outubro 28, 2007

>>>>>>>>> o m i s s ã o <<<<<<<<<



quero omitir
o que não te disse
no desrespeitar
nas longas esperas
dos faltosos encontros
quero omitir
as fúteis palavras
por mim emitidas
quero omitir
a amargura dos verbos
soletrados sem sentido
quero omitir
porque vamos recomeçar
trilhando os caminhos
nas procuras do mar
poema e fotos: poetaeusou


nazare, meu mar

50 comentários:

Rosa Maria disse...

Bom dia

Mais duas belas fotografias da "Praia".
Ela convida a instantes como esses.

O mar enrola na areia...
..............

Bom domingo!

Sophiamar disse...

Podemos trocar quase tudo
casa, carro, mulher,
fato, cama, sobretudo.
Podemos fingir que somos, que tivemos ou que fomos...
Por amor ou por vaidade
não há metal que perdure.
Há mesmo uma certa idade
em que mudamos de voz.
Mas por mais que a vida dure
nunca trocamos de nós!

Fernando Tavares Rodrigues

Desse tecido que és feito
Coisa rara actualmente
És quase um ser perfeito
e,por isso, amado naturalmente.

Bom Domingo, Henry! Sem qualquer omissão por sair , ao natural, a confissão.

beijinhossssssss de maresiaaaaaa

Sol da meia noite disse...

Olha Poeta, haverá sempre quem ouve o que omites... basta que contigo, trilhe o caminho...

Belíssimo post!
Bom Domingo! *

multiolhares disse...

Entre palavras omitidas
Sem palavras foram ditas
As fúteis palavras não o são
pois tem sentir
Vamos o mar trilhar

Beijos nossos
luna

Paula Raposo disse...

Costuma dizer-se que de'boas intenções está o inferno cheio'. Não estou a ver omitires alguma coisa...e os recomeços não existem. Gosto das fotos.

helena disse...

Nazaré, meu mar
Que maravilha, ver as ondas do nosso mar !
ver...obrigada, Poeta

Nem consegui ler tua poesia, pois fiquei absorvida pelo o mar..

Um beijo

Pitanga disse...

Este vídeo é uma provocação!

abraços domingueiros

gaivota disse...

Ai o meu mar...assentada à beira sòzinha, apanhar conchinhas do mar...sempre mar e mais mar, L I N D O o nosso mar!
Ai Nazaré, espera por mim, k pá semana já aí estou e kero-te ver um cão a galgar a marginal e entrar pela Galé adentro, e por outros também.
Não omitirei nada, nem o k não disse!
1 beijo de domingo

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
*
os instantes que não perdi,
ao olhar-te, mar
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
,
amar o mar,
é amar a natureza,
a fauna
a flora
a humanidade
,
mar de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
*
muitas das vezes,
omitir é a melhor
forma de comunicar
*
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
,
luna
,
nos ondulados
trilhos das marés
omite o que é fútil
olhando o mar
*
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
talvez reinícios . . .
*
ji
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
sem ti MAR,
é não ter,
o que se tem,
ver
tanta gente,
e nunca ver ninguém
sem ti MAR
é ter na vida tudo,
e não ter nada,
,
buzios sonantes
para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
,
provocação bela,
com tanta beleza,
estética certeza,
desta imensa tela
*
abç
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
mar do salgado
sal do mar
temperador de mim
nos meus olhos,
rasos de beleza
*
ji
*

Papoila disse...

força nesse novo recomeço ... não omitas nunca o gostar.

Beijos
BF

Gi disse...

O vídeo é um convite, uma provocação de tão belo.


As palavras emitidas não podem ser omitidas, eventualmente podem ser postas de lado, quase esquecidas ... mas se são amargas dificilmente serão perdidas . Ficam sempre lá. recomeços são possíveis, desde que os dois estejam dispostos ...


beijos

Maria P. disse...

E o silêncio também diz muito...
Lindo o teu omitir!

Beijinho*m*

A COR DO MAR disse...

Oi Poeta 51 minutos de um belo despertar do dia, nao? Gostei do filmezinho :) as fotos tambem, claro, ja nem encontro palavras para as defenir, de tao lindas que são.

Uma beijoca ;*

Bia disse...

Vou começar por dizer que as fotos são lindas e fico parada nelas...
omitir... omite
pois se vais recomeçar não importa o que ficou para trás... mas depois não omitas mais nada...
a transparência torna-nos leves :)
beijo meu

Rui Caetano disse...

Nazaré é belíssima, com essas imagens lindas abriu o apetite em visitar essa terra maravilhosa.

poetaeusou . . . disse...

*
papoila
*
recomeçar
é a divisa do querer,
,
virtual … ou não
*
bjino
*

poetaeusou . . . disse...

*
gi
*
foi feito hoje
7 horas da manha,
sentia-me um intruso
naquela grandiosa beleza,
,
as palavras são ingratas, gi
e,
são inúmeras as vertentes
dos recomeços,
*
conchinhas de por do sol,
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
*
lembranças
dos,
esquecimentos,
*
ji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
a cor do mar
*
lin(d)a
,
pois . . .
,
palavras,
sempre as palavras,
*
jokas
*

poetaeusou . . . disse...

*
bia
*
plagiando a nitidez,
das transparentes ondas,
na pureza das brisas,
na leveza das maresias,
,
marés de beijos
*

poetaeusou . . . disse...

*
Rui Caetano
*
vais gostar,
da nazaré,
neste verão,
não de s.martinho,
mas, de d.fuas de roupinho,
*

paper-life disse...

Recomeçar, a grande arte dos seres inteligentes. :)

Excelentes fotos desse mar que lembro de boas memórias. Bj

poetaeusou . . . disse...

*
paper-life
*
na inteligencia
dos teus comentários,
*
bj, amiga
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Gostei das fotos do poema e agora atá temos direito a filme, está a melhorar...


Boa semana,
Beijinho,

Sininho disse...

Poeta:
Registam-se as boas inten�es...

Neste v�deo, quase nos sentimos a molhar os p�s.
Os teus ficaram molhados de certeza...

Abra�o

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
e,
está na calha,
opera, do scala de milano,
,
bjino
*
*

poetaeusou . . . disse...

*
Sininho
,
e gelados,
,
breeeeeeeeee
,
abç
*

Paula Raposo disse...

Lolol e reinícios ainda menos!!

poetaeusou . . . disse...

*
Paula Raposo
*
paulinha
*
e recomeços ?
Lolol
,
ji
*

Maria disse...

Recomecem, então... que bom!
Eu fico a ver os cabelos brancos de espuma das ondas, soprados ao vento.

Inté

Ana disse...

Na procura do mar... sempre!
Um beijo.

Carminda Pinho disse...

Poeta,
felizmente não nos omites o mar, o som da suas águas que nos embalam o olhar e a alma.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
maria
*
e bóina de marujo, ao lado
*
inté
*

poetaeusou . . . disse...

*
Ana
*
mare nostrum
*
jino
*

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
*
mar é, harmonia
mar é, luz e cor,
mar é, o meu amor,
mar é, a minha alegria,
,
um mar de bjinos
*

Maria Clarinda disse...

"porque vamos recomeçar
trilhando os caminhos
nas procuras do mar"


Mais um Mar lindo, é teu...apesar do meu ser o do Guincho...posso ficar também com o teu num só?
obrigada pelos momentos.

poetaeusou . . . disse...

*
maria clarinda
*
mar germinado
porque não,
se o,
mare nostrum ?
*
xi
*

Um Momento disse...

No mar calmo , a omissão
De tempestades e turbulências
Clamando a serenidade
De esperas ansiadas
Calmamente desejadas
Num recomeçar de caminhos
Trilhados pelo amor
Em cada onda do mar ,
A sinceridade ofuscando
com todo o seu resplendor

Beijo sorrindo
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
Em cada onda do mar ,
*
bjinos
*

MEU DOCE AMOR disse...

Ah!!!!!!!!!!Que som...tão calmante.Bela ideia a tua.

Olha Poeta Lindo: e não há nenhum com o canto das gaivotas?É tão belo!

Um beijo doce

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
vou tentar sonar
o pililipar das gaivotas
,
tu mandas !!!
*
conchinhas
*

Um Momento disse...

E aqui vim eu de novo parar
Ouvir a voz do mar...
Minh'alma se acalma
Em tão suave voz
Em tão delicada omissão
De pensamentos , sentires
Vontades de estar e caminhar
Nas suas ondas me banhar
E na serenidade me abraçar
Beijo agradecido
(*)

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
volta brisa sereia
ouve o búzio soar
a voz do mar
gritando a felicidade
da sua vontade
de espraiar-se na areia
*
jinos de iodo
*