junho 18, 2008

>>>>>>>>>>>>>> s i g o <<<<<<<<<


sigo o rugido
que envolve a cidade,
sou o hino esvoaçante
voando para lá das asas,
sou a musica do silencio
violinos de nuvens aladas
gritando acordes não ouvidos,
avanços e recuos compassados
das nocturnas sinfonias não vividas
poema e fotos: poetaeusou

48 comentários:

gaivota disse...

vejam bem que não há só gaivotas em terra...
estava à tua espera, para ver o mmeuuuuuuuuuuu mar, e ir deitar...
já nem sei se sinto as pernas e os braços...
lolololololololo
um brijãooooooooooooooooooooooo grandeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Sol da meia noite disse...

Amigo, importa mesmo é o propósito de seguir... algo embalará os nossos passos, suavizando duras caminhadas.

Um beijinho *

Gerlane disse...

Sempre que venho aqui, admiro as lindas paisagens que postas em teu blog e entendo porque vives sempre tão inspirado.

Beijos pra ti!

tulipa disse...

Poeta
do olhar interior
do desencanto
já nem sobram
as sombras
limites
sem contornos
nem vedações
apenas,
ampliando a secura,
o grito
e o deserto
perdido nas dunas
nem sopro,
nem sombra
só um arfar
que não sei
se de raiva
se de tédio.

Abracinhos.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
Segues sonhando e, fazendo sonhar.
Obrigada.

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota,
,
ontem faltava a energia de
5 a 5 minutos, tenho a impressão
que a camara não paga a luz,
,
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
a procura constante, a
perseverança de transpor
obstáculos nos trilhos da vida,
,
conchinhas de luz, dou-te
,
*

gaivota disse...

ah mig', é que tava mêmo tão cansada, que nem vi a menina, a gaivotinha, aí, a olhar pa mim!!!
(se calhar não paga, já irei falar c o jorge...)
bjinhussssssssssssss

Juani lopes disse...

y yo sigo viniendo
al rincon del poeta
para que siga escribiendo
saluditos

Naty disse...

Ola bom dia.
passei li e gostei.
bjs naty

Paula Raposo disse...

Gosto deste poema de rugidos...as fotos estão lindas!! Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Gerlane
,
fico grato,
como dizes,
inspiração, sonhadas musas,
belas paisagens e sonhar, sonhar,
imaginar quimeras na praia,
e esperar a realidade,
nas vagas da maré cheia,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa,
,
vamos mudar o visual
do pensamento,
a vida é um encanto
apesar do desencanto,
destruir armaduras
ampliando o eco da liberdade,
reparar que no deserto da vida,
existem dunas esverdeadas,
e oasis feitos jardins do eden,
onde afrodite e adonis gritam amor,
sem tédio, sem amarras... livres,
amor em todas as vertentes . . .
,
conchinhas positivas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
o sonho
é a evasão
das agruras da . . . vida,
,
conchinhas sonhadoras,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
não vista a menina ?
hoje não está nevoeiro !!!
não vás á tia alice, não,
hehehe
.
pilipares
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
amiga,
vou tentar fazer melhor,
para não perder
as tuas simpáticas visitas,
,
conchinhas de gratidão
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Naty
,
e espero
que voltes,
,
conchinhas de vida, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha,
,

e eu sinto . . .
quando gostas,
,
jinos "murais"
,
*

Deusa Odoyá disse...

Oi meu estimado amigo.
Obrigado por suas visitas ao meu cantinho.
Olha amigo, toda vez que entro no seu blog, viajo.
No tempo e espaço.
Muito iluminado seu cantinho.
Voltarei mais vezes.
Beijos e muitas estrelinhas na sua vida.

beijos da amiga.

Serenidade disse...

Sinfonias passíveis de serem vividas basta querermos com força, com a força da gaivota que contraria a força do vento....

Serenos sorrisos

poetaeusou . . . disse...

*
*
Deusa Odoyá
,
grato pela retribuição,
,
voar nos sentimentos
e
sonhar, fantasiando,
será sempre saudável
,
sonhadas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Serenidade
,
palavras serenas,
as tuas,
,
acalmadas conchinhas, deixo,
,
*

Manuela disse...

Amigo Poeta Nazareno, as suas fotos estão cada dia mais bonitas...ou é máquina nova ou é o olho do fotógrafo.
Abraço
Manuela

Duarte disse...

Tem que ser maravilhoso observar aquilo que nos rodeia desde os olhos duma gaivota.

Esses sons, por vezes quase um grito.
Esses voos caprichosos, com caídas em picado.
Esse planear quase sem fim sobre a praia.
Essa aproximação tímida ante o desconhecido...
Gaivota, gaviota, gaivota, gaviota...

Reconhecido

Teresa Durães disse...

sou a voz alada

***Fotografia e Luz*** disse...

Que bonitas palavras num pequeno poema que querem dizer muita coisa,e não esquecendo as fotos que estão uma maravilha

poetaeusou . . . disse...

*
Manuela
,
a beleza
que me rodeia
é a minha musa,
,
olhando o horizonte,
vislumbro, tavernas de espuma,
onde as maresias do fado,
rezam orações ao mar,
,
conchinhas manuelinas, deixo,
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Estas fotos da água tem um azul tão bonito :)))


conchinhas azuis p ti,

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
e aquele hino á alegria
em bailados esvoaçantes
voos rasos, fremitosos
deleitando o nosso olhar
em perfeita sintonia
bailarinas, quais vestais
ana pavlova, olga roriz, sedova
gaivotas de asas desdobradas
ou naquele golpe de asa
,
pililipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
voando por aí . . .
,
sonantes buzios, deixo,
.
*

poetaeusou . . . disse...

*
***Fotografia e Luz***
,
fotos ?
,
ficam muito aquem das tuas,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
amo o azul
,
claro, escuro, marinho,
celeste, bébé, metálico,
anil, céu, índigo, cerúleo,
,
quero todos os
afluxos de matizados azuis,
menos o azul do costa, óbvio ...
,
azuladas conchinhas,
,
*

MirMorena disse...

Teus instantes me fazem bem...lindo olhares...
Tuas palavras me abraçam...lindo sentir...

Poeta das conchinhas, bjuss de carinho

Multiolhares disse...

Assim são as gaivotas, planando sob os mares
beijos nossos

Maçã com Canela disse...

Voar nas asas de uma gaivota.
Sentir a brisa do mar.

Buzios c musica do mar para ti!

LuzdeLua disse...

Recuos compassados...
Deliciosa postagem e fotos.
Passando, deixo um abraço amigo.
Bjs

vero disse...

Gostei deste seu cantinho :)

Uma boa semana.

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
MirMorena
,
abraçadas marés,
nas maresias da vida,
,
conchinhas sentidas,
,
*

Lena disse...

As fotos de hoje me deixaram assim...calada
adoro esses silencios calados do mar
essa sinfonia das ondas
e essa paisagem de cima da falésia...

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
marés levadas pelo vento,
em sinfonias de brisas,
,
beijos nossos,
,
*

mariam disse...

pois... avanços e recuos ... é esta a natureza humana, mas p`lo meio não deixa de ouvir música...

belo!

um sorriso :)

ah! as fotos são fantásticas(adoro fotografia, tiro milhentas!)

poetaeusou . . . disse...

*
vero
,
visita gratificante,
obrigada,
,
irei visitar-te,
.
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maçã com Canela
,
salgada brisa,
pedaços de mar
em olhares de espuma
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
LuzdeLua
,
e a luzente lua,
iluminou este cantinho,
,
conchinhas em luar de junho,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Lena
,
a nazaré,
em movimento . . .
,
conchinhas mareantes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
fotografias,
é a musica dos olhares
,
conchinhas musicais para ti,
,
*

Ana disse...

Ainda estou a rir-me com a tua resposta ao meu comentário de ontem...
Vejo que as coisas já estão mais calmas.
Até vejo uma menina a passear por aí, com toda a elegância:)

Boa noite.
Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
hehehe
,
ontem e hoje
verdaeiros dias de verão,
,
é . . . vaidosa, altaneira,
no seu pedestral . . .
,
conchinhas
,
*