julho 14, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> saudades <<<<<<<<<


sinto o vazio
das folhas varridas
fragmentos da vida
nos fúteis passados
lembranças caídas
sonhos inacabados
desertos da história
caminhos cortados
na minha memória
poema : poetaeusou
fotos: album sr. A.L.

44 comentários:

gaivota disse...

depois desta manhã cheia de nortada quase que senti esta paisagem das velhas barracas,
brancas...
e as reles puxadas aui em frente, não, mais aí ao norte...
ainda me lembreo
gosto destas saudades, zé!
possivelmente andávamos os 2 de volta dos b arcos a agarrarem aqueles peixes que
a ninguém queria, era um baldinho cheio, a minha "teca"
beijinhos
(tou muito cansada, vou dormir...)

Juani lopes disse...

con tus escritos y fotografias yo aminoro las saudades de mi tierra
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
e á tarde tivemos outra nortada,
veio de fátima, dia 13, tomaram
conta da nazaré, milhares de fieis,
,
ainda bem,
que a crise é grandeeeeee . . .
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
uani lopes
,
nostalgia
das nossas rizes . . .
,
conchinhas a preto e branco,
,
*

Lena disse...

Também tenho saudades desses tempos, essas fotos trazem essa nostalgia do passado...
Me lembro bém de ver os peixinhos a saltar, os turistas emervelhados...

Beijinhos

WOLKENGEDANKEN disse...

Vou fazer um comentario muito prosaico: essas barracas lembram-me um acampamento militar dos siglos 14 ou 15 :-)Mas tambem vi uma praia assim há uns 15 anos em Portugal, parece-me que foi um sitio chamado Lourinha......E interessante, o unico outro sitio na Europa onde vi um tao grande desejo de privacidade na praia é na Alemanha do Norte onde constroem verdadeiras muralhas de areia para se esconder ....

Ana disse...

Hoje, barracas só nas praias do norte, justamente por causa das nortadas...
Trouxeste-me uma certa nostalgia de tempos que já lá vão...

Abraço

Gerlane disse...

Poeta, expressaste tão bem com teus versos, sentimentos que ora trago dentro do peito.

Uma ótima semana, banhada de sol e mar.

Beijos!

poetaeusou . . . disse...

*
lena
,
peixe fresco,
vivo a saltar,
,
viva o progresso, obvio,
mas . . .
deixem-me sorver a nostalgia,
,
*

Carla disse...

porque a saudade deixa um imenso sabor a...vazio
sempre refrescante passar por aqui
beijos de boa semana

poetaeusou . . . disse...

*
WOLKENGEDANKEN
,
aqui na nazaré,
as barracas mantêm-se,
tradicionais e coloridas,
os barcos foram abatidos alguns,
outros renovados e estão no porto
de abrigo ao fundo da praia,
mais que a privacidade é o sentido
de comodidade especialmente para
as crianças,
,
saudações, apresento ...
,
*

Teresa Durães disse...

veio a nostalgia? acontece, claro

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
nostalgia,
em saudosa melancolia,
,
conchinhas para frentex,
,
*

Paula Raposo disse...

Gostei de te ler e gostei das fotos de outros dias. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
não deixes,
que o senso seja,
afectado pelos sentimentos . . .
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carla
,
que a saudade
seja um suporte,
da concreta realidade,
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
vai e vem,
como as marés . . . será ?
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha,
,
jinos, muitos, deixo-te,
,
*

Sol da meia noite disse...

Quanta saudade...!

Imagens bem familiares, de tempos que se afastam no tempo...

Jinhos * *

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
memórias residuais,
do nosso imaginário,
,
jinos
,
*

Duarte disse...

BONITAS FOTOGRAFIAS DUM TEMPO PASSADO...

As penas também fazem historia, amigo poeta.
Para o poeta com uma dose elevada de melancolia.
Que ao cair do dia, com o passo dos anos.
Conforta com o consolo do bom tempo passado.

Que sejas feliz, hoje e sempre.

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
tempo idos,
,
que no futuro,
se irão tocar,
num futuro muito próximo,
próximo de mais, amigo . . .
,
saudações
,
*

Mariz disse...

Salvé Poeta!
Ainda não publiquei o seu novo comentário, porque não tenho tido net; e para além de ter outras coisas para acabar....há ainda, uma ninhada com 2 meses e dias, que necessita de atenção.
Entretanto, gostaria de lhe oferecer um presente, que elaborei, embora não sendo especialista em informática, bem pelo contrário... mas reparei que estes comentários, não suportam URLS e para lhe enviar o dito presente, necessitaria de um mail que servisse de via para isso - caso queira, claro.

Quanto a este seu poema, embora simples e suave é bem tocante.

Abraço de sempre
Mariz

ESPAVO!

poetaeusou . . . disse...

*
mariz
não te preocupes,
com a publicação
do comentário,
,
enviarei o endereço,
,
conchinhas
,
*

MEU DOCE AMOR disse...

Saudades...

Bons tempos.Tão calmos e harmoniosos.

Beijinho doce com douta:)

Multiolhares disse...

A historia vai vivendo através doa tempos, e ainda que tenha cores sempre se repete

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
tão distantes
e
tão pertos,
,
eruditas conchinhas
,
*

Vieira Calado disse...

Recordações de outrora, feitas de imagens e palavras.
Tenho um livro "Lagos Ontem", editado pela C. M. Lagos (2º ed) em que faço o que você está aí a mostrar: Poema e respectiva foto de antes de 60.
E se você pensasse nisto? para publicar também em livro?
Um abraço

mdsol disse...

Gostei muito das fotografias embora não sejam..."da minha memória". Sou serrana de condição!rsrs
:)

WOLKENGEDANKEN disse...

Ah, queridos portugueses !! que ilustracao da palavra "saudades" sao essos comentarios :=)

beijinhos a todos

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
histórias dos tempo,
em cores diferentes,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Vieira Calado
,
ando a amadurecer a ideia,
vamos a aguardar,
,
saudações amigas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
é isso . . .
,
nem tanto ao mar,
nem tanto á serra . . .
talvez, A8, A5, IPC19,
hehehe
,
presentes conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
WOLKENGEDANKEN
,
serão entregues,
pela minha parte,
,
grato pela cooperação,
,
olha,
neste momento tenho saudades
da sissi, a jovem imperatriz,
hehehe
,
valsas de conchinhas, envio-te,
,
*

Menina do Rio disse...

Saudade é um quê que dilacera; fios de lembranças entrelaçados na mente, pensamento ausente...

Um beijinho pra ti

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
saudade,
é uma teia de sentimentos,
lembranças dos sentires,passados,
,
conchinhas de cá,
,
*

WOLKENGEDANKEN disse...

Ah nao, piedade ! tudo excepto a Sissy ! Retiro qualquer observacao preconceituosa sobre Portugal :=)

Iana disse...

Li e reli... amei...

"Voe em seus pensamentos
como um pássaro o,
vôo a liberdade ...
a liberdade de sonhar!
Renove-se.
Olhe para tudo no mundo
com confiança
Com Fé no hoje, no amanhã.
Confie em seus tesouros" sempre...

Milhares de pétalas de rosas perfumadas deixo-te aqui...
Sinta o perfume e se alegra

Beijos doces

Iana!!!

mariam disse...

volto mais logo............ :)

mariam disse...

pois, abriu desta vez a tal "última gaveta"...... memórias, quiçá alguma saudade.... pronto, toca a fechá-la de novo!

as fotos são lindas!

um sorriso :)

poetaeusou . . . disse...

*
WOLKENGEDANKEN
,
ok,
retiro imediatamente,
mesmo sem saber o porquê ...
,
conchinhas

*

poetaeusou . . . disse...

*
iana
,
voei
nas asas da liberdade,
e "naquele" golpe de asa
gaivota feito,
mergulhei num mar de petalas
odores com sabor a maresias,em
maré-cheia de perfumadas rosas,
,
buzios marejando a mar,
,
*
.

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
.
espero,
,
brincando ás conhinhas,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
fechada ficou,
porque o amanhã . . .
é agora,
,
conchinhas abertas, deixo,
,
*