março 16, 2008

»»»»»»»»»»»»»» quero sentir «««««««««


quero sentir
o tacto do teu olhar
que me inebria
quero sentir
a pele dos teu olhos
que me seduzem
quero sentir
as carícias dos teus lábios
que me enlouquecem
quero sentir
os beijos dos teus afagos
que me acalmam
quero sentir
o sangue das tuas veias
onde me perco
poema e fotos: poetaeusou

44 comentários:

multiolhares disse...

È bom deixar os sentimentos fluírem
É bom sentir

Beijos nossos

andorinha disse...

Sentidos que provocam sentimentos. Gostei.
Um beijo.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Poeta, Amigo que bom sentirmos o que acabas de escrever... Nas causas mais profundas
das nossas verdades,
da nossa existência...
o coração e a razão por mares,
quase sempre,
imcompatíveis.

O poderoso Adamastor
impõe-se à sua união,
com fortes bramidos,
com seu tempestuoso negror,
provocando a sua colisão desnorteada.

Paira sobre eles
uma trovoada inabalável,
que lança raios,
espadas cortantes,
que traçam o ponto de união,
que consegiram,
por instantes,
enquanto o gigante dormitava.

Agora que o acordaram,
pergunto eu:
-Será que algum dia
conseguirão harmonia
em águas calmas
dos seus mares já confundíveis ?

Eu!
Eu não sei...!
E tu querido Amigo ?

Beijinhos de carinho e amizade.
Fernandinha

Maria disse...

É bom sentires....
.... é bom perderes-te nos teus sentires......
(e não digo mais.......)

*****

São disse...

Só a tua sensibilidade para descobrir a semelhança ente a ave e a árvore!
Semana Santa com muitas e doces amêndoas.

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
sentires renovados,
na arvore em flor,
pavão resplendor,
nas asas levados,
,
beijos nossos
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
,
sentimentos,
o sal da vida,
,
sentidas conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
FERNANDA & POEMAS
,
a harmonia está em nós,
e tu sabes, fernandinha,
,
vamos gritar na net,
vamos gritar ao vento,
vamos gritar
nas asas das gaivotas,
vamos gritar
no sorriso das crianças
,
que o adamastor era um rochedo,
que tinha a forma de gente,
e que a melhor violência . . .
é,
o respeito mutuo . . .
,
conchinas harmoniosas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria
,
achas ???
,
inté
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
São
,
na arvore da sabedoria,
cabe o esplendores do pavão ...
... sem pavoneio ...
nesta páscoa (passagem),
espero, a ressurreição da justiça,
,
conchinhas
,
*

R.G. disse...

Isto é viver
na constante
turbulência dos sentidos...

Sol da meia noite disse...

É só conjugar o verbo querer...

Jinhos

gasolina disse...

Uma escultura tão semelhante na forma e na cor à arvore que se encarniça como as veias onde o sangue te procura.

BEI/de MARÉ

poetaeusou . . . disse...

*
r.g.
,
estados de alma,
só,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sol da meia noite
,
nem mais,
,

conchinhas verbais,
em domingo primaveril
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gasolina,
,
arvore pavão,
rebentos em asas,
de leques sanguineos,
vermelhão de olhares,
nas veias de abril,
,
conchinhas primaveris
,
*

Ana disse...

Sentir... sem olhos, sem lábios, sem afagos. Sentir só com o coração. Como aqui sinto as tuas palavras.
Um beijo.

Pitanga Doce disse...

"Pavão misterioso
Pássaro formoso
Tudo é mistério
Neste teu voar"! (Ednardo)

A árvore não pode ser mais bonita!

Quanto ao sentimento só tu o sabes.

abraços de Pitanga Doce

manuela disse...

Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...
BiBiBiBi SAI DA FREEEEEEEEEENTE, SAI DA FRENTE!!!
QUE HOJE EU AINDA TENHO QUE PASSAR, POR MUITOS BLOGS...Bi! Bi! Bi!
--- ______
---/__] .\\\\____
--/…._.|….|…._.o\\
-=’(@)------(@)-´
*****************************************

TÔ PASSANDO BEM RAPIDINHO COM MEU FERRARI
SÓ PARA DESEJAR UM OPTIMO FIM DE SEMANA !!!!!!!!!!!!!!

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
,
palavras,
sentidas,
pela vida,
lavradas
,
conchinhas
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
renovados sentimentos,
em primaveras renascidas,
,
conchinhas de domingo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
manuela
,
O Calhambeque bip bip
Quero buzinar o Calhambeque.
Saí da oficina um pouquinho desolado
Confesso que estava até um pouco envergonhado
Olhando para o lado com a cara de malvado
O Calhambeque bip bip
Buzinei assim o Calhambeque.
,
ferraris cheios de conchinhas
,
*

Helena disse...

Que bom esses sentires, Poeta !
Também eu queria....

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
helena
,
quem não sente...
o mar nas veias,
,
conchinhas de iodo, deixo,
,
*

Acordomar disse...

As palavras de vermelho assentaram mto bem neste post ;)
Gostei bué

Beijocas

(visitaste os Louridos ?)

poetaeusou . . . disse...

*
Acordomar
,
lin(d)a
,
visitei, no sabado,
tenho hoje um pavão,
á meia-noita ponho a estatua,
que gostei mais,
com um pavão de perfil,
o jardim quando estiver completo,
fica um sonho, obrigado pela dica,
,
jokas
,
*

Maria P. disse...

Gostei de sentir a combinação entre a forma e a cor da duas fotos:)
E o sentir das tuas palavras.

Beijinho*m*

Teresa Durães disse...

quero sentir
a pele na pele

Carminda Pinho disse...

Poeta,
e eu também quero sentir...pois não diz o povo que...quem não sente não é filho de boa gente?
Eheheh!
Claro que estou a brincar.
Olha,às vezes o humor também serve para desanuviar os sentires da alma, quando estamos mais em baixo, não concorads?

Beijos aos dois

Rui Caetano disse...

O tacto do olhar é um dos contornos mais belos que encontramos na nossa vida.

poetaeusou . . . disse...

*
Maria P.
,
enfatuo-me . . .
,
bji
h,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Teresa Durães
,
a cutis dos sentires ...
,
epidermes de iodo, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
,
por isso eu sinto,
e pressinto,
o humor.
no dispor
do teu comentar
e como é saudável brincar
desanuviarei
e obviamente, concordarei,
,
amiga, saiu,
,
conchinhas de amizades,
,
*

gaivota disse...

assim é que é!, toma lá e anda!
jinhosssssssssssssssssssss

poetaeusou . . . disse...

*
Rui Caetano
,
olhares,
o laser do pensamento . . .
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
quinchentes são esses ???
,
vom postari
,
*

Kalinka disse...

Olá Amigo Poeta,

Esta semana o meu kalinka fará 3 anos de existência...como o tempo voa.
Fica no ar uma pergunta:
Em que dia será o 3º aniversário do Kalinka?

Começo hoje a agradecer a ti e a todos os que me ajudaram neste caminho, com a vossa presença e as palavras de ânimo, além de elogios dos quais me envaideço.
Prometo continuar presente na Tua Vida, através dos pensamentos comuns que nos unem, neste Mundo virtual.

Eu, depois de tantos problemas graves, e que aguentei durante 5 semanas...o organismo abateu-se e estive muito mal no domingo passado...Paragem de digestão e consequentemente uma descarga de vesícula, ainda hoje não estou bem, muito debilitada fisicamente.

Beijinhos.
Boa semana (é mais curta...)

Ignota disse...

É bom sentir... eu queria sentir que aquele sentir não ia acabar: mas acabou.

poetaeusou . . . disse...

*
kalinka
,
rápidas melhoras,
e
coração ao alto,
,
divagando ...
se soubesses a
biliose epidémica,
que vai neste país . . .
,
conchinhas
e
parabens antecipados, deixo,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ignota
,
linda,
o que fica na memória,
nunca acabará,
,
conchinhas
,
*

Paula Raposo disse...

Um excelente poema!!

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha,
registo,
,
jino
.
*

Um Momento disse...

E eu aqui me perdi com tão belas imagens acompanhadas de tão belos sentires

Beijo ...em ti

(*)

poetaeusou . . . disse...

*
Um Momento
,
gratificado, fiquei,
,
conchinhas
,
*