junho 21, 2008

>>>>>>>>>>>>>> ruas da cidade <<<<<<<<<

mergulho na solidão
das cidades sem abrigo
salpicando a maré cheia
de gemidos das pracetas,
mergulho na solidão
nos encantos das vielas
maresias desprevenidas
cantando amores parados
nas ruas do desassossego
mergulho na solidão
subtraindo as memórias
de fantasmas ultrapassados
pelos ventos das desgraças
poema e fotos: poetaeusou

34 comentários:

Multiolhares disse...

Existe tanta solidão nas ruelas escorregadias da vida.
Mas a maior solidão é aquela que se sente no meio da multidão

Beijos nossos

mdsol disse...

Mas o Sítio é bonitooooooooooooo
:))

gaivota disse...

as ruelas desta vila são as mais concorridas! e não existe solidão...
acredita, eu mostro-te!
amanhã não há sono pa ninguém!!!
nem franganotes, é mesmo pa ganharrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
bjinhos

Ana disse...

Se mais não houvesse nas ruas da cidade, mergulhar no apelo do mar salpicando a vida de azul.
Um beijo.

Sol da meia noite disse...

Mergulhas num mar de sentires... na vida...! Esse enigma de contradições...

Jinhos * *

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna,
,
a solidão.
é um estado de alma, só
,
beijos nossos
,
*

Chinha disse...

Há sempre uma solidão escondida, em um quaquer canto,em um qualquer espaço, em um qualquer coração...

Poetatués

Sempre a pairar a beleza do teu poemar.

Bom Fim de Semana

bjinhos em ti

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
óh, nazaré,
que lindo é,
ter a ventura,
de ir ao sitio para te olhar,
e sorver o mar,
,
conchinhas "siteiras"
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
linda
,
a praia
está do baril,
embora ontem
fosse do bombarril,
,
estás melhor ???
hehehe
,
pililipares
,
*

mariam disse...

sentidas palavras...
solidão = estado d`alma = hiato
deseja-se breve

deixo-lhe
http://br.youtube.com/watch?v=s9DaltKYEkU

bom fim-de-semana

um sorriso :)

madalena disse...

A arte da solidão sem fantasmas vencidos, onde se aprende?

Beijos meu Amigo.

Paula Raposo disse...

Está bonito o teu poema! As fotos também...beijos.

São disse...

Que os ventos das desgraças ninca te toquem, é o meu voto.
Bom fim de semana, Nazareno.

Isabel-F. disse...

lindas as tuas palavras e as fotos são soberbas ...


beijinhos

dona tela disse...

Continuo a dar notícias.

Que o fim de semana lhe esteja a correr bem.

Ana disse...

A partir de hoje, Poeta,
melhor será mergulhar
nas salsas ondas do mar,
que a canícula vai durar...

Abraço afogueado

Deusa Odoyá disse...

Olha meu amigo adorei seu poema e as fotos.
toda vez que entro em seu blog, viajo a essa terra tão abençoada.
A solidão, será sempre uma companheira, pois podemos estar rodeados de pessoas mas nossa alma sempre se sentirá só.
Beijos e fique na paz.
Obrigado por suas visitas ao meu cantinho.
Sua amiga do lado de cá.

Duarte disse...

Quando a fonte mais importante de ingressos é o mar e o turismo, só interessa o bom tempo, para encher as ruas e as praias.
Já temos aqui o Estio, a vida na Nazaré entra em ebulição.

Bom Verão

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
mergulhos de vida,
nos ventos da esperança,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
memórias sentidas,
em abrigo de encantos,
,
jinos em conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
qualquer maneira,
que me comentes,
faz-se luz neste cantinho,
,
conchinhas de luz
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
a força das palavras,
em desprevenido hiato,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
madalena
,
non
,
nas utopias
nas quimeras,
e como diz o poeta . . .
> o poeta é um fingidor <
,
conchinhas de amizade
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha
,
yá, minha,
,
jinos "murais"
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
são
,
e o vento,
cala a desgraça,
e o vento,
nada nos diz,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-F.
,
palavras ternurentas,
de uma gratificante visita,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
dona tela
,
apresento
os meus respeitos,
,
conchinhas de amizade
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
durar ?
ainda não é desta, amiga,
,
conchinhas solares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Deusa Odoyá
,
lado de cá ?
não,
o oceano é a unificação
de um só querer,
de um só sentir,
de um erico verissimo
de um ferreira de castro,
,
conchinhas amigas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*

Duarte
,
este ano está muito lenta,
penso que a crise é que
está em ebulição . . .
,
amigo
vamos confiar nos espanhóis
que nos visitam . . .
,
saudações
,
*

Juani lopes disse...

EL VERANO HA LLEGADO Y ESAS CALLES AHORA VACIAS PRONTO ESTARAN LLENAS DE TURISTA, QUE LASTIMA QUE YO, NO SERE UNO DE ELLOS
SALUDITOS

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
está um lindo dia,
,
conhinhas
,
*

Um Momento disse...

Cada rua , cada viela ,abraça a solidão da mais bela aguarela...
Mergulhando nas suas cores , quem sabe um dia a solidão abra a janela do coração e se faça Primavera ...

Beijo grande!

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
momento
,
adorei
o teu comentario
,
conchinhas
*