outubro 13, 2007

>>>>>>>>> a t a l a i a <<<<<<<<<


na atalaia em vigia
ausento-me de mim
por não me querer
e não encontrar
aquele olhar ausente
que me persegue
em desnudados sonhos
fronteira sagrada
da minha agonia
poema e fotos: poetaeusou

38 comentários:

elsa nyny disse...

Deixa-te estar na "atalaia",
é bom estar num sítio assim...

Entretanto há um novo desafio Por Darfur, vem ver se queres colaborar!

Beijinhos!

Sophiamar disse...

... sonhos, agonia, amor, olhar ausente e com tudo isto bela poesia...fotografias deslumbrantes... o mar sempre presente.

beijinhosssssssssss

Pitanga disse...

Um dia...eu vou!

abraços num braços de mar.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
de vigia sempre!

"...eu seu meu amor que nem chegaste a partir,pois tudo em meu redor me diz que estás sempre comigo."
:-)
(in Amália)

Sophiamar disse...

De atalaia te encontro, frente a esta nossa paixão que de azul se veste e nos acalenta sonhos, desejos, vontades, sentires...

Beijinhosssssssssssss

Sol da meia noite disse...

Volta a sonhar... talvez encontres esse olhar ausente que em sonhos te persegue...
E não será a vida um eterno sonho?...

Beijos!

PoesiaMGD disse...

Não te ausentes muito!
Belas fotos e belas palavras!

Deixo um convite: escritartes.com
Vem espiar e, quem sabe, publicar!
Um abraço

Bia disse...

é bom por momentos ausentarmo-nos de nós... sabe bem, é uma sensação de librdade e sossego ao mesmo tempo, onde o sonho e a realidade se cruzam parecendo um só.
beijo meu

Maria P. disse...

Em vigia atenta...

Beijinho e bom fim-de-semana*

GarçaReal disse...

Há sempre um olhar ausente....Mas presente.
Fecha os olhos,imagina e esse olhar vai materializar-se.Vais tê-lo à tua frente.
Sonha Poeta.


bjgrande vindo aqui do vizinho Lago

GarçaReal disse...

Minha Garça esqueceu-se de dizer que gostou da música...
Assim deixa uma gota para tua Gaivota.

bjgrande

poetaeusou . . . disse...

*
elsa nyny
*
vigiando a . . . vigia,
*
vou
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
Sou o único homem a bordo do meu barco.
Os outros são monstros que não falam,
Tigres e ursos que amarrei aos remos,
E o meu desprezo reina sobre o mar.
*
sophia bryner
*
bjinos
*

multiolhares disse...

São só sonhos de sonos
Mal dormidos,
A verdade é bem diferente

Beijos nossos
luna

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
de atalia . . . continuo,
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
*
No vento que lança areia nos vidros;
Na água que canta, no fogo mortiço;
No calor do leito, nos bancos vazios;
Dentro do meu peito, estás sempre comigo.
*
in) Amália
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
,
o mar nosso, mar
,
Aquele que profanou o mar
E que traiu o arco azul do tempo
Falou da sua vitória
Disse que tinha ultrapassado a lei
Falou da sua liberdade
Falou de si próprio como de um Messias
Porém eu vi no chão suja e calcada
A transparente anêmona dos dias.
,
in) sophia
*
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
sonhos perseguidores,
ausentes
prementes
dominadores
*
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
poesiamgd
*
sempre presente
na ausência … de mim.
,
vou,
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
bia
*
irreal sonho
em sonhada realidade
sossegada
ausente
cruzada
*
marés de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
sentinela …guarita …
*
ji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
imagino,
que acontecerá …
*
gaivotinhas
no lago real, para ti,
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
tu recuerdo
*
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
*
não duvides,
nunca . . .
*
beijos daqui
*

arealmar disse...

Não só elas precisam estar de vigia para ganharem uma refeição
Nós cada vez mais necessitamos
beijo

Fernanda e Poemas disse...

Poeta querido amigo,
gostei de tudo.
Desejo-te um bom Domingo.
Beijinhos,
Fernandinha

poetaeusou . . . disse...

*
arealmar
*
sim
,
a atalaia das gaivotas,
esperando os barcos,
esperando a sardinha,
esperando a sua refeição,
*
bjinhos
*

poetaeusou . . . disse...

*
fernanda poemas
,
fernandinha
,
a tua opinião,
tem a brandura do açor,
,
conchinhas para ti
*

MEU DOCE AMOR disse...

Hoje o meu olhar é ausente.

Um beijo e bom fim de semana.

Ana disse...

Atalaia onde te encontro... sempre... com palavras de poeta.
Um beijo.

Maria disse...

"ausento-me de mim...
...............
.... da minha agonia"

Inté.....

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
na omnipresença . . .
*
maré de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
ana
*
se é noite escura, acendo a minha tocha
dentro do peito o sol já desabrocha
filho da luz, não vou dormir, vigio:
ao mundo frio vou levar, na poesia, o amor!
*
beijos em conchas
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
e a agonia . . . findou . . .
*
inté
*

Sininho disse...

Tu e a gaivota...
Cada qual com seus motivos.

Abraço

poetaeusou . . . disse...

*
sininho
*
gaivota
no forte
o norte
na rota
,
abraço
*

Maria Clarinda disse...

E na "atalaia" encontramos refúgio e um porto seguro.
Jinhos

poetaeusou . . . disse...

*
Maria Clarinda
*
vigilancia,
constante
,
Jinhos
*