janeiro 03, 2008

>>>>>>>>> sem ti ... o tédio <<<<<<<<<


o dia findou
num pôr-do-sol
em quinas distintas,
no leito do poente
o sol adormece,
calaram-se as gaivotas,
ouve-se a cantata do mar
numa sinfonia de tédio,
porque tu esta noite,
não acordarás ao meu lado
poema e fotos: poetaeusou …

44 comentários:

Sol da meia noite disse...

Mais noites virão... após de novo o sol se pôr...
O tédio desaparecerá ... o acordar será doce balada...

Xi

Paula Raposo disse...

Lindíssimo poema!!

Maria Clarinda disse...

Sim...aqui estou eu a beber as tuas palavras lindas dos teus poemas, a deliciar-me com as tuas fotos, enfim...a ser feliz no teu espaço.
Jinhos mil

Rosa Maria disse...

Poeta

Se eu tivesse o mínimo jeitinho para fazer poesia essa até podia ter sido feita por mim, mas se não te importas deixa-me imaginar que sim.:(

Beijinhos

Teresa Durães disse...

pelas fotografias o tédio não podia ser assim tão grande (ora bolas!)

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
sinto-me rejuvenescer,
com o teu comentário,
,
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha,
,
dito por ti …
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria clarinda
*
palavras, poemas, fotos ?
será que estou a ler correctamente ?
bem . . .
duvidar de ti . . .
nem por > sombras de mim -de ti-<
,
jinhos de mar revolto
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rosa Maria
,
a imaginação tem todos os poderes:
ela faz a beleza, a justiça, e a felicidade,
que são os maiores poderes do mundo,
,
in-pascal
,
algas imaginativas
*

poetaeusou . . . disse...

*
teresa durães
,
nem com a beleza
impar das minhas fotos,
(repara nesta modéstia),
o tédio deixa de me atormentar . . .
,
Brisinhas te deixo
*

multiolhares disse...

Mas o sol vai novamente
Acordar
As gaivotas vão pilipipar
Pois a tua amada
Esta noite nos teus braços
Será embalada até ao acordar

Beijos nossos
luna

Mário Margaride disse...

Olá!

Obrigado, pela visita e comentário no meu cantinho.

Aproveito para desejar-te um excelente ano de 2008!

Um abraço!

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
,
sonhos embalados
em realidades feitos
nos acordares perfeitos
sol e mar abraçados,
,
beijos daqui
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
Mário Margaride
,
um frondoso, ano bissexto,
com a arvore da saúde,
sempre presente.
,
abç.
*

GarçaReal disse...

Hummmmm....

Qual deles mais belo?
Não sei...Mas sei que adorei

Adormece o Sol no ocaso do horizonte
Adormeço eu no ocaso da vida
Absorvo este sol para a minha fonte
Na esperança de encontrar guarida...


Belo

Bjgrande sempre

MEU DOCE AMOR disse...

Acordei pois.Tu é que ainda andas na ressaquita da passagem do ano:)

Lindo pôr do Sol..bela sinfonia de palavras encantadas pelo teu olhar, nos acordes palpitantes do beijar do teu coração...em...

Beijinho doce Querido Poeta do Mar

MEU DOCE AMOR disse...

E no Leão...os olhares de esperança.

Maria disse...

Excelente o teu poema...
... excelentes as fotos...
não é preciso dizer mais nada.....

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
no ocaso da vida.
já somos, dois
guarida ?
tens aqui neste cantinho,
alem,
de um porto seguro,
guardado pela minha gavy,
,
bji extensivo,
á garça
graçando,
com graça
voando,
*

*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
em . . .
tudo que o meu olhar alcança
no sol
na lua
no mar
no belo
no infinito
na natureza, em suma . . .
,
jinos rasantes de vento
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
esperança para aquele continente,
,
é urgente !!!
*
ji
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
gratificante
,
inté
*

Chinha disse...

Sentada no relaxe da tarde...
Observando
O quê?

Tu sabes...


beijo

Acordomar disse...

Poeta
Aguardo que hoje coloques aqui umas fotos do teu mar, pois devia estar magnifico... estive para ir fotografa-lo, mas nao deu tempo.

Estas estao lindas, mas mar calmo :)

Beijoca*

poetaeusou . . . disse...

*
Chinha,
,
presencia o belo,
mar, amor,
(a)mar, mar,
,
jinos em maresias
*

poetaeusou . . . disse...

*
Acordomar
,
lin(d)a
,
tu ordenas,
,
vou tentar pôr um video,
embora um pouco rudimentar,
,
jokas
*

MEU DOCE AMOR disse...

Estendida devido aos beijinhos rasantes de vento...

Mais.

Maçã com Canela disse...

HUmm.... triste quando isso acontece... Alguém junto a nós dá-nos o conforto e a segurança necessária à vida...

Gostei do teu poema.. confesso que me fez viajar um pouco em memorias perdidas algures por aqui...

BJ grandes em ti

MEU DOCE AMOR disse...

A noite começa com a Lua
Escondida no teu olhar
Meu sorriso navega e flutua
Para depois te poder beijar

Um beijinho de boa noite:)

gaivota disse...

esse pôr do sol
só possível, aí, ao norte (já não volto a vê-lo da taberna mais "in" de portugal, a do xilá...)
e andavas a jogar às escondidas com ele aí pelo forte, né???
...calaram-se as gaivotas...
(elas nunca se calam, amigo!)
apenas descansam...
1 beijo esvoaçante

Sophiamar disse...

O sol põe-se , a lua nasce e a cantata do mar será sempre de amor.

beijinhos

Um Momento disse...

Tédio sentido,
ao ter adormecido
No cair da tarde ,
a noite surgir...
No leito adormecido
Sorve-se o silêncio
Ouvindo a maresia
Numa bela cantata
Esta noite...
a única companhia

Beijo de boa noite

(*)

Dulce disse...

Aqui fica o meu abraço neste começo de ano.

Ana disse...

Que a cantata do (a)mar seja sempre um Allegro vivace.
Beijo para ti, Poeta.

andorinha disse...

Um poema de saudade e solidão. Que o novo dia renasça.
Bj.

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
acolhe o vento
e,
eleva-te
,
jinos em marés
*

poetaeusou . . . disse...

*
maça com canela
,
viaja, amiga,
nas memórias,
nesse mar, irmão,
mergulha no teu mar,
aquela rochinha, ali … vês ?
é,
o teu ninho . . . de sereia !!!
,
pedrinhas de amizade e ternura,
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
beijos em sorrisos,
pairando no ar,
a paz … vem aí …
,
jinos mar,
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
,
estou onde não estou,
voando,
no planar das gaivotas,
,
jinos nas pedras
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
,
cantatas em sonatas,
de sinfonias harmoniosas,
em cantares de cotovias,
,
jinos de mar
,

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
o silêncio,
é um canto divino,
um momento . . . eterno,
,
vagas nocturnas de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
dulce
,
registo
e agradeço,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
,
de verdi . . . preferencial
,
marmujantes jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
andorinha
*
fénix,
é,
o exemplo,
,
pilipares de gaivotas
,
*