maio 16, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> saudades <<<<<<<<<


as minhas saudades são,
carnudas pétalas
sucosos orvalhos
relentos cortantes
rasgando fantasmas
as minhas saudades são
secretas moléculas
partículas estáticas
migalhas de veludo
contornando mistérios
poema e fotos: poetaeu

46 comentários:

Juani lopes disse...

Qué tal te va, qué tal te fue, qué tal te ha ido
Yo sigo con lo de cantar
Y haciendo trampas al desamor
Conocí el perfume de la soledad…

Qué tal te va, qué tal te fue, qué tal te ha ido
Me alegra ver que estas mejor
Te vino bien luchar por ti
He deseado cada día que fueras feliz

Qué tal te va, qué tal te ha ido
Los meses pasan sin mirar atrás…
En este tiempo he comprendido
Que el amor no es amor, si en el fondo no duele…

Y tú, rompes la calma de este corazón
Sin dirección, sin latitud
Que anda siempre revuelto…

Y tú, dueña y señora de esta sin razón
Rompes en dos esta inquietud
Que me desvela el sueño…

Qué tal te va, qué tal te fue, qué tal te ha ido
Son malos tiempos pa olvidar
Venciendo al miedo
Conocí el perfume de la soledad

Qué tal te va, qué tal te ha ido
Dónde quedó lo de soñar
La madurez me ha sorprendido
Recogiendo pedazos de mi tiempo perdido…

Qué tal te va, qué tal te fue, qué tal te ha ido
Yo sigo con lo de cantar..

saluditos

Ana disse...

Saudades que as palavras definem. Beleza que as fotos transmitem.
Um beijo.

gaivota disse...

saudades, palavras tristes, quando se perde um grande amor...
também o milo cantava este tema, e o trio odemira e nós, que também nos pode apetecer!
mas a tristeza está interligada com a saudade, e pronto, cá vem o meu feitio...sou chorona, coisa não comum de apenas algumas gentes de bem! (não de todos...)
lololololololol
pipilares de gaivotinhassssssssssssssssss

São disse...

A primeira foto está fabulosa!!!
Beijinhos, Nazareno.

poetaeusou . . . disse...

*
juani lopes
,
o perfume da saudade,
na nostalgia de odores,
,
perfumadas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
a beleza da saudade,
será ?
,
nostálgicas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
há saudades,
de não ter saudades, amiga,
,
chorona, chorona, chorona,
>> calvário <<
,
pilipipares,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
gratificante opinião,
que sela breve,
a tua ausencis, se possivel ...
,
felizes conchinhas, deixo,
,
*

Paula Raposo disse...

Gostei de ler estas tuas saudades. É bom ter saudades. Nem sempre são tristes. Muitas vezes transmitem-nos bem estar e satisfação. Se não tivermos saudades de nada ou ninguém, é porque não vivemos. Bom fim de semana. Beijos.

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo,
,
a positividade na saudade,
será, paulinha ?
,
jinos
,
*

irneh disse...

Olá

As minhas saudades são cada vez mais, profundas, dolorosas, sem fim.

Gostei deste texto.
Um beijo

Sol da meia noite disse...

Saudades... suaves algemas que nos prendem a doces passados...

Tem outras que são algemas bem pesadas, que ferem, que prendem ao que magoa...


Beijinhos

RAMOSFOREST.ENVIRONMENT disse...

Saudades, fantasmas e mistérios.
A alma do poeta.
Belo poema.

daniel disse...

poetaeusou

Vincadas saudades expressas na escrita e o sempre saudoso mar a ilustrar!...

Daniel

Mariz disse...

Salvé!
Penso que só se consegue ser poeta, quando se "desperta" e se vê os contornos com nitidez e sentindo, nomeadamente, o que está mais Além!
Um poeta seja a pessoa que for...podendo até ser criança, tem a percepção nítida de que nunca mistura as coisas...cada uma, tem o seu compartimento bem definido e estructurado...porque todos surgem de dentro.
Gostei do que li e vou "linkar" a sua página...posso?

Com um sorriso,
Mariz

poetaeusou . . . disse...

*
irneh
,
saudades
sinto saudades,
saudades
saudades sinto,
saudades
de não ter saudades,
canto verdades,
não minto,
,
conchinhas saudosas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
.
saudades
de não ter saudades,
ferem-me,
ciclicamente,
,
conchinhas saudosas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
RAMOSFOREST.ENVIRONMENT
,
saudades,
fantasmas da vida,
,
nem mais . . .
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
daniel
,
mar,
açambarcador,
das saudades,
,
saudações,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mariz
.
grato pela visita,
gratificantes palavras, tuas,
eu é que agradeço,preferires
o meu cantinho,
,
sorridentes conchinhas, deixo-te
,
*

Helena disse...

Saudade...
saudade de não estar onde não estou..

As fotos são lindas...que saudades ?

Um beijo

MirMorena disse...

Se temos saudades é porque valeu a pena estar...
ficar...
conhecer...
ter...
desejar...
amar...
viver....

Gosto do que leio e vejo por aqui....

Feliz dia

poetaeusou . . . disse...

*
Helena
,
tenho saudades,
dos posts do teu cantinho,
,
a nazaré, continua,
calma, linda, serena,
autentica tela,
onde o sol ao mar acena,
no vogar da barca bela,
,
conchinhas solarengas, deixo,
,

poetaeusou . . . disse...

*
MirMorena
,
saudade
a nostalgia
do passado . . .
,
conchinhas coloridas, dou,
,
*

Menina do Rio disse...

Quanta coisa cabe numa saudade...

beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Menina do Rio
,
saudade do passado,
saudade na despedida,
,
conchinhas mareadas, deixo-te,
,
*

Perdido disse...

Poeta na(s) imagem(ns) e poeta na sonorosidade. É a envolvência da Nazaré?

Multiolhares disse...

Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz

Charles Chaplin

beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
Perdido
,
nazaré
é luz e cor
nazare é maresia
nazaré
é o meu amor
nazaré
é alegria
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
envia mensagens
nos sorrisos sérios,
de sérissimos assuntos,
feita chaplin,
em o ditador
luzes da ribalta
o circo (meu grande amor)
,
beijos nossos
,
*

lua prateada disse...

Como sempre imagens lindas e, saudades quem as não tem?...

Nas amarguras da vida
Há sempre um quê de nós
Que nos avisa, que nos diz
"Como és querida"!...

Mas tais palavras são suficientes
Para não me sentir perdida.
E assim por aqui te deixo um feliz
fim de semana e um carinho de amiga.

Beijinho prateado
SOL

Manuela disse...

Olá tem um desafio no meu blog A Taverna para si.
Se quiser claro.
Abraço

Bom fim de semana

Manuela

Farol disse...

Saudade
Silencio
e
Sombra ...

Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
lua prateada
,
saudades,
lembranças em nós presentes,
,
nostálgicas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Manuela
,
irei lá
com o maior prazer,
,
conchinhas coloridas, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
o farol
,
silencio
...sombras
......saudade
,
conchinhas
,
*

FL disse...

Atira as saudades a esse Mar!

faz isso. pensado com força, consegues.

O demais, guarda como sagrado teu. :)

BFS

MEU DOCE AMOR disse...

Então anda comigo ao Magia.

Anda já!

Beijinho doce:)

Duarte disse...

Voltaste,
foi efémero!
O mar ata
forte.

Abraços

poetaeusou . . . disse...

*
FL
,
vou por aí,
ao contrário do poeta . . .
,
bfs
,
*

Carminda Pinho disse...

Poeta,
saudades quem as não tem?

"Sentimos saudade de certos momentos da nossa vida e de certos momentos de pessoas que passaram por ela."

(in Carlos Drummond de Andrade)

Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
á magia fui,
abrasado vim . . .
,
conchinhas fumegantes, dou
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
como as marés,
,
saudações
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Carminda Pinho
,
saudades,
nostalgias,
afluxos do passado, presente,
,
conchinhas floridas, dou,
,
*

Um Momento disse...

Mergulhei neste belo mar para a saudade dele "matar"

Delicio-me com cada gota aveludada que emana deste teu belo poemar

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
em deliciosas palavras,
,
conchinhas aveludadas, deixo,
,
*