maio 15, 2008

>>>>>>>>>que caminhos eu trilhei ?<<<<<<<<<


não perguntes
qual o momento
da despedida,
nunca te direi
por o não saber,
se antes é tarde
e o cedo é depois
onde estará o tempo ?
escuta flor rosada
responde que eu não sei
se encontro na chegada
o ponto da minha partida
que caminhos eu trilhei ?
poema e fotos: poetaeusou

52 comentários:

RAMOSFOREST.ENVIRONMENT disse...

...se antes é tarde
e o cedo é depois
onde estará o tempo ?
Maravilhoso estilo, bela poesia.

Sol da meia noite disse...

A vida é confusa...

Bjs

gaivota disse...

e lá estavam as nhas meninas à nha espera, no sítio do costume...
foio de corrida, mas foi bom! e o encontro coma lin(d)a, que fixe!
olha foi mesmo bom!
tens que pôr meias de pescador, das grossas, para as klompen, não esqueças!
os teus caminhos foram e são sempre trilhados da melhor maneira, meu amigo!
e despedidas... não há, nem tarde nem cedo, nem há tempo!
pipilaressssssssssssss

mariam disse...

belíssimo...
não é que também eu tenho esta dúvida existencial?? "se encontro na chegada
o ponto da minha partida"

um sorriso :)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá meu querido Amigo Poeta, belíssimas fotos... Parabéns! Adorei o poema!!!
Uma conjugação perfeita entre as palavras e as fotos... Beijinhos de carinho e amizade,
Fernandinha

tulipa disse...

Olho-te de soslaio,
sereno estás ao meu lado,
olho-te de frente,
teu doce olhar
reflecte-se...com agrado.

Amigo
HOJE é o «Dia da Família»
E, eu pergunto:
Que família?
Nunca tive sorte, desde dia 30-Abril que todos sabem que estou de baixa médica e não há um telefonema, uma visita, uma palavra...é terrível.
A solidão dói...muito!

Eu, em casa, uma depressão c/esgotamento me deixam prostrada e infeliz.
Preciso de alguém...que me ajude a ver cada dia com esperança no amanhã.
Beijo com carinho.

Anónimo disse...

Este poema está muto "especial", assim meio misterioso como gosto de ler ;) AS fotografias estao lindas; o verde do sporting ainda hoje falado na mesa do almoço lolol
e as rosas uma fotografia muito bonita.

Agora eu este verso esta um "must" :
a lua sempre a brilhar,
e o esvoaçar da gaivota,
seguem a florescente rota,
juntas com a acordomar,

Gostei ;)

Beijocas para ti poeta
(e desclp mas deixo tb para a Gaivota)eheh

Carminda Pinho disse...

Poeta,
se os caminhos que trilhaste te trouxeram até aqui...foram decerto bons, esses caminhos.

Beijos

Multiolhares disse...

Para que inquirir
O que sapiência não diz
A senda é para trilhar
Pouco importa
Onde ,ou como vamos chegar,
Se com o coração os palmilharmos
O tempo não vai importar
E muito menos saber o ponto de partida ou de chegada, rodamos em ciclos, tudo na vida se repete e o tempo não existindo se dilui

Beijos nossos

Juani lopes disse...

Suena el tic tac de mi tiempo
segundos, minutos y horas,
El tiempo pasa, pasa volando
incansable, imparable
avanzando sin pauta
por nuestras vidas.
Todo empieza, todo termina
menos el tiempo.

saluditos

Paula Raposo disse...

Boa pergunta!! Gostei do poema. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
RAMOSFOREST.ENVIRONMENT
,
grato
pela visita, amigo,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
e confundidos ... continuamos,
,
conchinhos vividas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
vou usa-las
com meias de seda,
daquelas carissimas . . .
da feira, do amigo touré . . .
hehehehe
,
sabado de madrugada,
vou fotar as meninas,
esvoaçantes á tua procura ...
,
pililipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
temos que ter cuidado,
com as overdoses de poesia,
e depararmos com movimentos
descordenados de,
rotação e translação da terra ...
,
conchinhas metafisicas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
gratificado fico,
procuro aprender contigo, amigo,
,
conchinhas poéticas, te deixo,
,
*

Chinha disse...

O caminho que trilhamos é indefinido
Se o cedo é tarde nunca o sabemos
Se o rumo é triste ou sofrido
Não sei...
Sei que em buca de amor todos vivemos.

bjinho em ti

poetaeusou . . . disse...

*
tulipa
,
amiga,
os valores estão invertidos,
teremos que descobrir em nós,
as forças necessárias para
suprimimos as dificuldades,
é usual esta maneira de ver,
mas . . . é certa, palpável,
,
força amiga,
,
conchinhas de amizade, deixo
.
,

as velas ardem ate ao fim disse...

Queria tanto um dia de sol e mar!

um bjo

poetaeusou . . . disse...

*
Anónimo
,
isso foi efeitos de quê ?
da maresia ?
do peixe-espada ?
ou . . .
do colorido mar,
que eu não vi ?
,
não á duvida,
que o verde da clorofila,
é uma aberração da natureza,
um tom avermelhado tornaria
o planeta mais belo,
matas, selvas, florestas,
vermelhas de sangue,
sangue vida,
rubra papoila,
ardente benfica (futuro)
hehehehe
,
conchinhas luzentes,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
não tenho duvidas, amiga,
,
conchinhas coloridas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
cais de chegada
albergue de fim do trilho,
abrigo dos meus quereres,
oasis dos vendavais,
dunas de areias espraiadas,
deserto do tempo infindo . . .
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Juani lopes
,
o tempo,
é tempo no tempo,
no "destempo"
da nossa passagem,
,
temporais conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
,
paulinha
,
se tem a tua aprovação,
>>>> valeu a pena <<<<
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha
,
a misteriosa vida,
vivida em mistério . . .
,
misteriosas conchinhas, dou-te,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
as velas ardem ate ao fim
,
tempo de verão,
a partir da próxima semana,
diz o borda-d'agua,
eu acredito . . .
,
conchinhas solarengas
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Tempo de despedida?
Depende...
Na partida ou na chegada :)



conchinhas, mil :)

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
não !!!
nunca direi adeus ...
,
só forçado,
e de pé,
como as arvores . . .
,
conchinhas coloridas, deixo-te,
,
*

Maria P. disse...

Fica a dúvida...

Beijinho*m*

MEU DOCE AMOR disse...

Preciso pensar.

Também estou a ver quais os meus.

E no qual tenho que caminhar.É uma jornada difícil.

Beijinho doce

Carla disse...

..não há momentos de despedida..nem o antes nem o depois...apenas agora
beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
condensada . . .
,
bji,
h,
,
*

Saramar disse...

Muito bonito este poema que nos remete a tanta reflexão!
São belos os versos, muito belos.
E suas imagens encantam como outros versos.

beijos

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
todos os caminhos,
vão dar ao mar . . .
e ... ???
,
buzios sonantes, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carla,
,
e agora,
te deixo,
momentaneas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Saramar
,
as tuas palavras,
feitas vitaminas,
alimentam a minha
continuidade . . .
,
conchinhas, deixo-te,
,
*

Um Momento disse...

Escutando o som das flores
Medito sobre as tuas palavras...
Trilhados caminhos...
Em memórias tornadas...

Um beijo... em ti

(*)

Teresa Durães disse...

lindo poema :)

andorinha disse...

Encontrar à chegada, o ponto de partida. A vida em ciclos, como o eterno regresso das andorinhas na Primavera.
Um beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,

momentos escutados,
sonsntes caminhos,
palavreando flores
em odores memorizados
,
um cais de conchinhas, dou,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
dito por ti, amiga,
,
só te posso oferecer,
prosas (tuas) de conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
e uma assentou
no meu beiral,
,
perguntou por ti, amiga,
,
conchinhas esvoaçantes,
,
*

Duarte disse...

Deixaste o mar.
Trilhaste outros caminhos,
mas nem a flor rosada
te levou a outros ninhos.


Aparece sempre

Pitanga Doce disse...

Que escadas maravilhosas! Qualquer uma que tenhas escolhido, vai dar ao Céu.

abraços luminosos

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
mar florido, amigo,
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Pitanga Doce
,
escadas santificadas,
,
conchinhas de luz
,
*

R.G. disse...

...também eu gostava de saber
"se encontro na chegada
o ponto da minha partida"

Beijo Perdido

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
ponto de encontro,
chegando á partida . . .
,
conchinhas
,
*

gaivota disse...

ai tão lindoooooooooooooo
meias de seda, o máximo!!!!!!!!!!!
vai meu amigo, e mostra-me as meninas, elas estavam tão lindas lá ao pé do mimosa...
s lin(d)a também é uma querida, como dizes!
jinhosssssssssssssssspipilados

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
ainda tás acordada ?
,
vai dormir, pariga ...
,
conchinhas ventosas,
,
*

Papoila disse...

Lindo....
Vais trilhando os caminhos da tua vida. Ninguém os pode trilhar por ti.

Beijos
BF

poetaeusou . . . disse...

*
Papoila
,
e sempre em frente, papoila,
,
conchinhas
,
*