maio 28, 2008

>>>>>>>>>>>>>>>>>>> metafisica <<<<<<<<<


desinquieto
a ilusão do horizonte
filtrando as fantasias
de magias caprichosas
desinquieto
a etérea realidade
iluminados á solta
da certeza metafísica
desinquieto
o dimensional sossego
obstáculos imutáveis
catalogando os rituais
de abstractos universos
poema e fotos: poetaeusou

39 comentários:

gaivota disse...

coisas da metafísica!
ai esse mar da nha praia, que tentação... e as pedras, sejam vistas do sítio, do farol, pá praia do norte, ou pó sul, pó porto de abrigo, pás nhas gaivotas, sejam quais forem...
bolas!!! preciso de limpar a casa, e de tempo bom, pa assoalhar a tralha!!!
pronto!
toma lá beijinhos e anda...

Helena disse...

O céu azul voltou
e com ele o sol
e as ondas continuam a bater na areia
A 2da foto foi tirada do farol ? Muito linda.
So falta o barulhosinho da melodia dessas ondas

Farol disse...

eu tb ando desinquieta, mas é deste inverno que nao me larga ...
mas pronto, estas fotos estão muuuuito mais bonitas, de cor verdadeira, a cheirar a mar ... (falta o sol, mas ha-de chegar)

beijos e inté***

(existe outro farol??? a naza tem 2 ...pois é! - nao sabia :P..)

mariam disse...

desassossego (parte II)?

um sorriso calmo :)

(P.S obrigª p`las palavras deixadas...)

Sol da meia noite disse...

O nosso olhar para lá do que vemos, o nosso sentir para lá do que sentimos, o nosso pressentir, o nosso adivinhar, têm o poder de causar perturbação, desinquietação.
Porque tem olhares e sentires que são exigentes... querendo alterar o imutável...

Beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo Poeta, belas fotos desse nobre Mar!...
Canta o Sol brilhante, sempre que por ele passas risonho, saboreando parte da tua doce vida...
Iluminas a Lua com as tuas simples graças,
soltas do Mar vasto e calmo, uma onda adormecida...
Tocam sinos a rebate quando tu abraças ideais deslumbrantes de Neptuno enobrecido...
Amigo, aclaras o Céu abrindo aos outros as vidraças negadas a quem não cuida do seu Amor, sem guarida,
ao nascer por amargas desgraças!...
Querido Amigo;
Inspiras o actor, o poeta, o pintor,
sugeres ao artista a virtude, o talento,
a pureza da Alma, a beleza do Amor.
Benditos os Astros do teu Firmamento
e a Natureza que te dá fulgor.
Lograrás a Vida com teu sentimento...
Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Pitanga Doce disse...

Hoje, lá em casa, não há inquietação. Há romance, inspiração e uma pergunta.

abraços quase matutinos (para ti)

MirMorena disse...

"O que há de mais belo na vida são as ilusões da vida..."

Bjuss de carinho

Carminda Pinho disse...

Poeta,
mas que desinquietação...:)

Beijos

Juani lopes disse...

La inquietud a veces es buena, nos hace ser curiosos y experimentar nuevas sensaciones
saluditos

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
e pililipares
para ti,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
o sol está a tentar ressurgir,
,
foi tirada no farol,
em lugar perigoso,
na carreirinha, descendo
umas idosas escadas de ferro,
recomendo muito cuidado,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
farol
,
fui dar os bons dias ao mar,
sereno, azul, aquietado,
o sol está a romper,
mas está frio, muito frio,
,
3 faróis,
2 no porto de abrigo,
1 em cada molho
e,
1 no promontório – sitio – lol
,
e tens um blog também ofarol
de um amigo nazareno
http://faroldavida.blogspot.com/
passa por lá,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mariam
,
a inquietude
é sempre um estado de alma . . .
,
sossegadas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
em total acordo,
,
pressentir,
é activar o sentimento
de angustia,
na espera,
na descoberta,
partir para a conquista
ou
reactivar o mecanismo de defesa,
,
imutáveis conchinhas, te deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda & poemas
,
estou abismado !!!
,
como dizem as “tétés” na TVI,
estou sem palavras . . .
,
jinos de ternura, deixo-te
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
já fui . . .
,
conchinhas aquietadas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
mirmorena
,
ilusões . . .
,
sabes que as desilusões,
são ferramentas indispensáveis,
para esculpirmos o nosso carácter,
aprendendo, aprendendo sempre,
,
carinhosas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
aquietada amiga, aquietada,
,
jinos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
juani Lopes
,
diversificar,
em bom português
,
saudações,
,
*

irneh disse...

Olá

Lindas as fotos, belo o texto.

Um beijo

R.G. disse...

desinquietas
as palavras...

Beijo Perdido

poetaeusou . . . disse...

*
irneh
,
grato fico
,
conchinhas luzentas te envio,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
R.G.
,
aquietada
a mensagem,
,
acalmadas conchinhas
,
*

rosa dourada/ondina azul disse...

A natureza te oferece os ângulos certos, no momento próprio, qual filtro de fantasia !


conchinhas e conchinhas...

Multiolhares disse...

Que passiva seria a vida
Sem essas magias caprichosas
Que nas tardes suaves vislumbramos
Nessa janela de pedra junto ao mar

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
,
o mar é fotogénico,
e é meu amigo ...
será ?
,
filtradas conchinhas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Multiolhares
,
aquela janela,
de suave magia,
caprichando vida,
virada para o mar
,
beijos nossos,
,
*

mdsol disse...

é o que se quer... um poeta desinquieto... assim!
:)

MEU DOCE AMOR disse...

Do horizonte infinito ou finito?

Beijinho doce

Saramar disse...

Ah! os obstáculos imutáveis...
Mesmo diante da beleza, da poesia, da vida que se renova sempre, ainda existem, talvez para garantir nossa própria permanência.

beijos

***Fotografia e Luz*** disse...

Boa noite poeta mais um belissimo poema com as suas respectivas fotos gostei muito

poetaeusou . . . disse...

*
mdsol
,
um eterno
desinquieto . . . ficarei,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
MEU DOCE AMOR
,
conforme,
o estado de alma, amiga,
,
conchinhas finitas,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Saramar
,
perspicácia, amiga,
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
***Fotografia e Luz***
,
as minhas fotos,
estão a anos luz das tuas,
,
saudações,
,
*

Duarte disse...

Que boa, a contraluz: es um artista.

Furiosas de espuma,
de poeirada branca,
contra as rochas escuras,
infatigáveis,
as ondas.

abrazo

poetaeusou . . . disse...

*
Duarte
,
poalhas do mar,
golpes de asa das maresias
brisas,
de vento suão,
,
saudações
,
*

Um Momento disse...

Magia iluminada no sossego do universo .
Lindas imagens!!!

(*)