agosto 14, 2008

>>>>>>>>>>>>>> veludo ardente <<<<<<<<<


bebo a luxúria
do teu olhar
veias amantes
veludo ardente
poros sorvidos
frondoso verbo
espumoso cálice
mulher convulsa
Irrigando amores

poema e fotos: poetaeusou

51 comentários:

Filó disse...

Amores e desamores !!!
quem os não tem ou teve ?
Amor é fogo que arde !!!!
Um aveludado ardente de palavras, sempre bonitas !
Em tempos de amores há sorrisos e cantares !!!

Ao Poeta,
um abraço e muitos sorrisos

Gerlane disse...

Um poema caliente, decorado por delicadas flores.

Bonito, poeta!

Beijos em ti!

gaivota disse...

que lindo dia, amigo, sol aberto e praia suave, mar chão...
ele hoje teve um cão.................
antes da dita sardinhada, vou acabar a dita rolha!depois venho pa sul...
vim do tá-mar e fui à feira outra vez...
na digue mais nada...ah oh!
ah tonnhe, tonhe...
jokinhasssssssssss

MEU DOCE AMOR disse...

Ai Poeta que te perdes no veludo da luxúria...

Pronta.

Hoje faz anos...

Queres vir Sonhar Comigo?

Beijos com espumante

Ana Martins disse...

excelente, adorei.
Beijinhos

Esmeralda disse...

Quem bebe...
...a sede mata.

;)

beijocas

andorinha disse...

Beber as palavras que o amor inspira.
Um beijo.

Multiolhares disse...

Eu tomo a palavra,
O verbo , o âmago do amor
Que desliza em turbilhão
Nesse mar onde as
Vagas espumosas vem
Beijar o areal

Beijos nosssos

Isabel-F. disse...

é sempre bom ler-te e apreciar as tuas belas fotos ...

bjs

Juani lopes disse...

cuidadin con la lujuria, que te puedes perder :))
saluditos

sokitsym disse...

Pesado. Logo, bom.

poetaeusou . . . disse...

*
filó
,
é ... coo se canta aqui,
,
nazaré sem vira
é amor sem ciume
é pura mentira
é fogo sem lume
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
flor
quem a não quer
mimosas como a mulher
feita poema de amor
,
floridas maresias, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
hoje é que vomáfêra,
se naóvér livros,
trago o norberto e o alexandre ...
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR ,
,
se me perder . . .
compro uma batinha de chita ...
,
são espanhóis
são espanholitos
são os andaluzes
e os colchoneros
e é o dalí e é o daqui,
e o sancho pança,
é o unico que escapa . . .
,
gostei do teu post , , ,
,
maresias do golfo da biscaia,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana Martins
,
grato, amiga,
,
irei visitar-te,
,
maresias de iodo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Esmeralda
,
dá de beber a quem tem sede,
in-franciscanos de assis,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
bebo o amor ... ao mar,
,
maresias feitas espumas, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
luna
,
eu tomo o luar,
em afluxos de cristais,
,
beijos nossos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
é sempre bom
ver-te aqui,
,
maresias ao vento, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
ou não fosse ... pecado,
,
saluditos,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sokitsym
,
boa a tua visita . . .
,
abrç,
,
*

Esmeralda disse...

Assis…
…lugar mágico, perdido e encontrado algures em Itália.
Lugar mágico e simples, apinhado de gente mas onde a solidão como forma de introspecção é uma constante (se quisermos).
Assis…
…lugar mágico, um dos lugares mais belos que alguma vez vi.

beijocas

Sol da meia noite disse...

Olhar... taça onde transborda a água da vida...

Um beijinho *

Marta disse...

Este poema está um luxo :D
Dá muita importância ao olhar, e descrevo-o de forma única.

Beijinho

Carla disse...

ardente...
amores ardentes!
beijos

Teresa Durães disse...

a volúpia...

poetaeusou . . . disse...

*
esmeralda
,
assis de clara e de francisco,
,
Fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
,
bençãos em conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
taça da vida,
transbordando olhares,
,
cristalinas marés, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Marta
,
olhar,
o espelho da alma,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla
,
ardente...
o olhar ... do teu olhar,
,
ardentes conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
sensualidade do olhar,
,
maresias, deixo,
,
*

Iana disse...

Poeta...

Irrigando amores
é como irrigar as flores...

Poeta, cultiva uma flor mulher
em seu jardim nas marés

É.. e.. sempre serás,
o marinheiro do amor...

e em seu jardim
sempre terás uma linda flor...

Amigo querido seja muito feliz
esse é o desejo dessa sua amiga que por ti tm grande estima...

doces beijos a ti e em seu amor...
Iana!!!

daniel disse...

Poetaeusou

As duas fotografias revelam um bom observador de paisagens. A poesia revela um pendor para pensar poéticamente bem em poesia.
Um abraço
Daniel

Maria P. disse...

em veludo ardente...bom fim-de-semana...

beijinho*m*

Pitanga Doce disse...

Poeta, tu que és o "bam-bam-bam" dos blogs diz porque e´que consigo ver os links dos amigos e no meu blog não vejo nada? Sumiu tudo! Ou sou eu que não consigo ver sei lá porque que?

abraços ao pé da Serra.

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
sinto-me
irrigado de carinho,
num jardim de amizade.
e de marés floridas,
,
maresias marinheiras, deixo-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
arquitectada
analise poética,
,
abrç,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
um fim de semana
de ardentes ... maresias,
desejo,
,
bj,
h,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
é fácil,
com muita calma,
vais linkando um a um . . .
hehehehe
,
não,
é fácil,
põe o teu endereço no google,
blogspot e tal......na pesquisa,
se não eliminaste ...
vai encontrar o blog incólume,
,
espero que encontres tudo de bom,
no sopé dos montes hermínios,
,
conchinhas,
,
*

mdsol disse...

hoje escolho:

"bebo a luxúria"
"Espumoso cálice"

Pode ser?

Conchinhas escolhidas

:)

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
.
por quem é . . .
,
a tua escolha,
é uma ordem,
,
preferenciais conchinhas,
deixo,
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Até me assustei.

Eheheh!

Até 1640 ehehe

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
regride,
que eu já vou
na nona dimensão ...
hehe
,
conchinhas ibéricas,
,
*

gaivota disse...

e levas a bela e o miguel que também está cá esta semana...
ficas com a família toda!
olha o isaac...
sardinhada?, rolha???
pá semana...........
bjinhos

Mari disse...

Mulher Nazarena!
Mulher poetiza...
Com sede de vida.
Com enorme mar!
Uma mulher poeta.
Conchinhas!!!

Mari disse...

Amiga!

Corrigindo: mulher poetisa!!!
O poetizar existe e não deixa de fazer parte de você!
Desculpe meu erro de português! bjs, mari

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
á inchentosa . . .
,
pareces a outra, que dizia,
chama-lhe filha,
antes que ela te chame a ti,
,
a rolha ganha zebro,
com este andar ...
,
conchinhas
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mari
,
nunca poemas o mar,
porque o mar é um poema . . .
,
marés de luz
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mari
,
nunca á erros,
existem é palavras inventadas,
,
buzios sonantes,
deixo-te
,
*

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.