agosto 13, 2008

>>>>>>>>>>>>>> ventos gemidos <<<<<<<<<


a cor do vento
do teu olhar
são asas soltas
voando loucas
cheirando a mar
ventosas cores
do meu tormento
suplicas roucas
ventos gemidos
sussurrando amores
poema e fotos: poetaeusou

48 comentários:

gaivota disse...

outros dias de mar, sem palecos...
fui à feira, gastei o que tinha e o que na tinha...
até gemi, como o vento...
mas a noite está linda!
beijokinhas

Chinha disse...

" A cor do vento do teu olhar"

Fantástica esta frase...Um encanto.

Este poema está fantástico

"Ventos gemidos sussurrando amores"

Belo

As fotos lindas

bjinhos em conchitas

Miosotis disse...

... lindas imagens feitas de palavras, tu tens, 'poetaeusou'!

Gostei particularmente de 'a cor do vento/ do teu olhar'...
Um poema lindo, complementado com cores serenas... mas sombrias das tuas fotos!

Sensibilizada pelo teu olhar em 'fragmentos'!

Um raio de luar... já que luminosa está a lua!
... para retribuir as tuas 'conchinhas' com aromas de maresia :)

tulipa disse...

Esta música é espectacular, eu adoro. Obrigado pela partilha.

De certeza que já sabes que para completar um look o mais importante são os acessórios...

Mar
sempre Mar
espuma
ondas de paixão
vento e maresia
presos na mão
ao longe,
as gaivotas
gemem de prazer...

Beijinhos.

Ana Diniz disse...

Novamente os elementais da natureza - ar e água - a interagir com a tua paixão...

=========================

Estou saindo de férias...

Vai lá ver o post.

Beijos,

Ana.

Gabriela de Sousa disse...

Ainda que não pretendesse assemelhar-me também aos vários comentários acima, também sou da opinião de que "a cor do vento do teu olhar" é, sem dúvida, a frase que mais me chamou a atenção.
Dos poemas que comentei até agora este foi o que me agradou mais.
Parabéns pelo poema!

Beijos

Isabel-F. disse...

gosto de ouvir vento ...


belas as fotos que escolheste.

beijinhos



p.s.: já tenho o teu poema publicado

Juani lopes disse...

Hoy aqui el viento sopla que no veas
saluditos

Paula Raposo disse...

Gostei das fotos, gostei de te ler...beijos.

mdsol disse...

a cor do vento
do teu olhar
são asas soltas

E viva a liberdade! Assim habitadinha!

conchitas da cor do vento com muitas asas soltas

:)

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota,
,
linda
hoje vou tentar ir,
tenho um frasquinho
com moedas pretas,
soma 4,83, euros
sempre dá para um do
fantomas, li todos 96 livros.
tinha 10 anos, e do salgari,
verne, balsac, tolstoi,
zola 24 horas da história
de uma mulher, ……….
e a letra escarlate,
e como reconquistar
a nação lusa em 24 horas,
tese de franco, em estratégia militar,
foi quando o “botas” descobriu
o “ferrolho” assim uma espécie,
do quadrado italiano do
teu hóquei em patins . . .
,
á miga, esta lua cheia . . .
,
pililipares,
,
*

Teresa Durães disse...

o voo como libertador. linda a primeira fotografia

poetaeusou . . . disse...

*
chinha
,
sei que és sincera,
grato amiga
,
sussurrantes conchinhas,
deixo-te,
,
*

Ana disse...

O vento e a espuma. Gemidos do mar.
Um beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
miosotis
,
ajuntados fragmentos,
são as tuas palavras,
miosótis em aromas
no luar do teu canteiro . . .
,
coloridas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
irei dar importância
á importância dos acessórios,
,
conchinhas look, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Diniz
,
irei ao teu post,
,
talvez encontro o fogo
para juntar ao ar e agua,
,
conchinhas de amizade, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
é talvez a ventania
que ainda á pouco poucochinho,
,
conchinhas ventosas, deixo,
,
*

Marta disse...

Estes poemas são sem dúvida soberbos :D
O vento está nas inquietudes da vida.

Gostei, parabéns :)

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
aqui
as nortadas de fim de tarde,
,
e o vento do norte,
soprava, soprava . . .
,
conchinhas mareantes
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha
no teu gostar . . .
eu gosto, que gostes,
como tu sabes . . .
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
já chegou a liberdade,
só não percebo
é porque tem que ser avermelhada,
se eu gosto mais de violáceas,
hehehe
,
olha a liberdade
papoila ao vento,
na leziria feita mar . . .
,
conchinhas ao vento, dou-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
liberdade,
sussurrando ao vento,
que a leve para alem ... do alem,
,
vagas de luz, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
espuma,
salpicos de liberdade,
,
gemidas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gabriela de Sousa
,
grato fico, amiga
,
os olhares,
são, tambem, a cor da vida,
o vento o seu mensageiro,
invisivel ... mas que nos toca,
a pele, os sentires, a alma ...
,
conchinhas de mar, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marta
,
a inquietação do vento,
guia-nos nos trilhos da vida . . .
,
conchinhas,
,
*

daniel disse...

Poetaeusou

Recantos, com a beleza marítima, onde se mistura a sempre interessante poesia.
Daniel

sokitsym disse...

Muito bom, mesmo!

Sol da meia noite disse...

E no olhar que nos olha vemos a cor do vento...
Ouvimos o seu gemido...
E voamos nas asas da loucura...
Desse momento que olhamos...

Belíssimo, meu amigo...!

Beijinho *

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo, fiquei deliciada com a tua primeira foto... Um espectáculo!
o teu poema um encanto, Poeta!
Um milhão de beijinhos, com sabor a mar,
Fernandinha

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
muito aquem,
das tuas prosas, amigo.
,
abraço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sokitsym
,
fico grato
pela visita ...
,
abç,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
no olhar
do vento alado
odor colorado
entre sussurros mil
gemidos de cor de anil
voam nas asas do mar
,
suplicantes conchinhas,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
fernandinha
,
gostaaastisss ???
hoje vou postar
uma outra,
fotada no mesmo local,
para ti,
,
douradas conchinhas,
dou-te,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Ai Poeta...

Hoje doi-me o Olhar...

Qual a cor que o vento terá?

Um beijo Querido Poeta do Mar

Marlene Maravilha disse...

Ainda bem que posso entrar neste espaço e deliciar-me com esta beleza de palavras!
Lindo dia!
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
o vento, meu doce ?
,
tem a cor do teu sentir !!!
,
ventos de carinho, amiga,
deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marlene Maravilha
,
sempre, amiga,
refletes "aquela" luz,
e ELE é nosso amigo !
,
conchinhas de luz, deixo,
,
*

Filó disse...

Depois de um dia um tanto difícil...chegar aqui a este seu cantinho e ouvir estes ventos gemidos, sussurrando amores....
Soltei asas e voei .....!
Mais um lindo poema, fotos e música...perfeito....
Vivas ao Poeta !!!!

Um abraço

Multiolhares disse...

Sinto o sussurro da bruma
Em gemidos de amor
Sobrevoando o nosso mar

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
e os meus olhares
ficaram rasos de gratidão,
com as tuas ventadas palavras,
,
soltadas conchinhas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares,
,
luna
,
luar
sussurrante
ciciando ao vento
sabe, só quem sente,
,
beijos nossos
,
*

Maria P. disse...

Uns dias gemidos, outros sorrisos...
Quintana sabia...(vê a Casa, quando puderes)

Beijinho*m*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
nas asas do vento, fui,
e ... agradecido estou,
,
bj,
h,
,
*

cristal disse...

Olá Poeta

Poema lindíssimo...

"..a cor do vento
do teu olhar
são asas soltas
voando loucas
cheirando a mar..."

Estou sem palavras....

Parabéns pela junção das palavras, imagens e música...

Um abraço e um enorme sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
grato
pelo teu
comentário cristalino,
,
marés de maresias, dou,
,
*

mariam disse...

belo! o canto desses sussurros...

e a sua terra é linda, e inspiradora...

fique bem

eu estou quase quase
no "dolce fare niente"

um sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
tira o máximo,
do teu,
"dolce fare niente"
,
que o voar das maresias
te acompanhe,
,
*