outubro 27, 2007

>>>>>>>>> anda ver <<<<<<<<<


anda ver o mar
planície azulada
giestas, alvas ondas
barcos feitos foices
nos trigais dourados
em espirais de cores,
gaivotas, papoilas
murmúrios de nós
aos ventos gritados
ardores libertados
na combustão do amor
poema e fotos: poetaeusou

44 comentários:

multiolhares disse...

11mjpereiraGaivota
Esvoaçante
De asas abertas
Ao teu encontro
Planando sobre mares
Marés ao teu lado
No azul da vida

Beijos nossos
luna

Sophiamar disse...

O Mar,hoje e sempre, estará à minha espera. Com todas as minhas qualidades e defeitos, tenho lá lugar. É daquele céu liquefeito, com que me deleito, que pinto parte dos meus dias.

Para ti, Amigo Grande:

Quando for tarde
quando deixar de te ver
porque morri,
talvez entendam que vivi
o canto do fim da tarde
como um cisne, devagar,
rasgando lâminas finas
no lago do entardecer.
O tempo não nos faz grandes,
apenas nos faz crescer


Fernando Tavares Rodrigues


Deixo-te mil beijinhos de AMIZADE

Um Momento disse...

E eu vim ver
Olhei com atenção
Gaivotas esvoaçando
Nesta manhã que parece verão
O mar embebecido
Ondula na perfeição
Sobre a planicie azulada
Faz saltar meu coração
Gaivotas voaram até aqui
Parecendo neste teu belo espaço
Uma grande nação

Beijo de sábado lindo

(*)

Sol da meia noite disse...

Gosto deste divagar... Deste olhar pelo que não se vê...

Lindo este teu Mar...

Beijinhos, Poeta!

gaivota disse...

Sou eu, essa mesma, a da foto! Uma espécie de Fernão Capelo Gaivota que anda banida do bando... Mas tá certo gosto das tuas fotos, e dessas gaivotas lá ao sul ao pé dos estendais..., é só atravessar a estrada... Ah repá
Continua e que saltem mais fotos
E toma lá 1 beijo

gaivota disse...

E keres saber mais? Não há praia como a nossa nem sítio como a pederneira...
E do Guilhim à Foz é "quase" tudo meu! Apenas o "pardão"e toda a frente do mar
lololololololol
Toma lá mais outro beijo

Paula Raposo disse...

Fotos maravilhosas! Com as cores que eu gosto!...

Rosa Maria disse...

Lindas fotos dessa terra maravilhosa "a praia".
Adoro ver as gaivotas na areia. Claro que só depois de terem despejado as barracas e os palecos.

Para quando uma foto dessas?

Beijo

Rosa Maria disse...

Afinal estava cá uma com as gaivotas, desculpe de a ter copiado e posto no meu blog.
Penso que não se deve importar.

Obrigada

rosa dourada/ondina azul disse...

Anda ver

o sol a brilhar
nas águas do mar...


Beijinho num sábado cheio de sol

GarçaReal disse...

Em gaivotas voando...Encontros com garças esvoaçando, pairando sobre mares e lagos...

Bjgrande de bom fim de semana

Rui Caetano disse...

O mar, as gaivotas, e o azul celeste, a cor do mar imenso é um mundo mágico este onde o mar existe.

helena disse...

Voo de liberdade
pelo o ar, pelo o mar
queria ser gaivota
para me levar
até meu destino

Bom fim de sabado Poeta
Que bom este cheirinho a maresia

um beijinho

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
,
azulado mar
de gaivotas libertas
com as asas abertas
pela vida a esvoaçar
,
beijos daqui
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
ao fim da tarde
na sua rota
segue a gaivota
em céu que arde
,
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
,
com o meu traço
ondulo o olhar
procurando no mar
o meu espaço
,
maré de jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
ao divagar
o horizonte
vejo de fronte
o teu olhar
,
conchinhas de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
Porquê? Fernão, porquê? - perguntava-lhe a mãe - Por que não podes ser como o resto
do bando? Por que não deixas os voos rasos para os pelicanos e para o albatroz?
Por que não comes? Filho, és só penas e osso!
-Não me importo de ser só penas e ossos, mãe. Só quero saber aquilo que consigo fazer no ar,
,
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
já não há foz
,
o porto de abrigo . . .
vulgo,
porto santo
*
pedrinhas de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
gostaste ?
,
ji
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
*
na tarde de hoje estava
um areal de gaivotas,
não se enxergava a areia,
logo,
era um imenso “gaivotal”
,
ji
*

Entre linhas... disse...

Um mar de liberdade,o azuldo céu,um sonho transportado nas asas de Fernão Capelo Gaivota,nas suas lindas mensagens.
bom fim de semana
Bjs Zita

poetaeusou . . . disse...

*
rosa maria
*
nada o blog é teu
o prazer é meu,
,
búzios sonantes
para ti,
*

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
anda cá amor
anda cá vem ver
há fogo no mar
ardente, de te querer
,
brisas de iodo
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
,
no teu lago, que graça
as gaivotas voando
felizes esvoaçando
abraçado a uma garça
,
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
rui caetano
,
o mar,
beleza e tragédia,
,
*

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
não tem destino
a liberdade
voa meu mar
como a gaivota
deixa no ar
num marmujar
o seu pilipar
feito teu hino
,
jinos
envoltos em maresias
*

poetaeusou . . . disse...

*
sntre linhas
*
zita
*
Fernão - disse-lhe o pai com bondade - O Inverno aproxima-se, haverá poucos barcos e o peixe das superfícies irá para zonas mais profundas.
Essa história dos voos está
muito bem, mas sabes que não te podes alimentar só disso.
Se tens mesmo de estudar, então
estuda a comida e a forma de a conseguir. Não te esqueças que a razão por que voas é comer.
*
pilipares de gaivotas
para ti
*

MEU DOCE AMOR disse...

Vim ver então.

Um beijo doce querido Poeta

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
*
então vê,
*
um beijo
com a magia do fogo
*

acordomar disse...

A 2ª fotografia esta um MUST ....

Beijoca e bom domingo

gaivota disse...

Não digas k não há Foz, tá lá, sempre, mesmo sendo Porto de Abrigo, ou Santo Porto (porto santo, isso é do lado de lá)e esconde tantos segredos, tantas promessas...é quase rival da praínha!
bj

poetaeusou . . . disse...

*
acordomar
*
se uma gaivota, quisesse . . .
*
jokas
,
*

Maria disse...

A primeira foto é... vertigem....

gaivota murmúrio de vós.... lindo!

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
gaivota
*
fui ontem á Prainha,
,
recordo com nostalgia
as dunas, sitas a sul da foz
,
ái, áí,
*
conchinhas
*

poetaeusou . . . disse...

*
Maria

vertigem ...
o golpe de asa
de um gaivota
*
Inté
*

Paula Raposo disse...

Das fotos e das cores, sim. Do poema, não.

Sophiamar disse...

Quero ver o mar
Planície azulada
Aí Quero amar
E quero ser amada

Quero gaivota ser
Sobrevoar o azul liquefeito
Desse mar que faz viver
Feliz o meu amor perfeito

E quero ir ver
porque não, se me chamas
O mundo a florescer
esse paraíso que tu amas

Para ti, henry, com Amizade

Tem um bom domingo!

beijinhossssssss marés cheias

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
*
paulinha
*
está opinado,
*
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
*
sophiamar
*
na rota mareante
da amizade perfeita
pedido que o mar aceita
na gaivota esvoaçante
*
jinos
*

Pitanga disse...

A segunda foto...e mais nada!!!!

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
liberta, liberdade,
*

Maria Clarinda disse...

LINDO!!!!!
Belo o poema!
Jinhos mil

poetaeusou . . . disse...

*
maria clarinda
*
obrigado
*
linda
*
jinos
*