outubro 25, 2007

»»»»»»»»» a l t a r e s «««««««««


terraço épico
de pedra, aço
sustentáculo rochoso
contra marés e ventos
lamentos soprados
em procuras fátuas
desencontrados olhares
nos pardos horizontes
suportando a solidão
em salgados poemas
poema e fotos: poetaeusou

44 comentários:

Um Momento disse...

Olhando a pedra rochosa
Entre suspiros e ais
Brisas nos envolvem
Dão voz ao coração
Altares magistrais
Suportam marés...
Lamentos por eles ouvidos
Sorrisos por eles sentidos
Abraços por eles trocados
Sentires assim partilhados
Altares da alma
Das marés sem fim
Altares de uma vida
De maresia em mim

Beijo salgado
(*)

soraya disse...

És poeta, o nome do seu blog já diz tudo. Lindo poema!
Parabéns.
Beijos.

Isabel-F. disse...

que belo terraço (o teu poema)

e que belo local ...

parece paradisíaco ... é onde???


bjs

Sol da meia noite disse...

Falas de suportar a solidão...
Digo-te que é das piores dores...

Salgados poemas... talvez os que ultimamente desenho, nas ondas dum mar sem sal... porque de sal são feitas as lágrimas...

Beijo salgado, Poeta...

Pitanga disse...

Sim, são altares e são a única maneira de ficarmos maiores do que ele: O Mar.

bom dia!

Paula Raposo disse...

Fotografias bonitas! Quanto a altares, aí está uma das coisas que detesto...

GarçaReal disse...

Salgados poemas do teu mar, que nos conduzem os olhares aos pardos horizontes, em tua primeira foto que é muito bela.

bjgrande aqui do Lago

Sophiamar disse...

Verbo

Amar a mulher
é também sentir
antes de a beijar, antes de a despir,
esse sabor doce
como se ela fosse
uma rosa a arder.


Esse verbo tão difícil e tão fácil de dizer...

AMAR....

Beijinhossss em dia de saudade imensa...lágrimas...muitassss

poetaeusou . . . disse...

*
um momento
*
sorrisos, lamentos ?
nas brisas ancestrais
sentires reais
em altares suportados
amores partilhados
coroando sentimentos
*
doce beujo
*

poetaeusou . . . disse...

*
soraya
,
grato
,
pseudo-poeta
simplesmente,
,
jinos de mar
*

poetaeusou . . . disse...

*
Isabel-f
*
mais uma vista da Nazaré,
do forte de s.miguel – farol –
na ponta do promontório
sobranceiro á praia,
*
bjs
*

poetaeusou . . . disse...

*
sol da meia noite
,
muitas das vezes,
a solidão serve para purificar,
e o sal das lágrimas,
baptizam . . .
os nossos sentires,
os nossos quereres,
,
um beijo doce amiga
*

poetaeusou . . . disse...

*
pitanga
*
o mar submete-se,
sempre a quem o ama
,
um dia bom
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
*
paulinha
,
altares,
do belo,
da harmonia,
dos sublimes olhares
*
ji
*

poetaeusou . . . disse...

*
garçareal
*
e o mar
parece um lago,
o teu lagoreal
*
pilipares de gaivotas
*

poetaeusou . . . disse...

*
sophiamar
*
são recordados dias,
que sentimos durante o ano,
e que a nova geração
irá perder,
,
conjugar o verbo AMAR,
,
é tão difícil, amiga
*
salitrados jinos,
deste areal
*

helena disse...

Lagrimas salgadas
lagrimas de felicidade
frente a tanta beleza

Ja visitei muita praia por Portugal e por a França e ainda não vi nenhuma mais bonita que a nossa.

Beijos molhados sabor a sal

poetaeusou . . . disse...

*
helena
*
não há rival
e tens um
lindo nome até,
em portugal
és um brinquinho
oh, nazare
tudo que é teu
prende a atengão
e em ti reluz,
e o próprio sol
até parece ter mais luz,
,
marés de jinos
em conchinhas
do nosso mar
*

rosa dourada/ondina azul disse...

Belas fotos tiradas lá de cima, de um local que me é muito querido!!!



Beijinho,

poetaeusou . . . disse...

*
rosa dourada/ondina azul
*
ai nazaré
que lindo é
ter a nobresa
de ir ao sitio
para te olhar ,,,
*
xi
*

Diannus do Nemi disse...

.

Lindo lugar, lindas imagens, lindas palavras.

Parabéns.

.

Luz&Amor disse...

lamentos soprados
em procuras fátuas
desencontrados olhares

Lindo demais. Passando pra deixar aqui um beijo e agradecimentos.
Bjs

VotaY disse...

Olá!

Estámos a fazer um pouco de publicidade ao nosso blog que tem tido pouca saida. Por isso vai a http://votay.blogspot.com e não te esqueças que aqui quem decide és tu!
Estámos abertas aqualquer tipo de sugestão para tornar o blog mais apelativo.
Obrigado por leres, Bjs.

Aguradamos-te com entusiasmo!

multiolhares disse...

Momentos de solidão
Contemplares sentidos
Em terraços de saudade
Horizontes perdidos
Salgados poemas
Escritos na distancia
De palavras trocadas
Memorias faladas
Carícias cambiadas
A distância é ceifada
Em pardos horizontes
Entre beijos trocados
Olhares falados
Corações colados
Os ventos esmorecem
As brisas acontecem
As vagas desaparecem
No mar tranquilo
Do amor
Assim é…assim sempre será…

Beijos nossos

poetaeusou . . . disse...

*
diannus do nemi
,
obrigado, pela visita
,
irei conhecer a tua casa.
*

poetaeusou . . . disse...

*
luz&amor
,
que longa ausência
,
fico feliz com a visita
,
conchinhas de luz,
para ti
*

poetaeusou . . . disse...

*
votay
*
registei
*
*

poetaeusou . . . disse...

*
multiolhares
*
luna
*
tranquilos olhares
em límpidos horizontes
pelos ventos lavados
trocados sentires
de poetados momentos
*
beijos daqui
*

Carminda Pinho disse...

Terraços magníficos estes, Poeta.
Vou ficar aqui, a ver o mar...
Beijinhos

Paula Raposo disse...

Nenhum altar! Nem desses! Até a própria palavra me irrita, peço desculpa.

Sant'Ana disse...

Quase se escuta a lamúria do vento no namoro à lua projectada no mar.

poetaeusou . . . disse...

*
carminda pinho
*
conta a lenda,
que uma moura encantada,
ao olhar o mar, neste sitio,
transformava-se em sereia,
,
se contigo, tal acontecer,
peço-te que encantes, mais,
a encantada Nazaré,
um encanto da natureza,
,
vagas de mimos, desejo-te
*

poetaeusou . . . disse...

*
paula raposo
,
paulinha
,
nem eu ” prantado”no altar,
armado em santo António,
mudo a tua opinião
,
jinos
*

poetaeusou . . . disse...

*
sant’ana
,
o sopro do vento,
o mar tacteando
no seu marmujar
soa a sonata divina
cantatas de amores
mozart ou puccini
,
jinos
*

Maria P. disse...

Ou abrigos...

Beijinho*m*

MEU DOCE AMOR disse...

Este terraço faz-me lembrar algo.Um outro local,noutro tempo...

Um beijo deposito no altar,pois sei que o irás abraçar(ao beijo claro)

:))

Maria disse...

Embora lindíssimos, estes altares são tão perigosos...
Homem da Nazaré, com o mar a teus pés.... quando aí estou é que invejo quem aí está sempre....
... vou salgando poemas e suportando a solidão...

Inté

poetaeusou . . . disse...

*
maria p.
,
refugios +-
,
bji
h
*

poetaeusou . . . disse...

*
meu doce amor
,
se te faz regredir … é bom
,
abraço com prazer,
na magia do fogo,
sonhando comigo …
,
bji
*

poetaeusou . . . disse...

*
maria
,
os acessos estão perigosos,
é verdade . . .
,
mas,
como dizes lindíssimos,
,
inté
*

Sininho disse...

Lind�ssimos altares erguidos sobre tanto azul...

Abra�o

amigona avó e a neta princesa disse...

Deixei-te um miminho no meu canto! Beijo...

poetaeusou . . . disse...

*
imaginar
*
sininho
*
olhares profundos
,
xi
*

poetaeusou . . . disse...

*
amigona avó e a neta princesa
*
bigada
,
fui
*
jino
*