
ciclos pelos anjos vigiados …
,
brisas incandescentes, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Bill Stein Husenbar
,
grato, fico,
,
Irei ao teu cantinho,
,
Saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ricardo Galvão de Mello
,
liberdade
na
igualdade
,
gostei
,
um abraço,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
grato,
bom domingo,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
,
outono,
o maduro ciclo da vida,
,
maresias especiais,
deste teu dia,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
marés coloridas,
arvores floreadas,
flores entre verde,
num olhar de mar . . .
,
amanhã voltarei,
ao "nosso" mar . . .
,
floridas marés,
deixo-te,
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

Que belas fusões de palavras e imagens que se conjugam na perfeição com a música escolhida...
O Outono é misterioso sim... Aquece-nos a alma, envolve-nos num calorzinho morno, adoça-nos, mas por outro lado, traz-nos melancolia...
Ainda assim,gosto muito do Outono...(e tão bom,lá para o mês que vem, comer castanhas assadas embrulhadas em papel de jornal,agora revistas,a olhar para o mar, ...)
Um Bom Domingo Outonal (ventoso hoje)
e
O Abraço de sempre com muitas *** do mar

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
É como se empurrasse o Outono diante;
é como se empurrasse o nevoeiro.
Quem sabe a desventura do seu fado?
Quem olha para o homem das castanhas?
Nunca ninguém pensou que ali ao lado
ardem no fogareiro dores tamanhas.

Quem quer quentes e boas, quentinhas?
A estalarem cinzentas, na brasa.
Quem quer quentes e boas, quentinhas?
Quem compra leva mais amor p'ra casa.
,
in-ary dos santos,
,
ventos fortes (hoje) de amizade,
deixo-te,
,
*

Ricardo Galvão de Mello disse...

Querida... Poesia...


Cada vez mais,
ocupas um maior espaço,
fazes-me sentir bem,
libertas-me...


Sigo por linhas,
entrelinhas,
onde o sentimento nao esconde
mas sim nasce, aparece


Fazes-me ser sentido,
sem palavras pelo meio a complicar
fazes-se ser entendido,
pelo que sou e nao pelo que pareço


Fazes um novo sentido,
para a minha vida,
faço tudo por ti
fazes tudo por mim...


Obrigado... Querida Poesia...




Sinto-me vivo... cestou com um enorme brutar de palavras dentro de mim... nunca mais acabam... este foi o meu ultimo, grande abraço...

obrigado Poeta...

poetaeusou . . . disse...

*
Ricardo Galvão de Mello
,
a poesia,
é a alma dos sonhadores. . .
,
abç,
,
*

The Hazy Looker disse...

Mais um belo poema que aqui encontro.
Outono de mistérios, saudades primaveris, novos ventos, novos quereres.

Um beijo grande.

Isabel-F. disse...

belo poema ...


com tua licença irei utilizá-lo numa das minhas imagens que preparei para este Outono. valeu?


beijinhos e desde já obrigada ...

cristal disse...

Poeta

Obrigado pelas castanhas....Estas não vêm embrulhadas em papel de revistas côr-de-rosa não, vêm embrulhadas em palavras de ternura e...foram trazidas pelo vento...rsrs

Obrigada pelo carinho.

Outro Abraço e um "cartuxinho" de sorrisos :)

poetaeusou . . . disse...

*
The Hazy Looker
,
outono,
de olhos rasos de primaveras, em
regredidos vendavais de sonhos,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
isabel-f.
,
sabes que sim, amiga,
,
brisas de fim de domingo,
deixo
,
*

com tua licença irei utilizá-lo numa das minhas imagens que preparei para este Outono. valeu?


beijinhos e desde já obrigada ...

poetaeusou . . . disse...

*
cristal
,
sim,
envoltas num manto de carinho,
pelas brisas trnsportadas,
em maresias de amizade,
,
buzios sonantes, deixo-te,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

E agora?

Com trilhos ventosos
Dispersando em ti
Beijos saborosos.
Coloridos assombros
Dormindo no meu querer
Que carrego nos meus ombros
E a sorrir com prazer

E agora?

Doce beijinho
Abraço apertado
Muito miminho
Em colinho aconchegado

Ana Martins disse...

"...prazeres deleitados
nas infindas fusões..."

Muito lindo, e as fotos tambem.

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
percorro o trilho
para o colo mimado,
surpreendido, espantado,
sem palavras, sem brilho . . .
,
agora, foi . . .
,
brisas outonais,
,
*

gaivota disse...

lindo jardim que agora nos mostras,
por onde andas tu???
este outocno está suave, quentinho, uma chuvita para fazer de conta...
será retorno ou fusão?
pilipares

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
folhas coloridas,
desfolhando outonos,
,
maresias de iodo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
será retorno ou fusão?
,
será o que quiseres . . .
fica ao arbitrio de quem lê,
,
hoje parecia o mês de agosto...
,
pilipares,
,
*

Perdido disse...

Melhor fusões do que ... confusões. A ausência ou presença de prefixo indica ausência ou presença de companhia. Ora, não precisávamos de saber como chegas aos teus "prazeres deleitados".

Deixando-nos de brincadeiras, pergunto: Porque carga de água anda agora todo o mundo numa de Outono? Por ter chegado agora? Bolas, chega todos os anos na mesma altura! Podiam falar da morte do Paul Newman, ou do debate dos candidatos americanos, ou no livro do Marques Mendes. qualquer coisa que se possa dizer: É uma notícia radical! Ou, como diria o Bocage: "Novas, novas! ...".

Está bem! Não fui eu quem criou o mundo, logo não tenho que compreendê-lo. Debrucemo-nos sobre o "misterioso outono" enquanto não for varrido para o caixote de lixo dos manuais escolares pelo aquecimento global. Então o verão de S.Martinho irá até aos santos populares do ano seguinte carregado de trombas de água para impedir os incêndios florestais.

Cantemos e celebrizemos, pois, o Outono com os seus "coloridos assombros" para os nossos netos lerem espantados como nós lemos as cenas bíblicas escritas pelos nossos avós.

Shadow disse...

Feliz por te ler
Uma vez mais
Saio daqui embalada
Onde imagem e texto
Encaixam na perfeição
Simpático poeta...

Bjs,
Shadow

poetaeusou . . . disse...

*
Perdido
,
e esta semana aconteceu . . .
na tua prosa . . .
,
abraço
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Shadow
,
sim ...
as tuas palavras,
encaixam perfeitamente,
no meu ego,
obrigado,
,
nocturnas maresias, deixo,
,
*

mariam disse...

tão lindos (os jardins) desse Outono do seu contentamento...fantásticas fusões (essas)...

boa semana semana

um sorriso :)
mariam

poetaeusou . . . disse...

mariam
,
camané,
botanica,
e sonetos,
ao meia da noite,
que delicia,
,
conchinhas
,
*

Ana disse...

Ai jardins da Irlanda, quem nos dera cá...

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
hectares e hectarsc de beleza,
,
conchinhas
,
*