agosto 12, 2008

>>>>>>>>>>>>>> na margem da noite <<<<<<<<<


na margem do dia
transpiro os aromas
das noites suspensas,
odores de maresias
bailam há luz da lua,
nos salgados leitos
silhuetas contorcidas
cansadas, desfalecem,
em desaguados êxtases
poema e fotos: poetaeusou

48 comentários:

gaivota disse...

quando as noites têm destas margens...
que sufoco aliviado...
na noite de breu!
pilipares

Filó disse...

Poeta ,

Que poema lindo ..
Palavras ditas com tamanha sensibilidade...
Um olhar cheio de ternura, abrançando um mar , pleno de luar e brilho de estrelas ...
Um bailado perfeito ao som do eterno romântico Júlio Iglèsias

Obrigado por este momento luminoso!!!

" O luar é a luz do sol quando este está a sonhar"( Mário Quintana)

Um abraço e muita luz como esta !

Gabriela de Sousa disse...

Durante o dia as flores podem abrir com a luz e calor do sol, durante a noite as estrelas ornam a luz da lua, mas aqueles (breves) minutos compreendidos na passagem do dia para a noite, pelo pôr do sol e pela transformação da Natureza para uma nova realidade são, de facto, únicos.

Beijos

Nanda Assis. disse...

lindas imagens foi vc mesmo que tirou as fotos?
bjosss...

daniel disse...

Poetaeusou

Com boa poesia o pôr do sol e o bailar da lua procam recordações de magia,
Daniel

Isabel-F. disse...

Oi amigo,

Um belo poema ... será que o posso ilustrar e colocar no meu Blog? claro que indico e linko a autoria ...


beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
margens de lua cheia,
é uma especie de brancas
da batalha . . .
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Filó
,
amiga,
vou voltar ao quintana,
,
#Sonhar é acordar-se para dentro#
,
in-mario quintana
,
conchinhas românticas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gabriela de Sousa
,
as tardinhas
são o advento da noite,
em que a terra recebe
a luz das estrelas,
feitas gabriela . . .
,
conchinhas ao sol-pôr, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Nanda Assis
,
sim,
todas tiradas por mim,
excluindo as a preto e branco,
muito antigas, como se nota . . .
.
conchinhas de amizade,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
magia
das fotadas palavras,
,
abrç.
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
isabel-f
,
não se pergunta,
actua-se . . .
para mim, como sabes,
é uma honra,
,
conchinhas coloridas, do,
,
*

Isabel-F. disse...

obrigada ...


quando colocar aviso-te ...


bjs

Delfim peixoto disse...

Gostei da simplicidadedas palavras que tanto fazem as imagens aparecer nos nossos pensamentos.
Voltarei, certamente, se não se importar
Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
nada de nada,
,
a pérola do
indico manda,
,
conchinhas deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Delfim peixoto
,
gratificado, fiquei,
,
este canto, como sabes,
é aberto a todos,
,
abç,
,
*

Sol da meia noite disse...

Dias que aguardam noites...
Noites que aguardam dias...
Sentires que se vão esbatendo...
Aguardando o tempo de sentir...

Tempos de espera...
Nas margens do tempo...


Jinhos * *

Teresa Durães disse...

lindas fotos com a noite como fundo desse teu poema

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
esbatidas noites,
esperando as manhãs,
na margem do tempo,
do tempo cansadas,
por não terem o tempo,
deste tempo sem tempo.
e no tempo desaguadas,
,
conchinhas a tempo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
ocasos nocturnos,
voando por aí,
,
conchinhas
,
*

gotadevidro disse...

Olá amigo hipo....

Na margem do teu dia te leio e parto nos desaguados êxtases...
Belo

( Não sei se lá devas ir...)

ehehhe

beijo de uma gota

poetaeusou . . . disse...

*
gotadevidro
,
fui lá . . .
,
tomei tres banhos,
gastei um litro de creolina ...
,
conchinhas sem fungos, deixo,
,
*


Na margem do teu dia te leio e parto nos desaguados êxtases...
Belo

( Não sei se lá devas ir...)

ehehhe

beijo de uma gota

Chinha disse...

Pois............

Chego e em extase deparo com estes ocasos do dia para me arrebatar a alma.
Sabes....vi o sol nascer á 1 da manhã....Lindo......Ao vivo.

Não desfaleço , mas parto encantada.

bjinho em ti poeta

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
uma da manhã ?
já estive na grenolandia,
o dia durou o tempo que lá
estive 4 meses e o sol no zenite,
alasca ? polo norte ? ou
patagónia ? polo sul ?
a minha busca mental,
não chega lá . . .
,
háááá o candeeiro
do vasco santana, hehehehehe
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, o teu poetar está com muita sensibilidade, Tb outra coisa não era de se esperar perante tão belas fotos... Adorei!
Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

Chinha disse...

Bom............Capitais do Báltico

Por lá ainda estava a nascer à 1...Do navio era lindo de se ver. Escuridão de um lado e o clarear do outro

jinhos

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
achas, fernandinha ?
,
jinos da atlantida,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
andei por aí,
num cargueiro e em março,fomos ao
outro lado do baltico, Riga
Letonia - união soviética na época,
só vi gelo e submarinos russos,
levámos cortiça e trouxemos uns
caixotes para angola deves calcular
o que era, regredi uns anitos,
,
conchinhas nórdicas,
deixo-te
,
*

Iana disse...

Poeta...

A lua no céu
clareia esta imensidão
da noite...

Noite de luar
dois amantes a beira-mar

Não só escreves maravilhosamente
bem, como encanta todos nós
Grande beijo doce

Vim buscar conchinhas
Sua amiga
Iana!!!

Gerlane disse...

E teus versos e imagens sempre inundados de mar, também são um êxtase, poeta!

Beijos pra ti!

poetaeusou . . . disse...

*
Iana
,
atempadamente
no tempo,
as nossas palavras
cruzaram-se . . .
na margem da noite
e
simplesmente . . . rosa,
,
conchinhas
banhadas de luz,
deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
êxtasiado,
fiquei,
com as tuas palavras,
,
douradas conchinhas,dou,
,
*

mdsol disse...

Fica-se uns instantes fora do circuito e chega-se aqui e os por-do-sol são de modo a circuitarem os sentidos...

conchinhas de amarelo alaranjado a fugir para a cor de fogo que se esbate calmamente

:)

Multiolhares disse...

A noite sempre distorce
as silhuetas

beijos nossos

brisa de palavras disse...

Um imagem magnifica...com as palvras certas...
um abraço
brisa de palavras

Maria P. disse...

na margem,
não à margem...

Lindíssima imagem.

Beijinho*m*

mariam disse...

fantástico!palavras e imagens...

gostei dos êxtases dessas "noites suspensas"

boa semana
um sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
é no fogo
do teu olhar,
que alaranjo
o meu sol-pôr,
,
conchinhas em vértice,
,
*

Pagic disse...

Olá poeta:

Na margem do dia...

Gostaria de saber se a música como está,é bonita.

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
silhuetas dos sentidos . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
brisa de palavras
,
marés de brisas,
em suaves palavras,
,
conchinhas nocturnas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
da orla
do mar . . .
,
bji,
h,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
suspenso de mim,
fiquei,
com o teu elogio, grato,
,
gratas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pagic
,
na espera
da noite ...
,
amiga
a musica
enquadra-se bem no teu post,
notei um som que destoa, penso
que é de um instrumento
que eu desconheço ...
,
conchinhas mareantes, dou,
,
*

Chinha disse...

Pois...Foi uma visita a várias capitais do Báltico...Estónia( Tallinn) Lituânia(Claipeda) S. Petesburgo e muitas mais.

Falaste em Angola....Isso conheço a valer

bjitos

Juani lopes disse...

ya lo decia adamo
HOY PARA MI ES UN DIA ESPECIAL, HOY SALDRE POR LA NOCHE.
PODRE VIVIR LO QUE EL MUNDO NOS DA CUANDO EL SOL YA
SE ESCONDE.
PODRE CANTAR UNA DULCE CANCION A LA LUZ DE LA LUNA,
Y ACARICIAR Y BESAR A MI AMOR COMO NO LO HICE NUNCA

¿QUE PASARA, QUE MISTERIO HABRA?
PUEDE SER MI GRAN NOCHE,
Y AL DESPERTAR YA MI VIDA SABRA
ALGO QUE NO CONOCE

CAMINARE ABRAZADO A MI AMOR POR LAS CALLES SIN RUMBO.
DESCUBRIRE QUE EL AMOR ES MEJOR CUANDO TODO ESTA OSCURO.
Y SIN HABLAR NUESTROS PASOS SE IRAN A BUSCAR OTRA PUERTA
QUE SE ABRIRA COMO MI CORAZON CUANDO ELLA SE ACERCA.

¿QUE PASARA, QUE MISTERIO HABRA?
PUEDE SER MI GRAN NOCHE,
Y AL DESPERTAR YA MI VIDA SABRA
ALGO QUE NO CONOCE
SERA, SERA ESTA NOCHE IDEAL QUE YA NUNCA SE OLVIDA.
PODRE REIR Y CANTAR Y BAILAR DISFRUTANDO LA VIDA.
OLVIDARE LA TRISTEZA Y EL MAL Y LAS PENAS DEL MUNDO,
Y ESCUHARE LOS VIOLINES CANTAR EN LA NOCHE SIN RUMBO.

¿QUE PASARA, QUE MISTERIO HABRA?
PUEDE SER MI GRAN NOCHE,
Y AL DESPERTAR YA MI VIDA SABRA
ALGO QUE NO CONOCE
¿QUE PASARA, QUE MISTERIO HABRA?
PUEDE SER MI GRAN NOCHE
¿QUE PASARA, QUE MISTERIO HABRA?
PUEDE SER MI GRAN NOCHE
saluditos

sokitsym disse...

"transpiro os aromas das noites suspensas"

Esta frase é genial e comporta uma verdade trágica tremenda.

sokitsym disse...

"transpiro os aromas das noites suspensas"

Esta frase é genial e comporta uma verdade trágica tremenda.