agosto 05, 2007

»»»»»»»»»»»»»» S O L ««««««««««««««


invoco o mar
no olhar teu
matando a sede
do ocaso dia
cálice de iodo
purpúrea espuma
rubro pôr-do-sol
corado rosto
sorvidos lábios
marés de brisas
odores maresias
búzios sonantes
cingindo amantes
vibrando vida
poesia e fotos: poetaeusou

24 comentários:

poesiadaspiramides disse...

Dia, noite, tempo que passa ficando,
Odores, maresias, poema vida, desenhado a dois

Beijos nossos

acordomar disse...

que calôooooorrr
:))
bjs

DairHilail disse...

adorei...está muito lindo

Kalinka disse...

BOA NOITE DE SÁBADO PARA TI.

Começa hoje a verdadeira Odisseia, não de Homero, mas da Kalinka...estás curioso?
Então...
vem espreitar:

Uma dessas comodidades são as ruas subterrâneas, uma verdadeira cidade por baixo de ______, que permitem que a população transite sem precisar de casaco, botas, gorros e luvas. Ali, a temperatura é normal, talvez até um pouco quente demais. Na cidade subterrânea, as principais ruas do centro são interligadas por túneis, passagens para peões e escadas rolantes que ligam prédios comerciais, estações de metro, áreas de lazer, cinemas e hotéis, facilitando a vida dos peões. São mais de 30 km de extensão, onde as pessoas se encontram protegidas. Os turistas ficam fascinados com isso e, quando voltam da viagem, é só no que falam, como se em ______ não houvesse nada mais interessante que isso.

Bom domingo.

Kalinka disse...

Poesia a tua
vejo a Lua
sinto o calor
vejo o pastor
leva o rebanho
em calções de banho
o sol queima
chamas brilham
odores,
maresias,
Amores
Marias
Joana
todas belas
sempre soltas
as palavras
chamam, por TI.

Beijos.
(inspirei-me um pouquito)

Maria disse...

Apesar de estar cheia de calor, gosto DESTE sol das tuas fotografias.
E do poema, também.....
... cheio de palavras intensas.

Inté

poetaeusou disse...

*
poesiadaspiramides
*
luna
*
o sol pôr
amanhecido
cansado
vivido
amado
de amor
*
beijos daqui
*

poetaeusou disse...

*
acordomar
*
que saudadessssssssssssssssss,
*
joka
*

poetaeusou disse...

*
DairHilail
*
loucuras ...
o teu post ...
*
xi
*

poetaeusou disse...

*
kalinka
*
e a eneida ...
de
virgilio
...
xi
*

poetaeusou disse...

*
kalinka
*
canada
*
um grande pais
acolhedor
e integrador
de milhares de nazarenos
nos ultimos 50 anos
*
jinos
*

poetaeusou disse...

*
maria
*
grato ...
*
inté
*

Sophiamar disse...

O sol dá cor à nossa vida.E quando ele se aproxima de nós e toma o nosso corpo ainda mais tonalidade ela adquire. O Fogo que te aquece e ilumina, a maresia que te beija, o mar que te rodeia dar-te-ão a felicidade que mereces. Vive poeta. Não deixes que a felicidade se escape.
Beijinhos

Sophiamar disse...

...e tem um domingo em beleza.

poetaeusou disse...

*
Sophiamar
*
doce, meiga e exagerada,
*
beijinhos
*

poetaeusou disse...

*
Sophiamar
*
aqui trbalhando
e de quando em vez
blogando,
*
brisas doces
*

Fernanda e Poemas disse...

Querido POETA, lindas fotos.
Poema " SOL ".Deixo-te estas simples palavras;
Alegria
é o sol
que,
ao nascer,
põe termo à noite,
à noite desluzida...
que
devolve
a luz perfulgente
que,
sim, que é
a própria Alegria.

Muitos beijinhos,

Fernandinha

poetaeusou disse...

/
fernanda e poemas
/
azul anil
onde o sol reluz
em infinita luz
mesmo que se acoite
durante a noite
dá alegrias mil
/
beijinhos iodosiados
/

Pitanga disse...

SOL e LUA. Não sei qual dos dois me fascina mais.

abraços solares

poetaeusou disse...

*
pitanga
*
da tua falada coimbra,
,
o sol anda lá no ceu
tão contente atrás da lua
lá lá lá
,
xi
*

Pitanga disse...

POETA, MAIS UM FADINHO PRA VOCÊ :

"JÁ BRANCA LUA ALVEJA A TERRA
JÁ NEGRA SERRA TEM ALVA COR
PELO MONDEGO OUVEM-SE APENAS
TROVAS SERENAS FEITAS DE AMOR".

CANTEI ESSE FADO PARA A FAMÍLIA AÍ NO NATAL. O BIÓLOGO NÃO CONHECIA E ADOROU.

PS: PITANGA TAMBÉM CANTA.

M R disse...

Foto quente, de um sol esplendoroso!

Poema de garra!

Abraço

Mário Relvas

poetaeusou disse...

*
pitanga
*
ela é prosa
ela poesia
ela borda
toca violão
samba da tijuca
fado de coimbra
,
uma triste
,
fui ao mondego lavar
as penas das minhas máguas
minhas máguas eram negras
negras ficaram as águas
*
xi
*

poetaeusou disse...

*
mario relvas
*
firme saudação,
,
eterna
*